Imprimir página | Fechar Janela

Clube da gravel, tipo gravel e monstercross

De:: Pedal.com.br
Categoria: Fóruns Novos - Outras Categorias
Nome do fórum: Bicicletas Híbridas & Fitness Bikes
Descrição:: Fórum para discussão geral sobre bicicletas híbridas e assuntos afins.
URL:: https://www.pedal.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=90642
Data:: 20 Out 2020 as 12:01
Versão do Software: Web Wiz Forums 11.06 - http://www.webwizforums.com


Tópico: Clube da gravel, tipo gravel e monstercross
Enviado por: MarcosMori
Assunto: Clube da gravel, tipo gravel e monstercross
Data: 08 Mai 2017 as 22:40
Pessoal, sou intrometido! 

Não tenho uma gravel, as acho lindas e principalmente as frankstein gravel, aquelas adaptadas da MTB com  garfo rigido, guidao speed e pneus ciclocross. 

Queria subsidio para que futuramente eu monte uma para mim e seria interessante compartilhar com o pessoal que tem vontade de fazer isso.

Minha proposta aqui é que vocês publiquem a foto e diga como fizeram as adaptações.  Ou mesmo poste as fotos das gravels(?) originais tipo spz sequoia e etc.

que fique esse post como um repositório: 

Uma definição pouco ortodoxa do que é gravel.





Respostas:
Enviado por: 43679
Data: 09 Mai 2017 as 00:47
As frankstein que vc citou nao sao Gravel,nen "gravel adaptadas",estas sao chamadas de monstercross.
Monster por ser simplesmente uma MTB,se for 26er é adaptada,se for 29er,q sao 99,99% das monstercross,ter os 2 itens q as distigirao de uma 29er normal,q é o garfo rigido e o guidao drop,alias,tem uma infinidade de guidao do tipo drop,indo ate quase o borboleta

Entao,seria assim,uma gravel é desenhada assim,traseira mais longa que CX,mas 10mm mais curta q MTB,quadro pode ou nao ser sloop,a maioria é sloop(ex Giant Anyroad),garfo rigido mais largo que CX,MAS NAO garfo rigido como o Surly Karate Monkey ou Niner(seja cromo Reynolds ou carbono)
Pneus de CX sao 32mm ou 35mm,e cabo,ja pneus de Gravel podem ser ate 45mm(q é exagero)
Ja usar como gravel qq MTB/CX pode ser usada,no sentido pra palavra,mas nao sera uma Gravel

Adaptar é diferente de ser uma gravel.Uma monstercross é totalmente difernete de uma Gravel.
Monstercross é uma MTB 29er rigida com guidao drop,Gravel é uma hibrida com guidao drop.
Simples assim,gravel uma hibrida com guidao drop.


Enviado por: 43679
Data: 09 Mai 2017 as 00:51
Ah sim,hibrida sem suspensao(hibridas tem obrigatoriamente uma suspensao 700C,porem,com 40mm a 60mm de curso maximo,como as Suntour NEX/NCX/NVX ou RST Neon/Vita
Atention::: Existem suspas pra hibrida e suspas pra city bikes.
Por ex: RST SS-m7,aquela da Caloi CityTour,ou a Suntour SwingShock.Estas suspas tem 30mm,ou seja,so pra da aquela aliviada nos baques.


Enviado por: MarcosMori
Data: 09 Mai 2017 as 06:13
Valeu devair, até mudei o título. Mas agora que vc já ajustou o conceito, seria legal ter as fotos e os depoimentos do pessoal que fez o monstercross ou mesmo as gravels no sentido genuíno da palavra.

Abraços,

Marcis


Enviado por: Henrique Diniz
Data: 09 Mai 2017 as 11:36
É um estilo que eu venho pensando fortemente para uso diário. Além do visual que me atrai muito,saber que tenho uma bicicleta rápida no asfalto e qué encara a Buraqueira do dia a dia e não se envergonha quando vê uma estrada de terra me deixaria muito tranquilo.
Na foto uma cannondale quick de um colega do Facebook adaptada para gravel.





