MENU

Linha Scott 2021 - Os maiores destaques na estrada e nas trilhas

Conferimos as principais novidades na nova linha da Scott, fabricante suíço de bikes

Quando falamos em alto desempenho, a Scott é umas das primeiras marcas de bicicleta que vem em mente. Afinal, desde sua criação há mais de 60 anos, os equipamentos e bikes do fabricante seguem conquistando vitórias e mais vitórias em diferentes modalidades do esporte, tanto na terra quanto no asfalto.

Como se não bastasse, a marca ainda é famosa por suas bikes extremamente bem acertadas, que costumam agradar não só ciclistas competitivos das mais variadas categorias, mas também quem deseja simplesmente se divertir em trilhas, estradas e cidades.

Evolução constante

Quem acompanhou a História da Scott Spark nesta matéria do Pedal sabe que, ao longo dos anos, os produtos da marca continuam evoluindo de forma constante, mesmo quando eles não apresentam grandes mudanças estruturais.

Por conta disso, separamos para você alguns destaques na linha Scott 2021. Dentre as novidades, escolhemos a nova Scott Foil 2021, as novas Spark RC 2021, o novo capacete Scott Centric Plus e o selim Belcarra R SL 2021 da Syncros, marca de componentes da Scott.

Como não poderia deixar de ser, vamos falar também sobre a Scale com quadro de alumínio, uma das bikes da Scott mais queridas pelos brasileiros - testamos uma Scale 980 em 2018 e até hoje temos saudades da bike.

Vale destacar que boa parte da linha recebeu grandes atualizações nos grafismos, com o tradicional esquema de cores preto e amarelo fosforescente igual ao utilizado na Spark 980 que nós testamos em 2018 sendo deixado de lado em favor de cores ainda mais modernas e atuais.

Linha Scott Foil 2021

A bike utilizada pela equipe Mitchelton - Scott é uma das mais vencedoras do pelotão. Inclusive, ela é a única bike aero a vencer a Paris Roubaix. Para quem não conhece, trata-se de uma das competições mais duras do ciclismo profissional - a mais importante prova do calendários das clássicas de um dia é realizada em um percurso com vários trechos de paralelepípedos super rústicos.

Scott Foil 2021
Scott Foil 2021

Em 2016, o australiano Mathew Hayman provou com sua Foil que uma bike não precisa ser desconfortável para ser aerodinâmica - ele venceu a competição no sprint, depois de passar vários meses treinando em casa com a clavícula quebrada. A linha 2021 da Scott Foil recebeu importantes atualizações.

Scott Foil 2021 - Passagem interna de cabos e mangueiras
Scott Foil 2021 - Passagem interna de cabos e mangueiras

De cara, o destaque fica para o novo sistema de cabeamento totalmente interno que promete deixar a bike ainda mais veloz. A tecnologia de integração iC SL foi herdada de outra bike que já testamos, a Scott Addict RC. Todas as bikes da linha são equipadas com o combo mesa + guidão Creston IC SL.

Nele, todos os cabos passam por dentro de guidão, mesa e headtube, criando um visual totalmente limpo para a bike. Uma informação importante é que, por serem cilíndricos, os conduítes são bastante ineficientes para cortar o ar. Portanto, mantê-los escondidos faz total sentido.

O novo modelo ainda promete ser mais leve e 26% mais rígido em sprints, ao mesmo tempo em que a flexibilidade vertical foi aumentada em 27%, criando um conjunto que consegue ser mais rápido e confortável do que a versão anterior. O Creston iC SL tem peso um peso divulgado de apenas 295g, um número impressionantemente baixo.

A tecnologia de integração da Scott permite não só reduzir o peso final dos componentes, mas também melhorar a aerodinâmica significativamente, já que nenhum cabo ou mangueira fica exposta ao vento. Além disso, é possível colocar e retirar espaçadores da mesa sem desmontar todo o conjunto, facilitando o ajuste postural.

Scott Foil 2021 - Dropouts e zona de conforto
Scott Foil 2021 - Dropouts e zona de conforto

Assim como as outras bikes desenvolvidas com a tecnologia de fibras de carbono da Scott, o quadro da Foil será oferecido na versão HMX para os modelos mais avançados e HMF para os mais básicos - se é que uma bike assim pode ser chamada de "básica".

Outro detalhe importante, mas menos visível, é o aumento da capacidade de receber pneus mais largos. Para manter o conforto mesmo em situações mais extremas, além de contar com um projeto de lay-up de carbono capaz de absorver as irregularidades do terreno, a nova Foil será capaz de receber pneus de até 30mm. Todas as bikes serão comercializadas com pneus 28mm, somente com opção de freio a disco.


A nova linha Foil ainda tem muitas outras tecnologias que chamam a atenção, como a construção de uma zona flexível para aumentar o conforto, opções de dropout para câmbios convencionais ou de montagem direta e também um novo garfo com passagem totalmente interna para a mangueira do freio.

Confira todos os modelos da linha Scott Foil 2021.

