home

Giro d'Italia 2017 - Discussão esquenta entre Dumoulin e Nibali


25 MAI, 2017     Gustavo Figueiredo     3    
     


O clima entre Tom Dumoulin (Sunweb) e Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida) esquentou logo depois do fim da etapa 18 da competição. Insatisfeito com a falta de colaboração de Nairo Quintana (Movistar) e do Tubarão, o camisa rosa não tardou a criticar a dupla de adversários na primeira entrevista, pouco depois de cruzar a linha de chegada.

imagem

"Eles se focaram em seguir minha roda e me fazer perder em vez de tentarem vencer. Nos últimos momentos, eles perderam muito tempo para outros competidores. Eu realmente espero que, pedalando assim, eles percam seus lugares no pódio em Milão. Isso seria muito legal e eu ficaria feliz", disparou o Holandês.

Durante a etapa, o líder da Sunweb controlou alguns ataques de Quintana e de Nibali. Sobrepujados, a dupla grudou na roda de Dumoulin e não esboçou resposta, nem quando Thibaut Pinot e Domenico Pozzovivo (quarto e sexto na geral respectivamente), aceleraram e foram embora.

Ao ficar sabendo dos comentários de Dumoulin, Nibali atacou com a ferocidade que se espera dele nas estradas.

"Eu não ligo para o que ele fala. Acho que ele está muito metido. Ele mostrou que está forte na estrada mas não deveria falar tanto. Ele pode perder o pódio também. Qualquer coisa pode acontecer. Ele não conhece karma? O que vai, volta. Ele terá o que merece na estrada", exclamou o italiano.

"Ele me chamou me metido? Algumas palavras fortes do lado dele também", respondeu Dumoulin pouco depois na coletiva de imprensa.

"Até hoje não tinha tido problemas com o Nibali. Não gostei do final mas não tinha problemas com ele. Fui muito amistoso com todos durante o Giro mas hoje não fiquei feliz com a forma que eles andaram. Acho que eles estão aqui para vencer o Giro e a única coisa que fizeram foi tentar fazer eu perder", disse o camisa rosa.

"Perto do topo, a situação era boa para eu, Nibali e Quintana, por isso não entendi a estratégia deles. Eu estava nervoso e frustrado com a forma que eles ficaram na minha roda", finalizou.

Camisa rosa se irrita com Quintana e Nibali



Com o resultado da etapa, o holandês segue líder com 31 segundos de vantagem sobre Quintana. Nibali mantém a terceira colocação, mas acabou perdendo tempo para o francês Thibaut Pinot (FDJ) que agora tem apenas 24 segundos de atraso para o italiano.

Na etapa 16, Dumoulin teve que parar para aliviar o intestino no início da última subida do dia e, com o líder afastado, muitos criticaram os ataques de Nibali. Na ocasião, porém, Dumoulin afirmou que não esperava que seus adversários deveriam reduzir a velocidade para que ele voltasse ao grupo. Na etapa 15, Nairo Quintana levou um tombo e Dumoulin segurou o grupo para o retorno do colombiano.




Comentários

  • avatar

    Alessandro   

    Alessandro   

    A muito dinheiro em jogo os caras vão fazer qualquer coisa para ganhar, o Nibali nao ta nem ai ele ja mostrou em outraz ocasiões que nao se importa, para sair campeão além de força física o Dumolim vai precisar de muita força mental.
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    New   

    New   

    Dumolão tem razão, mas não precisava falar tanto, os fatos falaram por si. Eu acharia isso tudo engraçado, esse giro vai ser histórico. Eu estaria frustrado mesmo se fosse o Nibali e o Quintana, já tá ficando vergonhoso pros dois.
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Eu   

    Eu   

    Nibali e Quintana, eles, os caras, os escaladores, deram vexame nessa etapa. Se bem que no Tour de France do ano passado, o Tom deu uma sarrafada no Froome, na montanha, final de etapa, e venceu a prova, foi memorável, e mostrou que ele escala bem.
    2 ano(s) atrás - Denunciar




  • Relacionados