MENU

Olimpiadas Rio 2016 - Armitstead recorre em caso de doping e garante vaga

     

A atleta britânica Lizzie Armitstead, provisoriamente suspensa no dia 11 de Julho por perder três controles de dopagem neste último ano, conseguiu convencer o tribunal do CAS (Court of Arbitration for Sport) de que ela não estava evitando ser testada, garantindo assim sua vaga nos Jogos Olímpicos Rio 2016 de última hora.

imagem

A atual campeão mundial e medalha de prata em Londres em 2012 afirmou que a UKAD (Agência Anti Doping do Reino Unido) tomou os procedimentos errados para entrar em contato com ela, impossibilitando assim a realização dos testes mesmo que ela tenha oferecido informações detalhadas sobre sua localização.

"Sempre fui e sempre serei uma atleta limpa que sempre defendeu a causa do controle de dopagem ao longo de minha carreira. Estou feliz que o CAS tenha aceitado minha posição", afirmou em nota à imprensa.

"O problema foi resultado de erros administrativos da UKDA que errou nos procedimentos e não tentou entrar em contato comigo, apesar dos claros detalhes que forneci para eles. Fui testada em competição no dia seguinte ao teste perdido, o que reforça minha posição de não trapacear ou evitar ser testada", completou a atleta.

Armitstead é uma das favoritas para a prova de estrada que vai acontecer no dia 7 de agosto. Este ano ela já venceu o Aviva Women's Tour, Boels Rental Hills Classic, Tour of Flandrers, Trofeo Alfredo Binda, Strade Bianche e a Omloop Het Nieuwsblad.

     


Comentários