Enviado por: joefreire
Data: 11 Mai 2017 as 15:40
eu uso a minha no dia a dia,
 quando vou fazer um audax ou cicloviagem coloco um pneu 700*23 / 700*28 e quando quero pegar estrado de terra uso 700*40 

comprei um par de freios a disco trp spyre mecanicos mas sao tao bons quanto hidraulicos e ficou show
uso relação 50/34 na frente e 11-34 atras com 9v




Enviado por: MarcosMori
Data: 01 Jul 2017 as 00:27
Antigamente era uma fixa da create 

agora é: 

A gravel que não é gravel, 
A fixa que não é mais fixa
A speed que não é speed
A ciclocross que não é ciclocross

rs

coloquei guidão speed
coloquei mesa ajustável, mas ainda não ficou do jeito que eu quero.  Está muito baixo
nexus relação 38x21
cabe pneu até 700x35 mas estou usando a original







Enviado por: Fabio A.
Data: 09 Jul 2017 as 12:44
Quadro de uma caloi fitness de 2007 com pneus 700x45


Enviado por: rafael_rtg
Data: 09 Jul 2017 as 16:17
O mais interessante da Gravel, não é que ela tenha uma geometria própria e regras a se seguir... Ela não veio de uma modalidade específica como a Cyclocross...

As Gravel Bikes deram nome as Bikes de estrada (road bikes ou speed) com características que a permitem andar no cascalho, estradão, etc...

É preferível que a geometria dela seja confortável para aguentar horas de pedal, então o que pode ser confortável para mim, pode não ser para você... Alguns ciclistas que usam pneu 700x28 ou 700x32, podem achar uma relação com coroa 34 e pinhão 32 muito pesada para subidas, ainda mais em um estradão... 

No mercado de novas, comercialmente elas seguem a geometria das Speed Endurance, começaram a vir com pneus 700x28, 700x32, e agora com a Slate e Diverge 2017, os pneus estão ainda mais largos, mas não tem tem cravos como as Cyclocross... A Slate vem com suspensão Left e a Diverge com suspensão na mesa... Ou seja, mesmo comercialmente vai ter uma infinidade diferenças de uma para outra... 

O legal das Gravel é está amplitude de configurações, que permitam você ir mais longe, confortavelmente e esteja apto a encarar qualquer estrada...


Enviado por: RuanRAC
Data: 26 Fev 2018 as 14:36
pessoal estou pensando e montar uma gravel com uma bike aro 26 que tenho em casa.

pensei em: 
-trocar o guidão por um bullhorn
-reduzir a mesa para ter mais conforto
-tirar a suspensão e pegar o gardo mosso rígido lá
-o quadro é maior que eu (o ideal é 17,5 o meu é 18)
-aproveitar passadores e freio
-trocar as rodas por 650b com pneus mistos/speed
-deixar com freio a disco

o que acham?


Enviado por: leogc
Data: 26 Fev 2018 as 14:49
sua maior dificuldade é que com o guidao drop o quadro que já é meio grande p vc, ficará muito grande. vc precisará trocar os manetes e passadores de cambio.

eu estou convertendo uma klein aro 26, estou deixando a roda do mesmo tamanho, só troquei o garfo e o guidão. estou usando uma mesa pequena, a bike era pequena para mim, ficou com um tamanho perfeito.


Enviado por: RuanRAC
Data: 26 Fev 2018 as 15:25
saquei, pensei em por uma mesa de 32mm no lugar da minha de 100mm (menos 7 cm na verdade), mas já imaginava que ia ficar estranho


Enviado por: dvbrito
Data: 26 Ago 2018 as 19:47
Boa noite, tenho uma MTB Cannondale F8 aro 26 encostada, ela já está com um garfo rígido de carbono e possuí freio a disco mecânico. Estou trocando o grupo de minha speed, vou ficar com um grupo tiagra sem uso, incluindo o guidão, alguém sabe dizer se este grupo pode ser instalado neste quadro sem adaptação?


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 27 Ago 2018 as 04:39
Por que não poderia?

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: misera
Data: 27 Ago 2018 as 09:41
Só tem que ver o chain line , como os quadros de mtb geralmente são mais abertos na traseira a coroa grande 50-54 dentes pode tocar no chain stay se ficar na linha correta.

Mais sendo uma mtb mais antiga talvez ela tenha a traseira mais fechada.


