home

Il Lombardia 2017 - Último Monumento do ano promete disputa entre escaladores


6 OUT, 2017     Gustavo Figuereido    



Com mais de 4 mil metros de ganho vertical espalhados ao longo de 247km, a Il Lombardia, antigo Giro da Lombardia, é uma prova de uma clássica de um dia com uma característica bem distinta - trata-se de uma competição voltada para escaladores. A prova acontece neste sábado, dia 7 de outubro, na região italiana da Lombardia.

Foto 65290
Dumoulin é um dos que vão largar na Il Lombardia 2017   Il Lombardia

Ano passado, Esteban Chaves (Orica-Scott) tornou-se o primeiro colombiano a vencer a competição, superando Diego Rosa (Astana) e Rigoberto Uran (Cannondale-Drapac) no sprint final. Este ano, porém, o jovem talento encerrou sua temporada depois de levar um tombo e quebrar a escápula.

No lugar de Chaves, a Orica apostará suas fichas em Adam Yates, que terá que superar nomes como Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida), Nairo Quintana (Movistar) e Tom Dumoulin (Team Sunweb) na disputa pela vitória.

A belga Quick-Step Floors também preparou um time de peso, com Julian Alaphilippe, Dan Martin e Philippe Gilbert como líderes. Largam também Rigoberto (Cannondale-Drapac), Fabio Aru (Astana) e Thibaut Pinot (FDJ) entre muitos outros.

Foto 65291
Altimetria da Il Lombardia 2017   Il Lombardia

Este ano, o Civiglio, penúltima subida do dia com o topo posicionado a apenas 17km da chegada, tem grandes chances de ser o ponto de definição da prova. Depois de escalar por 4.2km, os ciclistas enfrentarão uma descida cheia de curvas.

O último trecho da prova será percorrido em alta velocidade pelas ruas da cidade italiana de Como. Nela, o pelotão ainda passará pelos 2.7km na subida do San Fermo della Battaglia, fechando a competição depois de percorrer mais 5km ladeira abaixo. Certamente uma final que promete muita emoção, fechando a temporada com chave de ouro.

Atualização
A Sunweb, equipe de Tom Dumoulin, acaba de anunciar que o ciclista não vai participar da Il Lombardia. Segundo Anko Boelens, médico do tipo, o holandês está com gripe e com a garganta inflamada. Com isso, encerra-se a temporada 2017 do vencedor do Giro deste ano.


Comentários



Relacionados