Imprimir página | Fechar Janela

Peugeot PX10 1979

De:: Pedal.com.br
Categoria: Fóruns Novos - Outras Categorias
Nome do fórum: Old School / Vintage / Clássicas / Retrô- Bicicletas Antigas
Descrição:: Fórum para discussão geral sobre bicicletas antigas e assuntos afins.
URL:: https://www.pedal.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=98320
Data:: 18 Jan 2021 as 11:48
Versão do Software: Web Wiz Forums 11.06 - http://www.webwizforums.com


Tópico: Peugeot PX10 1979
Enviado por: brunojp7
Assunto: Peugeot PX10 1979
Data: 28 Abr 2020 as 18:57
A nova magrela da casa, uma Peugeot PX10, cor Gris Argent e ano 1979. De original ela tem câmbio e derailleur Huret, avanço Atax, cubos de flange baixo, manetes de cambio Simplex, freios Mafac. Não tem guidon, selim e pedais originais.
 

https://postimg.cc/sQ2rfNzh" rel="nofollow">

https://postimages.org/" rel="nofollow">

https://postimages.org/" rel="nofollow">

https://postimages.org/" rel="nofollow">

https://postimages.org/" rel="nofollow">

https://postimages.org/" rel="nofollow">

https://postimg.cc/dDvrsMLf" rel="nofollow">



Respostas:
Enviado por: Pinho
Data: 28 Abr 2020 as 20:12
Poxa Bruno, que legal. Tive uma dessas à muito tempo atrás. Foi a primeira bike de boa qualidade que tive. Tinha os Simplex, os Mafac e outras peças muito legais da época. Espero que a restaure e coloque as fotos do passo a passo para podermos acompanhar.
Parabéns e grande abraço.


-------------
Pinho!


Enviado por: brunojp7
Data: 28 Abr 2020 as 23:08
Pinho, estou muito contente com a compra mesmo ela estando surrada. Algumas peças quero substituir por originais, acho mesmo que a relação nem devo mexer, pois não sei a relação capacidade x minha realidade das vias por onde ando. 
Penso em mudar a cor por uma outra cor oficial da Peugeot e colocar alguns detalhes a mais. Quero tentar recuperar o máximo que puder. 


Enviado por: marcos_netto
Data: 29 Abr 2020 as 07:54
Achei essa bike no forro de uma casa onde o proprietário havia guardado ela por 22 anos. As rodas estavam em péssimo estado.  Então eu substituií por um par de Vzan C10 com cubos Shimano e coloquei um cassete novo. O resto ficou tudo original. Coloquei um selim Brooks e fita de guidão. Mais nada.

Tive um pouco de trabalho para achar a bomba de ar Zefal no tamanho certo. Cheguei até a comprar os adesivos originais no Ebay, pois pretendia fazer a pintura dela. Mas acabei vendendo a bike depois de pedalar uns 1000km com ela. A bike é linda. Mas a geometria é muito agressiva para o meu gosto e eu ficava com dores nos pulsos com frequência.

Bike linda, sem dúvida!





-------------
Marcos Netto

____________________________________________________________

"The less you think about the bike the more you will enjoy the ride!"

Twitter: (a)marcosnetto
Instagram: 1marcosnetto


Enviado por: Gonçalves
Data: 29 Abr 2020 as 21:26
Peugeot de quadro pequeno essa sua parece menor que 52.
Vai dar trabalho mas pode dar um bom pedal.


Enviado por: Ligeirinho
Data: 30 Abr 2020 as 21:05
Vc mora no litoral? A oxidação pegou ela "de jeito" não?... Faça uma dedicação primorosa nesse aspecto também pra sua segurança. A última foto mostra um adesivo rasgado no Toptube. Nele tem escrito que é Chromoly?... Trocaria a cor por qq outra que gostasse mais. Tbm, dentro de custos aceitáveis, trocaria tbm qq outra peça que fosse mais leve e melhor.


Enviado por: Carretera18
Data: 03 Mai 2020 as 20:34
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

A nova magrela da casa, uma Peugeot PX10, cor Gris Argent e ano 1979. De original ela tem cambie e derailleur Huret, avanço Atax, cubos de flange baixo, manetes de cambio Simplex, freios Mafac. Não tem guidon, selim e pedais originais.
 


Pegou uma Peugeot com quadro pequeno mesmo. Eu acho isto bom. Estou com duas para restaurar e as duas são 56. Se eu tivesse uma 52 ou 54 seria ótimo pq adaptaria melhor pro meu fit.

A sua tem trabalho para fazer e está em um estado que permite uma certa liberdade. Como tem que trocar peças, pode optar por modernizar ou não.

Como vai repintar, vale a pena escolher a cor do seu agrado.

Boa restauração e nos mantenha informados.