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 05 Out 2018 as 22:09
Acabei de me apaixonar mais uma vez... Cry

Cannondale SuperX 2016, com disco ou canliver. Na verdade um CX, mas convenhamos que dá uma bela gravel...

Resultado de imagem para Cannondale superX

Resultado de imagem para cannondale cantilever

Resultado de imagem para cannondale cantilever
(2012, do Ryan Trebon)

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 05 Out 2018 as 22:30
Originalmente Postado por rafael_rtg rafael_rtg Escreveu:

O mais interessante da Gravel, não é que ela tenha uma geometria própria e regras a se seguir... Ela não veio de uma modalidade específica como a Cyclocross...


Vale lembrar que isso se dá, porque não há competições de gravel. Se isso passar a existir, os fabricantes passam a ter objetivos específicos a seguir, e isso restringe um pouco das variações. 
É o mesmo que acontece com todas as bikes que não tem uma competição! Urbanas, trail, cargo...
Até enduro/free-ride estão um pouco nessa vibe, porque apesar de existir competição de enduro, não há bem um rumo, porque as pistas são completamente variadas. A bike que funciona numa pista, não vai necessariamente funcionar numa outra. 

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: Leo Amaral
Data: 06 Out 2018 as 10:37
Hoje eu vi uma dessa aqui. Achei bem bonita, diferente e confortável. Pelo preço não tive coragem nem de pedir para dar uma voltinha

https://www.specialized.com/br/pt/bicicleta-specialized-sequoia-elite/p/129126" rel="nofollow - https://www.specialized.com/br/pt/bicicleta-specialized-sequoia-elite/p/129126

-------------
------
"If you don't know where you are going, any road will get you there." The Cheshire Cat in Alice's Adventures in Wonderland, Lewis Carroll. Antigo ltadeu70.


Enviado por: caquitows
Data: 13 Out 2018 as 21:31
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:

Originalmente Postado por rafael_rtg rafael_rtg Escreveu:

O mais interessante da Gravel, não é que ela tenha uma geometria própria e regras a se seguir... Ela não veio de uma modalidade específica como a Cyclocross...


Vale lembrar que isso se dá, porque não há competições de gravel. Se isso passar a existir, os fabricantes passam a ter objetivos específicos a seguir, e isso restringe um pouco das variações. 
É o mesmo que acontece com todas as bikes que não tem uma competição! Urbanas, trail, cargo...
Até enduro/free-ride estão um pouco nessa vibe, porque apesar de existir competição de enduro, não há bem um rumo, porque as pistas são completamente variadas. A bike que funciona numa pista, não vai necessariamente funcionar numa outra. 

Putz, Dirty Kanza por exemplo é uma competição que tem desde 2006... :p Sem falar das corridas que acontecem na Europa já faz um tempo...

A única coisa que acontece é que tem muita coisa recente, enduro como você citou é coisa dos anos 2000.

Eu já acho que é legal essa nova abrangência de novas categorias, não é um negócio marketeiro apenas. Principalmente quando bate em algo que a UCI não gosta e quer limitar. Depois de muito tempo, freios a disco em bikes de estrada, por exemplo. :)




Enviado por: caquitows
Data: 13 Out 2018 as 21:55
Aliás, não encontrei como editar o meu post, para adicionar: eu realmente quis pegar uma Specialized Diverge justamente porque vi um cara em uma gravel passando por mim em São Luis do Paraitinga no Big Biker - que tem a categoria específica de gravel.

Pensei que iria pegar a bike no ano que vem apenas, quando amigo meu, dono de uma loja, encomendou uma pra mim :) A bike não ficou na loja, do jeito que chegou na caixa, eles montaram e já saí com ela metendo ela no single track de Itamambuca, no Ranário (terra, barro e pedras soltas) e na Casanga (asfalto, cascalho solto e terra batida) aqui em Ubatuba.

:)


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 15 Out 2018 as 18:14
Certo, mas comparar o que é o ciclismos de estrada, CX e XC com o resto não dá... Muitas vezes a turma toda viaja com recurso próprio, ou apoiado por meia dúzia de marcas que trabalham com o segmento - e as vezes como linha paralela... UCI deve estar bem preocupada...