Linha Scott Spark RC 2021

A Spark RC é a bike utilizada por nomes como Nino Schurter, Kate Courtney e outros da equipe Scott-SRAM de MTB, comandada pela lenda Thomas Frischknecht. Atualmente, trata-se da bike mais vencedora do cenário do XC mundial - ela coleciona centenas de vitórias entre etapas da Copa do Mundo, Campeonato Mundial e do Cape Epic, dentre outras.

Scott Spark 2021
Scott Spark 2021

No ano passado, tivemos o imenso prazer de testar a Scott Spark RC 900 SL AXS e podemos afirmar que, com certeza, trata-se de uma das bicicletas mais rápidas e impressionantes que pedalamos. Para a linha 2021 da Spark recebeu atualizações de cores e especificações de componentes.

O ponto de maior destaque certamente são as novas suspensões dianteiras com 110mm. Porém, além de aumentar o curso, a engenharia da Scott trabalhou para manter a bike com exatamente a mesma geometria tão elogiada por pilotos de testes e ciclistas profissionais ao redor do mundo.

A atual configuração de geometria e tecnologias da Scott Spark foi apresentada em 2016, e nosso primeiro contato com a bike acontece em uma viagem para a Suíça no mesmo ano. Na ocasião, pedalamos a Spark RC World Cup e ficamos impressionados: Apesar de ser um modelo de XC com apenas 100mm de curso, ela era tão capaz quanto uma boa bike de trail - imagine então com 10mm a mais de suspensão dianteira?


Em sua configuração atual, a Spark RC possui uma geometria moderna para os padrões do XC, com a caixa de direção tendo 68.5 graus e o alcance ficando em 429.5mm no tamanho M. Além disso, o sistema de suspensão e ajuste de geometria Twinloc da Scott ainda está presente, e tão bom quanto antes.

O modelo topo de gama segue sendo a Scott Spark RC 900 SL AXS. Além das novas cores, ela vem equipada com o guidão com mesa integrada Syncros Fraser iC SL, suspensão dianteira Fox 34 SC Float Factory 110mm e grupo eletrônico SRAM Eagle AXS com pedivela com medidor de potência.

As rodas da RC 900 SL AXS merecem um destaque especial. Feitas em uma peça única de fibra de carbono que une aros, cubos e raios em um único componente, as rodas Syncros Silverton 1.0 SL CL pesam apenas 1250 gramas o par, mesmo tento 26mm de largura interna - a bike toda pesa aproximadamente 10kg.

O modelo mais simples, a Spark RC 900 Comp, é montado ao redor de um quadro de fibra de carbono HMF, grupo SRAM NX Eagle de 12 velocidades, freios Shimano Deore, garfo Fox 32 Float Rhythm 110mm e shock Fox Float. De quebra, ela ainda vem equipada com o excelente selim Syncros Belcarra. Com um peso de pouco mais de 12kg, trata-se de uma bike que já chega com uma configuração competitiva, mas que acima de tudo é uma excelente plataforma para upgrades.

Confira todos os modelos da linha Scott Spark RC 2021.

Scott Scale 2021 - Linha Alumínio

A Scott Scale é uma velha conhecida e favorita dos ciclistas brasileiros. A bike tem a configuração tipica que agrada em terras tupiniquins. Quadro hardtail, configuração para cross-country e um pedigree vindo direto das pistas da Copa do Mundo de XCO. Aqui, porém, vamos deixar as versões de fibra de carbono um pouco de lado para falar um pouco mais sobre as bikes de alumínio desta gama.

Scott Scale 910 AXS 2021
Scott Scale 910 AXS 2021

Quando falamos em geometria, a Scale em alumínio é uma típica bike que vai agradar à quem gosta do cross-country. Seu alcance não é longo, com a caixa de direção ficando em 69.5 graus e o tubo do selim em 73.6 - indicado para quem quer uma boa companheira para a grande maioria das trilhas e estradões encontrados no Brasil.

Apesar de não ser super agressiva em seus números, a Scale é uma bike bem agradável de pedalar,que inspira uma tocada agressiva. Ao menos, essa foi nossa conclusão quando testamos a Scott Scale 980 2018 - de lá pra cá, a bike recebeu várias atualizações, inclusive uma geometria mais modernizada e capaz de encarar terrenos técnicos.


Para 2021, a bike mais avançada da gama de alumínio, a Scott Scale 950, vem equipada com componentes Shimano de 12 velocidades, Syncros Belcarra Regular 2.0 e uma suspensão dianteira Fox 32 Float Rhythm com 100mm de curso e trava remota de três estágios RideLoc.

Já a mais básica utiliza o mesmo excelente quadro de alumínio 6061 com caixa cônica, cabeamento interno e espaçamento boost, mas montada com componentes Shimano Deore de 12 velocidades, garfo Suntour XCR com 100mm de curso e trava remota - trata-se da Scott Scale 980 2021.

Mais informações na página da linha Scott Scale 2021.