Abraços


Enviado por: brunojp7
Data: 05 Mai 2020 as 00:51
Eu tenho 1,66m de altura. Lavei ela após estas fotos e tem muita ferrugem nas peças. Uma das rodas está feia - usei coca-cola na roda. Nas peças de alumínio usei um limpa-alumínio de cozinha. Desmontei as peças, mas não o avanço, pedivela, catraca e garfo. Tirei a porca o pedal mas ele ficou preso,não saiu de jeito nenhum o pino. É um pedal Ducor nacional. Tenho vontade de desmontar tudo e pesar o quadro e o garfo.

Descobri que a catraca é Maillard 5v, consegui limpar a catraca menor. O quadro tem umas nervuras de oxidação por baixo da pintura. 
Para tratar a oxidação estou pra decidir entre usar ácido fosfórico ou ácido cítrico. Li que com vinagre a corrosão volta logo.

Quero colocar nela cubos com flange alto, canote com perfil sextavado, farol torpedo, bagageiro em alumínio polido, paralamas também polidos, conduites coloridos, guidon, fita de três cores, protetor do  câmbio, amarrar raios, rolhas de camurça pra tampar o guidon. Manter a relação original.



Enviado por: Carretera18
Data: 05 Mai 2020 as 11:52
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Eu tenho 1,66m de altura. Lavei ela após estas fotos e tem muita ferrugem nas peças. Uma das rodas está feia - usei coca-cola na roda. Nas peças de alumínio usei um limpa-alumínio de cozinha. Desmontei as peças, mas não o avanço, pedivela, catraca e garfo. Tirei a porca o pedal mas ele ficou preso,não saiu de jeito nenhum o pino. É um pedal Ducor nacional. Tenho vontade de desmontar tudo e pesar o quadro e o garfo.

Descobri que a catraca é Maillard 5v, consegui limpar a catraca menor. O quadro tem umas nervuras de oxidação por baixo da pintura. 
Para tratar a oxidação estou pra decidir entre usar ácido fosfórico ou ácido cítrico. Li que com vinagre a corrosão volta logo.

Quero colocar nela cubos com flange alto, canote com perfil sextavado, farol torpedo, bagageiro em alumínio polido, paralamas também polidos, conduites coloridos, guidon, fita de três cores, protetor do  câmbio, amarrar raios, rolhas de camurça pra tampar o guidon. Manter a relação original.



estas bikes enferrujam mesmo... a minha PX-10 e a Course tem bastante pontos de ferrugem no quadro... estava pensando em deixar assim mesmo, mas gostei da ideia de passar ácido... e depois posso envernizar para evitar que a ferrugem volte...

Vai ser legal acompanhar o seu projeto através de fotos.

Abraços


Enviado por: brunojp7
Data: 05 Mai 2020 as 21:05
Um dia botei ela na garagem e fiz aquelas fotos. Desmontando as peças, eu percebi um detalhe nas ferraduras. A de trás tem uma arruela conformada que encaixa no tubo. A da frente só tem a porca e nada de arruela na parte onde pega a porca. Nas fotos que fiz isso dá pra ver, mas não é intencional. Não manjo bem dos ângulos e detalhes que devem ser fotografados.
Pesquisei na internet e vi que as ferraduras não tem arruela quando são Mafac. Os Weinmann tem arruela.

Hoje levei a um mecânico pra desmontar pedal, movimento central e caixa de direção. O pedal foi difícil, teve de quebrar o pino. Recolhi e vou enviar a um torneiro pra fazer novo pino. Tentei desmontar com WD40.

Pesei o quadro, deu 2676 g. Falta pesar o garfo. Descobri oxidações por dentro de onde fica o pedal instalado. Tenho que achar quem faça tratamento e pintura.

Valeu a companhia de vocês.


Enviado por: Ligeirinho
Data: 06 Mai 2020 as 00:57
Cimo deria a técnica com ácido fosforico ou citrico? Quais saos os phs deles? VSabendo fazer com segurança eletrólise seria muito bom. Yendo uma cuba retangular que caiba o quadro - alguma ideia?- + metal de sacrifício + sal + fonte de emergia confiavel o resultado é mesmo milagroso. Vi no YouTube.


Enviado por: brunojp7
Data: 06 Mai 2020 as 18:28
Massa Ligeirinho, mas não conheço a técnica. Vi rápido num vídeo sobre restauro de uma Peugeot.
Hoje fui em oficina pra tirar a catraca e não consegui. O mecânico relatou que é preciso ferramenta específica para padrão francês e me indicou um torneiro mecânico.

Pesei quadro e garfo, deu 2670g e 940g.


Enviado por: brunojp7
Data: 07 Mai 2020 as 09:30
Vou ver se acho o vídeo. Só me lembro do sujeito ter imerso as peças emmacido cítrico e não ter usado corrente de energia.


Enviado por: gscs
Data: 11 Mai 2020 as 23:27
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Massa Ligeirinho, mas não conheço a técnica. Vi rápido num vídeo sobre restauro de uma Peugeot.
Hoje fui em oficina pra tirar a catraca e não consegui. O mecânico relatou que é preciso ferramenta específica para padrão francês e me indicou um torneiro mecânico.