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: caquitows
Data: 18 Out 2018 as 18:25
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:

Certo, mas comparar o que é o ciclismos de estrada, CX e XC com o resto não dá... Muitas vezes a turma toda viaja com recurso próprio, ou apoiado por meia dúzia de marcas que trabalham com o segmento - e as vezes como linha paralela... UCI deve estar bem preocupada...

Não entendi o que você disse cara. Não fiz comparação, a não ser pela tecnologia que transitou entre categorias. Desculpe-me se me fiz entender errado.
Falando ainda sobre categorias: as bicicletas "cargueiras" por exemplo tem de diversas geometrias, etc.. Elas não seguem um padrão, mas a finalidade é específica.

... agora fazendo a comparação mesmo... :D
A categoria gravel por outro lado tem uma diferença muito mais sutil para uma bike de estrada, assim como para a geometria de primeiras mountain bikes. Assim como as Diverge de 2019 não tem furação no triângulo traseiro, ela foi feita para as coisas serem amarradas na bike, não montadas como vemos em outros quadros de outras marcas. A da 3T por exemplo é do tipo aero, mas, mesmo assim, não a descaracteriza, por ter uma boa abertura para pneus mais grossos tanto na frente como atrás. Talvez, a linha fique cada vez mais tênue com bikes endurance (Specialized Roubaix?) e por aí vai. Antes era quase absurdo usar pneus 700x25c. Agora...

E ao contrário de você, não acho que a UCI está no mínimo preocupada com isso. Como bons conservadores que são é apenas uma questão de tempo. :D

Abraços,


Enviado por: RuanRAC
Data: 19 Out 2018 as 08:53
A UCI é uma incógnita, os caras querem ganhar dinheiro mas querem um esporte para ELES jogarem e ninguém mais, parece o dono da bola que leva ela embora quando está perdendo o problema é que nem a própria bola ela paga. 


Enviado por: caquitows
Data: 19 Out 2018 as 19:28
O papo sobre a UCI a gente pode falar em outro tópico...

... ainda sim falando sobre as gravel bikes e tal:

http://hub.chainreactioncycles.com/buying-guides/complete-guide-gravel-bikes/


Enviado por: Francisco Neto
Data: 03 Jan 2019 as 14:44
Mais algum dono de sense versa?


Enviado por: leogc
Data: 03 Jan 2019 as 15:09
Só para colocar lenha na fogueira....essas são umas fotos da minha Klein Adroit "Gravelizada" como o pessoal fala por aí.




Enviado por: misera
Data: 03 Jan 2019 as 17:59
Esse quadro é muito loco.


Enviado por: joaoandre1990
Data: 04 Jan 2019 as 09:33
leogc, vc não sabe brincar...

-------------
NO GEARS, NO PROBLEMS!


Enviado por: leogc
Data: 04 Jan 2019 as 12:50
Ela ainda precisa de uns ajustes. ela está single, mas to usando um cambio traseiro como esticador. queria mesmo era não usar esticador, mas ainda não é possível. 

e queria mesmo era umas rodas dignas. mas tá difícil achar rodas aro 26 boas com freio no aro.

abs


Enviado por: leandro1857
Data: 04 Jan 2019 as 12:59
bem legal a bike leogc
 qual o nome desse guidão?


Enviado por: MarcosMori
Data: 04 Jan 2019 as 15:23
Bela customização. 

Que pneu é esse vc está utilizando?   já andou no asfalto?  O arrasto é muito grande? 


Abraços, 

Marcos 


Enviado por: am.araujo
Data: 04 Jan 2019 as 16:01
Originalmente Postado por leogc leogc Escreveu:

e queria mesmo era umas rodas dignas. mas tá difícil achar rodas aro 26 boas com freio no aro.


Leo, ainda dá pra encontrar as vzan extreme vbrake por ai, e a vzan dá suporte pra elas caso precise trocar algo no futuro. O problema é o preço, até um tempo atrás tinha muitas em promoção, agora tá salgado.


Enviado por: joaoandre1990
Data: 04 Jan 2019 as 16:59
Originalmente Postado por am.araujo am.araujo Escreveu:

Originalmente Postado por leogc leogc Escreveu:

e queria mesmo era umas rodas dignas. mas tá difícil achar rodas aro 26 boas com freio no aro.


Leo, ainda dá pra encontrar as vzan extreme vbrake por ai, e a vzan dá suporte pra elas caso precise trocar algo no futuro. O problema é o preço, até um tempo atrás tinha muitas em promoção, agora tá salgado.


