home

Jan Ullrich é suspenso dois anos por doping

CAS suspende o ex-ciclista


9 FEV, 2012     Guiné    



A Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira que o ex-ciclista alemão Jan Ullrich, campeão da Volta da França de 1997, foi punido com uma suspensão de dois anos e teve a sua terceira posição na edição de 2005 da tradicional prova francesa anulada por uso de doping.

A entidade declarou que o ex-atleta de 38 anos, que se aposentou em 2007, estava "totalmente envolvido" em um programa de dopagem comandado pelo médico espanhol Eufemiano Fuentes, cujo esquema foi deflagrado durante as investigações da chamada "Operação Porto".

Com a punição anunciada nesta quinta, Ullrich está banido do ciclismo até 21 de agosto de 2013 e seus resultados obtidos desde maio de 2005 foram anulados. Desta forma, ele perdeu a terceira colocação da Volta da França de 2005, que agora ficou com o espanhol Francisco Mancebo, e também teve impugnada a sua vitória obtida na Volta da Suíça de 2006. Por ter se aposentado em 2007, os seus feitos obtidos na pista acabaram sendo desqualificados a partir de 2005.

Apesar da punir o alemão, a CAS rejeitou o pedido feito pela União Ciclística Internacional (UCI) de banir Ullrich por toda a sua vida no ciclismo e de desqualificar todos os resultados obtidos por ele desde maio de 2002.

A CAS explicou que a punição de seis meses de suspensão aplicada a Ullrich por uso de anfetaminas fora do período de competição, em 2002, não deve ser classificado como um doping ofensivo. Na época, ele foi punido pela primeira vez por uso de substâncias proibidas. A UCI queria que o ex-atleta fosse impedido de voltar a trabalhar para sempre no ciclismo profissional, mesmo já estando aposentado.

Por causa do resultado das investigações da "Operação Porto", que apreendeu documentos e outros materiais na casa do médico Eufemiano Fuentes que evidenciaram a possibilidade do uso de doping por diversos atletas, Ullrich também foi expulso da Volta da França de 2006 e despedido de sua equipe na época, a T-Mobile.

O ex-ciclista alemão chegou a ganhar uma medalha de ouro na prova de estrada dos Jogos Olímpicos de 2000, em Sydney, na Austrália, e também conquistou uma medalha de prata em outra disputa da modalidade da Olimpíada, a de contra-relógio.


Comentários



Relacionados