Pesei quadro e garfo, deu 2670g e 940g.

Vc tem a foto da catraca?


Enviado por: brunojp7
Data: 15 Mai 2020 as 13:34
Ontem pesei os componentes e deu tudo 10600g, sem canote, selim, guidon e manetes de freio.


Enviado por: brunojp7
Data: 15 Mai 2020 as 13:45


Enviado por: gscs
Data: 17 Mai 2020 as 09:44
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

A chave que tenho não pega ai não. Só na suntor. Tenho uma catraca regina italiana e uma velo Tchecoslováquia que se parecem com essa sua.


Enviado por: brunojp7
Data: 18 Mai 2020 as 16:31
Ontem lavei algumas peças, removi graxa velha com tinner e hoje pus as peças de molho no ácido cítrico pra eliminar a oxidação. Pra neutralizar o ácido ainda tem um banho de bicarbonato de sódio.


Enviado por: Carretera18
Data: 18 Mai 2020 as 16:47
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Ontem lavei algumas peças, removi graxa velha com tinner e hoje pus as peças de molho no ácido cítrico pra eliminar a oxidação. Pra neutralizar o ácido ainda tem um banho de bicarbonato de sódio.


o que acontece se não neutralizar com banho de bicarbonato?

andei tirando ferrugem com vinagre e estou finalizando o processo com água e depois WD-40... será que é o suficiente para eliminar o vinagre?


Enviado por: dwsmartins
Data: 18 Mai 2020 as 17:09
Em outro tópico, eu havia citado pro Bruno o uso do bicarbonato pra neutralizar o vinagre, que eu usei antes pra remover a ferrugem de algumas ferramentas que eu tenho.

Sinceramente, não sei se realmente precisa. Um bom enxágue e WD-40 ou similar devem dar um resultado muito bom já. Eu usei o M1 no lugar do WD-40 e as ferramentas voltaram a enferrujar, menos do que antes, mas elas são usadas pra manutenção do encanamento aqui em casa, então acho que já é de se esperar algo assim, mesmo secando e lubrificando.

-------------
Bora pedalar, senão estressa!


Enviado por: Carretera18
Data: 18 Mai 2020 as 17:40
Originalmente Postado por dwsmartins dwsmartins Escreveu:

Em outro tópico, eu havia citado pro Bruno o uso do bicarbonato pra neutralizar o vinagre, que eu usei antes pra remover a ferrugem de algumas ferramentas que eu tenho.

Sinceramente, não sei se realmente precisa. Um bom enxágue e WD-40 ou similar devem dar um resultado muito bom já. Eu usei o M1 no lugar do WD-40 e as ferramentas voltaram a enferrujar, menos do que antes, mas elas são usadas pra manutenção do encanamento aqui em casa, então acho que já é de se esperar algo assim, mesmo secando e lubrificando.

é... agora já foi...rs

vou observar e ver no que dá... na próxima eu vou ver se neutralizo com banho de bicarbonato...

obrigado


Enviado por: brunojp7
Data: 18 Mai 2020 as 18:54
O ácido tem ação de comer a oxidação, só quer não for neutralizado ele vai comer a peça até não sobrar nada.

Já fazem quase seis horas que botei as peças.


Enviado por: brunojp7
Data: 20 Mai 2020 as 00:52
Pesei a Peugeot. Quadro deu 2672 g, garfo 940 g, somando rodas e componentes tudo deu 10640g. Falta guidon, canote e selim, manete de freio. Acho que chega a 13000g no maximo.

Ligeirinho, vi um vídeo sobre fonte elétrica e uma boa pode ser dessas genéricas que temos em casa. O problema é que gera gases tóxicos. O local tem que ser ventilado por questão de segurança pra saúde.


Enviado por: brunojp7
Data: 20 Mai 2020 as 16:51
Originalmente Postado por gscs gscs Escreveu:

Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

A chave que tenho não pega ai não. Só na suntor. Tenho uma catraca regina italiana e uma velo Tchecosl deováquia que se parecem com essa sua.


Gscs, as duas saliências de encaixe da chave são escondidas por baixo daqueles dentes. Se não fosse ser isso já estava com a catraca na mão.


Enviado por: gscs
Data: 21 Mai 2020 as 21:37
Acredito que essa chave é difícil de encontrar, eu indicaria tirar o eixo e colocar uma barrinha no meio da catraca e com uma chave inglesa tentar rodar ela. Fiz a manutenção das que tenho hj são muito bonitas por dentro. A propósito eu tenho uma borboleta de aperto Peugeot, infelizmente tenho apenas uma e não o par.


Enviado por: gscs
Data: 21 Mai 2020 as 21:41
Perdão pelo post duplo. Vc desmonta ela com duas chaves de k7(aquelas que tem una corrente) vc retira essa catraca pequena girando no sentido anti horário ai vc terá acesso aos 2 furinhos da catraca.


