MENU

Giro 2020 - Surto de Covid-19 tira Jumbo e Mitchelton-Scott da competição

Com positivos entre atletas, duas equipes abandonam a competição depois do primeiro dia de descanso

Há cerca de três dias, o britânico Simon Yates, atleta da Mitchelton-Scott, abandonou o Giro d'Italia ao testar positivo para Covid-19. Com atletas, staffs e membro da mídia frequentando os mesmo hotéis, o acontecimento levantou um alerta na grande volta italiana.

Jumbo - Visma Divulgação
Jumbo - Visma Divulgação

Agora, em uma nota para a imprensa assinada pela UCI e pela RCS, organizadora da prova, ficamos sabendo que outros atletas e membros das equipes testaram positivo para a doença nos exames realizados ontem (12), no primeiro dia de descanso da prova. Com isso, as equipes Jumbo-Visma e Mitchelton-Scott resolveram abandonar a competição

Entre os atletas, foram dois novos positivos. Steven Kruijswijk, líder da Jumbo e um dos favoritos para a vitória na geral e Michael Matthews, da Sunweb. Além disso, outros seis pessoas também testaram positivo para Covid-19 - quatro funcionários da Mitchelton-Scott, um da Ag2r-La Mondiale e outro da Ineos Grenadiers.

Ao todo, foram realizados 571 testes durante o dia de descanso, com todos os competidores, staffs de equipe e membros da mídia sendo avaliados. Todos os que testaram positivo passam bem, tendo ou sintomas leves ou nenhum sintoma - todos estão em isolamento.


Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.