| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | CLASSIFICADOS | COMUNIDADE | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Oficina e Manutenção das Bikes
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Peso x peças de qualidade
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiencia no site. Ao continuar navegando voce concorda com a nossa politica de privacidade.


Peso x peças de qualidade

 Responder Responder
Autor
Mensagem Reverter Ordem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
stefanob Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Jan 2016
Curitiba
Desconectado
Mensagens:699
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de stefanob Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Peso x peças de qualidade
    Enviado: 13 Mai 2022 as 20:00
acho que precisa definir a $ que tá disposto a (ou tem condições de) investir, e também o uso
o Dimas comentou e concordo bastante, uma bike super leve não é pra botar pra moer todo dia, dependendo das condições (asfalto ruim e tals) acaba aumentando bastante risco de dar alguma merda.. ou pega componentes super leves e super confiáveis, mas ai a grana é alta heheh

mas pra começar precisa de um quadro bom de alumínio, que valha os upgrades.. o CAAD que o Dimas comentou é um tremendo referencial, pesa menos que muito quadro de carbono até de marcas grandes.. mas é dificil de encontrar tb
ainda assim dá pra garimpar.. eu tenho um Tropix Madrid que com Tiagra tá nos 8,5kg (com tudo pronta pro pedal)

voltando, dá pra encontrar um sweetspot entre redução de peso, custo e qualidade.. não vá pro carbono chinês duvidoso, mas tem marcas boas lá com bom custo.. a Og-Evkin, Lexon/Ryet, são alguns exemplos, vai vir com tolerancias um pouco acima do que deveria, precisar apertar com mais torque q o "normal", mas vai dar certo e ser seguro

mas componentes antigos não acho q seja o caminho, é receita pra dor de cabeça, como o Dimas já discorreu.. a menos q teu objetivo seja "coleção", ou ter uma bike antiga msm, ai é outra história

dá uma olhada nesse tópico do RodrigoOliveira sobre a bike <7kg, ele detalhou bem o projeto que fez e dá pra tirar umas ideias.. foi um investimento alto, mas ainda bem abaixo do que seria pra comprar nas lojas daqui, seja peças ou montada
Road Tropix Madrid 2018
Rodas Superteam 50C
https://www.strava.com/athletes/14288255
Voltar para o topo
dimas2dimas Ver Drop Down


Registrado: 03 Jul 2014
Cascavel (PR)
Desconectado
Mensagens:1403
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dimas2dimas Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mai 2022 as 19:10
Originalmente Postado por Jopamacedo Jopamacedo Escreveu:

Originalmente Postado por dimas2dimas dimas2dimas Escreveu:

Originalmente Postado por Jopamacedo Jopamacedo Escreveu:

Resolvi criar esta discussão, baseando-me um pouco no meu (parco) conhecimento, experiências e leitura.
Considerando a não disponibilidade de uma boa $$ pra investir numa speed top ou de dar aquele super, mega up grade, veio algo na minha cabeça:

A obsessão em diminuir o peso ou investir em peças móveis de qualidade?

1) Encher aquele quadro de aluminio com peças de carbono made in china, colocar peças modernas nível "intermediário" como um hollowtec, pedivela e câmbios com corpo de plástico, roldanas de nyln, os "Altus", "Soras", "Tiagras" e "Aceras" da vida
                                OU
2) Deixar tudo de aluminio e garimpar conjuntos Dura-Ace, Campagnolo, mesmo que seja coisa antiga, como um movimento central quadrado?

Sei que a grana investida empataria, mas alguém já comparou as duas possibilidades?


Depende do quanto de $$ e qualidade que estamos falando.

Acho que bike moderna de aluminio com ótimo quadro pode ser a base de um projeto fabuloso.

Pessoalmente não uso marca desconhecida e de baixo custo. Acho mesquinhez.

- Bom quadro é fundamebtal (um quadro Caad 12 pesa 1100g, menos que a maipria dos China da vida). Um bpm quadro de carbono, leve, renomado e moderbo custa pelo menos 4 Caads.
- Quandros chineses pesam o mesmo que os tops de aluminio famosos e cuatamuito proximo.
- Nem todo quadro leve chines e confiável. Dispense loterias.
Tiagra e Sora são grupos pesados e recreativos. a Brincadeira começa no 105.

- Um Dura ace pesa cerca de 300g a menos que um Ultegra, custando o dobro. um 105 pesa 200g a mais que um Ultegra custando 60%.
- O 105 é ótimo.

- Rodas fazem toda diferença. Um par de chonesas de carbono proximas de 1500g vao custar 3k. Boas rodas de aluminio tão leves quanto de marcas renomadas podem ser importadas na faixa de 4k (Campagnolo Zonda), sendo muito mais confiáveis.