Enviado por: brunojp7
Data: 22 Mai 2020 as 19:03
gscs e demais foristas


A catraca foi finalmente aberta. Foi usado o método que você descreveu. Amanhã se o tempo deixar faço fotos e vou dar um banho de ácido cítrico porque ela está bem oxidada.


Anotei os passos a se fazer na bicicleta:

Lavar o quadro e os componentes (feito)
Desmontar componentes (feito)
Limpar a graxa velha
Identificar componentes
Avaliar a situação de conservação e as coisas as serem feitas (feito)
Estudar método de desoxidação de peças (feito)
Estudar métodos de pintura 
Procedimento de desoxidação (feito em parte)
Passar óleo para prevenir oxidação 
Tirar medidas (feito)
Cromear componentes
Desempeno de ilhós
Limpar quadro para pintura
Passar convertedor de ferrugem
Enviar para pintura
Graxear e montar os componentes
Montagem de farol torpedo
Adquirir cabos e outros
Levantar custos
Registro fotográfico
Testes

As medidas do meu quadro
https://postimages.org/" rel="nofollow">


Enviado por: gscs
Data: 22 Mai 2020 as 22:06
Vc vai mandar cromar em que local? Recife ou campina?


Enviado por: brunojp7
Data: 22 Mai 2020 as 23:14
Eu vou mandar cromar em Campina. Por acaso tens contato de empresa por lá que faça o serviço ?



Enviado por: brunojp7
Data: 22 Mai 2020 as 23:35
Ligeirinho,

eu moro em litoral, afastado um pouco da costa. As outras bicicletas que tenho a corrente fica amarela toda vez que chove, por isso troquei por uma lubrificação resistente à água. Essas bicicletas uma Caloi 100 Sport e a outra uma Tito Urban eu me desloco pro trabalho nelas. A PX10 eu quero usar no fim de semana pra ir passear sem compromisso de horário.

Andei de bicicleta na infância e adolescência e abandonei por 19 anos. Tive Caloi Cruiser, Caloi Mountain Bike de 94/95. Quando bati o carro resolvi comprar uma bicicleta com o objetivo de transporte. Também quis incrementar a Tito a um padrão "clássico anos 40" e foi aí que esbarrei na Peugeot. 


Enviado por: gscs
Data: 23 Mai 2020 as 11:24
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

<div style="text-align: left;">Eu vou mandar cromar em Campina. Por acaso tens contato de empresa por lá que faça o serviço ?<div style="text-align: right;">

+55 83 98155-1735 tenho esse contato que um amigo me mandou a um tempo, se der certo posta aqui por gentileza e tbm a ft do cromo. Um amigo fez cromaçao em recife e ficou muito bom tbm, mas a de Campina nunca vi o resultado.


Enviado por: brunojp7
Data: 23 Mai 2020 as 13:02
Valeu gscs, anotei o contato

Com esse tempo chuvoso de hoje, não presta pra fazer banho de ácido cítrico, o frio atrapalha a química.


Enviado por: brunojp7
Data: 24 Mai 2020 as 01:01
descobri aqui no forum este link interessante sobre derailleurs traseiros, incluindo os Demosil :

http://www.disraeligears.co.uk/Site/Home.html" rel="nofollow - http://www.disraeligears.co.uk/Site/Home.html  


Enviado por: brunojp7
Data: 27 Mai 2020 as 22:58
Consegui tirar a roda livre, mas não consigo tirar um anel de vedação. Ele não passa de jeito no pinhão. Eu não consigo tirar as esferas internas. Somente desenroscou o pinhão menor, o segundo pinhão não saiu. Se as esferas e o anel de vedação entraram tem que ter um jeito de sair.

https://postimg.cc/7fZjYv9d" rel="nofollow">
https://postimg.cc/WhyYNdhq" rel="nofollow">


Enviado por: gscs
Data: 28 Mai 2020 as 18:44
Acredito que não saia. Tentei bastante correndo o risco de trincar e não consegui. Mais tem como lubrificar assim. Pode ser que apareça alguém que tenha conseguido.


Enviado por: gscs
Data: 28 Mai 2020 as 18:47
Perdão pelo post duplo. Pode ser que esse último cog tbm seja de rosca, se sim, vc consegue retirar da mesma forma que retirou o primeiro. Essa forma eu não tentei.


Enviado por: brunojp7
Data: 28 Mai 2020 as 22:44
Eu tentei GSCS, bati com um pedaço de madeira e não saiu. O mecânico tentou com uma chave também não saiu. Hoje banhei de ácido a roda livre, limpei bem a graxa velha antes.

