MENU

Olimpíadas Tóquio 2020 - Equatoriano Richard Carapaz é ouro no ciclismo de estrada

Woat van Aert e Pogacar ficam com prata e bronze no sprint

O dia quente e úmido em Tóquio, foi o plano de fundo para a dura prova no ciclismo de estrada olímpico. Com um pelotão galático, repleto de grandes estrelas, especialistas em clássicas, montanheiros e ganhadores de Gran Tours, um pequeno equatoriano foi quem saiu com a medalha que mais brilha.

Depois de um dia agitado com várias pequenas fugas em 234 km de prova e cerca de 5000 metros de ascensão Richard Carapaz mostrou ao que veio em um ataque faltando 25 km para a chegada.

Foto 78788


O ataque dele, foi uma resposta a outro ataque, esse do americano Brandon McNulty. Carapaz foi acompanhado por um pequeno grupo de cerca de 10 ciclistas, mas a 5.8 km da chegada atacou esse grupo para chegar escapado com mais de 1 minuto de vantagem.

Os 2 grandes favoritos para a prova, Wout van Aert (Bélgica) e Tadej Pogacar sloveno que recentemente ganhou o Tour de France disputaram o sprint final do grupo perseguidor de Carapaz para se consagrarem como medalhas de prata e bronze respectivamente.

Publicidade


Wout van Aert era o grande favorito após mostra que está em plena forma ganhando a clássica etapa do Mount Ventoux do Tour de France, um contrarrelógio e ainda o sprint da última etapa do Tour em cima de Mark Cavendish.

Confira o resultado da prova:

Resultado Ciclismo de Estrada - Tóquio 2020
1 - Richard Carapaz (Equador) - 6:05:26
2 - Wout van Aert (Bélgica) - 0:01:07
3 - Tadej Pogacar (Slovenia)
4 - Bauke Mollema (Holanda)
5 - Michael Woods (Canadá)
6 - Brandon McNulty (Estados Unidos)
7 - David Gaudu (França)
8 - Rigoberto Uran (Colombia)
9 - Adam Yates (Gran Bretanha)
10 - Max Schachmann (Alemanha)


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.