home

Padre troca a batina por roupa de ciclista


7 NOV, 2008         



Ele faz 16 missas por semana. Só aos domingos são quatro. Haja fôlego para o padre KRISTOPHER HENLRICH SOPIKI, mais conhecido como Cristóvão. Mas se engana quem pensa que ele se dedica só à Igreja. Padre Cristóvão também disputa provas de mountain bike. No dia 15 de novembro ele será um dos participantes do MTB 12 HORAS, o maior evento da modalidade no país.

Como o próprio nome já diz, a corrida terá 12 horas de duração e vai ser disputada em trilhas e estradas de terra próximas ao SHOPPING SERRAZUL, no quilômetro 72 da rodovia dos Bandeirantes, na região de Campinas (SP),com largada à meia-noite de sábado para domingo e chegada ao meio dia.

Para participar da prova, a rotina do padre Cristóvão, polonês de 48 anos, não é fácil. Seis dias por semana ele reveza a batina com roupas de ginástica para treinar musculação na academia ou com roupas de ciclista para descer e subir as trilhas da região de Itaperuna (RJ), onde reza missas na igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima. "Quando posso, ainda vou pedalar nas serras de Nova Friburgo e de Teresópolis", conta o padre.

Cristóvão está no Brasil há 21 anos, mas na Polônia, desde a adolescência, já praticava ciclismo em estradas. "Hoje, por causa da minha idade, prefiro os trechos de subidas, como montanhas, que exigem resistência. Nos trechos de descida é preciso ter muita habilidade e técnica. São detalhes que os profissionais dominam com mais facilidade", afirma ele.

É a nona vez que o padre Cristóvão disputa o MTB 12 horas. No ano passado ele correu na categoria solo. "Fiquei em terceiro lugar em minha categoria", orgulha-se. Na edição 2008 ele vai novamente participar sozinho. "Pedalar 12 horas, solo, não é brincadeira", afirma Cristóvão.

Para vencer o desafio, Cristóvão vem mantendo o ritmo nos treinos. "Não tenho tido tempo de me dedicar mais por causa dos compromissos de fim de ano da paróquia. Outro detalhe que prejudica o treinamento é o forte calor que faz aqui na minha região, uma das mais quentes do estado do Rio. Às vezes os termômetros chegam a marcar 45 graus", diz ele.
Madrugada

Enquanto os atletas percorrem as trilhas da região no MTB 12 Horas, shows musicais vão animar o público entre uma hora da madrugada e 10 horas da manhã de domingo. Às 3 horas haverá o concurso "Garota 12 horas". "Nossa idéia é acordar o público", brinca Paulo de Tarso, diretor do Sampa Bikers, organizador do evento. Também serão feitos sorteios de brindes e feira de produtos e acessórios de bikes e artigos esportivos.

As inscrições para o MTB 12 Horas terminam no próximo dia 7 de novembro. Elas podem ser feitas pelo site dos Sampabikers, organizadora do evento. Informações pelo telefone (0xx11) 3045 2722.

O valor da inscrição é o seguinte: equipes com quatro integrantes: R$ 750,00; Duplas: R$ 360,00; Solo: R$ 150,00.

O MTB 12 Horas de São Paulo tem promoção e organização do Sampa Bikers Club e patrocínio da Philips e Centauro. O co-patrocínio é do Shopping Serrazul e apoio de Água Crystal, Deuter, Solid Sports, Spec, Bell, Vzan, Gu, Madis, Headwear, Vipal.


Fotos (2)

foto 0 - Padre Cristovão foto 1 - Padre Cristovão Mais Fotos

Comentários



Relacionados