40tinha cada folha, comprei no ML final do ano passado... Vale a pena!

-------------
NO GEARS, NO PROBLEMS!


Enviado por: joaoandre1990
Data: 04 Jan 2019 as 17:03
Originalmente Postado por leogc leogc Escreveu:

Ela ainda precisa de uns ajustes. ela está single, mas to usando um cambio traseiro como esticador. queria mesmo era não usar esticador, mas ainda não é possível. 

e queria mesmo era umas rodas dignas. mas tá difícil achar rodas aro 26 boas com freio no aro.

abs


Acho difícil eliminar o esticador por conta da gancheira, mas pra dar uma limpada no visual vale a pena trocar esse cambio por um esticador de verdade do Ali.

-------------
NO GEARS, NO PROBLEMS!


Enviado por: leogc
Data: 04 Jan 2019 as 17:11
Salve galera, vou tentar responder tudo aqui:

- O guidão é um Alpkit Mud Bomber, custa barato e não sei pq, todas as vezes que comprei coisas na Alpkit não fui taxado. ( https://www.alpkit.com/products/love-mud-bomber" rel="nofollow - https://www.alpkit.com/products/love-mud-bomber )
- Ela está com rodas genéricas e pneus Continental X-King 2.4. Achei o pneu até que leve para o que eu esperava.
- No asfalto ela não é muito pratica pq está com a relação muito curta, 32x16. A ideia é meter na trilha. Eu andei num bosque aqui perto de casa (onde tirei essas fotos) e ela é simplesmente maravilhosa no offroad. Mas era um teste, agora vou meter numa trilha de verdade para ver como é.
- Não consegui ver se tem muito arrasto. Uma opção legal para quem vai andar na rua com aro 26 e gosta de pneuzão são os pneus de BMX tem pneus 2.4 ou 2.35 com bandas menos agressivas. 

Em relação as rodas, essa bike tinha umas DTswiss sinistras, mas no rolo que fiz para pegar a bike, acabei tendo que abrir mão das rodas. Eu confesso que tinha um pouco de preconceito com as vzan, mas pelo que andei lendo, me pareceram bem boas. Vi algumas Extreme com 28 raios, que me parecem bem leves e dignas....vou analisar de vale comprar uns cubos e montar uma, ou se acho alguma num preço razoável.

Enfim, eu tenho uma outra gravel "pura", qq dia pego fotos dela. Cada vez mais acho que pro uso que eu faço (pouquíssimas trilhas) não precisa ter suspensão (eu sei que isso é discussão de outro tópico). O pessoal da terra não entende muito isso, mas acha que precisa de bike full para andar em estradão. 

Qualquer dia coloco foto do outro brinquedo (assim que eu achar).



Enviado por: leogc
Data: 04 Jan 2019 as 17:30
A gancheira até é horizontal mas é curta. não foi feita para esticar. eu tentei magic mas também não deu. preciso de coragem para tirar o movimento central para ver se cabe um excentrico.

mas em todo caso, já comprei um esticador desses do ali.


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 05 Jan 2019 as 15:12
Somos dois que acham a suspensão meio viagem para estradão...
Talvez em nível competitivo, mas não estou lá ainda...

Qual a medida do pedivela? Não seria caso de usar um 170 mm, ou até 165 mm, se achar? Passei a minha de 170 para 175 e parece que turbinou, ganhei muito ali... Perdi no RPM, mas com a sapatilha isso não é tão problemático...

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: caquitows
Data: 05 Jan 2019 as 16:42
Pra quem quiser ver um pouco da Specialized Gravel por um amador:

https://www.youtube.com/watch?v=6pwsCbQDvzs

:)

ps. sim, sou eu


Enviado por: caquitows
Data: 05 Jan 2019 as 16:56
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:

Somos dois que acham a suspensão meio viagem para estradão...
Talvez em nível competitivo, mas não estou lá ainda...

Qual a medida do pedivela? Não seria caso de usar um 170 mm, ou até 165 mm, se achar? Passei a minha de 170 para 175 e parece que turbinou, ganhei muito ali... Perdi no RPM, mas com a sapatilha isso não é tão problemático...

Somos 3 então.

