MENU

Paris - Nice 2020 #2 - Nizzolo vence, Nibali ganha tempo na geral

Competição está acontecendo sem público por conta de preocupações com o Coronavírus

     

Felizmente, os amantes do ciclismo, que recentemente viram importantes provas clássicas do calendário sendo adiadas por conta do Coronavírus, a Paris-Nice, competição por etapas com 8 estágios, seguira acontecendo, ao menos até segunda ordem. Ontem, na etapa de abertura, o alemão Maximilian Schachmann (Bora-Hansgrohe) venceu um sprint entre apenas quatro atletas, em um dia em que o pelotão foi amplamente castigado pelos ventos cruzados.

Foto 74611
    ASO - Fabien Buoukla

Assim como aconteceu ontem, o vento cruzado mais uma vez foi protagonista na etapa, que terminou com diversos favoritos para a geral perdendo porções significativas de tempo ao ficarem presos em pelotões de perseguição. A quebra mais importante no bloco aconteceu a cerca de 30km da chegada, quando a Trek- Segafredo de Vincenzo Nibali acelerou para quebrar o bloco.O segundo posto do dia ficou com Pascal Ackermann (Bora-Hansgrohe), que segurou sua posição contra Jasper Stuyven (Trek-Segafredo).

Líder na geral desde ontem, Maximilian Schachmann (Bora-Hansgrohe) terminou em segurança no bloco para manter-se na ponta. Porém, no fim do dia, o maior beneficiado com os resultados do estágio foi justamente Vincenzo Nibali, que viu adversários como Nairo Quintana (Arkea Samsic), que caiu a 25km da meta, e Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) perderem 1:28. Além disso, Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) também perdeu tempo, ficaando 18 segundos atrás do bloco que cruzou primeiro a linha de chegada.

Foto 74612
    ASO - Fabien Buoukla

Por conta de uma determinação do governo Francês, a ASO, organizadora da Paris Nice e também do Tour de France, foi impedida de permitir que o público se reunisse para acompanhar a chegada e a cerimônia de premiação. Isso porque, na França, a disseminação do Coronavírus ainda está mais contida. Na Itália, a epidemia já colocou diversas cidades em quarentena, gerando o cancelamento de algumas competições clássicas e colocando em risco a realização do Giro.

Resultados da etapa

1 - Giacomo Nizzolo (Ita) NTT Pro Cycling 3:49:57
2 - Pascal Ackermann (Ger) Bora-Hansgrohe
3 - Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo
4 - Nils Politt (Ger) Israel Start-Up Nation
5 - Sergio Andres Higuita Garcia (Col) EF Pro Cycling
6 - Mads Schmidt Würtz (Den) Israel Start-Up Nation
7 - Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo 0:00:03
8 - Maximilian Schachmann (Ger) Bora-Hansgrohe
9 - Felix Grossschartner (Aut) Bora-Hansgrohe
10 - Krists Neilands (Lat) Israel Start-Up Nation

Classificação geral

1 - Maximilian Schachmann (Ger) Bora-Hansgrohe 7:22:06
2 - Giacomo Nizzolo (Ita) NTT Pro Cycling 0:00:15
3 - Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo 0:00:21
4 - Sergio Andres Higuita Garcia (Col) EF Pro Cycling 0:00:23
5 - Nils Politt (Ger) Israel Start-Up Nation 0:00:25
6 - Mads Schmidt Würtz (Den) Israel Start-Up Nation
7 - Felix Grossschartner (Aut) Bora-Hansgrohe 0:00:28
8 - Krists Neilands (Lat) Israel Start-Up Nation
9 - Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo
10 - Tiesj Benoot (Bel) Team Sunweb 0:00:38

     


Comentários