MENU

Giro 2020 #3 - Equatoriano vence etapa e português assume a maglia rosa

Etapa ainda foi marcada por queda de Thomas e fraco desempenho de Yates

O equatoriano Jonathan Caicedo (EF Pro Cycling), de 27 anos, venceu hoje a terceira etapa do Giro d'Italia 2020, com chegada ao alto do Mount Etna. Para vencer, o ciclista superou Giovanni Visconti (Vini Zabu-KTM), que ficou para trás durante a escalada final para cruzar a meta em segundo lugar - ambos os atletas faziam parte da fuga inicial da etapa.

Crédito: Giro d'Italia / Divulgação
Crédito: Giro d'Italia / Divulgação

Além da bela vitória de Caicedo, ainda tivemos um dia extremamente movimentado na disputa pela classificação geral. Nela, vimos importantes favoritos dizerem adeus para suas chances de obter a vitória ao fim das 21 etapas da competição.

Logo no início do estágio, Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) levou um tombo ainda na zona neutralizada. Apesar de sua equipe afirmar que o atleta sofreu apenas ralados, o britânico perdeu contato com o grupo dos ponteiros antes mesmo do início da subida final.

No fim, ele perdeu mais de 10 minutos para os ponteiros, dizendo adeus a qualquer chance de lutar pelo titulo da prova. Até o momento, não existem mais informações sobre seu estado de saúde e nem se ele vai largar na etapa de amanha.

Além dele, Simon Yates (Mitchelton-Scott) também acabou perdendo tempo nas rampas do Etna. Apesar de ter se prejudicado menos do que Thomas, dificilmente o britânico conseguirá recuperar os quase 4 minutos perdidos no estágio de hoje.

Classificação geral e próxima etapa

Na disputa pela geral, Joao Almeida (Deceuninck-Quickstep) terminou pouco atrás do grupo dos favoritos para assegurar a camisa rosa de líder na classificação geral. Porém, todas as atenções voltam-se para os outros favoritos para a vitória final.

Na estrada, Vincenzo Nibali (Trek-Segafredo), Rafal Majka (Bora-hansgrohe), Domenico Pozzovivo (NTT Pro Cycling) e Jakob Fuglsang (Astana) atacaram-se várias vezes, mas acabaram cruzando a linha de chegada ao mesmo tempo. O único atleta que conseguiu recuperar algum tempo sobre estes atletas foi Wilco Kelderman (Team Sunweb), que abriu 12 segundos para o grupo supracitado.

Foto 76648

Na etapa de amanhã, o cenário será dominado pela longa escalada do Portella Mandrazzi. Porém, como ela está posicionada longe da meta, não se trata de um dia para os escaladores. Por isso, caso nenhuma fuga ganhe as estradas, espera-se que o dia termine em um sprint em grupo.

Melhores momentos



Resultados da etapa

1 Jonathan Caicedo (Ecu) EF Pro Cycling 4:02:33
2 Giovanni Visconti (Ita) Vini Zabu' KTM 0:00:21
3 Harm Vanhoucke (Bel) Lotto Soudal 0:00:30
4 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb 0:00:39
5 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:00:51
6 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe
7 Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo
8 Jonathan Castroviejo Nicolas (Spa) Ineos Grenadiers
9 Domenico Pozzovivo (Ita) NTT Pro Cycling
10 Steven Kruijswijk (Ned) Team Jumbo-Visma 0:00:56

Classificação geral

1 Joao Almeida (Por) Deceuninck-Quickstep 7:44:25
2 Jonathan Caicedo (Ecu) EF Pro Cycling
3 Pello Bilbao (Spa) Bahrain McLaren 0:00:37
4 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb 0:00:42
5 Harm Vanhoucke (Bel) Lotto Soudal 0:00:53
6 Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo 0:00:55
7 Domenico Pozzovivo (Ita) NTT Pro Cycling 0:00:59
8 Brandon McNulty (USA) UAE Team Emirates 0:01:11
9 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:01:13
10 Steven Kruijswijk (Ned) Team Jumbo-Visma 0:01:15


Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.