Peguei a Specialized Diverge 2019 com Claris, agora vou mudar pra um 105 com um pedivela da Praxis works. Andava com a Epic com a suspensão travada o tempo inteiro e ainda esquecia de destravar muitas vezes...

... todo mundo falava que eu ia sentir falta da Epic...

... nem sinto :p


Enviado por: leogc
Data: 07 Jan 2019 as 10:27
boa ideia, vou dar uma olhada na medida do pedivela.

quanto as suspensões, só ando de gravel agora. já estou até comprando um garfo rígido para a mtb que vai virar monster tb. 




Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 09 Jan 2019 as 20:00
Dizer que eu não sinto falta, é exagero. Principalmente pensando pela segurança.
Como disse, melhorou muito minha performance, mas não aceita erro. Mesmo com o molejo, eu notei que confiava quase só na suspensão e acabava deixando tudo pra ela, o que piorava minha performance. O garfo rígido, se não subir a frente, deve terminar em chão.




-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: Pantoja
Data: 10 Jan 2019 as 12:36
Gravel:
1- pega uma bike híbrida;
2 - bota um drop e pneus balão;
3 - triplique o preço;
4 - faz aquele lobby (o mesmo que fez geral comprar 27.5);

Tretem rs


-------------
Gabriel Hansen - http://bikedemia.blogspot.com


Enviado por: ghd
Data: 10 Jan 2019 as 13:06
Eu vejo o gravel mais como uma demanda do usuário do que uma invenção das empresas que estão tentando empurrar para o consumidor.

-------------
Guia de Bikes por faixa de preço => https://www.pedal.com.br/forum/guia-de-bikes-por-faixa-de-preco_topic92180.html" rel="nofollow - AQUI


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 10 Jan 2019 as 18:13
Também vejo assim. Tal como o MTB nas origens.
O lobby veio após aparecer o nicho de mercado.

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: caquitows
Data: 11 Jan 2019 as 16:03
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:

Também vejo assim. Tal como o MTB nas origens.
O lobby veio após aparecer o nicho de mercado.

Com certeza.

Vídeo do Samuca sobre dieta e como as empresas manipulam as pesquisas para conseguir vender melhor o produto deles (sobre dieta, saiu hoje). Isso só pra indústria alimentícia, quando a gente fala de performance ou coisa parecida, a coisa é bem mais fácil de desmistificar, ou é, ou não é. Óbvio, pra cada nível de atleta e equipamento...


Enviado por: leogc
Data: 11 Jan 2019 as 16:05
sinceramente eu não me importo....eu gosto de andar na terra, acho ciclocross (mais antigo que ciclismo de estrada) fantástico, comprei uma bike dessas e sou apaixonado por ela.


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 11 Jan 2019 as 19:12
Originalmente Postado por caquitows caquitows Escreveu:

Com certeza.

Vídeo do Samuca sobre dieta e como as empresas manipulam as pesquisas para conseguir vender melhor o produto deles (sobre dieta, saiu hoje). Isso só pra indústria alimentícia, quando a gente fala de performance ou coisa parecida, a coisa é bem mais fácil de desmistificar, ou é, ou não é. Óbvio, pra cada nível de atleta e equipamento...


Marketing e web design são as únicas coisas que estudei formalmente, então sei bem...
O que ele fala é verdade. Na propaganda, com uma GoPro todo mundo faz vídeos incríveis, e pode saltar de qualquer lugar... Quando não é apenas um elo, mas o atleta Red Bull, horas e horas de tomadas, captação, edição e pós-edição de primeira e por aí vai...

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: LuizFF75
Data: 12 Jan 2019 as 15:11
Originalmente Postado por leogc leogc Escreveu:

sinceramente eu não me importo....eu gosto de andar na terra, acho ciclocross (mais antigo que ciclismo de estrada) fantástico, comprei uma bike dessas e sou apaixonado por ela.
Mais antigo que o MTB vc quis dizer. 



Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 12 Jan 2019 as 23:15
Depende o conceito, já que o ciclismo antes da era do asfalto e dos automóveis, estava mais para ciclocross, do que para ciclismo, tal qual como conhecemos atualmente.

