MENU

Olimpíadas Rio 2016 - Cavendish quer ouro na pista

Quando o assunto é velocidade pura no sprint, poucas pessoas no mundo têm o talento de Mark Cavendish. A bem da verdade, quando a situação é ideal e ele está em forma, o "Manx Missile" (Míssil da Ilha de Man) é invencível. "Eu já ganhei praticamente tudo. O ouro olímpico seria um grande complemento", afirmou o atleta em recente entrevista ao jornal inglês Telegraph Sport.

imagem


Cavendish está de equipe nova, a Dimension Data, e sua estreia está marcada para o Cadel Evans Great Ocean Road Race, que acontece no dia 31 de Janeiro. Depois disso, ele deve construir sua forma com foco no Tour de France. Porém, além de sua rotina na estrada, ele participará de uma série de eventos na pista para se preparar para a prova de Omnium no Rio, que acontece logo depois do Tour.

"Não quero só um lugar na equipe olímpica. Se eu for para o Rio, quero um resultado. Acho que o ouro olímpico é a única coisa que me falta. Como sprinter, não posso vencer o Tour, mas já ganhei tudo dentro de minhas possibilidades físicas", disse Cavendish. Em seu palmares, o atleta conta com 26 vitórias de etapas do Tour, um campeonato mundial em 2011, uma Milão-Sanremo em 2009 e uma infinidade de outras conquistas. Porém, mesmo já tendo participado de duas Olimpíadas (Londres e Pequim), Cavendish nunca conquistou uma medalha.

Para se classificar para os Jogos Rio 2016, no dia 2 de Janeiro, ele deverá reunir pontos na quinta etapa do Revolution Series, em Manchester e na etapa final do Campeonato Mundial de Pista em Hong Kong, duas semanas depois. Logo em seguida, ele deve jogar suas cartas na Clássicas de Primavera, no Tour de France, Jogos Olímpicos do Rio, finalizando a temporada no Campeonato Mundial da UCI 2016, que acontece no Qater entre os dias 9 e 16 de Outubro.




Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.