| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Fóruns Novos - Outras Categorias > Bicicletas Reclinadas / Recumbent Bikes / Trikes Bikes
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - reclinadas no LEL 2017
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

reclinadas no LEL 2017

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
ninocoutinho Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 08 Jul 2010
Itabira - MG
Desconectado
Mensagens:1590
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ninocoutinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: reclinadas no LEL 2017
    Enviado: 09 Ago 2017 as 13:01
-------------------------------------------------------------------------------------------

EDITADO: aqui no fórum, todos os links para fotos do onedrive (que funcionaram perfeitamente em outros dois fóruns) estavam dando certo ao prever a visualização do post, mas ao postar de verdade, ficaram quebradosCryCry.

De todo modo, ao final do post tem um link pro album de fotos mas, se alguém quiser ver o tópico com fotos originais, tem esta opção:


-------------------------------------------------------------------------------------------

LampFiz o possível pra conseguir estudar a participação das reclinadas na última edição dos 1400km do Londres Edimburgo Londres, que se deu durante a semana passada (30 jul a 04 ago).

Não rolou de ser tão detalhista quanto no estudo do PBP 2015 pq não tem um sistema tão completo de infos como do PBP, q tem números separados de inscrição pra bikes especiais, integração dos números com as fotos e, o pior de tudo, o tracking do LEL agora está travado e, pelo que li, não será reaberto. Então, de quem não consegui info, provável não obter mais.

Mas acho que chegamos bem próximos da realidade. Stalkeei uns grupos e perfis no facebook e cheguei ao seguinte, com ajuda especial do Lee Wakefield (um reclineiro inglês 'especialista' em velomóveis):



Resumindo, tivemos 26 reclineiros, sendo:

- 4 velomóveis (um Quattrovelo, um Milan e dois Quests)
- 22 reclinadas de duas rodas (nenhum triciclo)

das reclis, eram:

15 high-racers
4 lowracers
1 LWB e
2 reclis meio que "fora de categoria" por não serem propriamente racing: uma Optima Condor e uma Flevobike Greenmachine.



Das high-racers, 4 eram puramente stick (Bacchetta CA2, duas Schlitters e uma sérvia de aço - Velomotion), 4 levemente curvadas (3 Metas e uma Seiran) e 7 com quadros curvos (M5 CHR, Performer HR, duas Troytecs e as três Vendettas).



Quando diferencio "levemente curvadas" de "quadros curvos", tem a ver com altura do banco e proximidade da sua bunda à roda dianteira. Penso que os quadros levemente curvados tem mais proximidade com as stick do que com os curvos de fato. São como sticks que acomodam melhor pessoas não tão altas, mas escondido ali tá uma geometrica de high-racer canetuda - com algumas melhorias, como melhor distribuição de peso e posição mais amigável da pedivela. Já os curvos de verdade têm o assento abaixo da linha dos 60cm, mesmo com rodas 700. Apesar de mais baixos, nem sempre acomodam ciclistas mais baixos, por causa da proximidade da pedivela à roda dianteira - exceção às Vendettas, que aí sim conseguem deixar pedivela bem perto da roda, sem q isso gere um problema de heel strike ou o grave pedal strike.



Entre as lowracers estava tb a única recli carenada, a Birk Comet. Fico pensando como ela reagiu aos fortes ventos que foram enfrentados no percurso.



Em relação a resultados, uma pena que não dá mais pra consultar os tempos, mas o verdadeiramente impressionante foi o Quattrovelo, que parece ter terminado com mais de 30h de folga (eu anotei 36h aqui no meu "papilinho", não sei se está correto)



Pra quem não acompanha muito o mundo dos velomóveis, o Quattrovelo foi a última grande novidade do mercado, começaram a ser entregues ano passado. Apesar do arrasto a mais por ter 4 rodas, e não 3 como é o usual nos velomóveis, ele tem grandes ganhos, como mais estabilidade em curvas, mais tração em subidas íngremes, mais espaço interno e muito mais segurança em casos de furo ou estouro de pneu. Há relatos de ele ser mais rápido que o Quest, mas evidentemente perder pro Milan ou pro DF. Mas acho q toda essa estabilidade a mais dele compensa quando você não está numa pegada absolutamente esportiva e evitando correr riscos desnecessários (como exemplo, já vi relatos - em vídeo - de velonautas dizerem que no geral acham o quest mais rápido q o DF, o q parece um absurdo pq o DF é vários quilos mais leve, mais rídigo internamente, mais aerodinâmico e tem suspensões mais 'duras', porém dá uma sensação de mais instável q o quest em altas velocidades... imaginando que o quattrovelo é ainda mais estável que o quest, então temos realmente uma máquina incrível). Link:


Também tinha anotado no meu "papilinho" que os três reclineiros mais rápidos foram o Andy Allsopp na sua schlitter (terminando com 18h de folga), e o camarada da high-racer de aço com o da performer high-racer - ambos terminaram meio q juntos com 8h40min de folga.

O Andy usa um tapetinho de ioga por baixo do ventisit. Ele disse no FB q ajuda a diminuir os 'impactos' (não sei se foi essa palavra q ele usou ou se ele estava falando de 'vibrações' - parece q o asfalto desse trajeto não é perfeito):





ExclamationReuni fotos de quase todas as reclis aqui: Cool



Editado por ninocoutinho - 09 Ago 2017 as 13:05
Nenhuma infurabilidade é excessiva.
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.