| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | CLASSIFICADOS | COMUNIDADE | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Oficina e Manutenção das Bikes
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Shimano responde sobre cruzar corrente
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiencia no site. Ao continuar navegando voce concorda com a nossa politica de privacidade.


Shimano responde sobre cruzar corrente

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Fabio Ver Drop Down


Registrado: 07 Out 2003
-
Desconectado
Mensagens:8148
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Fabio Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Shimano responde sobre cruzar corrente
    Enviado: 22 Fev 2014 as 22:01

De acordo com o mecânico Claudinei Souza, assistente técnico da Shimano Latino América, o cruzamento de marchas é permitido e não diminui a vida útil dos componentes da relação, desde que todo o conjunto esteja perfeitamente montado e alinhado de acordo com as normas de utilização e as especificações técnicas da Shimano.

Seja num pedivela de coroa tripla ou dupla, se o conjunto todo está “casado” certinho e alinhado, pode-se cruzar as marchas. Recomendamos que o ciclista esteja sempre atento ao estado da corrente e que faça revisões periódicas na bicicleta. A medição pode ser feita com uma ferramenta especial para essa finalidade em qualquer boa oficina”.

Voltar para o topo
carotefeliz Ver Drop Down
Avatar
Restrito

Registrado: 26 Jun 2012
Goiânia
Desconectado
Mensagens:123
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de carotefeliz Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Fev 2014 as 22:24
Eu ando de qualquer jeito nunca mim preocupei com isso. Até hoje não estragou nada.
Voltar para o topo
dasilvj4 Ver Drop Down
Avatar
Banido

Registrado: 05 Dez 2013
São Paulo
Desconectado
Mensagens:18
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dasilvj4 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2014 as 00:16
Qualquer esforço a mais vai diminuir a vida útil, se vc usar um grupo deore só na cidade ele não vai quebrar "nunca" porque ele foi feito para uma pegada mais pesada, quando expõe menos o equipamento ele dura mais, não tem como ser diferente.
Voltar para o topo
FAB1000 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 06 Jan 2004
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:13019
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de FAB1000 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2014 as 12:24
Porque será que demorou tanto tempo pra Shimano afirmar categoricamente que pode cruzar a corrente de seus sistemas sem prejuízo?

Pergunte a concorrência... Wink


Voltar para o topo
Ironman Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Dez 2005
Göttingen
Desconectado
Mensagens:4824
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ironman Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2014 as 13:35
Originalmente Postado por FAB1000 FAB1000 Escreveu:

Porque será que demorou tanto tempo pra Shimano afirmar categoricamente que pode cruzar a corrente de seus sistemas sem prejuízo?

Pergunte a concorrência... Wink


 
 
<a href="http://img43.imageshack.us/i/ironman4k.jpg/" rel="nofollow"><img src="http://img43.imageshack.us/img43/8024/ironman4k.jpg" /></a>

Meu canal no YouTube: Fabio Aiello - Alemanha
Voltar para o topo
Alessandro_sp Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 20 Out 2005
Itu - SP
Desconectado
Mensagens:9325
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alessandro_sp Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2014 as 15:49
Acho a afirmação fajuta... Por "certinho e alinhado" entenda-se com o chainline apropriado. Se o chainline é importante, então como cruzar uma corrente (equivalente de um chainline desalinhado) não é?



Vai desgastar de forma mais intensa e possivelmente desigual, mas em função das inúmeras condições de uso possíveis, é algo quase impossível de comparar na prática. No lab é fácil, monta numa máquina e soca trocentos milhares de ciclos com a corrente alinhada, depois desalinhada, e confere.
On the outskirts of nowhere / On the ringroad to somewhere / On the verge of indecision / I'll always take the roundabout way
(Marillion - Bitter suite part V - Windswept Thumb)
Voltar para o topo
dasilvj4 Ver Drop Down
Avatar
Banido

Registrado: 05 Dez 2013
São Paulo
Desconectado
Mensagens:18
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dasilvj4 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2014 as 18:06
Originalmente Postado por Alessandro_sp Alessandro_sp Escreveu:

Acho a afirmação fajuta... Por "certinho e alinhado" entenda-se com o chainline apropriado. Se o chainline é importante, então como cruzar uma corrente (equivalente de um chainline desalinhado) não é?



Vai desgastar de forma mais intensa e possivelmente desigual, mas em função das inúmeras condições de uso possíveis, é algo quase impossível de comparar na prática. No lab é fácil, monta numa máquina e soca trocentos milhares de ciclos com a corrente alinhada, depois desalinhada, e confere.


Isso com certeza é testado pela Shimano e SRAM, eu acho que eles deviam divukgar esses testes e dizer o quanto se perde em vida util em condições normais de uso e cada linha de produto, mas isso é dar parametros para concorrencia, eu sou engenheiro e sei que qualquer tipo de teste de bancada é o mais sigiloso possivel.