Uma foto de perfil da roda livre Maillard 5 vitesses 
https://postimg.cc/xczLMdtm" rel="nofollow">



Enviado por: bezdomny
Data: 29 Jul 2020 as 00:44

Bruno, encontrei a seguinte dica num fórum francês dedicado às bicicletas antigas:

"Limpeza da roda livre: escova de dente com solvente ou diesel e lubrificação com óleo fino, sem desmontar. Encharca com óleo 10w40 ou 5w30 e deixa escorrer"

O usuário que sugeriu isso é uma enciclopédia do assunto.

http://www.velovintageagogo.com/t15153-restauration-ou-renovation-d-un-velo-de-ville-mercier - http://www.velovintageagogo.com/t15153-restauration-ou-renovation-d-un-velo-de-ville-mercier


Enviado por: Lauro Elias
Data: 29 Jul 2020 as 10:32
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

A nova magrela da casa, uma Peugeot PX10, cor Gris Argent e ano 1979. De original ela tem câmbio e derailleur Huret, avanço Atax, cubos de flange baixo, manetes de cambio Simplex, freios Mafac. Não tem guidon, selim e pedais originais.
 





https://postimages.org/" rel="nofollow">



=========

Parabenizo ao amigo pela maravilhosa bike antiga, só não entendi na foto acima ela sendo Pegout Px 10 -1979, Original porque ela esta com plaquinha adesivo da Caloi do Brasil, não consegui ver direito.
Mas no mais ela esta muito integra e fácil de colocar ela 100% no original, ou melhorar a gosto do proprietário. 
Valeu mesmo. Thumbs Up




Enviado por: Lauro Elias
Data: 29 Jul 2020 as 10:54
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Consegui tirar a roda livre, mas não consigo tirar um anel de vedação. Ele não passa de jeito no pinhão. Eu não consigo tirar as esferas internas. Somente desenroscou o pinhão menor, o segundo pinhão não saiu. Se as esferas e o anel de vedação entraram tem que ter um jeito de sair.

https://postimg.cc/7fZjYv9d" rel="nofollow">


============

Ja não diz qual procedimento de como fazer pra tirar a catraca antiga que estava emperrada.
Vou postar um link de video no tube como pode ser feito, apenas adaptando uma chave de vela Carro.
Fazendo apenas um ajuste no esmeril na chave, um alicate de pressão, martelo etc.
Eu ja usei esse sistema de chave de vela e afirmo funciona bem com paciência sai Sim a catraca velha antiga.
E como hoje mecânica de Bike antiga ta muito fraca, todas as sugestões e dicas são bem vindas.
https://www.youtube.com/watch?v=peXmhLz64Is

Abraços a todos. Thumbs Up




Enviado por: Ligeirinho
Data: 30 Jul 2020 as 07:51
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Valeu gscs, anotei o contato

Com esse tempo chuvoso de hoje, não presta pra fazer banho de ácido cítrico, o frio atrapalha a química.

Olá Bruno. Espero que esteja conseguindo desenvolver seu projeto. Mas me diga: onde conseguiu o tal do ácido cítrico?
Abs.
Obrigado.


Enviado por: brunojp7
Data: 06 Ago 2020 as 12:03
Lauro Elias,

Isso é sério. Em um mecânico que fui a bicicleta foi elogiada, ele falou da qualidade das peças. Ninguém tem ferramentas pra bicicleta antiga, nem sabe o método pra desmontar os componentes. Essa roda livre pra sair eu tive de desenterrar um vídeo no Youtube.


Acho que o adesivo que você se refere é o adesivo da Ciclo Norte responsável por montar as bicicletas na Zona Franca de Manaus. 


Enviado por: brunojp7
Data: 06 Ago 2020 as 12:10
Ligeirinho,

Consegui o ácido em uma química de bairro. Ele vem em forma de cristais de sal. A corrosividade dele é baixa, mas tem que usar luva, óculos de proteção. Se respingar na pele tem que lavar imediatamente.
Tenha muito cuidado com produtos químicos. Ao jogar fora adicione mais água para aumentar a diluição.

É interessante esquentar a água, colocar as peças na água quente e colocar o ácido. Isso acelera e garante o tratamento. Após retirar as peças do banho de ácido cítrico, colocar em um banho com  bicarbonato de sódio para neutralizar o ácido. Após sair do banho de bicarbonato, dar um banho de óleo mineral nas peças para a a corrosão não voltar.

Nesta parte do banho de óleo fica a dúvida. E quando lavar a bicicleta, a corrosão vai voltar ? O óleo sobre as peças não facilita a adesão de poeira ?




Enviado por: brunojp7
Data: 06 Ago 2020 as 12:12
bezdomny,

agradeço bastante pelo link e vou utilizar neste restauro.
Com a pandemia estou com a bicicleta desmontada, o que faz sobrar tempo pra estudar os processos.



Enviado por: bezdomny
Data: 07 Ago 2020 as 05:42


Para evitar o retorno da corrosão, andei lendo nesses fóruns franceses que por lá eles fazem a chamada "rustolização", que é a aplicação de um antiferrugem incolor chamado Rustol (não encontrei ainda algo semelhante no Brasil).

