home

Instrutor de MTB pagará indenização de 3 milhões de euros para aluno paralisado


11 NOV, 2016     Gustavo Figueiredo     12    
     


Leon MacLean, instrutor de mountain bike, deverá pagar uma indenização de 3 milhões de euros para Asif Ahmed, ciclista que ficou paralisado depois de sofrer um acidente em 2012 durante uma aula de MacLean em uma trilha chamada Holmbury Hill, localizada no Reino Unido.

imagem
Foto: wikipedia/commons

Segundo o juiz responsável pelo caso, o instrutor teria sido 80% culpado pelo acidente, já que ele não verificou as habilidades de seu cliente antes de liberá-lo para trilha, tendo inclusive incentivado Ahmed a passar pelo trecho onde o acidente em alta velocidade.

Segundo os advogados do aluno, o ex-professor Asif Ahmed já praticava o esporte há muitos anos, mas ainda deveria ser considerado um novato por não ter o costume de pedalar em lugares mais técnicos - argumento aceito pelo juiz.

Além disso, o juiz concluiu que o instrutor teria superestimado a habilidade do aluno, tendo colocado pressão para que ele entrasse na parte mais técnica da pista e não na rota mais fácil.

Trilha onde o acidente aconteceu



Comentários

  • avatar

    bicicletada    Rinópolis - SP

    bicicletada    Rinópolis - SP

    Sem Comentários ...
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    LUIS B.   

    LUIS B.   

    Instrutor de BTT, organizador de passeios de bike ou alguém que numa van transporta ciclistas para um evento, se não tem seguro de acidentes pessoais para as pessoas envolvidas, é imprudente. Se o instrutor pertence a uma empresa, será ela a tratar dos seguros. Se é uma iniciativa individual, remunerada, deverá ser ele a fazê-lo. Se é um instrutor que atua por amadorismo para ajudar os outros... legalmente nenhuma responsabilidade lhe pode ser imputada. Lamenta-se claro, é a infelicidade do aluno.
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Rodrigo    

    Rodrigo    

    minha vó faz essa trilha de monociclo.
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Igor Matheus   

    Igor Matheus   

    Caramba. Esse single da para fazer de ridiga numa boa. Acho que o juiz exagerou na pena, aliás, acho até que o instrutor não teve culpa alguma
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Péricles Maia   

    Péricles Maia   

    Que tenso!!!! Também sou instrutor de MTB e minha mais nova aluna que só anda em estradão, faz esta trilha sem muitas dificuldades... Por a culpa no instrutor é foda, isso é um esporte de risco e respeitadas as individualidades, cada um deve saber o seu limite e medir os riscos do que se propõe a fazer. Claro, o instrutor deve ser sensato também para orientar se há ou não possibilidade do aluno realizar tal manobra... se a moda pega, Todo Professor de Arte Marcial deve ser processado por alunos que quebram braço ou tem torções nas aulas! Aff.
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Denny Torres    

    Denny Torres    

    Sendo assim, os acidentes de carros poderíamos também processar as auto escolas.
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Pitta   

    Pitta   

    Esse aluno não passava de um pau de rato fdp. Kd a dificuldade dessa trilha?
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Fred Duarte   

    Fred Duarte   

    po isso ai é sacanagem com o instrutor, isso é um single track básico, qualquer novato vai conseguir fazer em um ritmo moderado, a parada é q o aluno deve ser um retardado e correu mais doq suas capacidades deixavam, ai caiu e c ferrou, mas nao acho q a culpa tenha sido do professor, é uma trilha básica e como o aluno ja pedala a tempo também nao vi problema em ele fazer a trilha. nao achei o juiz teve a melhor decisão.
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Jeferson   

    Jeferson   

    Rapaz!! Então as trilhas da minha região serão comparadas ao Rampage, single track mediano, muito pouco técnico, na realidade o que aconteceu ai foi uma fatalidade
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Anderson   

    Anderson   

    Teria que analisar melhor o caso, saber mais informações. Porém discordo da culpa ser 80% do instrutor. Na bike, quem dita o ritmo é o ciclista, independentemente de se ter indicado ir com mais velocidade ou não, o comando dos freios, pedais e guidão, exclusivamente do ciclista. Sou ciclista e quando me vejo em situação de maior risco é uma descida cheia de pedregulhos por exemplo, diminuo a velocidade. A trilha pareceu ser muito limpa e de fácil controle para redução de velocidade, ou seja, mesmo ganhando velocidade em determinados trechos, era possível ação imediata e resposta da bike, não tinha por exemplo pedregulhos que prejudicassem a tração, com isso promovendo resposta à frenagens. É uma pena o que ocorreu com o jovem ciclista, sempre somos solidários aos companheiros de pedal.
    3 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Leonardo   

    Leonardo   

    essa era trilha difícil???
    3 ano(s) atrás - Denunciar




  • Relacionados