| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Fórum Estrada / Speed / Triathlon / Duathlon > Competições - Estrada / Speed / Track / Ciclocross
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - TÓPICO FIXO PARA AUDAX
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

TÓPICO FIXO PARA AUDAX

 Responder Responder Página  <1 4647484950 52>
Autor
Mensagem
 Avaliação: Avaliação do Tópico: 1 Votos, Média 5,00  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
vdrezende Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 02 Ago 2010
Salvador - BA
Desconectado
Mensagens:829
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de vdrezende Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Set 2015 as 14:06
Moisés,
meus parabéns!!! Clap
Conta mais pra gente sobre a experiência do PBP: altimetria, clima, dificuldades, erros e acertos. 
Abraço,
Vinícius.
Voltar para o topo
MOISESRETKA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2013
Curitiba
Desconectado
Mensagens:152
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (2) Obrigado!(2)   Citação de MOISESRETKA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Set 2015 as 15:49
Originalmente Postado por vdrezende vdrezende Escreveu:

Moisés,
meus parabéns!!! Clap
Conta mais pra gente sobre a experiência do PBP: altimetria, clima, dificuldades, erros e acertos. 
Abraço,
Vinícius.

A experiência é difícil relatar, só estando lá para vivenciar aquilo. É algo totalmente maluco, você entra numa atmosfera onde o ciclismo é tudo e você é o centro das atenções. Não sei explicar, é algo onde TODOS tem que vivenciar isso. Provavelmente 2019 vou estar lá de novo... hahahaha.

Falando da prova em si:

Altimetria. "Tranquilo". Foram 1.230km para 11k, porém não há grandes subidas ou uma serra. São sobes e desces, alguns tranquilo outros mais punk. Da para afirmar que com exceção de uma meia duzia de subidas mais pauleira, de resto da para ir na boa, sem estress. O que cansa é o todo. Depois de uma certa quilometragem qualquer lombada ou guia elevada se torna uma serra, mas tem que levar, com calma e paciência tudo se resolve.

Clima: Aqui eu me fodi, com o perdão da palavra. Nas previsões do tempo sempre se falava em 28/30/32 graus durante o dia e 12/14/15 graus a noite, ou seja, nada tão extremo, porémmmmmmmm...... de madrugada fez 4 graus e com certeza descendo a uns 60km/h em algumas descidas com rio no final dela estava abaixo de zero fácil e é ai que eu e a maioria se foderam. Eu larguei de bermuda e camiseta e levei a jaqueta de chuva. Quase congelei na primeira noite, então eu e um amigo (Ronildo) tivemos que alterar toda a nossa programação de pedal para poder enfrentar essa dificuldade. Nossa ideia era tocar direto até Brest e dormir uma única noite, ou seja, fazer um pedal mais rápido, forte. Queríamos tentar fazer na casa das 74 horas, como o frio pegou forte, então dormimos um pouco em cada noite (1 hora na primeira noite, 2 horas na segunda e 3 horas na terceira noite), então abrimos mão de pedalar forte para pedalar com segurança e conforto. E claro, no 1º PC tive que comprar touca e pernito para poder enfrentar as demais noites que viriam.

Erros: Não prever que o tempo poderia mudar e não levar uma roupa mais de frio, nessa eu me ferrei legal, paciência, importante foi ter calma e resolver o problema. Outra coisa, aqui no Brasil levamos 15 câmaras de pneu, pneu reserva, um saco de comida e gel, enfim, lá não precisa de nada disso. Tem comida e água de sobra nos PCs e nas estradas. As estradas são perfeitas, um bom pneu com fita anti-furo resolve 99%, tem que levar por segurança mas também se precisar nos PCs da para comprar. Pode parecer pouco, mas no final eu fui jogando um monte de coisas no lixo para livrar peso.

Acertos: Bom, fazer um planejamento da prova, estudar a rota e a quilometragem entre os PCs, fazer uma programação mais arrojada e ir queimando a gordura a medida que fosse necessário, fazer treinos e prova aqui no Brasil o mais difícil possível, pois me deu experiência em saber lidar com as dificuldades e na minha opinião a mais importante de todas, ter feito um BRM 1.000. Na minha opinião ter vencido uma prova de 4 dígitos me credenciou a terminar o PBP. É muito difícil você fazer um BRM 600 (volta de Brest) depois de ter pedalado um BRM 600 (ida para Brest). É claro, isso é de pessoa para pessoa, vários terminaram o PBP sem ter feito um único BRM 1.000, mas para mim isso foi muito importante, porque na cabeça você pensa o seguinte "já fiz um 1.000, então mais duzentos da-se um jeito". É claro que a conta não é bem essa mas na cabeça se você já tem um 1.000 para 1.200 falta pouca coisa.

Acho que o mais importante de tudo e estar focado na prova, em terminar. Vencer PC a PC. Não pensar na prova como um todo. Para mim, no começo, eu tinha só um objetivo, chegar em BREST. Depois que cheguei em BREST eu parei, tomei banho, descansei bastante (acho que ficamos umas 3 / 4 horas em Brest), zerei o GARMIN e pensei comigo. Ok, vou começar a pedalar agora, é um BRM 600 que preciso fazer.

