MENU

O que seriam de nós atletas sem motivação ?

Psicologia do treinamento

Estamos no meio da temporada, você está motivado para acordar nesse frio bem cedo para treinar para no fim de semana competir e dar o máximo de você e talvez melhorar a sua última performance?

Não há treino, não há equipamento e não há reza boa o suficiente para fazer você treinar, competir e melhorar a sua performance se você não está motivado.

Às vezes na nossa vida corrida acontecem coisas que nos fazem ficar desmotivados e dá aquele baixa astral e vontade de até vender a bike. Vender a bike?

Se você chegou nessa situação eu tenho uma notícia ruim e uma notícia boa para dar a você: a ruim é que você está no fundo do poço e a boa é que pior do que isso não vai ficar então a sua única opção é subir, escalar, sair do poço. Pelo menos acho que qualquer pessoa em sã consciência pensaria assim não é mesmo?

Então como podemos nos manter motivados durante o ano todo?

•Treinamento correto e balanceando descanso com treinos pesados e longos. Um treinamento com um profissional capacitado pode evitar qualquer exagero de volume e intensidade de treinos e monitorar o progresso do atleta e nível de motivação podendo evitar o contrário;

•Planejamento de corridas durante a temporada. Pouca corrida a pessoa estagna e muita corrida vira rotina e faz com que o dia não seja tão especial;

•Organize o seu dia e tente efetuar o treino antes de qualquer responsabilidade. Tente acordar cedo e ficar livre do treino assim tem mais energia, seu dia rende mais, e você põe dedicação total no treino. Muitas às vezes as pessoas que deixam para treinar no final do dia estão estressadas tendem a ver o treino como uma obrigação numa hora imprópria

•Priorizar corridas em A, B, C. Corrida “A” significa que é a corrida que você quer estar no pico, corrida “B” significa que a corrida tem uma certa importância e você gostaria de ir mas não precisa de estar na melhor forma e por fim a corrida “C” é uma corrida aonde caso você não tenha nada pra fazer no fim de semana você vai lá só pra correr e pegar ritmo de prova. A importância é que assim você equilibra o nível de motivação treinando o seu cérebro a estar 100% motivado nas corridas importantes.

•Equipamento. Tem coisa pior do que sair para treinar numa bike suja, com a corrente seca, com as marchas desreguladas? Bicicleta é caro, o esporte de ciclismo, MTB, BMX, etc. É caro, mas tentar manter a bike limpa, com peças em bom estado dá um outro astral na hora de treinar e competir.

•Pensamento positivo: se você tem pensamento positivo a motivação de treinar, competir e melhorar é instantânea. Quando fiquei em 3º na Copa Cipó tive que escolher entre dois pensamentos: 1- próxima corrida vou mostrar que não estou morto de alguma maneira ou simplesmente aceitar e falar: a não estou bem, vou andar mal na próxima, acho que não consigo vencer.......... qual dos dois pensamentos você escolheria?

•Disciplina, se você investe, tem uma bike legal, acorda todo dia cedo e faz os treinos que tem que fazer, se alimenta direito e faz tudo com o figurino manda, você estará entusiasmado para correr porque sabe que fez tudo que estava sobre o seu controle então não tem o que preocupar;

•Cole no guidon, na mesa do escritório, no espelho do banheiro o nome de corrida que você quer andar bem, a colocação que pretende chegar na sua corrida A ou uma frase para que você acorde com aquele ânimo de que você merece ter sucesso!

Lembre-se: O QUE SEPARA A VITÓRIA DA DERROTA É A CABEÇA, O CÉREBRO AS VEZES NÃO ACREDITA NA FORÇA DO CORPO!!!

Vamos lá tem muita corrida aí pra frente galera! DETONE!!!

Hugo Pradoneto
www.overthetop.com.br

Hugo Pradoneto formou-se com Honra em Exercise and Sports Sciences, com ênfase em Fisiologia do Exercício na Universidade da Florida nos EUA, conhecida como uma das melhores universidades da área.


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.