Há quem aplique apenas o Rustol e deixe assim. Há quem aplique Rustol e depois verniz (aerosol). Há quem mistura Rustol e verniz e aplique essa mistura (até mesmo com pincel...).

Acabo de comprar uma Peugeot Turismo 3 e estou planejando utilizar ácido cítrico (encontrei no Mercado da Lapa em São Paulo) e polimento com lã de aço para remover a oxidação e, caso a remoção da ferrugem seja satisfatória, aplicar verniz diretamente por cima.

Acredito que aplicar óleo tornará a limpeza da bike muito difícil. A cada lavagem seria necessário reaplicar o óleo.

Abraços


Enviado por: brunojp7
Data: 08 Ago 2020 as 13:39
Besdomny,

Você vai precisar de bicarbonato de sódio. Nas postagens anteriores tem o relato do procedimento. Mas gostei muito do procedimento pra tratar peças de alumínio lá do fórum GoGo francês.

O uso de verniz eu tô bem verde, não sei que verniz adquirir, nem que componentes e nem em que parte do processo ele entra


Enviado por: brunojp7
Data: 08 Ago 2020 as 23:55
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Bezdomny,

Você vai precisar de bicarbonato de sódio. Nas postagens anteriores tem o relato do procedimento. Mas gostei muito do procedimento pra tratar peças de alumínio lá do fórum GoGo francês.

O uso de verniz eu tô bem verde, não sei que verniz adquirir, nem que componentes e nem em que parte do processo ele entra

A dica que veio nesse link que você mandou vou usar ela nos alumínios. Vou escolher uma peça pra fazer o teste. Acho que eu deveria ter usado esta técnica em vez do ácido cítrico.


Enviado por: brunojp7
Data: 09 Ago 2020 as 00:30
Bezdomny,

Eu achei o link que me referi sobre polimento de peças de alumínio. Na verdade estava em outro post aqui no fórum.


http://mmfanha.blogspot.com/2015/10/polimento-das-pecas-de-aluminio.html" rel="nofollow - http://mmfanha.blogspot.com/2015/10/polimento-das-pecas-de-aluminio.html


Enviado por: brunojp7
Data: 10 Ago 2020 as 22:39
Pessoal hoje adquiri a cera polidora nº2, a soda cáustica em escamas, as lixas pra fazer o teste do polimento em alumínio. Amanhã vou desmontar o freio Mafac e posto as fotos aqui.


Enviado por: bezdomny
Data: 10 Ago 2020 as 23:09
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Bezdomny,

Você vai precisar de bicarbonato de sódio. Nas postagens anteriores tem o relato do procedimento. Mas gostei muito do procedimento pra tratar peças de alumínio lá do fórum GoGo francês.

O uso de verniz eu tô bem verde, não sei que verniz adquirir, nem que componentes e nem em que parte do processo ele entra

A dica que veio nesse link que você mandou vou usar ela nos alumínios. Vou escolher uma peça pra fazer o teste. Acho que eu deveria ter usado esta técnica em vez do ácido cítrico.

Agradeço pelo link!

Acredito que não existam muitas opções de verniz aerosol, a não ser o tipo de acabamento (fosco ou brilhante). Poucos meses atrás eu dei um tapa numa Barra Circular baseando-me nas dicas desse vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=CRGxWH53gu0 - https://www.youtube.com/watch?v=CRGxWH53gu0

Em vez de lixadeira, usei um motoesmeril com um disco de escova de aço. Não tive nem de longe o sucesso do Edu Capivara... Em parte pela falta do talento dele, em parte porque meu material era muito pior. Depois de muito trabalhar na abrasão mecânica dos aros de ferro, por exemplo, ele continuou com cor de ferrugem. Desencanei e "optei" por um visual Hot rod: taquei o verniz brilhante por cima mesmo.

Aliás, taquei verniz em cima de praticamente tudo, exceto partes de borracha/plástico (selim, manoplas), inclusive nos raios novos, de aço comum, e nas partes do quadro e dos para-lamas em que a pintura estava descascando. Como ela está na praia, adiar a morte por oxidação era o essencial. Há uns dois meses estou rodando com ela e a ferrugem não avançou. O brilho é de ofuscar. Estou satisfeito com o resultado, embora heterodoxo. Queria gastar o mínimo no projeto, já que a bicicleta não vale muito e estava parada na casa dos meus pais em estado deplorável. 

Na Peugeot estou querendo caprichar um pouco mais, embora mantendo o aspecto de usada.

A cor do meu quadro é a mesma do seu, então estou pensando em usar verniz fosco nele e brilhante no restante.

Estou casando a abrasão mecânica com a abrasão química do ácido cítrico, para esfoliar melhor.

O que estou descobrindo, lendo e testando, é que é preciso trabalhar com diferentes intensidades em cada peça, dependendo do grau de corrosão. Na parte de baixo dos para-lamas, em que a ferrugem está bem grossa, estou precisando repetir o banho de ácido cítrico, depois de já ter passado pelo ácido e pelo esmeril.