Outra coisa muito importante, é com quem você esta pedalando. Faz vários anos que pedalo com o Ronildo, seja em treino ou em provas então ele me conhece muito bem e eu o mesmo e isso é muito importante numa prova longa, pois as dificuldades vão acontecer e ter alguém do teu lado, nem que seja para te mandar TNC, cale a boca e pedale, ajuda e muito. Devo muito a esse cara.

De resto, é se divertir, coisa que eu fiz muito e por isso que foi sensacional. Ficou aquele gostinho de quero mais.

Vocês tem que ir, da um jeito, penhora a casa, o carro, sei lá, mas aquilo lá só estando lá e pedalando é que agente vê como aquilo nos satisfaz.

Moisés


MRETKA
Voltar para o topo
rdias Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 14 Abr 2011
São Paulo
Desconectado
Mensagens:627
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de rdias Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 10 Set 2015 as 10:30
uhuuu!!!
Voltar para o topo
dlindner Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 31 Mai 2014
Blumenau-SC
Desconectado
Mensagens:257
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dlindner Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 10 Set 2015 as 13:44
Parabéns Moises!!!!!
Que relato top cara, meu sonho, se Deus quiser, faço o PBP em 2023, antes não vou ter condições financeiras
Mas só de ler esse teu relato e alguns outros que já li, bate aquela vontade insana de sair pedalando.
Parabéns novamente e bora aproveitar os brevets em solo brasileiro novamente hehe.
Voltar para o topo
Ravell Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 02 Abr 2012
São Paulo-SP
Desconectado
Mensagens:2514
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ravell Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 10 Set 2015 as 15:12
Parabéns Moisés! EU queria muito ter ido pro PBP este ano mas por problemas de planejamento, não consegui. Em 2019 será minha meta!
Voltar para o topo
Paulo Eduardo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Abr 2010
Registro/SP.
Desconectado
Mensagens:229
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Paulo Eduardo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 10 Set 2015 as 17:20
Olá, Moisés!

Eu não gosto de tocar nesse assunto, mas quanto foi o custo total com viagem e hospedagem durante esses dias na França? E quantos dias ficou lá?


Se não quiser nem precisa responder.




Até mais.
http://registrointerativo.blogspot.com.br

https://www.strava.com/athletes/4421257
Voltar para o topo
MOISESRETKA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2013
Curitiba
Desconectado
Mensagens:152
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de MOISESRETKA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 10 Set 2015 as 17:41
Originalmente Postado por Paulo Eduardo Paulo Eduardo Escreveu:

Olá, Moisés!

Eu não gosto de tocar nesse assunto, mas quanto foi o custo total com viagem e hospedagem durante esses dias na França? E quantos dias ficou lá?

Se não quiser nem precisa responder.

Até mais.

Olá Paulo,

Bom, vamos separar as coisas. Eu fiquei vários dias por lá, mas fiquei também a passeio com a mulher, antes e depois do pedal, então vou tentar separar apenas o pedal em si.

Passagem aérea = 1.200 dólares, comprei com 6 meses de antecipação
Inscrição PBP = 200 euros
Gastos durante os 3 dias de pedal = 200 euros
Diária de hotel (2 dias antes e 2 dias depois (mínimo na minha opinião) = 400 euros
Refeições diversas (pois os hotéis não tem refeição) = 200 euros

Total = 1.000 euros + 1.200 dólares, no preço que paguei na época, tudo em torno de 7.000 reais. É uma estimativa bem grosseira, porque sempre tem gastos, então se você chegar uns 2 / 3 dias antes, ficar uns 2 ou 3 dias depois do pedal, pode colocar ai quase uns 8k no preço de hoje, EXCLUSIVO pedal. Se for fazer passeios, pegar hotel melhor, essas coisas, ai é um buraco sem fundo.

Moisés

MRETKA
Voltar para o topo
Paulo Eduardo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Abr 2010
Registro/SP.
Desconectado
Mensagens:229
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Paulo Eduardo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 11 Set 2015 as 09:38
Valeu,Moisés!

É o valor que eu imaginava. Agora é tentar se programar.


http://registrointerativo.blogspot.com.br

https://www.strava.com/athletes/4421257
Voltar para o topo
viniciusmz Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Jun 2006
Belo Horizonte - MG
Desconectado
Mensagens:51
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de viniciusmz Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 11 Set 2015 as 11:47
Parabéns ao Moisés e a todos os mais de 100 Brasileiros que enfrentaram essa grande jornada. Alguns não completaram, faz parte, mas todos se dispuseram a fazer seu melhor :)

Congratulações aqui do Clube Inconfidentes Pedalantes, de BH!
www.inconfidentespedalantes.com.br

Estamos preparando nosso calendário pra 2016, com brevets de 200 e 300km. Ano a ano, vamos aprendendo e aumentaremos um degrau na escala da organização dos brevets para chegar em 2018/19 prontos pra organizar a série completa. 
Voltar para o topo
Paulo Eduardo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Abr 2010
Registro/SP.
Desconectado
Mensagens:229
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Paulo Eduardo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 02 Out 2015 as 09:04
Olá!!!

Divulgaram o calendário 2016, clique aqui.

E o Randonneurs Litoral divulgou o calendário, clique aqui. Pelo que eu vi, pode ser que outra organizadora já tenha divulgado também.