- Bons pneus pesam pouco (GP5000, Michelin Power...) tem tubeless e camaras de TPU pra tirar peso. Estou usando TPU e gostando bastante.

- O quanto de $$$ envolvido é importante. Estu montando uma Caad Optimo com 105 e peças boas (Ritchey, 105, Fabric, FSA). De chines vai ter somente o guidão. Ameta é R$7000,00 para uma bike de 8kg com pedais. Estou tentando mas acho que vou estourar o orçamento.

- Quanto a aluminio, pesei minha Caad13 Disc hoje. Aferiu 8.3430g com pedais, no modelo todo 105 (ainda origonal), com Sim Fizik VS de 254g. So coloquei pneus 28 mais leves (Michelin), mesa 110mm dDeda Zero2 e Guidao de carbono (186g), além de trocar camaras de 149g por tpu de 33g. Incestir num Ultegra (140g mais leve) não vale a pena, mas rodas de 1500g baixariam o peso para 8kg (7750 sem pedais), ja que as originais pesam 1987g.

Mexer com peça velha é só dor de cabeça. A disponibolidade de peças é pouca e quem tem pede horrores. Utilize o mais moderno que puder, sempre, se quiser rodar por muito tempo.

Dura Ace velho pesa como um 105 moderno. so vale se for pra montar bike de parede vintage.

Na oficina hoje passou uma Supersix Himod 2018, finamente montada com Sram Red mecabico, rodas Carbono e afins, pesando 6.140g com pedal nin quadro 56. Fenomenal.

https://instagram.com/stories/magraomecanico/2837417754596131413?utm_source=ig_story_item_share&igshid=MDJmNzVkMjY=

Ta nos stories do mecanico!

Para fomparação, minha Tarmac com Ultegra e cockpit de aluminio pesa 7.480g com rodas de treino (agora me motivei para baixar pra casa dos 6kg altos).

Bike leve e pra quem gosta e tenho comigo que deve ser uma segunda bike e não a bile de "moer" (motivo de eu ter mais de 1 bike). A Tarmac acaba sendo aquele amor eterno, vulgo casamebto, que todo dia vc faz algo pra tentar melhorar e nunca acabar. Depois de montar... ninguém valoriza e vc não recupera nada vendendo... então... que seja eterno!


Um exemplo bobo meu é quando tirei os cubos roletados novos das rodas 27 da minha antiga Caloi 10 e voltei com os de esferas da época: um Sunshine e um Shimano. A diferença pra melhor foi nítida. Tá certo que os roletados não eram nenhuma brastemp, mas enfim eram modernos...


Ainda prefiro esferados. Tenho na Tarmac. Zero 0roblemas e folgas. Rolamento facilita a vida do mecanico. DuraAce ainda é esferado.
Dimas C. Prado

https://www.pedalroom.com/members/dimas2dimas

https://www.strava.com/athletes/11470031

https://www.instagram.com/dimas2dimas/
Voltar para o topo
Jopamacedo Ver Drop Down


Registrado: 20 Jun 2019
SJCampos
Desconectado
Mensagens:53
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jopamacedo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mai 2022 as 18:57
Originalmente Postado por dimas2dimas dimas2dimas Escreveu:

Originalmente Postado por Jopamacedo Jopamacedo Escreveu:

Resolvi criar esta discussão, baseando-me um pouco no meu (parco) conhecimento, experiências e leitura.
Considerando a não disponibilidade de uma boa $$ pra investir numa speed top ou de dar aquele super, mega up grade, veio algo na minha cabeça:

A obsessão em diminuir o peso ou investir em peças móveis de qualidade?

1) Encher aquele quadro de aluminio com peças de carbono made in china, colocar peças modernas nível "intermediário" como um hollowtec, pedivela e câmbios com corpo de plástico, roldanas de nyln, os "Altus", "Soras", "Tiagras" e "Aceras" da vida
                                OU
2) Deixar tudo de aluminio e garimpar conjuntos Dura-Ace, Campagnolo, mesmo que seja coisa antiga, como um movimento central quadrado?

Sei que a grana investida empataria, mas alguém já comparou as duas possibilidades?


Depende do quanto de $$ e qualidade que estamos falando.

Acho que bike moderna de aluminio com ótimo quadro pode ser a base de um projeto fabuloso.

Pessoalmente não uso marca desconhecida e de baixo custo. Acho mesquinhez.