Para neutralizar o ácido, li que o caráter básico do sabão em pó (que aliás contém bicarbonato de sódio) seria suficiente. Estou interrompendo o ácido com uma esponja de cozinha embebida em água com sabão, secando com toalha na sequência e dando uma borrifada de WD40. 

Em breve posto fotos de ambos os projetos. 

Abraços


Enviado por: bezdomny
Data: 10 Ago 2020 as 23:28
Originalmente Postado por bezdomny bezdomny Escreveu:

Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Bezdomny,

Você vai precisar de bicarbonato de sódio. Nas postagens anteriores tem o relato do procedimento. Mas gostei muito do procedimento pra tratar peças de alumínio lá do fórum GoGo francês.

O uso de verniz eu tô bem verde, não sei que verniz adquirir, nem que componentes e nem em que parte do processo ele entra

A dica que veio nesse link que você mandou vou usar ela nos alumínios. Vou escolher uma peça pra fazer o teste. Acho que eu deveria ter usado esta técnica em vez do ácido cítrico.

Agradeço pelo link!

Acredito que não existam muitas opções de verniz aerosol, a não ser o tipo de acabamento (fosco ou brilhante). Poucos meses atrás eu dei um tapa numa Barra Circular baseando-me nas dicas desse vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=CRGxWH53gu0 - https://www.youtube.com/watch?v=CRGxWH53gu0

Em vez de lixadeira, usei um motoesmeril com um disco de escova de aço. Não tive nem de longe o sucesso do Edu Capivara... Em parte pela falta do talento dele, em parte porque meu material era muito pior. Depois de muito trabalhar na abrasão mecânica dos aros de ferro, por exemplo, ele continuou com cor de ferrugem. Desencanei e "optei" por um visual Hot rod: taquei o verniz brilhante por cima mesmo.

Aliás, taquei verniz em cima de praticamente tudo, exceto partes de borracha/plástico (selim, manoplas), inclusive nos raios novos, de aço comum, e nas partes do quadro e dos para-lamas em que a pintura estava descascando. Como ela está na praia, adiar a morte por oxidação era o essencial. Há uns dois meses estou rodando com ela e a ferrugem não avançou. O brilho é de ofuscar. Estou satisfeito com o resultado, embora heterodoxo. Queria gastar o mínimo no projeto, já que a bicicleta não vale muito e estava parada na casa dos meus pais em estado deplorável. 

Na Peugeot estou querendo caprichar um pouco mais, embora mantendo o aspecto de usada.

A cor do meu quadro é a mesma do seu, então estou pensando em usar verniz fosco nele e brilhante no restante.

Estou casando a abrasão mecânica com a abrasão química do ácido cítrico, para esfoliar melhor.

O que estou descobrindo, lendo e testando, é que é preciso trabalhar com diferentes intensidades em cada peça, dependendo do grau de corrosão. Na parte de baixo dos para-lamas, em que a ferrugem está bem grossa, estou precisando repetir o banho de ácido cítrico, depois de já ter passado pelo ácido e pelo esmeril.

Para neutralizar o ácido, li que o caráter básico do sabão em pó (que aliás contém bicarbonato de sódio) seria suficiente. Estou interrompendo o ácido com uma esponja de cozinha embebida em água com sabão, secando com toalha na sequência e dando uma borrifada de WD40. 

Em breve posto fotos de ambos os projetos. 

Abraços

Dois bons links quanto ao uso do ácido cítrico:

https://bmxmuseum.com/forums/viewtopic.php?id=675095 - https://bmxmuseum.com/forums/viewtopic.php?id=675095

A concentração usada de ácido é baixíssima nesse caso, com ótimo resultado: uma colher de ácido na forma anidro em 8 litros de água.

https://tttg.org.au//TTTG%20Citric%20Acid%20Rust%20Removal%20Instructions.pdf - https://tttg.org.au/Content/TTTG%20Citric%20Acid%20Rust%20Removal%20Instructions.pdf

Manual mais técnico, cheio de dicas muito boas. O caso acima serve para relativizar um pouco alguns conselhos.


Enviado por: bezdomny
Data: 10 Ago 2020 as 23:33
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Pessoal hoje adquiri a cera polidora nº2, a soda cáustica em escamas, as lixas pra fazer o teste do polimento em alumínio. Amanhã vou desmontar o freio Mafac e posto as fotos aqui.

Havia agradecido pelo link, mas não tinha visto ainda. Muito bom mesmo.

Mande notícias do resultado! Será que a peça é também anodizada?

Os freios da minha não sei se são Mafac, pois não têm nada gravado. Estava pensando em escová-los no esmeril, mas, é verdade, o resultado seria grosseiro.