Até

Editado por Paulo Eduardo - 02 Out 2015 as 09:47
http://registrointerativo.blogspot.com.br

https://www.strava.com/athletes/4421257
Voltar para o topo
dlindner Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 31 Mai 2014
Blumenau-SC
Desconectado
Mensagens:257
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de dlindner Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 02 Out 2015 as 09:34
Acho q o link que você colocou esta errado, ao menos, quando cliquei abriu o de 2015.

Segue o link do calendário 2016.
http://www.randonneursbrasil.org/calendario-2016/

Voltar para o topo
MOISESRETKA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2013
Curitiba
Desconectado
Mensagens:152
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de MOISESRETKA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 11 Out 2015 as 14:55
Relato de um DNF, brevet 1000km do Audax SP.

Olá pessoal, tudo na santa paz?

Então, como nem tudo são flores, encontrei um espinho chamado BRM 1.000 de SP.... hehehe.

Estive em SP neste final de semana para pedalar o brevet 1.000 do Audax SP e infelizmente quebrei com 215km em Brotas.

A largada aconteceu as 07:00 em Holambra e a primeira perna foi Holambra / Pirassununga, 120km. Neste trajeto o pedal até que rendeu bem, apesar da altimetria, eu e um amigo fizemos este percurso em 5 horas, porém o dia já demostrava que seria um inferno na terra.

Chegamos em Pirassununga já estava com 37 graus, nós já chegamos meio quebrado. Fizemos um descanso sem perder muito tempo e saímos de Pirassununga para Brotas, ai o que já estava quente, ferveu de vez, chegamos em Brotas com o Garmim marcando 41 graus e eu passei mal na estrada com muitas dores na bexiga e no rim, ou seja, desidratação pegando forte, mesmo bebendo duas caramanholas de água a cada 50km, ou seja, devo ter bebido fácil uns 3 litros de água com repositor de eletrólitos, capsulas de sais, mas não deu, quando cheguei em Brotas estava com muitas câimbras e muitas dores.

A Silvia deu uma dica bem legal de fazer um soro caseiro o que eu fiz rapidamente, água, sal e açucar, mas mesmo assim não foi suficiente para encarar as estradas novamente, então por precaução e segurança abortei a missão em Brotas.

Claro que agora bate aquela pontinha de arrependimento, mas não vivemos só de vitórias, temos que encarar de cabeça erguida os fracassos, aprender com eles e ano que vem, quem sabe não será a minha revanche... rsss

Enquanto escrevo este breve resumo tem muitos amigos/ciclistas que ainda estão pedalando este brevet, então a todos que estiveram por lá, parabéns. Foi literalmente uma prova de fogo esta.

Agora é descansar porque as minhas pernas estão bem doloridas e no dia 01/11 vou tentar o everesting, para variar outra loucura... hehehe

Um abração e até a próxima prova.

Moisés

MRETKA
Voltar para o topo
rdias Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 14 Abr 2011
São Paulo
Desconectado
Mensagens:627
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de rdias Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Out 2015 as 05:24
Originalmente Postado por MOISESRETKA MOISESRETKA Escreveu:

Relato de um DNF, brevet 1000km do Audax SP.

Olá pessoal, tudo na santa paz?

Então, como nem tudo são flores, encontrei um espinho chamado BRM 1.000 de SP.... hehehe.

Estive em SP neste final de semana para pedalar o brevet 1.000 do Audax SP e infelizmente quebrei com 215km em Brotas.

A largada aconteceu as 07:00 em Holambra e a primeira perna foi Holambra / Pirassununga, 120km. Neste trajeto o pedal até que rendeu bem, apesar da altimetria, eu e um amigo fizemos este percurso em 5 horas, porém o dia já demostrava que seria um inferno na terra.

Chegamos em Pirassununga já estava com 37 graus, nós já chegamos meio quebrado. Fizemos um descanso sem perder muito tempo e saímos de Pirassununga para Brotas, ai o que já estava quente, ferveu de vez, chegamos em Brotas com o Garmim marcando 41 graus e eu passei mal na estrada com muitas dores na bexiga e no rim, ou seja, desidratação pegando forte, mesmo bebendo duas caramanholas de água a cada 50km, ou seja, devo ter bebido fácil uns 3 litros de água com repositor de eletrólitos, capsulas de sais, mas não deu, quando cheguei em Brotas estava com muitas câimbras e muitas dores.

A Silvia deu uma dica bem legal de fazer um soro caseiro o que eu fiz rapidamente, água, sal e açucar, mas mesmo assim não foi suficiente para encarar as estradas novamente, então por precaução e segurança abortei a missão em Brotas.

Claro que agora bate aquela pontinha de arrependimento, mas não vivemos só de vitórias, temos que encarar de cabeça erguida os fracassos, aprender com eles e ano que vem, quem sabe não será a minha revanche... rsss

Enquanto escrevo este breve resumo tem muitos amigos/ciclistas que ainda estão pedalando este brevet, então a todos que estiveram por lá, parabéns. Foi literalmente uma prova de fogo esta.

Agora é descansar porque as minhas pernas estão bem doloridas e no dia 01/11 vou tentar o everesting, para variar outra loucura... hehehe

Um abração e até a próxima prova.

Moisés


Isso acontece, Moyses!
Cada brevet tem a sua própria história. Há várias variações, desde climáticas até de humor ou saúde do ciclista que podem fazer com que tenhamos um DNF. Agora é bola prá frente e enfrentar esse bicho novamente ano que vem. 