Provavelmente até a Shimano testa SRAM e vice-versa.
Voltar para o topo
flaviosplatter Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 16 Out 2009
Guarulhos
Desconectado
Mensagens:1052
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de flaviosplatter Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2014 as 18:14
Eu já fazia isso a muito tempo, rssssssssss
Voltar para o topo
satoshi Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Ago 2005
Campinas - SP
Desconectado
Mensagens:8206
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de satoshi Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Fev 2014 as 22:10
Originalmente Postado por Alessandro_sp Alessandro_sp Escreveu:

Acho a afirmação fajuta... Por "certinho e alinhado" entenda-se com o chainline apropriado. Se o chainline é importante, então como cruzar uma corrente (equivalente de um chainline desalinhado) não é?



Vai desgastar de forma mais intensa e possivelmente desigual, mas em função das inúmeras condições de uso possíveis, é algo quase impossível de comparar na prática. No lab é fácil, monta numa máquina e soca trocentos milhares de ciclos com a corrente alinhada, depois desalinhada, e confere.

Chainline pra quê!!! Vai no "zoiômetro" e sejamos felizes!

P.S.: Depois do depoimente deste "técnico" da Shimano, joguei no lixo os manuais técnicos da empresa. Ops. Peraí! Faz mais de 4 anos que só uso corrente SRAM!!! kkkk
"Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias"
Carl Sagan
Voltar para o topo
Alessandro_sp Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 20 Out 2005
Itu - SP
Desconectado
Mensagens:9325
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alessandro_sp Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Fev 2014 as 11:05
Originalmente Postado por dasilvj4 dasilvj4 Escreveu:


Originalmente Postado por Alessandro_sp Alessandro_sp Escreveu:

Acho a afirmação fajuta... Por "certinho e alinhado" entenda-se com o chainline apropriado. Se o chainline é importante, então como cruzar uma corrente (equivalente de um chainline desalinhado) não é?



Vai desgastar de forma mais intensa e possivelmente desigual, mas em função das inúmeras condições de uso possíveis, é algo quase impossível de comparar na prática. No lab é fácil, monta numa máquina e soca trocentos milhares de ciclos com a corrente alinhada, depois desalinhada, e confere.


Isso com certeza é testado pela Shimano e SRAM, eu acho que eles deviam divukgar esses testes e dizer o quanto se perde em vida util em condições normais de uso e cada linha de produto, mas isso é dar parametros para concorrencia, eu sou engenheiro e sei que qualquer tipo de teste de bancada é o mais sigiloso possivel.

Provavelmente até a Shimano testa SRAM e vice-versa.


Disso eu sei, embora tenha engavetado meu diploma, ainda lembro umas coisinhas da facul. O ponto é que segundo o que foi informado no tópico, a informação é contraditória. Chainline errado é tão culpado por torcer uma corrente quanto usá-la cruzada. Então "pode cruzar desde que o chainline esteja certo, que não desgasta" é um contra-senso. Só se vc for sortudo de cruzar de modo a anular o chainline errado

Se te interessar algumas observações empíricas e não confirmáveis, eu sempre evitei cruzar a corrente. E minhas relações duravam cerca de 14 a 16 mil km (pedivela, cassete e 2 correntes em esquema de rodízio a cada 500km). Nesta última, eu comecei a usar a corrente cruzada, sem me importar muito com isso. Resultado foi que numa das bikes, com cerca de 5 mil km, as duas correntes que alterno já estão tão folgadas que terei de trocar. Deveriam durar praticamente o dobro!

Sei que pra afirmar categoricamente algo eu deveria fazer o teste em situações controladas, num laboratório. O que me chamou a atenção não é ter variação, e sim o porte dela, se durasse 2 ou 3 mil a menos tudo bem, mas durar a metade???
On the outskirts of nowhere / On the ringroad to somewhere / On the verge of indecision / I'll always take the roundabout way
(Marillion - Bitter suite part V - Windswept Thumb)
Voltar para o topo
euesmago Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 02 Mar 2009
curitiba
Desconectado
Mensagens:1540
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de euesmago Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Fev 2014 as 11:36
O grande probelma esta nesta parte do texto: "desde que todo o conjunto esteja perfeitamente montado e alinhado de acordo com as normas de utilização e as especificações técnicas da Shimano." Esta simples frase abre o precedente pra shimano negar garantia sob alegaçao de que a montagem dos componentes nao foi feita de maneira correta.

