MENU

Giro d'Italia 2020 - Prova é adiada por Coronavírus

Cancelamento aconteceu depois que Hungria desistiu de sediar abertura do Giro

     

A RCS Sport, organizadora do Giro d'Italia, acaba de anunciar que a competição não vai acontecer em Maio como previsto. A decisão foi tomada frente à proliferação do Covid-19, que colocou a Itália inteira em quarentena. A nova data da competição só será anunciada depois do dia 3 de abril.

Foto 74640
    Giro d'Italia / Divulgação

Há algumas horas, o governo da Hungria havia anunciado sua desistência em sediar as três etapas iniciais da competição. "Por causa da situação da epidemia na Europa, organizar os três primeiros estágios, a Grande Partenza, não será possível", afirmou Máriusz Révész, comissário governamental da Hungria, explicando que a decisão foi tomada juntamente com a organização do Giro.

"A nova data não será anunciada antes do dia 3 de abril, quando a D.P.C.M (Decreto del Presidente del Consiglio dei Ministri della Repubblica Italiana) do dia 4 de março vai terminar, e só depois que conversarmos com os representantes apropriados do governo italiano, autoridades locais e territorias, além de instituições esportivas internacionais", afirmou a RCS em nota.

Até o momento, a RCS já adiou a Milan-San Remo, a Tirreno-Adriático, a Strade Bianche e o Giro da Sicília. Além disso, a Paris - Nice, prova que está acontecendo na França, também foi encurtada. Ao em vez de oito etapas, serão apenas sete. A competição vem acontecendo sem a presença do público.

     


Comentários