Voltar para o topo
rdias Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 14 Abr 2011
São Paulo
Desconectado
Mensagens:627
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de rdias Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Out 2015 as 05:25
Saiu!


Tem até um hangout no DAP




Editado por rdias - 16 Out 2015 as 05:55
Voltar para o topo
viniciusmz Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Jun 2006
Belo Horizonte - MG
Desconectado
Mensagens:51
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de viniciusmz Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Out 2015 as 13:39
Tava olhando o site do Everesting. http://www.everesting.cc/

Coisa de maluco essa de subir repetidamente algum morro até completar 8.848m de ascensão acumulada! 
Voltar para o topo
MOISESRETKA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2013
Curitiba
Desconectado
Mensagens:152
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de MOISESRETKA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Out 2015 as 17:53
Originalmente Postado por viniciusmz viniciusmz Escreveu:

Tava olhando o site do Everesting. http://www.everesting.cc/

Coisa de maluco essa de subir repetidamente algum morro até completar 8.848m de ascensão acumulada! 

Presente.... rsss

Dia 01/11 vou tentar... rsss, 80 up (no mínimo) em uma subida de 2,2km com 120 de ganho.

Se tudo der certo devo fechar entre 24 e 30 horas.

Ai ai, não sei porque, mas acho que vou me arrepender quando estiver no meio da bricandeira... hehehe.

Bora lá negada.

Moisés

MRETKA
Voltar para o topo
bcgfg Ver Drop Down


Registrado: 23 Nov 2012
Orleans-SC
Desconectado
Mensagens:2424
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de bcgfg Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Out 2015 as 18:06
Moisés, qual é o treino que você tem feito pra esse desafio?

Porque não é só subir, mas aguentar subir muito tempo.
Voltar para o topo
viniciusmz Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Jun 2006
Belo Horizonte - MG
Desconectado
Mensagens:51
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de viniciusmz Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Out 2015 as 12:59
Depois que vc completar esse Everesting, vem fazer um desafio cicloturístico pra fechar o 1o Ano do Clube Inconfidentes Pedalantes :) Será dia 29/11.

http://inconfidentespedalantes.com.br/29112015-desafio-cicloturistico-da-serra-da-piedade/
Voltar para o topo
tomiello Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Jan 2014
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:244
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de tomiello Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 04 Nov 2015 as 16:23
Originalmente Postado por MOISESRETKA MOISESRETKA Escreveu:

Originalmente Postado por viniciusmz viniciusmz Escreveu:

Tava olhando o site do Everesting. http://www.everesting.cc/

Coisa de maluco essa de subir repetidamente algum morro até completar 8.848m de ascensão acumulada! 

Presente.... rsss

Dia 01/11 vou tentar... rsss, 80 up (no mínimo) em uma subida de 2,2km com 120 de ganho.

Se tudo der certo devo fechar entre 24 e 30 horas.

Ai ai, não sei porque, mas acho que vou me arrepender quando estiver no meio da bricandeira... hehehe.

Bora lá negada.

Moisés

Eaí, fez?
Voltar para o topo
rdias Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 14 Abr 2011
São Paulo
Desconectado
Mensagens:627
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de rdias Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 04 Nov 2015 as 16:45
Pessoas, 

no último dia 22, 23 e 24 tivemos 5 ciclistas percorrendo o trajeto da SR Guaratinguetá. 

Segue o hangout que o mano Saboia fez com o Rodyer e com o Alaor. 

http://doatlanticoaopacifico.com/archives/7417
Voltar para o topo
MOISESRETKA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2013
Curitiba
Desconectado
Mensagens:152
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de MOISESRETKA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Nov 2015 as 12:31
Olá, bom dia.

Tomiello, sim e não... rsss, explico.

Sim, fui no local e comecei a fazer, fiz 25 repetições e parei.

No local que estava fazendo a série o frentista de um posto de combustível disse que era loucura minha pedalar ali a noite, que estava tendo muitos assaltos a mão armada. Na hora não levei muito a sério e continuei fazendo as subidas, depois de 20 repetições eu fui almoçar e a dona do restaurante também confirmou a versão do frentista, disse que era loucura da minha parte ficar pedalando ali sozinho, ainda mais a noite, ai cara, broxei, fiz mais 5 séries depois do almoço e perdi completamente o tesão de pedalar. Como não ia fazer diferença fazer 20, 30 ou 50 séries, pois eu precisava de no mínimo 75 repetições, então largei os bets. Parei e fui embora.

Vou procurar outro lugar "mais seguro" pra pedalar, se é que existe. É isso, segue ai 33% do Everesting concluído.

https://www.strava.com/activities/428445453

Um abraço
Moisés

MRETKA
Voltar para o topo
Paulo Eduardo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Abr 2010
Registro/SP.
Desconectado
Mensagens:229
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Paulo Eduardo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 12 Nov 2015 as 14:00
Sobre o Everesting.

Existe um mínimo de repetições da subida que o candidato tem que fazer? Ou é até concluir os quase 9000 metros?

Existe um tempo máximo para concluir?

Tem que avisar a organização anteriormente da sua intenção de participar ou faz e depois apresenta a atividade?

Na verdade, não sou que quero fazer é um colega, pois falei do desafio e se interessou. A subida será essa. Ele foi lá treinar na última segunda, clique aqui. Calculamos 18 repetições.