Viva mais, ame mais, pedale mais...
Voltar para o topo
G4rF13ld Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Out 2010
formosa-go
Desconectado
Mensagens:1915
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de G4rF13ld Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Fev 2014 as 15:27
Originalmente Postado por Alessandro_sp Alessandro_sp Escreveu:


Disso eu sei, embora tenha engavetado meu diploma, ainda lembro umas coisinhas da facul. O ponto é que segundo o que foi informado no tópico, a informação é contraditória. Chainline errado é tão culpado por torcer uma corrente quanto usá-la cruzada. Então "pode cruzar desde que o chainline esteja certo, que não desgasta" é um contra-senso. Só se vc for sortudo de cruzar de modo a anular o chainline errado

Se te interessar algumas observações empíricas e não confirmáveis, eu sempre evitei cruzar a corrente.
E minhas relações duravam cerca de 14 a 16 mil km (pedivela, cassete e 2 correntes em esquema de rodízio a cada 500km). Nesta última, eu comecei a usar a corrente cruzada, sem me importar muito com isso. Resultado foi que numa das bikes, com cerca de 5 mil km, as duas correntes que alterno já estão tão folgadas que terei de trocar. Deveriam durar praticamente o dobro!

Sei que pra afirmar categoricamente algo eu deveria fazer o teste em situações controladas, num laboratório. O que me chamou a atenção não é ter variação, e sim o porte dela, se durasse 2 ou 3 mil a menos tudo bem, mas durar a metade???

MTB ou speed?

se for MTB, tu pedala só na terra?
Eterno aprendiz
Voltar para o topo
lgustavo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Jan 2014
João Pessoa
Desconectado
Mensagens:65
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de lgustavo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Fev 2014 as 16:19
Como não faço atividades extremas com a bike e também não rodo tanto assim... cerca de 1 mil, 1,5mil Km/mês... Nunca me preocupei em se "tá ou não cruzando a corrente"... NO GERAL ando numa relação que evite ao máximo ter que trocar marcha... então se estou em uma determinada velocidade... e preciso subir ou descer alguma marcha... busco a solução mais próxima, independente, de ser cruzada  ou não... depois tendo a voltar a levada que vinha tendo antes... então... como 15, 16 mil km pra mim é mais de um ano, e como a pegada também não é tão intensa... não vejo esse desgaste todo... meu conjunto está comigo completando 1 ano agora em fevereiro... está em estado de zero... acho que a necessidade e outros fatores, fazem esse desgaste ser acentuado ou quase imperceptível.

Voltar para o topo
Alessandro_sp Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 20 Out 2005
Itu - SP
Desconectado
Mensagens:9325
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alessandro_sp Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Fev 2014 as 19:40
Originalmente Postado por G4rF13ld G4rF13ld Escreveu:


Originalmente Postado por Alessandro_sp Alessandro_sp Escreveu:


Disso eu sei, embora tenha engavetado meu diploma, ainda lembro umas coisinhas da facul. O ponto é que segundo o que foi informado no tópico, a informação é contraditória. Chainline errado é tão culpado por torcer uma corrente quanto usá-la cruzada. Então "pode cruzar desde que o chainline esteja certo, que não desgasta" é um contra-senso. Só se vc for sortudo de cruzar de modo a anular o chainline errado

Se te interessar algumas observações empíricas e não confirmáveis, eu sempre evitei cruzar a corrente.
E minhas relações duravam cerca de 14 a 16 mil km (pedivela, cassete e 2 correntes em esquema de rodízio a cada 500km). Nesta última, eu comecei a usar a corrente cruzada, sem me importar muito com isso. Resultado foi que numa das bikes, com cerca de 5 mil km, as duas correntes que alterno já estão tão folgadas que terei de trocar. Deveriam durar praticamente o dobro!

Sei que pra afirmar categoricamente algo eu deveria fazer o teste em situações controladas, num laboratório. O que me chamou a atenção não é ter variação, e sim o porte dela, se durasse 2 ou 3 mil a menos tudo bem, mas durar a metade???


MTB ou speed?

se for MTB, tu pedala só na terra?


Uma speed e uma híbrida, ambas só no asfalto. MTB é tão cheio de variáveis que é simplesmente impossível prever o desgaste...

Como eu falei, não usei "critérios científicos", mas sou bem metódico no modo de pedalar (não pedalo na chuva, por exemplo, e evito ao máximo trechos sujos - com areia, por exemplo) e na manutenção. A relação que teve desgaste anormal possui os mesmos componentes que usei nas outras, que duraram "mais".
On the outskirts of nowhere / On the ringroad to somewhere / On the verge of indecision / I'll always take the roundabout way
(Marillion - Bitter suite part V - Windswept Thumb)
Voltar para o topo
Tyerre Ver Drop Down
Avatar
Restrito

Registrado: 15 Mai 2011
Muriaé/MG
Desconectado
Mensagens:4
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Tyerre Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Mar 2014 as 10:41
O problema é que na maioria das vezes que ocorre cruzamento extremo, a corrente raspa no interior do câmbio dianteiro, produzindo atrito (desgaste das peças) e um barulho chato pra %#*(a))&%¨#*
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   

Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.

 
 
 
 
 
 

X