MENU

Pauline Ferrand-Prevot passará por segunda cirurgia para corrigir problemas circulatórios

Problema recorrente interrompe a temporada de cyclo-cross da atual campeã mundial de XCO e de XCM

     

A campeã mundial multidisciplinar começou o novo ano com suas primeiras aparições de cyclo-cross na temporada, chegando em quarto lugar em sua corrida local da UCI, a Troyes Cyclocross International. Há alguns dias, a atleta afirmou estar sofrendo de alguma doença depois das festas de fim de ano. Porém, em uma nova postagem em suas redes sociais, a atleta explicou que, pela segunda vez em sua carreira, terá que fazer uma cirurgia para corrigir problemas circulatórios em sua perna esquerda.

Foto 74126
     Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool

Endofibrose: uma lesão rara

Em um post em sua conta do Instagram, Ferrand-Prevot compartilhou com seus fãs que, depois de consultar os médicos sobre uma sensação desconhecida durante o treinamento, ela passará por uma segunda cirurgia na sexta-feira, 10 de janeiro de 2020. A cirurgia é novamente para corrigir uma endofibrose ilíaca em sua perna esquerda.

Esta segunda endofibrose é menos séria do que aquela que a tirou da competição por quatro meses no início de 2019, embora a atual campeã mundial de mountain bike XCO não tenha dito quanto tempo espera estar fora da bicicleta por esse tempo.

Segundo os médicos, ciclistas profissionais estão mais propensos às lesões musculoesqueléticas como a endofibrose, por trabalharem muito próximo do limiar entre o treinamento em alto nível e o excesso de treinamento uma condição que pode desencadear dor ao esforço, edema, perda de força e, consequentemente, redução do desempenho.

É mais do que provável que a nova operação maque o fim da campanha de cyclo-cross da Ferrand-Prevot em 2020. A francesa anunciou recentemente que se afastaria das corridas de estrada, outra modalidade em que já foi campeã mundial, para se concentrar no cross country e no cyclo-cross. Apesar disso, ao que tudo indica, ela estará recuperada até os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 em julho.

Foto 74127
    Boris Beyer / Red Bull Content Pool

A temporada 2019 da Ferrand-Prevot começou sob a sombra de uma cirurgia e uma recuperação incerta, mas terminou como uma das melhores da vida da atleta, com direito a duas camisas arco-iris.

No campeonato mundial de Mont-Sainte-Anne XCO, Ferrand-Prevot obteve uma vitória emocionante para recuperar o título que conquistou pela última vez em 2015. Outra vitória na final da Copa do Mundo em Snowshoe, Virgínia Ocidental, uma semana depois, levou a Ferrand-Prevot à terceira posição geral na classificação da série. Então, nos campeonatos mundiais da XC Marathon, a francesa conquistou uma segunda camisa do arco-íris e seu primeiro título da XCM.

     


Comentários