Até
http://registrointerativo.blogspot.com.br

https://www.strava.com/athletes/4421257
Voltar para o topo
MOISESRETKA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2013
Curitiba
Desconectado
Mensagens:152
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de MOISESRETKA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 12 Nov 2015 as 14:17
Originalmente Postado por Paulo Eduardo Paulo Eduardo Escreveu:

Sobre o Everesting.

Existe um mínimo de repetições da subida que o candidato tem que fazer? Ou é até concluir os quase 9000 metros?
R: Não existe mínimo nem máximo. O importante é atingir no mínimo os 8.848, que é a altura do Everest. Dica, como existe divergência de altimetria entre o Garmin, Strava e outros aplicativos, faça no mínimo 9.500 pra garantir. Vai que faz exatos 8.848 e na hora de baixar os dados deu menos.

Existe um tempo máximo para concluir?
R: Não senhor, porém não pode dormir, essa é a regra. Sugiro entrar (http://www.everesting.cc/the-rules/) e ver todas as regras.

Tem que avisar a organização anteriormente da sua intenção de participar ou faz e depois apresenta a atividade?
R: Não precisa avisar nada não, basta fazer e depois fazer os procedimentos que estão no site everesting, da uma olhada lá como funciona o processo.

Na verdade, não sou que quero fazer é um colega, pois falei do desafio e se interessou. A subida será essa. Ele foi lá treinar na última segunda, clique aqui. Calculamos 18 repetições.
R: Faça umas 20 pra garantir então.

Pessoal, olhem sempre o site, lá tem todas as regras. O que estou falando é o que eu entendi, mas pode ser que eu tenha entendido errado, então não confie em mim... rssss.

Até
MRETKA
Voltar para o topo
Paulo Eduardo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Abr 2010
Registro/SP.
Desconectado
Mensagens:229
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Paulo Eduardo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 12 Nov 2015 as 14:22
Valeu, Moises!!!
http://registrointerativo.blogspot.com.br

https://www.strava.com/athletes/4421257
Voltar para o topo
Leo Amaral Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Fev 2013
Brasilia
Desconectado
Mensagens:2484
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Leo Amaral Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Fev 2016 as 23:19
Audax em Brasília, dia 6/março:http://audaxplanalto.esp.br
------
"If you don't know where you are going, any road will get you there." The Cheshire Cat in Alice's Adventures in Wonderland, Lewis Carroll. Antigo ltadeu70.
Voltar para o topo
aliciomf Ver Drop Down


Registrado: 28 Set 2014
Paracatu MG
Desconectado
Mensagens:53
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de aliciomf Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Fev 2016 as 10:02
to ai com a galera de Paracatu

Voltar para o topo
ircalf Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 29 Abr 2013
Joinville
Desconectado
Mensagens:484
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ircalf Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Fev 2016 as 07:13
Pra quem gosta de sofrer, nesse domingo o audax floripa tem um brevet de 200km com 4000m+ de altimetria acumulada:

https://docs.google.com/forms/d/14HvHPFlZtYdqYvCtJcIzXFgYTTWLDh02v2pBDS_Hdrw/viewform?c=0&w=1

Inscrições até quarta feira
Tiago
Voltar para o topo
klhada Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Set 2008
São Paulo
Desconectado
Mensagens:3208
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de klhada Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Fev 2016 as 11:37
uia, esse post revive! Tongue

Rolaram muitos e muitos audaxes mas ninguém nunca mais postou os causos. Eu mesmo fiz 200 de Queluz e 300 sábado agora.
Voltar para o topo
Pepebike Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 18 Ago 2014
Goiânia
Desconectado
Mensagens:2066
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Pepebike Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Fev 2016 as 20:13
Originalmente Postado por klhada klhada Escreveu:

uia, esse post revive! Tongue

Rolaram muitos e muitos audaxes mas ninguém nunca mais postou os causos. Eu mesmo fiz 200 de Queluz e 300 sábado agora.


“Life is like riding a bicycle. To keep your balance, you must keep moving.”
Voltar para o topo
AleRamos Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Nov 2012
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:262
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de AleRamos Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Fev 2016 as 21:00
nesse domingo 28 ....Audax 200 ... Angra - Paraty - Angra
Cannondale Synapse Carbon 105
Cannondale Caadx 105
http://www.strava.com/athletes/1447197
Voltar para o topo
ircalf Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 29 Abr 2013
Joinville
Desconectado
Mensagens:484
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ircalf Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2016 as 07:47
Dia 20 de março tem Audax 200 em Joinville/SC
As inscrições já estão abertas
Tiago
Voltar para o topo
TomSemFreio Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 15 Set 2015
São Paulo
Desconectado
Mensagens:123
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TomSemFreio Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 06 Mar 2016 as 21:59
Aprendi muita coisa lendo os relatos e acho que aqui se forma uma base de conhecimento bem interessante, então aqui vai minha contribuição.

No último dia 5, participei do meu primeiro BRM.
Depois de ler boa parte deste tópico, ler os relatos e etc, tomei coragem e me inscrevi no Mogi-Igaratá do Randonneurs Mogi.
Fiz a inscrição, estudei bem o percurso, coloquei pneus finos na mountain bike 29" (Deli Tire 38), fita anti-furo, 2 caramanholas, uma mochila de hidratação, gel, dextrose e fui.
Minha esposa fez questão de me acompanhar,também com uma mtb 29". 
Uma semana antes, fizemos um treino de 100km. Já tínhamos feito distâncias assim na terra, e uma cicloviagem. 

