Imprimir página | Fechar Janela

Ajuda na conversão da minha primeira bike

De:: Pedal.com.br
Categoria: Fóruns Novos - Outras Categorias
Nome do fórum: Bicicletas Híbridas & Fitness Bikes
Descrição:: Fórum para discussão geral sobre bicicletas híbridas e assuntos afins.
URL:: https://www.pedal.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=97067
Data:: 13 Ago 2022 as 11:49
Versão do Software: Web Wiz Forums 11.06 - http://www.webwizforums.com


Tópico: Ajuda na conversão da minha primeira bike
Enviado por: RaphaelBarros
Assunto: Ajuda na conversão da minha primeira bike
Data: 27 Ago 2019 as 11:44
Bom dia galera! Há uns meses atrás dei sorte de me mudar para 3 km do meu trabalho e resolvi investir em minha primeira bike. Pra minha surpresa, achei essa belezinha por R$ 500 na OLX

Gios Rally USA

Quadro: Gios Rally USA (Tamanho 17, 26")
Passadores: Shimano Altus (3x8)
Câmbio Traseiro: Shimano Acera
Cubos: Shimano Deore FH M530
Suspensão: RST Capa
Aros: Vzan Aero Escape
Pneus: Kenda Small Block Eight (26", 2.1)
Guidão: Tranz X (600mm eu acho)
Mesa: Zoom3D
Caixa de Direção: Neco
Freios: V-Brake, não sei a marca.
Resto: Não sei, vou postar algumas imagens do resto das peças nesse álbum pra caso ajude a esclarecer: http://imgur.com/a/CuK0S9l - https://imgur.com/a/CuK0S9l

Meu uso é basicamente na cidade, com percursos de no máximo 12 km diários, penso em trocar as rodas para um par de Kendas Kwest 1.25 (pela rapidez e pra economizar os cravos dos small block), colocar uma câmara para pneus finos e uma fita anti furo. Além disso, penso em colocar um garfo rígido fib e por último trocar o quadro (eu poderia comprar tudo de uma vez, mas quero ir sentindo as diferenças de cada mudança. Talvez só a mudança de roda e garfo já atendam minhas necessidades).

Tenho 1,63 e as pernas e braços relativamente curtos pro meu tronco. Nesse quadro atual tenho que deixar o selim mais alto pra ter uma pedalada mais confortável, mas isso me atrapalha nas horas de ficar parado no trânsito, pois não alcanço o chão (fica ruim até "sentado" no quadro). Farei um bike fit online (alguém recomenda algum site bom?) quando chegar em casa, mas imagino que um quadro 15 seja o ideal para mim.

Pensei em por um quadro Absolute Nero 2 ou um Totem Blitz. Pela pesquisa que fiz o Totem Blitz é melhor, apesar de eu achar mais feio (penso em pintar o quadro de qualquer forma, então tanto faz). Será que ele aguentaria pro meu uso diário na cidade e talvez umas trilhas bem leves uma vezinha no mês? Eu venderia esse Gios Rally USA e guardaria a suspensão e pneus small block pra trilha leve mensal.


Desde já agradeço a ajuda!



Respostas:
Enviado por: MarioAmaya
Data: 27 Ago 2019 as 16:33
Alterar a bike por partes pode ser uma ótima maneira de entender como ela funciona em todos os detalhes, embora, dependendo dos componentes envolvidos, possa sair mais caro no longo prazo.

A pergunta abre a porta para a possibilidade de no futuro essas peças se distribuírem entre dias bikes separadas, a de rua e a de trilha. Comigo aconteceu algo assim.

O pé não alcançar o chão parado não tem a ver diretamente com o tamanho do quadro, mas sim com a altura do eixo central (bottom bracket height em gringolês). Muito alto, acontece isso. Muito baixo, o pedal arranha o chão num obstáculo ou curva. Algumas marcas fazem o central mais alto que outras, e às vezes a diferença é grande. Precisa comparar com os possíveis quadros substitutos, mas isso só tendo à mão alguma bike montada para poder tirar a medida. Outra coisa que afeta isso é o comprimento de pedivela, mas aí já entramos num tema mais obscuro, pois não é fácil de achar nem econômico botar pedivela em tamanho mais longo. Por fim, se colocar pneus mais estreitos, a altura da bike diminui um tanto em relação aos grossos.

