home

Nova Trek Fuel EX 27.5+ ganha mais curso e geometria para trilhas agressivas


27 MAI, 2016     Gustavo Figueiredo    
     


Recentemente, diversos fabricantes de bicicleta embarcaram na onda dos pneus 27.5 e, normalmente, junto com pneus maiores, as magrelas ganharam um geometria mais agressiva e voltada ao público que está mais preocupado em descer rápido do que chegar no topo da subida no menor tempo. Agora, com o lançamento da linha Fuel EX 27.5+, a Trek também embarca nesta tendência.

Para isso, a bike ganhou 10mm a mais de curso na traseira, mudanças nos ângulos e comprimentos dos tubos e pneus maiores. A marca americana também segue uma tendência que tem sido bastante comum: a possibilidade de utilizar pneus 27,5+ ou 29'.

imagem
Fuel EX 9.8 27.5+ custará $5,299 já com quadro de carbono e grupo Shimano XT 2x11.


Trek Fuel EX 27.5+

- Cursol: 130mm T, 140mm D
- material: carbono ou alumínio
- 27.5 x 2.8"
- 67.2° ou 66.6° head angle
- 432mm chainstays
- 12 x 148mm de espaçamento no eixo traseiro
- Preço no mercado americano: $2399 - $5299 USD
- Modelos: Fuel EX 8, EX 9.8 e EX 5.

A bike vem de fábrica equipada com pneus 27,5+ e aros de 40mm, porém é possível montar um conjunto de rodas 29 com apenas um pequeno aumento na altura do central. Além disso, é possível variar a geometria invertendo o Mino Link localizado no seatstay. Com isso, o ângulo de caixa vai de 67.2° para 66.6°, o que deixa os modelos ainda mais aptos em terrenos agressivos.

imagem
A Fuel EX 5 27.5+ custará $2,399, já a Fuel EX 8 27.5+ tem suspensão melhor e canote retrátil, custando $3,299. Ambas são de alumínio


O quadro

Seguindo mais umas vez as novas tendências do mercado, a Trek utiliza eixos Boost e amortecedores no padrão métrico com 210 X 52,5mm da Fox ou da RockShox. Outro detalhe é que o quadro ganhou modificações no Top Tube e no Down Tube para ganhar rigidez, ficando bastante parecido com a solução encontrada na Slash, a bike de Enduro da marca.

Porém, como o down tube ficou reto, corria-se o risco do garfo bater no quadro em tombos, o que certamente resultaria em danos aos componentes. Para resolver este problema, a Trek adotou o sistema 'Knock Block', que consiste numa caixa de direção com trava e um "amortecedor" de borracha instalado no quadro para proteção adicional.

Knock Block



Equipada com garfos de 140mm e head com 66.6°, fica claro que a Trek afastou ainda mais a linha Fuel de suas origens no XC, criando bikes que não chega a ser de enduro mas certamente são mais capazes de enfrentar obstáculos cabeludos do que o modelo anterior. Comprovando ainda mais esta teoria, a bike ainda ficou um pouco mais longa no alcance, sendo que o chainstay pode ser ajustado para 432 ou 433mm.

Tabela de geometria

imagem


Comentários



Relacionados