Saímos de São Paulo lá pelas 5:30 e 1h depois estávamos fazendo a vistoria. Comemos pão, frutas e suco pouco antes da largada às 7hs. 
Seguimos confiantes em direção ao PC 1 em Salesópolis, km 46 onde chegamos 1 hora antes do fechamento. Tomei uma coca, comprei 2 garrafinhas de água e partimos rumo à Serra de Sta Branca. Os PC's eram todos virtuais, então era necessário comprar algo e guardar o comprovante.

Apesar de bonita, deserta e com pouco movimento, é uma serrinha razoável onde precisei empurrar em alguns pontos e parar p/ tomar um gel em outros. Faz parte

Chegando na cidade, paramos em um boteco para comprar mais água. Tomei uma tubaína e minha esposa um gatorade. No próximo Audax ao atravessar uma serra, vou lembrar de parar para comer algo bem "consistente", tipo um PF ou lanche. Seguimos em direção à Rod Carvalho Pinto a uns 10 km dali. No caminho, parei para ajustar a inclinação do selim pois estava incomodando bastante. Entre Sta Branca e  a Carvalho Pinto deve haver uns 120m de altimetria, e a essa altura já era bastante. O Sol nos acompanhava desde as 8 da manhã e o calor estava insuportável.

Ao cruzar a rodovia, vi 2 ciclistas passarem reto e segui sem pensar, afinal o caminho era uma bela descida. Chegando lá em baixo, uma placa apontava para o caminho contrário. Agora teríamos que subir de volta mas tínhamos tempo e eu estava bem confiante 

Após o erro de uns 4 km, finalmente chegamos na rodovia, que não tem nenhum posto ou local de abastecimento de água. Éramos torturados pelo sol e eu me sentia uma formiga sendo queimada com uma lupa. O selim incomodava demais, não achava posição apesar de ter feito 2 ajustes.
Para piorar a situação, o pneu traseiro furou. Em meia-hora o que era confiança virou desespero. Sol a pino e nenhuma sombra p/ trocar o pneu... Andei uns 2km pela rodovia até finalmente encontrar uma sombra precária que mal vencia o Sol.

Quando sentei na grama percebi que estava sem forças. Troquei a camara com muita dificuldade e ajuda da minha esposa. Apesar de estar sentado, e descansado minha respiração estava curta e ofegante, além disso tinha tonturas. O calor era infernal. Como já tinha passado por isso antes, sabia que precisava de um isotônico. Ainda bem que tínhamos levado uns envelopes. Misturei na caramanhola e tomei de uma vez. Quando acabei de montar a roda me sentia muito melhor e seguimos, com um Sol p/ cada um.

Chegamos na Rodovia Dom Pedro com tempo ainda. De carro, a rodovia parece plana mas na verdade é um tobogã com subidas de até 5km e nas descidas, o vento contra reduzia bastante a velocidade. A essa altura, a fadiga já estava instalada e não tinha certeza de que chegaríamos a tempo no PC2. 

Avistei uma sombra a uns 100m da rodovia e atravessei o mato em busca de um refresco. Tive que disputar a sombra com um cachorro, um cavalo e sua charrete. A dona da casa veio perguntar se precisávamos de algo. Fiquei lá deitado uns 20 min. Decidimos seguir até Igaratá, minha esposa pedalando e eu me arrastando pelo cansaço e pelas assaduras. Ainda tive um raio quebrado na roda traseira que a deixou desalinhada.

Levamos 5h para percorrer os 25km da Carvalho Pinto até Igaratá. Sem forças, pegamos um ônibus da Breda direto p/ Mogi (para os próximos, lembrem-se dessa "facilidade".Wink O último sai às 17:30). A motorista foi muito solícita e me ajudou a colocar as bicicletas no bagageiro. 
Aos 116 kms, fim de Audax para nós... Ouch

Apesar de ter lido muitos relatos, assistido a vídeos no youtube, cometi alguns erros que contribuíram muito para o fracasso desse Audax,  que foram:
 
Dormir pouco - Quando somos inexperientes levamos muito mais tralha que o necessário e ainda esquecemos coisas. Fiquei arrumando as coisas e fui dormir a 1h da manhã para acordar às 4:15
 
Seguir outros ciclistas ao invés de ler a carta rota - Estudei o percurso e caí na tentação de seguir os outros ao invés de olhar a carta rota no meu bolso.

Esquecer vaselina - Uma alternativa super barata ao Chamois. Funciona muito bem comigo, sempre usei nos pedais longos e nunca tive problemas. Esqueci o pote em algum lugar e não dei importância. Uma hora parecia que o selim estava em brasa, não conseguia encostar nele.

Pressão dos pneus - fiz o longo uma semana antes, pedalei na cidade e achei não que precisava recalibrar. Mas numa prova longa faz  uma diferença enorme. Quando o pneu traseiro furou, enchi com a bomba o máximo que pude, que para um pneu 38 deve ser 75-80 lbs. Percebi que mesmo exausto
minhas pedaladas rendiam muito e conseguia desenvolver bem. 
(Será que o raio quebrado tem a ver com o excesso de pressão num aro de MTB? Alguém sabe?)