Garfo rígido deve afetar a resposta da direção, às vezes de maneira imprevisível. É o caso também de tirar umas medidas e comparar.

Quanto à intenção de repintar o quadro: isso não derrubaria o valor de revenda (se é que esse fator é importante)? Os logotipos enormes seriam a razão?


Enviado por: RaphaelBarros
Data: 27 Ago 2019 as 20:26
Obrigado pelas dicas. Talvez se a paixão pelas bikes crescer quem sabe eu não monto outra no futuro, mas por hora quero essa que seja funcione bem na cidade e seja quebra galho em trilhas mais leves (trocando o pneu e colocando a suspensão quando for fazer. Me pergnto o quão imprático isso seja, mas sendo 1x a cada mês ou a cada dois meses, talvez n seja tanto trabalho).

Não acho que dê pra descer minha bike mais do que já tá. Quando a sela tá muito baixa o pedal fica muito desconfortável (a perna não fica toda estendida na parte mais baixa), mas quando fica muito alta fica bem desconfortável de subir na sela ou ficar parado no sinal.

A vontade de pintar é que os quadros que desejo comprar não são tão caros e não gosto do visual de nenhum, queria pelo menos adesivar de uma forma que fique visualmente agradável, mesmo que percao valor. Como são quadros de 300~400 reais, n acho que seria tanto problema.

Fiz meu Bikefit:
Cavalete 63 cm
Tronco 57 cm
Antebraço 30 cm
Braço 56 cm
Coxa 57 cm
Parte Inferior da Perna 51 cm
Altura do Esterno 131 cm
Altura Total 163 cm


Enviado por: RaphaelBarros
Data: 28 Ago 2019 as 09:29
Dessa fiz fiz o bikefit corretamente, hahaha. Resolvi fazer em 2 sites por garantia. Pelo que vi a maioria dos cantos me recomenda quadros ridiculamente pequenos (vou ter que comprar bike de adolescente pelo jeito, kkkkk).



Enviado por: RaphaelBarros
Data: 28 Ago 2019 as 19:26
Após tirar as medidas da minha bike, vi que o Top Tube dela é de 54 cm e o Seat Tube de 44 cm. Os quadros que eu estou (estava?) pensando em comprar tem:

Absolute Nero 2:
Top: 60 cm
Seat: 38,1 cm

Totem Blitz:
Top: 53 cm
Seat: 39 cm

Será que valeria a pena, já que a redução do Seat tube ainda requereria que eu compensasse na altura do selim pra atingir os 52~56 cm de altura do Selim até o centro da Pedivela?

Também reparei que o avanço da minha bike é de de uns 100 mm e ainda tem 5 calços. Será que tirar os calços, por um avanço de 50mm, por o garfo rígido da Fib (parece ser menor em relação à suspensão, que agora tá dura que é uma beleza, acho que o dono anterior fez isso pra andar melhor na pista), e os pneus mais finos já seria conforto o suficiente?

Peço desculpas pelos múltiplos posts e por talvez estar falando besteira, mas tô aprendendo aos poucos, hehe.


Enviado por: Phil Menta
Data: 31 Ago 2019 as 08:42
Quadro pra baixinhos realmente são complicados de encontrar... Já pensou em quadros de freeride? A posição de pilotagem deles se adequa ao uso Urbano e eles atendem ao seu tamanho...

Tenho uma amiga bem baixinha (creio que ela tem menos de 1,60) e ela usa quadros tamanho 15, se vc pesquisar bem dá pra encontrar...
Se a diferença do top tube for pequena, dá pra compensar na mesa...


Enviado por: RaphaelBarros
Data: 01 Set 2019 as 12:47
Gostei da ideia dessas Freeride, quadro 13,5. Mas a posição delas ficariam boas só pra pedal sentado? Vi que o foco delas é mais o uso em pé, e elas são bem pesadas. Essas da Vikingx ou GiosBR FRX seriam de boass?