Selim Syncros Belcarra R SL 2021

A Syncros, marca de componentes da Scott cuja história você conheceu nesta matéria do Pedal é amplamente conhecida por seus componentes de altíssima tecnologia e qualidade de construção. A marca equipa praticamente todas as bikes da Scott e, quando falamos em selins, os por nós testados sempre agradaram pelo conforto e ergonomia.

Selim Syncros Balcarra R SL
Selim Syncros Balcarra R SL

Juntamente com a linha 2021 da Scott, a marca apresentou um novo selim: o Syncros Belcarra R SL. O modelo é super leve e será utilizado por atletas da elite do ciclismo e do MTB. O maior destaque do componente é sua construção que une em uma única peça os trilhos e a base do selim.

Pesando míseros 150g (50g a menos do que o Belcarra 1.0, até então o mais leve da marca) ele é construído com a tecnologia Resin Transfer Molding, capaz de criar peças em fibra de carbono com estruturas mais uniformes do que os métodos de moldagem tradicionais - nele, a resina é injetada em alta pressão, em um molde contendo as fibras ainda secas.

Selim Syncros Balcarra R SL
Selim Syncros Balcarra R SL

O modelo ainda aposta nos carbono Syncros Superlight SL, que tem a mais alta qualidade aplicada pela marca. Com ela, a engenharia da Syncros é capaz de criar componentes até 10% mais leves, mantendo as mesmas qualidade de durabilidade e resistência.

Complementando o pacote de alta tecnologia, sua construção ainda permite uma ótima relação entre resistência, baixo peso e flexibilidade, com a cobertura super leve em EVA com uma densidade indicada para quem vai passar muitas horas pedalando.

Ficha Técnica

Aplicações: Estrada e MTB de alta performance
Base: Carbono
Trilhos: Oversized 7x9mm Carbon
Espuma: EVA
Trilhos: 7x9mm em carbono
Cobertura: Microfabric
Formato: Com canal
Dimensões: 250x130mm
Peso divulgado: 150g
Preço sugerido: R$ 2599.90

Mais informações na página do Selim Syncros Belcarra R SL.

Novo Scott Centric Plus

O novo Centric Plus é o capacete de altíssimo rendimento para MTB e estrada da Scott. Em 2017, testamos a versão anterior do Centric Plus e ficamos impressionados não só com a qualidade do modelo, mas também com sua excelente ventilação - basta dizer que ele levou dois ouros olímpicos no calor intenso do Rio de Janeiro, em 2016.

novo Capacete Scott Centric Plus
novo Capacete Scott Centric Plus

Agora, em sua nova geração, o "capacete do Nino" promete dar mais um passo na evolução de suas características e, logo de cara, já deu uma volta na camisa amarela do Tour de France na cabeça de Adam Yates, da Mitchelton-Scott. Na época do lançamento do primeiro modelo, ainda em 2016, a Scott afirmava que ele era mais "refrescante" do que pedalar sem capacete.

Do ponto de vista da aerodinâmica, ele era capaz de melhorar o tempo de um contra-relógio de 40km, a 40km/h, em 12 segundos. A nova versão ficou ainda mais aerodinâmica e ventilada - até porque, além de ganhar mais 3 entradas de ar na frente, a saída traseira foi bastante ampliada.

novo Capacete Scott Centric Plus
novo Capacete Scott Centric Plus

O modelo, como era de se esperar, vem equipado com tecnologia MIPS, que reduz as probabilidades de lesões em impactos não lineares. O sistema de retenção HALO 270 aperta ou solta o capacete em várias direções ao mesmo tempo, com um dial emborrachado.

Além da regulagem de altura e do sistema de retenção integrado, o novo Centric Plus tem as espumas entre o MIPS e a cabeça do ciclista, o que aumenta consideravelmente o conforto, além de novos reflexivos para aumentar a segurança de quem pedala na estrada.

Com certeza, o Centric Plus já era um excelente equipamento, e sua nova versão chega para ocupar o espaço de capacete mais leve e tecnologicamente avançado já produzido pela Scott.

Ficha técnica

Tecnologia: MIPS
Uso: multiesportivo
Construção: Tecnologia In-Mold Estrutura Externa em Policarbonato
Sistema de retenção: HALO 270 com dial de borracha
Características: Ventilação otimizada e leveza
Sistema de Proteção: MIPS® integrado com o acolchoamento
Desenho: Aero otimizado
Detalhes: refletores inseridos em todo o capacete para maior segurança
Tamanhos: S / M / G
Peso: 220 g
Preço sugerido: R$ 1799.90

Mais informações na página do novo Capacete Scott Centric Plus.

Mais Lançamentos 2021 da Scott e da Syncros

Além destes produtos, a Scott e a Syncros também apresentam muitas outras novidades e tecnologias e, para os próximos meses, a Scott promete grandes novidades no mundo das elétricas de estrada e de enduro.

Por isso, confira o site oficial da Scott e fique ligado aqui no Pedal.com.br


Relacionados

Comentários

Gostaria de está comprando uma scale alumínio. Qual valor como faço pra entra em contato

Bikes para serem vistas apenas em matérias, nunca na vida real.



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.