Isotônico - Tomo remédio para hipertensão e imaginei que meu corpo tendesse a reter mais sal e como não tenho cãibras, achei desnecessário tomar isotônico nos primeiros 100. No treino longo, com clima ameno tomei somente água e funcionou. Mas no Audax o Sol esteve na cara o tempo todo e perdi muitos sais. 
Minha rápida recuperação uns 20 minutos depois de ter tomado deixou bem claro a eficácia dos isotônicos. 

Escolha suas lutas -  Para um 200, altimetria de 3000m não favorece pessoas mais "encorpadas". No meu caso, talvez seja incompatível, independente do preparo físico. Gostaria de conhecer alguma histórias que me contradissessem.



Bem, esse foi o primeiro que participei. Espero que venham outros e que possa concluir. Big smile
Voltar para o topo
bcgfg Ver Drop Down


Registrado: 23 Nov 2012
Orleans-SC
Desconectado
Mensagens:2424
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de bcgfg Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Mar 2016 as 01:08
Tom se esse você não concluiu com o aprendizado poderá concluir os próximos brevets.
Voltar para o topo
aliciomf Ver Drop Down


Registrado: 28 Set 2014
Paracatu MG
Desconectado
Mensagens:53
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de aliciomf Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Mar 2016 as 08:40
Ontem completamos o Audax de 200 km de Brasilia, deixo aqui meus elogios a organização e ao pessoal que tava pedalando e sempre pronto em dar uma ajuda pra os outros. A unica falha foi na marcação da prova, como foi em perímetro urbano com muitas idas e vindas, nós que eramos de fora acabamos errando muito o percursos resultado 16 km a mais pra conta
Voltar para o topo
rdias Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 14 Abr 2011
São Paulo
Desconectado
Mensagens:627
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de rdias Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Mar 2016 as 20:44
Originalmente Postado por TomSemFreio TomSemFreio Escreveu:

Aprendi muita coisa lendo os relatos e acho que aqui se forma uma base de conhecimento bem interessante, então aqui vai minha contribuição.

No último dia 5, participei do meu primeiro BRM.
Depois de ler boa parte deste tópico, ler os relatos e etc, tomei coragem e me inscrevi no Mogi-Igaratá do Randonneurs Mogi.
Fiz a inscrição, estudei bem o percurso, coloquei pneus finos na mountain bike 29" (Deli Tire 38), fita anti-furo, 2 caramanholas, uma mochila de hidratação, gel, dextrose e fui.
Minha esposa fez questão de me acompanhar,também com uma mtb 29". 
Uma semana antes, fizemos um treino de 100km. Já tínhamos feito distâncias assim na terra, e uma cicloviagem. 

Saímos de São Paulo lá pelas 5:30 e 1h depois estávamos fazendo a vistoria. Comemos pão, frutas e suco pouco antes da largada às 7hs. 
Seguimos confiantes em direção ao PC 1 em Salesópolis, km 46 onde chegamos 1 hora antes do fechamento. Tomei uma coca, comprei 2 garrafinhas de água e partimos rumo à Serra de Sta Branca. Os PC's eram todos virtuais, então era necessário comprar algo e guardar o comprovante.

Apesar de bonita, deserta e com pouco movimento, é uma serrinha razoável onde precisei empurrar em alguns pontos e parar p/ tomar um gel em outros. Faz parte

Chegando na cidade, paramos em um boteco para comprar mais água. Tomei uma tubaína e minha esposa um gatorade. No próximo Audax ao atravessar uma serra, vou lembrar de parar para comer algo bem "consistente", tipo um PF ou lanche. Seguimos em direção à Rod Carvalho Pinto a uns 10 km dali. No caminho, parei para ajustar a inclinação do selim pois estava incomodando bastante. Entre Sta Branca e  a Carvalho Pinto deve haver uns 120m de altimetria, e a essa altura já era bastante. O Sol nos acompanhava desde as 8 da manhã e o calor estava insuportável.

Ao cruzar a rodovia, vi 2 ciclistas passarem reto e segui sem pensar, afinal o caminho era uma bela descida. Chegando lá em baixo, uma placa apontava para o caminho contrário. Agora teríamos que subir de volta mas tínhamos tempo e eu estava bem confiante 

Após o erro de uns 4 km, finalmente chegamos na rodovia, que não tem nenhum posto ou local de abastecimento de água. Éramos torturados pelo sol e eu me sentia uma formiga sendo queimada com uma lupa. O selim incomodava demais, não achava posição apesar de ter feito 2 ajustes.
Para piorar a situação, o pneu traseiro furou. Em meia-hora o que era confiança virou desespero. Sol a pino e nenhuma sombra p/ trocar o pneu... Andei uns 2km pela rodovia até finalmente encontrar uma sombra precária que mal vencia o Sol.

Quando sentei na grama percebi que estava sem forças. Troquei a camara com muita dificuldade e ajuda da minha esposa. Apesar de estar sentado, e descansado minha respiração estava curta e ofegante, além disso tinha tonturas. O calor era infernal. Como já tinha passado por isso antes, sabia que precisava de um isotônico. Ainda bem que tínhamos levado uns envelopes. Misturei na caramanhola e tomei de uma vez. Quando acabei de montar a roda me sentia muito melhor e seguimos, com um Sol p/ cada um.