- Bom quadro é fundamebtal (um quadro Caad 12 pesa 1100g, menos que a maipria dos China da vida). Um bpm quadro de carbono, leve, renomado e moderbo custa pelo menos 4 Caads.
- Quandros chineses pesam o mesmo que os tops de aluminio famosos e cuatamuito proximo.
- Nem todo quadro leve chines e confiável. Dispense loterias.
Tiagra e Sora são grupos pesados e recreativos. a Brincadeira começa no 105.

- Um Dura ace pesa cerca de 300g a menos que um Ultegra, custando o dobro. um 105 pesa 200g a mais que um Ultegra custando 60%.
- O 105 é ótimo.

- Rodas fazem toda diferença. Um par de chonesas de carbono proximas de 1500g vao custar 3k. Boas rodas de aluminio tão leves quanto de marcas renomadas podem ser importadas na faixa de 4k (Campagnolo Zonda), sendo muito mais confiáveis.

- Bons pneus pesam pouco (GP5000, Michelin Power...) tem tubeless e camaras de TPU pra tirar peso. Estou usando TPU e gostando bastante.

- O quanto de $$$ envolvido é importante. Estu montando uma Caad Optimo com 105 e peças boas (Ritchey, 105, Fabric, FSA). De chines vai ter somente o guidão. Ameta é R$7000,00 para uma bike de 8kg com pedais. Estou tentando mas acho que vou estourar o orçamento.

- Quanto a aluminio, pesei minha Caad13 Disc hoje. Aferiu 8.3430g com pedais, no modelo todo 105 (ainda origonal), com Sim Fizik VS de 254g. So coloquei pneus 28 mais leves (Michelin), mesa 110mm dDeda Zero2 e Guidao de carbono (186g), além de trocar camaras de 149g por tpu de 33g. Incestir num Ultegra (140g mais leve) não vale a pena, mas rodas de 1500g baixariam o peso para 8kg (7750 sem pedais), ja que as originais pesam 1987g.

Mexer com peça velha é só dor de cabeça. A disponibolidade de peças é pouca e quem tem pede horrores. Utilize o mais moderno que puder, sempre, se quiser rodar por muito tempo.

Dura Ace velho pesa como um 105 moderno. so vale se for pra montar bike de parede vintage.

Na oficina hoje passou uma Supersix Himod 2018, finamente montada com Sram Red mecabico, rodas Carbono e afins, pesando 6.140g com pedal nin quadro 56. Fenomenal.

https://instagram.com/stories/magraomecanico/2837417754596131413?utm_source=ig_story_item_share&igshid=MDJmNzVkMjY=

Ta nos stories do mecanico!

Para fomparação, minha Tarmac com Ultegra e cockpit de aluminio pesa 7.480g com rodas de treino (agora me motivei para baixar pra casa dos 6kg altos).

Bike leve e pra quem gosta e tenho comigo que deve ser uma segunda bike e não a bile de "moer" (motivo de eu ter mais de 1 bike). A Tarmac acaba sendo aquele amor eterno, vulgo casamebto, que todo dia vc faz algo pra tentar melhorar e nunca acabar. Depois de montar... ninguém valoriza e vc não recupera nada vendendo... então... que seja eterno!


Um exemplo bobo meu é quando tirei os cubos roletados novos das rodas 27 da minha antiga Caloi 10 e voltei com os de esferas da época: um Sunshine e um Shimano. A diferença pra melhor foi nítida. Tá certo que os roletados não eram nenhuma brastemp, mas enfim eram modernos...
Voltar para o topo
dimas2dimas Ver Drop Down


Registrado: 03 Jul 2014
Cascavel (PR)
Desconectado
Mensagens:1403
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dimas2dimas Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mai 2022 as 18:43
Originalmente Postado por Jopamacedo Jopamacedo Escreveu:

Resolvi criar esta discussão, baseando-me um pouco no meu (parco) conhecimento, experiências e leitura.
Considerando a não disponibilidade de uma boa $$ pra investir numa speed top ou de dar aquele super, mega up grade, veio algo na minha cabeça:

A obsessão em diminuir o peso ou investir em peças móveis de qualidade?

1) Encher aquele quadro de aluminio com peças de carbono made in china, colocar peças modernas nível "intermediário" como um hollowtec, pedivela e câmbios com corpo de plástico, roldanas de nyln, os "Altus", "Soras", "Tiagras" e "Aceras" da vida
                                OU
2) Deixar tudo de aluminio e garimpar conjuntos Dura-Ace, Campagnolo, mesmo que seja coisa antiga, como um movimento central quadrado?

Sei que a grana investida empataria, mas alguém já comparou as duas possibilidades?


Depende do quanto de $$ e qualidade que estamos falando.

Acho que bike moderna de aluminio com ótimo quadro pode ser a base de um projeto fabuloso.

Pessoalmente não uso marca desconhecida e de baixo custo. Acho mesquinhez.