Enviado por: bezdomny
Data: 11 Ago 2020 as 01:34
Ferramenta caseira para limpar o seat tube:
https://www.youtube.com/watch?v=xRIFqasCOSg - https://www.youtube.com/watch?v=xRIFqasCOSg


Enviado por: brunojp7
Data: 11 Ago 2020 as 22:11
Bezdomny,

Vou olhar o material que você mandou. Hoje desmontei o freio, lavei e levei ao banho de soda cáustica. Lavei as peça com bucha e sabão. Amanhã continuo o processo. As peças tem mais brilho depois do banho.

Gastei 55,00 com o material.


Enviado por: brunojp7
Data: 11 Ago 2020 as 22:18
Vi que ele banhou o quadro por 26 horas trocando/intercalando banhos. Depois lavou o quadro, deu banho de removedor de ferrugem na parte interna do quadro e finalizou com polimento. O resultado é excelente. Altamente motivante.

Eu uso bicarbonato puro, dissolvido na água e deixo cerca de uma hora. O câmbio traseiro da minha estava preto e parece outro. Não acho que ficou 100%, como aquele quadro.


Enviado por: brunojp7
Data: 12 Ago 2020 as 18:16
Comecei o processo das lixas. Vou deixar pra amanhã o polimento com cera. Minhas peças tem desgaste de corrosão. Não vou lixar pra tirar todas as marcas.


Enviado por: bezdomny
Data: 15 Ago 2020 as 22:12
Sobre a possível fragilidade dessa mesa:

http://thebadge.blogspot.com/2012/08/death-stems-demystified-ava-and-atax. - http://theheadbadge.blogspot.com/2012/08/death-stems-demystified-ava-and-atax.html


Enviado por: bezdomny
Data: 28 Ago 2020 as 01:34
Singela descoberta: costuma ser muito difícil aplicar verniz spray sobre superfícies cromadas, pois são muito lisas. Aparentemente, tratando a peça com ácido cítrico antes, o verniz adere melhor.

Tentei aplicar verniz sobre o lado direito do pedivela e o serviço ficou péssimo, extremamente irregular, cheio de bolinhas. Precisei remover todo o verniz com lã de aço.

Depois tentei aplicar sobre a mesa e o lado esquerdo do pedivela, que passaram por banho de ácido cítrico (6 colheres de chá em aproximadamente 2,5L de solução feita com água fervente, por algo em torno de 5 minutos). Ficou muito melhor. Não ficou perfeitamente liso e espelhado, mas está bem satisfatório.

Tentarei refazer a outra parte do pedivela após tratamento com ácido cítrico.


Enviado por: bezdomny
Data: 28 Ago 2020 as 01:37
Originalmente Postado por bezdomny bezdomny Escreveu:

Singela descoberta: costuma ser muito difícil aplicar verniz spray sobre superfícies cromadas, pois são muito lisas. Aparentemente, tratando a peça com ácido cítrico antes, o verniz adere melhor.

Tentei aplicar verniz sobre o lado direito do pedivela e o serviço ficou péssimo, extremamente irregular, cheio de bolinhas. Precisei remover todo o verniz com lã de aço.

Depois tentei aplicar sobre a mesa e o lado esquerdo do pedivela, que passaram por banho de ácido cítrico (6 colheres de chá em aproximadamente 2,5L de solução feita com água fervente, por algo em torno de 5 minutos). Ficou muito melhor. Não ficou perfeitamente liso e espelhado, mas está bem satisfatório.

Tentarei refazer a outra parte do pedivela após tratamento com ácido cítrico.

O ácido cria microfissuras na superfície metálica, como se fosse uma lixada muito leve.



Enviado por: bezdomny
Data: 30 Ago 2020 as 23:44
Originalmente Postado por brunojp7 brunojp7 Escreveu:

Besdomny,

Você vai precisar de bicarbonato de sódio. Nas postagens anteriores tem o relato do procedimento. Mas gostei muito do procedimento pra tratar peças de alumínio lá do fórum GoGo francês.

O uso de verniz eu tô bem verde, não sei que verniz adquirir, nem que componentes e nem em que parte do processo ele entra

Testei o verniz semi-brilho da marca Acrilex no garfo e o resultado foi incrível. Está um brilho acetinado lindo. Não consegui uma iluminação boa para a foto, mas acho que dá uma ideia: 






Enviado por: bezdomny
Data: 03 Nov 2020 as 17:43
A minha ficou pronta! Alguma hora crio um tópico para contar a experiência:



Enviado por: brunojp7
Data: 05 Nov 2020 as 13:37
Ficou perfeito o resultado do seu garfo. Ele parece novo como se tivesse saído da caixa.
Boa sorte Bezdomny


Enviado por: brunojp7
Data: 05 Nov 2020 as 13:39
Eu não terminei ainda o polimento, parei pra fazer outras coisas. Estou vendo um contato para ser feita a pintura. Os pneus não encontro no mercado local, mas a internet tem quem venda.




Imprimir página | Fechar Janela

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06 - http://www.webwizforums.com
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd. - https://www.webwiz.co.uk