Chegamos na Rodovia Dom Pedro com tempo ainda. De carro, a rodovia parece plana mas na verdade é um tobogã com subidas de até 5km e nas descidas, o vento contra reduzia bastante a velocidade. A essa altura, a fadiga já estava instalada e não tinha certeza de que chegaríamos a tempo no PC2. 

Avistei uma sombra a uns 100m da rodovia e atravessei o mato em busca de um refresco. Tive que disputar a sombra com um cachorro, um cavalo e sua charrete. A dona da casa veio perguntar se precisávamos de algo. Fiquei lá deitado uns 20 min. Decidimos seguir até Igaratá, minha esposa pedalando e eu me arrastando pelo cansaço e pelas assaduras. Ainda tive um raio quebrado na roda traseira que a deixou desalinhada.

Levamos 5h para percorrer os 25km da Carvalho Pinto até Igaratá. Sem forças, pegamos um ônibus da Breda direto p/ Mogi (para os próximos, lembrem-se dessa "facilidade".Wink O último sai às 17:30). A motorista foi muito solícita e me ajudou a colocar as bicicletas no bagageiro. 
Aos 116 kms, fim de Audax para nós... Ouch

Apesar de ter lido muitos relatos, assistido a vídeos no youtube, cometi alguns erros que contribuíram muito para o fracasso desse Audax,  que foram:
 
Dormir pouco - Quando somos inexperientes levamos muito mais tralha que o necessário e ainda esquecemos coisas. Fiquei arrumando as coisas e fui dormir a 1h da manhã para acordar às 4:15
 
Seguir outros ciclistas ao invés de ler a carta rota - Estudei o percurso e caí na tentação de seguir os outros ao invés de olhar a carta rota no meu bolso.

Esquecer vaselina - Uma alternativa super barata ao Chamois. Funciona muito bem comigo, sempre usei nos pedais longos e nunca tive problemas. Esqueci o pote em algum lugar e não dei importância. Uma hora parecia que o selim estava em brasa, não conseguia encostar nele.

Pressão dos pneus - fiz o longo uma semana antes, pedalei na cidade e achei não que precisava recalibrar. Mas numa prova longa faz  uma diferença enorme. Quando o pneu traseiro furou, enchi com a bomba o máximo que pude, que para um pneu 38 deve ser 75-80 lbs. Percebi que mesmo exausto
minhas pedaladas rendiam muito e conseguia desenvolver bem. 
(Será que o raio quebrado tem a ver com o excesso de pressão num aro de MTB? Alguém sabe?)

Isotônico - Tomo remédio para hipertensão e imaginei que meu corpo tendesse a reter mais sal e como não tenho cãibras, achei desnecessário tomar isotônico nos primeiros 100. No treino longo, com clima ameno tomei somente água e funcionou. Mas no Audax o Sol esteve na cara o tempo todo e perdi muitos sais. 
Minha rápida recuperação uns 20 minutos depois de ter tomado deixou bem claro a eficácia dos isotônicos. 

Escolha suas lutas -  Para um 200, altimetria de 3000m não favorece pessoas mais "encorpadas". No meu caso, talvez seja incompatível, independente do preparo físico. Gostaria de conhecer alguma histórias que me contradissessem.



Bem, esse foi o primeiro que participei. Espero que venham outros e que possa concluir. Big smile

Maninho!
é assim mesmo. 

Para uma primeira experiência já valeu como aprendizado. Vá ver o ajuste da bicicleta pois acho que isso te devorou as energias. 

bom, parabéns por ter se desafiado. 

rdias
Voltar para o topo
CristianRMS Ver Drop Down


Registrado: 07 Abr 2014
Joinville
Desconectado
Mensagens:213
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de CristianRMS Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2016 as 16:41
Boa tarde, alguém aqui do grupo fará o brevet aqui de Joinville no próximo domingo?
Voltar para o topo
bcgfg Ver Drop Down


Registrado: 23 Nov 2012
Orleans-SC
Desconectado
Mensagens:2424
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de bcgfg Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2016 as 21:39
Não vou nesse, vou no de abril em Floripa.
Voltar para o topo
ircalf Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 29 Abr 2013
Joinville
Desconectado
Mensagens:484
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ircalf Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2016 as 23:40
Originalmente Postado por CristianRMS CristianRMS Escreveu:

Boa tarde, alguém aqui do grupo fará o brevet aqui de Joinville no próximo domingo?


Afirmativo   
Tiago
Voltar para o topo
CristianRMS Ver Drop Down


Registrado: 07 Abr 2014
Joinville
Desconectado
Mensagens:213
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de CristianRMS Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2016 as 12:24
 Me diz como é tua bike, quem sabe te acho. A minha é uma Soul Ventana Pro, aros RS21, capacete preto e vermelho, aqueles simplezinhos da High one.
Voltar para o topo
ircalf Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 29 Abr 2013
Joinville
Desconectado
Mensagens:484
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ircalf Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2016 as 14:07
Originalmente Postado por CristianRMS CristianRMS Escreveu:

 Me diz como é tua bike, quem sabe te acho. A minha é uma Soul Ventana Pro, aros RS21, capacete preto e vermelho, aqueles simplezinhos da High one.


É uma surly preta.
Ela tem paralamas, então deve ser relativamente fácil de localizar, já que pouca gente é adepta deles
Tiago
Voltar para o topo

 Responder Responder Página  <1 4647484950 52>
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.