- Bom quadro é fundamebtal (um quadro Caad 12 pesa 1100g, menos que a maipria dos China da vida). Um bpm quadro de carbono, leve, renomado e moderbo custa pelo menos 4 Caads.
- Quandros chineses pesam o mesmo que os tops de aluminio famosos e cuatamuito proximo.
- Nem todo quadro leve chines e confiável. Dispense loterias.
Tiagra e Sora são grupos pesados e recreativos. a Brincadeira começa no 105.

- Um Dura ace pesa cerca de 300g a menos que um Ultegra, custando o dobro. um 105 pesa 200g a mais que um Ultegra custando 60%.
- O 105 é ótimo.

- Rodas fazem toda diferença. Um par de chonesas de carbono proximas de 1500g vao custar 3k. Boas rodas de aluminio tão leves quanto de marcas renomadas podem ser importadas na faixa de 4k (Campagnolo Zonda), sendo muito mais confiáveis.

- Bons pneus pesam pouco (GP5000, Michelin Power...) tem tubeless e camaras de TPU pra tirar peso. Estou usando TPU e gostando bastante.

- O quanto de $$$ envolvido é importante. Estu montando uma Caad Optimo com 105 e peças boas (Ritchey, 105, Fabric, FSA). De chines vai ter somente o guidão. Ameta é R$7000,00 para uma bike de 8kg com pedais. Estou tentando mas acho que vou estourar o orçamento.

- Quanto a aluminio, pesei minha Caad13 Disc hoje. Aferiu 8.3430g com pedais, no modelo todo 105 (ainda origonal), com Sim Fizik VS de 254g. So coloquei pneus 28 mais leves (Michelin), mesa 110mm dDeda Zero2 e Guidao de carbono (186g), além de trocar camaras de 149g por tpu de 33g. Incestir num Ultegra (140g mais leve) não vale a pena, mas rodas de 1500g baixariam o peso para 8kg (7750 sem pedais), ja que as originais pesam 1987g.

Mexer com peça velha é só dor de cabeça. A disponibolidade de peças é pouca e quem tem pede horrores. Utilize o mais moderno que puder, sempre, se quiser rodar por muito tempo.

Dura Ace velho pesa como um 105 moderno. so vale se for pra montar bike de parede vintage.

Na oficina hoje passou uma Supersix Himod 2018, finamente montada com Sram Red mecabico, rodas Carbono e afins, pesando 6.140g com pedal nin quadro 56. Fenomenal.

https://instagram.com/stories/magraomecanico/2837417754596131413?utm_source=ig_story_item_share&igshid=MDJmNzVkMjY=

Ta nos stories do mecanico!

Para fomparação, minha Tarmac com Ultegra e cockpit de aluminio pesa 7.480g com rodas de treino (agora me motivei para baixar pra casa dos 6kg altos).

Bike leve e pra quem gosta e tenho comigo que deve ser uma segunda bike e não a bile de "moer" (motivo de eu ter mais de 1 bike). A Tarmac acaba sendo aquele amor eterno, vulgo casamebto, que todo dia vc faz algo pra tentar melhorar e nunca acabar. Depois de montar... ninguém valoriza e vc não recupera nada vendendo... então... que seja eterno!

Em resumo. Bom quadro e bons componentes. Sempre. Segurança acima de tudo!

Editado por dimas2dimas - 13 Mai 2022 as 19:08
Dimas C. Prado

https://www.pedalroom.com/members/dimas2dimas

https://www.strava.com/athletes/11470031

https://www.instagram.com/dimas2dimas/
Voltar para o topo
Jopamacedo Ver Drop Down


Registrado: 20 Jun 2019
SJCampos
Desconectado
Mensagens:53
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jopamacedo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mai 2022 as 18:26
Resolvi criar esta discussão, baseando-me um pouco no meu (parco) conhecimento, experiências e leitura.
Considerando a não disponibilidade de uma boa $$ pra investir numa speed top ou de dar aquele super, mega up grade, veio algo na minha cabeça:

A obsessão em diminuir o peso ou investir em peças móveis de qualidade?

1) Encher aquele quadro de aluminio com peças de carbono made in china, colocar peças modernas nível "intermediário" como um hollowtec, pedivela e câmbios com corpo de plástico, roldanas de nyln, os "Altus", "Soras", "Tiagras" e "Aceras" da vida
                                OU
2) Deixar tudo de aluminio e garimpar conjuntos Dura-Ace, Campagnolo, mesmo que seja coisa antiga, como um movimento central quadrado?

Sei que a grana investida empataria, mas alguém já comparou as duas possibilidades?
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   

Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.

 
 
 
 
 
 

X