Outra dúvida que eu tenho é como esses quadros tamanho 15 que eu citei acima (o Absolute e o Totem) tem um top tube tão grande comparado com o seat tube. Isso não seria contra produtivo pra quem é baixinho e tem o tronco menor? Tô achando que fazer os ajustes na minha (que pelo que li é um quadro bem honesto pelo preço que comprei) seria a melhor coisa a se fazer pois não vejo (ou talvez não esteja entendendo) o que eu ganharia com um seat tube um pouco menor, já que de qualquer forma eu teria que aumentar a altura no selim pra poder pedalar confortavelmente. Talvez até um guidão que viesse mais pra trás.


Enviado por: RaphaelBarros
Data: 03 Set 2019 as 09:57
Galera, sabem me dizer se a medida do top tube listado pelos fabricantes/vendedores desconsidera o ângulo de montagem da bicicleta (já que isso vai variar dependendo do tamanho do garfo/suspensão)? Estou perguntando, pois estou estranhando esses quadros 15 que listei terem o top tube tão grande. Se a medida for do tubo em si, sem ser a medida paralela ao solo, e eles ficarem bem mais inclinados, faria até sentido.

Outra dúvida que estou tendo é que o garfo da Fib parece ser uma altura consideravelmente menor que minha suspensão atual (RST Capa), diferença de 13 cm pelo que andei lendo. Será que corre o risco da pedivela bater no chão durante curvas?


Enviado por: RaphaelBarros
Data: 09 Set 2019 as 12:33
Galera, apareceu um quadro Mosso tamanho 16 num preço muito bom (R$250), é compatível com minhas peças?


Enviado por: gm1987
Data: 13 Set 2019 as 13:35
Originalmente Postado por RaphaelBarros RaphaelBarros Escreveu:

Galera, apareceu um quadro Mosso tamanho 16 num preço muito bom (R$250), é compatível com minhas peças?

Amigo, tenho apenas 1cm a mais de altura do que você, meu bikefit indica quadro tamanho 15.5" e tenho utilizado um quadro 17" sem maiores problemas. Sugiro antes de qualquer coisa verificar novamente seu bikefit, 13.5 ficou muito pequeno para essa altura (não que seja impossível).

Segundo, qual seu objetivo de conforto? Pelo que entendi voltou a pedalar agora, e vou te dizer... no inicio é sofrido, tem que pedalar bastante pra criar "calo na bunda", depois começa a novela selim (achar o banco adequado demora e muito) e por último pensaria em trocar o quadro. 


Enviado por: RaphaelBarros
Data: 13 Set 2019 as 16:03
Meus braços são bem curtos em relação ao meu tronco, acho que por esse motivo o Bike Fit deu tão pouco. Achei que valeria a pena pegar esse mosso pelo preço muito bom (melhor que o Gios imagino) e daria uma aliviada na distância. Talvez com um avanço menor e já estaria perfeito pra mim.


Enviado por: RaphaelBarros
Data: 19 Set 2019 as 14:37
Galera, eu tenho uma séria dificuldade pra imaginar as diferenças reais que alguns desses quadros menores fariam. Aqui um comparativo entre o tamanho dos quadros (incluindo o atual):

Atual (medido na mão, então impreciso):
Seat: 44
Top: 56
Down: 67

Mosso Odyssey 16
Seat: 39
Top: 56
Down: 63

Totem Blitz 15
Seat: 39
Top: 53
Down: 58

Absolute Nero II 15
Seat: 38,1
Top: 60
Down: 66


Eu tô vendo que vou acabar optar por continuar com o meu quadro e só trocar o pneu, o garfo e o selim por enquanto. Achei essas medidas da Abolute bastante estranhas, não sei quanto ganharia realmente comprando algum desses quadros novos. Acho que melhorar minha flexibilidade vai ser um investimento melhor e pelo que andei lendo encurtar demais o avanço (tava pensando em pegar um de 40 ou 50mm) deixa a bike precisa demais, tirando estabilidade na direção, o que não acho que seja bom nas mãos de um ciclista iniciante que basicamente só anda no asfalto que nem eu.

O que vocês acham?


