MENU

Para evitar transportes públicos, 1.3 milhões de britânicos compram bicicletas

Mesmo assim, é esperado que o mercado de bicicletas sofra uma retração de 10% este ano

     

Segundo está reportagem do site Cycling Weekly, cerca de 1.3 milhões de britânicos compraram bicicletas para trocar o transporte público pela bicicleta durante o lockdown causado pela Covid-19.

Vale destacar que, por lá, o governo criou diversos incentivos para ciclistas, como a implementação de mais estrutura cicloviária. Além disso, segundo a mesma matéria, muitas pessoas aproveitaram o baixo movimento de carros na rua e o fato das academias estarem fechadas para usar a bike como fonte de atividade física.

As informações vieram da GlobalData, empresa que compilou os resultados da pesquisa. "Pelo máximo que o Reino Unido trabalhe de casa - cerca de 51% no inicio de junho - consumidores que economizaram no custo do transporte encontraram-se com mais tempo para treinar, mas sem academias abertas, então a bike virou uma opção tentadora", explicou Sofie Willmott, analista da GlobalData.

Segundo ela, a maioria das pessoas já estavam pensando em comprar uma bike, com a pandemia se tornando uma mola propulsora. Isso quer dizer que, além de lucrar com as vendas, o mercado de bike lá poderá se beneficiar de futuras manutenções e upgrades feitos pelas pessoas.

"Em adição, 72.4% das pessoas que estão trabalhando em casa esperam fazer mais exercitórios depois da crise, e espera-se que aconteça uma mudança de habitos de transporte depois da pandemia, com o transporte público mostrando pouco apelo, com muitos consumidores apostando de vez na bicicleta para suas jornadas", complementou Sofie.

Mesmo assim, é esperado que o mercado de bicicletas sofra uma retração de 10% este ano, com as vendas perdendo cerca de 843 milhões de Libras Esterlinas.

     


Conteúdo Relacionado

Comentários