home

Homenagem ao grande biker Steve Larsen

O MTB agradece por tudo que ele fez


21 MAI, 2009     Guiné    
     


É muito triste, mas da mesma forma que aconteceu, relato-lhes o fato relâmpago. O biker Steve Larsen sofreu um ataque do coração e faleceu nesta terça-feira (19-05) em Bend, no Oregon. Ele estava com apenas 39 anos.

Essa notícia está estampada em vários sites estadunidenses, além de muitos países em que o mountain biking é um esporte digno e respeitado.

Nascido na Califórnia, Larsen foi um dos corredores mais “emblemáticos” na época de ouro do mountain biking nos Estados Unidos. Vários títulos encabeçaram-lhe, entre os principais na sua carreira: duas vezes campeão nacional pelo NORBA (1998-2000). Ele também fez parte da famosa equipe de ciclismo da Motorola, chegando até competir com seu amigo, Lance Armstrong.

Em 2003 ele aposentou do mountain biking profissionalmente e passou a competir outros tipos de provas como o Ironman – protagonizando o melhor pedal da história com Dave Scott – e o Xterra, onde ganhou até algumas provas.

imagem

Quem acompanhou o MTB naquela época, com certeza lembra deste brilhante atleta. Se você não recorda ou nunca ouviu falar, pelo menos lembra da série de pneus da Maxxis: Larsen TT e o Mimo. Isso mesmo, ele que desenhou aqueles maravilhosos pneus, além de participações em projetos de peças, rodas e bikes que circulam pelo mundo.

Atualmente Steve Larsen estava praticando o triathlon, que também já vinha testando bikes específicas para modalidade. Ele sempre buscou algo melhor para progressão do esportes que praticava.

Ainda em 2000, eu pude presenciar um fato muito honroso na sua carreira – se é que posso relatar desta forma – quando ele fez uma sessão de autógrafos no Interbike. No mesmo momento, Lance executava a mesma ação em outro estande. Eu como um fã do MTB clássico, encarei a fila durante mais de 30 minutos, mas desisti quando ainda estava na metade. Enquanto isso, a de seu ex-companheiro de equipe no passado estava tranqüila. E lembrar que era o ano do bi de Lance no TDF. Coisas do destino.

Steve Larsen deixou sua esposa e os seus cinco filhos. Que algum deles continue a trajetória do glorioso pai.

Como a gente diz na nossa gíria: “Steve Larsen foi o cara”.

13/03/1970 – 19/05/2009


Comentários



Relacionados