home

Mundial de Ciclismo Paraolímpico - Brasil fecha pódio numa única prova

Ouro, Prata e Bronze para seleção brasileira


25 AGO, 2010     Guiné    



Terminou o campeonato mundial de Ciclismo Paraolímpico, realizado em Baie-Comeau, Quebec, no Canadá. Foram cinco dias de competições de muita emoção e superação.

Mais uma vez a seleção brasileira esteve presente, destaque para o catarinense Soelito Gohr, que conquistou o seu segundo título mundial disputando a categoria C 5. Soelito conquistou o seu primeiro título no ano passado na Itália, vide link:
https://www.pedal.com.br/ouro-para-o-brasil-no-mundial-paraolimpico-de-ciclismo_texto3422.html

imagem

:: Domínio absoluto dos brasileiros

Os brasileiros Soelito Gohr, Lauro Chaman e João Schwindt disputaram a prova de longa distância da categoria C5. Cerca de 26 competidores dos mais variados países estiveram presentes. Todos eles tiveram que dar sete voltas no circuito, proporcionando uma distância total de aproximadamente 80km.

Numa chegada emocionante, após 02:04:48s, quatro atletas chegaram juntos. Destaque para o trio brasileiro, que cruzou a linha de chegada formando o pódio: ouro, prata e bronze.

Soelito cruzou a linha em primeiro, registrando uma velocidade média de 38.3 km/h após a prova. Lauro e João superaram o italiano Pierpaolo Addesi, que também estava na disputa e terminou em quarto lugar.

Outras chegadas acirradas também foram registrada na mesma prova, mostrando o alto nível técnico dos atletas, que mesmo com as deficiências, mostraram que são super-atletas.

:: Resultados C5 Men, 79.8 km

1 Soelito Gohr (Brasil) 2:04:48
2 Lauro Chaman (Brasil)
3 Joâo Schwindt (Brasil)
4 Pierpaolo Addesi (Itália)
5 Wolfgang Eibeck (Áustria) 0:03
6 Russel White (inglaterra)
7 Angelo Maffezzoni (Itália)
8 Johan Ballatore (França) 0:06
9 Patrik Chlebo (Eslováquia)
10 David Mercier (França)

imagem

:: Outros resultados

Voltando as disputas deste ano, alguns brasileiros realizaram suas provas com excelentes resultados. Outros não tiveram sucesso, mas isso não importa. A representatividade deles na competição é maior do que qualquer vitória.

Na categoria Tandem Masculino longa distância, Paulo Ribero Cardoso (B) e Sandro Fernandes (Piloto) (Brasil) – não completaram os 102.6 km. Carlos Eduardo Câmara também não completou os 45.6 km na categoria Masculino H2.

:: Road Men C2 – 78.8 km

10º Flaviano Carvalho (Brasil) – 01:42.03
22º Wellington Antonio Cavalcante (Brasil) - 1:58:40

:: Individual Time Trial – C3 - 22.8km

13º Jefferson Spimpolo (Brazil) – 39:38.50

:: Road Men C3 – 78.8 km

14º Jefferson Spimpolo (Brasil) – 1:42:03

:: Individual Time Trial - Men C2 - 22.8km

13º Flaviano Carvalho (Brazil) 4:30.6

:: Individual Tandem – Time Trial – 22.8km

30º Paulo Ribeiro Cardoso (B) e Sandro Fernandes (Piloto) - 38:49.17

:: Individual Time Trial - Men C5 - 22.8km

Lauro Chaman conquistou o Bronze na disputa do Time Trial individual. Soelito Gohr em oitavo e João Schiwindt na décima posição completavam os top 10.

1. Andrea Tarlao (Itália) 32:09.9
2. Michael Gallagher (Austrália) 0:09.9
3. Lauro Chaman (Brasil) 0:18.2
4. Wolfgang Sacher (Alemanha) 0:52.9
5. Cathal Miller (Irlanda) 1:00.7
6. Wolfgang Eibeck (Áustria) 1:08.4
7. Pierpaolo Addesi (Itália) 1:08.8
8. Gohr Soelito (Brasil) 1:17.6
9. Bénjamin Landiér (França) 1:20.6
10. Joâo Schwindt (Brasil) 1:29.9


O Pedal parabeniza todos os atletas que representaram o nosso país neste mundial. A superação é a marca destes competidores, que conseguem mostrar o amor pelo esporte e a nossa nação. Com certeza todos os ciclistas do Brasil estão orgulhosos de vocês.

O Pedal também disponibiliza um espaço no site para divulgar fotos e relatos deste mundial.

redacao@pedal.com.br


Fotos (21)

foto 0 - Lauro Chaman, Soelito Gohr e João Schwindt foto 1 -  foto 2 -  Mais Fotos

Comentários



Relacionados