MENU

Pedestre cruza na frente do pelotão e provoca queda de dois atletas em competição

Oscar Gatto e Rafal Majka tiveram escoriações, já pedestre foi socorrido e passa bem

Dois competidores da equipe Bora-Hansgrohe colidiram com um pedestre no contra-relógio na abertura da Tirreno-Adriatico. Oscar Gatto e Rafal Majka chocaram-se com um homem que cruzou em frente aos pilotos durante o primeiro estágio de 21,5 km, em Lido di Camaiore, Itália. A colisão aconteceu nesta quarta-feira (13). Os atletas foram socorridos e avaliados. Rafal Majka vai continuar a competição, já Oscar Gatto teve mais escoriações e será avaliado. O pedestre foi encaminhado para o hospital e está bem.




"Infelizmente, tivemos um dia muito ruim", afirmou o diretor de esportes da equipe, Enrico Poitschke. “Com apenas 3,5 km do estágio, o espectador bateu na equipe, derrubou dois atletas e dividiu o pelotão. A partir disso, os competidores não ficaram bem, mas buscaram o melhor”, comentou.

Segundo ele, Rafael Majka vai continuar a corrida. “Ele não está bem, mas ele estará lá. Nossas chances de estarmos no GC provavelmente já se foram, mas vamos lutar, possivelmente, por uma vitória no estágio que manterá os ânimos da equipe elevados”, disse o diretor.

O médico da equipe, Jan-Niklas Droste, acrescentou que Majka ainda está em testes para confirmar se ele sofreu um ferimento na cabeça. "Oscar Gatto tem muitas contusões, enquanto Rafal Majka não tanto", disse Droste. O tricampeão Mundial Peter Sagan, também Bora-Hansgrohe, conseguiu evitar a colisão.


Conteúdo Relacionado

Comentários

Troféu Fede de Burro pra ele.

Que absurdo, que esse sujeito tava pensando?