MENU

Froome pede por mais controle para a liberação de medicamentos

Ciclista britânico afirma que médicos da WADA devem examinar atletas antes de liberar medicamentos

Chris Froome, que teve seus dados médicos sigilosos vazados por um grupo de Hackers russos pediu por regras mais duras para a liberação de uso médico para medicamentos normalmente proibidos para atletas.

imagem

O pedido foi feito no Japão, onde ele deve correr o Saitama Criterium, depois que oficiais da agência anti-doping do Reino Unido abriram uma investigação em Bradley Wiggins, seu ex-companheiro e líder na Sky, sobre um pacote médico recebido pelo médico da equipe pouco antes do Tour de France 2011.

Além disso, sabe-se que Wiggins tomou diversas injeções de triamcinolona, um medicamento capaz de melhorar o desempenho, para tratar asma antes do Tour de France em 2011 e em 2012, além do Giro em 2013.

Segundo Froome, a melhor opção seria médicos da própria WADA realizarem exames nos atletas para aumentar a certeza de que realmente o medicamento é necessário - pepel que hoje é feito pelo médico da equipe. Além disso, Froome também sugere que cada problema médico tenha uma lista de medicamentos padronizados para tratamento.


Conteúdo Relacionado

Comentários

Concordo plenamente com ele, vai ser difícil a logística disso tudo, mas isso é problema da Wada.