MENU

Linha SRAM Eagle ganha cassete 10-52 e atualizações no projeto

Além de novas cores, grupos de 12 velocidades norte-americanos ganharam modificações em medidas e formatos

Lançada há alguns anos como a primeira linha de produção em massa de grupos para mountain bike de 12 velocidades com apenas uma coroa, a linha Eagle rapidamente tornou-se a escolha número 1 de quem buscava uma transmissão simples e eficiente.

Novos grupos SRAM 2021
Novos grupos SRAM 2021

Com 500% de amplitude de marchas no cassete 10-50, funcionamento descomplicado e uma boa precisão, o grupo reinou absoluto no 1X por bastante tempo. Agora, com a concorrência da Shimano apertando depois do lançamento do XTR 12, acompanhado do XT, SLX e agora o Deore, a marca norte americana renovou sua linha de 12 velocidades.

Foto 75281

As novidades chegaram para os três primeiros grupos da linha: o XX1, o X01 e o GX Eagle. Eles chegam com diversas opções de cores e algumas mudanças estruturais mais importantes. Porém, o projeto básico segue inalterado.

Do ponto de vista mecânico, as principais mudanças ficam nas novas opções de cassete e no câmbio traseiro. Confira mais detalhes abaixo.

Cassete 10-52


Com certeza, a principal novidade da nova linha Eagle é o cassete 10-52, que amplia o range para 520%. Segundo a marca, trata-se de uma opção para quem vai encarar percursos super duros, para praticantes de modalidade como o Enduro, em que é preciso chegar inteiro no final da subida e até para quem deseja usar uma coroa maior sem perder marchas leves.

Cassetes SRAM Eagle 2021
Cassetes SRAM Eagle 2021

Segundo a SRAM, não é recomendado usar o novo cassete em grupos antigos, já que o câmbio traseiro ficou um pouco maior para acomodar os dentes a mais. Nos três modelos, a configuração dos pinhões é 10, 12, 14, 16, 18, 21, 24, 28, 32, 36, 42, 52, com a roda livre sendo padrão XD.

A maior diferença entre os três, obviamente, é o peso e a construção. Os modelos mais avançados utilizam a já conhecida tecnologia XDome, com a peça sendo usinada de um bloco único. O GX é Full Pin, feito com cogs unidos com rebites. Os cassetes antigos 10-50 continuam disponíveis.

Novos câmbios traseiros

Outro grande destaque da linha são os novos câmbios traseiros, que receberam algumas atualizações interessantes. A mais obvia é a extensão da cobertura da roldana inferior, que chega para solucionar os problemas de descarrilhamento relatados por alguns ciclistas.

Câmbios traseiros SRAM Eagle 2021
Câmbios traseiros SRAM Eagle 2021

Além disso, a marca atualizou a geometria do conjunto para melhorar o controle da corrente, além de outras mudanças para abrir espaço para o cassete maior.- o câmbio cresceu fisicamente, tendo seu paralelogramo ampliado. Vale destacar que os novos câmbios receberam também novas cores, mas continuam compatíveis com os cassetes antigos.

Um detalhe interessante é que a linha eletrônica AXS é compatível com os novos cassetes 10-52, o que não é válido para seus primos mecânicos de primeira geração.

Informações Técnicas

SRAM XX1 Eagle



SRAM X01 Eagle



GX Eagle



Mais informações no site da SRAM.


Relacionados

Comentários

Alguém conhece alguma loja no USA que já está vendendo?

Eu gostei muito do meu grupo Nx ...e o escalonamento da um pulo mesmo poderia ajustar isso....Com relação a montagem e o ajuste eu levei pra 3 mecânicos so o terceiro tinha a manhã do ajuste e ficou top!!!

Com o dólar a mais de 5 reais estou esperando a hora de alguém cair na real. Parece que só existe bike de carbono com menos de 10kg, Full, e tem q ser 1x11. E os Nutela olham bike de alumínio com nojinho. Altus é o conjunto do momento (de crise) mas pra mim nunca me atrapalhou. Gostaria de ver reportagens com pé no chão.

Poderia variar de 36,46e 52 para ficar uma relação mais dividida.

Quero ver se todo mundo que quebrou cage nesse meio tempo por no pau ou acionar a garantia por falha de projeto...

Acho que a Sram ainda está errando no escalonamento dos cogs, o salto e mto Grando de 42 para 52, a Shimano com K7 10/51 ainda tem melhor escalonamento.

Eu também não gostei desse pulo grande de 42 para 52. Eu uso 11-50 11v onde há um grande pulo de 42 para 50.

Decepcionado com Sram. Corrente entrando na rodana. ????????

Meu sonho ganhar um grupo sram pode ser até o GX

Deveria mudar a 42 fica muito longe da 52 , não gostei

O X01 e o XX1 tem os 11 primeiros cogs usinados a partir de uma única peça de aço, unidos por pinos ao agora cog de 52 dentes, esse sim de alumínio, sendo o mesmo para o GX.



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.