Enviado por: MandyMoon
Data: 28 Nov 2020 as 23:58
Tô querendo iniciar no pedal e surgiu a oportunidade de comprar uma bike Gios Rally USA - XTR no valor de R$ 500,00.
Ela tem as seguintes especificações:
⚠️ bicicleta aro 26
⚠️Quadro tamanho 15
⚠️24 velocidades
⚠️ Grupo Shimano acera
⚠️Pedivela Shimano tourney
⚠️ Freio a Disco mecânico Shimano acera

Gostaria de saber se é negócio, considerando que estou com dificuldades de encontrar uma tamanho 15 ou mesmo 16.


Enviado por: dwsmartins
Data: 29 Nov 2020 as 06:39
Olha, a definição da configuração tá incompleta, mas o valor tá baixo pra uma bike com os componentes citados. Não que sejam muita coisa, mas custam juntos mais que o valor pedido.

No entanto, tem sido comum algumas 26” a preço de barganha, pois elas estão em desuso. Você pode ter uma oportunidade nas mãos, mas recomendo dar uma olhada com calma no estado da bike. Lembre-se que o preço tá agressivo e o cara quer vender rápido, se não já vendeu.

Cheque o estado da relação, principalmente o desgaste da corrente e dos dentes das coroas e cassete; busque por folgas ou retenções nos cubos das rodas e no eixo do pedivela (movimento central); cheque o estado dos discos, procurando marcas de desgaste prematuro; mas, principalmente, cheque o quadro por trincas e empenamentos.

Se achar melhor, leve alguém com vc que tb entenda de bike. Sem julgar se vc conhece ou não, a lógica é que duas pessoas vão olhar mais itens ao mesmo tempo e, provavelmente, será mais difícil de serem ludibriadas.

Boa sorte aí!

-------------
Bora pedalar, senão estressa!


Enviado por: MandyMoon
Data: 29 Nov 2020 as 08:47





Obrigada por responder. E eu realmente não entendo muito de bikes.


Enviado por: dwsmartins
Data: 30 Nov 2020 as 08:45
Pelas fotos não me parece uma bike bem mantida. Ademais, o quadro tem caixa de direção standard, o que vai te limitar bastante em opções de troca de garfo e mesa. Pra ficar como está (não acho interessante pensar em upgrades dela, não vale a pena) e usar pra mobilidade urbana ou passeios, pode ser uma boa (não cogite trilhas ou mesmo um estradão, ela claramente não aguenta e vc pode quebrar peças que estão difíceis de se conseguir para ela, como o garfo, mesa ou rodas). No entanto, isso vai depender do estado interno dos cubos e central, além da ausência de problemas estruturais (trincas no quadro, garfo, canote e aros).

Vale lembrar que não se compra uma bike com freio a disco e 24v por esse preço. Ou o dono quer vender rápido ou tem algum problema. Só compre se puder confirmar o estado dela.

Em tempo: confirme se ela tem catraca (de rosca, com cubo convencional) ou cassete (de encaixe, com cubo freehub). Descobri há algum tempo que existe uma catraca 8v no mercado, é bom confirmar. Se for freehub, confirme o modelo: vai ser mais um ponto positivo se for Shimano, mesmo que de entrada. Pergunte tb pelo histórico da bike, uso anterior, última manutenção (parece que ela ficou parada algum tempo), etc.

Lembre-se que vc terá de fazer uma revisão, limpeza e lubrificação geral nela. Já recomendo orçar em uma oficina de confiança o serviço. Aqui na minha região varia de R&170,00 a R$250,00, o que pode acrescentar 50% do valor de compra dela, fora eventuais peças a serem trocadas.

Um último conselho: eu mesmo tenho uma aro 26” (BTwin RockRider 100 que de original só tem o quadro, que possui garantia vitalicia) e sempre tive preferência por elas, devido à existência de peças baratas que podem ser usadas na mobilidade urbana (meu uso quase 100%, com algum estradão ocasional). Mas depois de ser obrigado a trocar o garfo por um aheadset (o garfo dela era oversized de rosca e eu usava um adaptador aheadset pra usar uma mesa moderna, mas descobri uma trinca nesse adaptador e achei mais seguro trocar o garfo), conclui que o mercado virou totalmente as costas pro aro 26” e não há mais o que se argumentar. Minha decisão é trocar progressivamente as bikes daqui de casa por urbanas 29” (ou 700, que é o mesmo diâmetro).

A sua escolha atual inclui adquirir uma 26”, que pode ser algo interessante, já que ela aparentemente conta com peças de entrada razoáveis, mas lembre-se que ela é um beco sem saída. Por várias vezes, vc será impedida de fazer upgrades ou, até mesmo, terá dificuldade pra conseguir peças específicas pra ela. Em todas essas vezes, a solução será a troca do quadro, garfo e rodas, efetivamente uma outra bike.

Se ela estiver em bom estado e o dono estiver precisando do dinheiro, querendo vender rápido, ainda é um bom negócio. Se houver algum problema estrutural ou mais sério em componentes internos (os já citados cubos e central), ela vira um problema. Tente identificar em qual lado da balança ela está antes de fazer a compra.

Novamente, desejo uma boa sorte aí! Já ia me esquecendo: procure alguma comprovação de que o cara que está te vendendo é realmente o dono dela, normalmente a nota fiscal. Receptação de produto roubado é crime no Brasil e vc pode ter muito mais do que o prejuízo financeiro, caso aconteça isso.

-------------
Bora pedalar, senão estressa!


Enviado por: dwsmartins
Data: 30 Nov 2020 as 08:48
Uma coisa que só percebi depois da postagem anterior: que monte de raio é esse nessa roda e que raiação escalafobética é essa? Parece algo que alguém adaptou por questões estéticas apenas. Os furos adicionais feitos à mão não são algo que eu confiaria... ponto negativo aí...

-------------
Bora pedalar, senão estressa!


Enviado por: MandyMoon
Data: 30 Nov 2020 as 23:52
Obrigada por responder novamente!
O meu primo conhece o rapaz. Ele fazia trilha nessa bike, aí trocou por uma 29". Meu primo olhou e disse que não tem problema de trinca, que os freios e as marchas estão boas. O grupo de marchas e o pedivela são shimano, bem como o cassete, que é o CS-HG41-8. Eu só não sei o freehub; achava que viria com o cassete.
Estava parada há cerca de 3 meses e ele ficou de levar para uma revisão antes de me entregar (vai mandar lubrificar os cabos de freio e a central do pedivela).
Me confirmou que era standard mesmo. Isso seria um problema de fato? Pq minha intenção é ganhar resistência para iniciar no cicloturismo. Meu biotipo é mignon, então não teria intenção, pelo menos inicialmente, de colocar suspensão.
E vc estava certo qto à raiação. Devo me preocupar com isso ou futuramente eu poderia trocar o aro e isso seria resolvido?


Enviado por: MandyMoon
Data: 30 Nov 2020 as 23:53
Originalmente Postado por MandyMoon MandyMoon Escreveu:

Obrigada por responder novamente!
O meu primo conhece o rapaz. Ele fazia trilha nessa bike, aí trocou por uma aro 29. Meu primo olhou e disse que não tem problema de trinca, que os freios e as marchas estão boas. O grupo de marchas e o pedivela são shimano, bem como o cassete, que é o CS-HG41-8. Eu só não sei o freehub; achava que viria com o cassete.
Estava parada há cerca de 3 meses e ele ficou de levar para uma revisão antes de me entregar (vai mandar lubrificar os cabos de freio e a central do pedivela).
Me confirmou que era standard mesmo. Isso seria um problema de fato? Pq minha intenção é ganhar resistência para iniciar no cicloturismo. Meu biotipo é mignon, então não teria intenção, pelo menos inicialmente, de colocar suspensão.
E vc estava certo qto à raiação. Devo me preocupar com isso ou futuramente eu poderia trocar o aro e isso seria resolvido?


Enviado por: dwsmartins
Data: 01 Dez 2020 as 03:30
O freehub pode ser qualquer um de 8v a 10v, que tem a mesma largura e encaixe. Pode até não ser Shimano, inclusive. O cassete CS-HG41-8 seria prateado, não preto como na foto. Considerando que é Shimano, acredito que seja o CS-HG31-8, que é preto, ou então tá tão sujo que nem da pra ver, o que é ponto contra, pois demonstra falta de cuidado.

Sendo de um conhecido, menos mal, contanto que seja um conhecido bem intencionado e cuidadoso. A raiação estranha vai te assombrar, pq existem mecânicos que vão olhar pra ela e dizer que não tem jeito. Ela parece ter os raios torcidos juntos, já li sobre essa técnica, mas nunca vi isso no Brasil. Se bem executada, são pelo menos 2 comprimentos diferentes de raios, sendo dois mais curtos no meio e dois mais longos nas extremidades de cada grupo de quatro raios. Apesar de muitos acreditarem que deixa a roda mais forte, ensaios práticos já derrubaram esse mito, o Jobst Brandt fala bastante sobre isso no livro dele (The Bicycle Wheel, estou terminando de ler). Em termos práticos, se você tiver algum problema nas rodas, vai ter de comprar outras (cubos, aros, raios e nipples, além a mão de obra pra montar) e isso é outra coisa bem chatinha no momento pois, como eu disse antes, aro 26” tá em desuso.

Ela é uma pequena bomba por dois pontos chave: caixa de direção standard de rosca e rodas aro 26” (esse último é agravado pela raiação incomum). Se qualquer coisa relacionada a esses dois itens der problema, a solução vai ser cara, seja na forma de conseguir peças difíceis, de pagar mão de obra extorsiva ou de trocar a bike por uma 29”. Algumas peças dela podem ser usadas em outra bike, mas os cubos “exóticos” reduzem essa lista.

Na boa, mesmo com o preço relativamente baixo dela, eu tentaria uma outra. No mercado de usadas tem aparecido algumas 26” com boas configurações e preços em conta, vale procurar mais.

-------------
Bora pedalar, senão estressa!


Enviado por: gm1987
Data: 01 Dez 2020 as 08:33
Problema dessa bike é custar 500 e vai precisar de mais 500 para trocar as rodas e alguma coisinha a mais. Aí vira uma bike de mil, e com mil reais tem outras opções beeem melhores.



Enviado por: MandyMoon
Data: 02 Dez 2020 as 22:36
Obrigada por responderem!!
Eu estou sem condições de comprar uma nova da loja. Levem em consideração a dificuldade de encontrar uma usada para minha altura (1,50m), que na região onde moro tb não tem muitas opções (interior do PE) e o fato de que eu ainda vou começar a praticar o esporte, a conhecer os componentes e ir mexendo aos poucos, caso dê para aproveitar algum componente.
Enfim... Mais uma coisa: Vcs sabem dizer se garfo com espiga reta tbm é um problema?


Enviado por: MandyMoon
Data: 02 Dez 2020 as 22:45
E o cassete é o CS-HG41-8 mesmo. É que a foto ficou escura, mas meu primo fez um vídeo e o cassete é prateado. No centro onde ficou escuro (na foto) é a corrente.


Enviado por: gillyebert
Data: 10 Dez 2020 as 21:22
fala mano, beleza?

eu também estou na mesma situação, eu preciso de uma bicicleta "urbana" e "mtb" ao mesmo tempo, mas o termo híbrida seria o mais apropiado.

porque eu preciso desse modelo de bicleta específico? bom, vou iniciar em alguns meses trabalhando como "bike-boy", entregador de delivery isso mesmo, mas irei pegar asfalto e calçamento ao mesmo tempo, sem falar que irei rodar no mínimo 20km por dia.

quem puder me ajudar a escolher um grupo adequado de quadro, garfo rígido, pneus, aros, relação das marchas e etc... ficarei muito grato.

quem estiver dispoto é só chama no insta: (a)gillyebert

valeu galera, maior e melhor fórum de bicicleta que existe kkkkkkkkk


Enviado por: gillyebert
Data: 10 Dez 2020 as 21:24
tenho 1,60 e também estou tendo dificuldades em montar uma bicicleta urbana para trabalho.

de onde você é? também moro no interior de PE



Imprimir página | Fechar Janela

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06 - http://www.webwizforums.com
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd. - https://www.webwiz.co.uk