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: leogc
Data: 14 Jan 2019 as 10:08
Originalmente Postado por LuizFF75 LuizFF75 Escreveu:

Originalmente Postado por leogc leogc Escreveu:

sinceramente eu não me importo....eu gosto de andar na terra, acho ciclocross (mais antigo que ciclismo de estrada) fantástico, comprei uma bike dessas e sou apaixonado por ela.
Mais antigo que o MTB vc quis dizer. 


sim, me expressei errado. o ciclocross nasceu dos ciclistas de estrada se divertindo no inverno. portanto, é da mesma época. além disso, as estradas naquela época não era exatamente um tapete.


Enviado por: SANGELO
Data: 02 Abr 2019 as 19:18
Estou bem tentado em transformar uma 26 em monstercross, tenho uma peça aqui, outra alí e estou a procura de um quadro de cromoly. Parece que se a puxada do cambio dianteiro é por baixo do quadro (como são nas speeds) funciona bem com um grupo speed. Tenho um claris 8v.

Mais alguém montou assim? Minha  intenção é comprar uma mtb 26 usada por aí já com cantilevers para ficar mais fácil a coisa do freio.
Será que estou no certo?


-------------
Angelo


Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 02 Abr 2019 as 23:59
Também estou de bico numa coisa assim... Queria reativar a 26 como segunda bike.

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: leogc
Data: 03 Abr 2019 as 13:20
eu curto andar na minha mtb 26 como monstercross. não é uma gravel. é uma monster. mas eu gosto. o principal desafio é ter um quadro com top tube pequeno por causa do drop. no meu caso foi simples pq é single, mas para usar câmbio exige um pouco mais de criatividade.



Enviado por: SANGELO
Data: 04 Abr 2019 as 20:31
Originalmente Postado por leogc leogc Escreveu:

eu curto andar na minha mtb 26 como monstercross. não é uma gravel. é uma monster. mas eu gosto. o principal desafio é ter um quadro com top tube pequeno por causa do drop. no meu caso foi simples pq é single, mas para usar câmbio exige um pouco mais de criatividade.



A sua ficou bem legal, como  ainda não tenho o quadro, a dica do top tube ser mais curto é valiosa. Sempre tem gente se desfazendo das 26 e estou a procura de uma usada, pois os valores são acessíveis, pelo menos para o que eu procuro. Caso não fique bom, é só voltar para a configuração anterior, usar ou passar pra frente.
Coisas que estou avaliando.
-Quadro mais curto
-Cabeamento do cambio dianteiro passar por baixo para o trocador funcionar (eu espero)
-Furação para bagageiro - preciso



-------------
Angelo


Enviado por: am.araujo
Data: 05 Abr 2019 as 01:48
Dá pra usar cambio que puxa por cima junto com STI, já testei isso, só usar o trim que funciona de boa. O problema maior é usar pedivela duplo, a chain line pode ficar curta se vc usa cambio de abraçadeira baixa, mas se pegar um cambio de abraçadeira alta funciona. A única coisa que eu não gostei foi o fato da roda se pequena, quando vc pega um retão parece que as 29 tem um passo mais fluido do que as 26, porem pra quebrar galho funciona bem pra caramba como Frankenstein.


Enviado por: leogc
Data: 05 Abr 2019 as 10:04
eu confesso que não tentei mexer com cambio. eu até tinha comprado uns passadores de bar end (daqueles de triathlon) para fazer isso. mas acabei até desistindo. acho que vou vender.


Enviado por: Leo Amaral
Data: 11 Abr 2019 as 20:39
A partir de 14'30
https://youtu.be/kPEo55hAthk" rel="nofollow - https://youtu.be/kPEo55hAthk

-------------
------
"If you don't know where you are going, any road will get you there." The Cheshire Cat in Alice's Adventures in Wonderland, Lewis Carroll. Antigo ltadeu70.


Enviado por: SANGELO
Data: 14 Abr 2019 as 15:53
Consegui uma GT All Terra de cromoly, parece bem original, dá até dó de mudar, rs, mas vamos ver no que dá.
O quadro é até um pouco alto pra mim,porém, "alcançável" mas achei a geometria até curta, o que será bom ao trocar o guidão por um Drop. Como eu só ando de road, a gt parece um trator na rua.

-------------
Angelo


Enviado por: RuanRAC
Data: 16 Abr 2019 as 08:27
Em relação a proposta gravel, vcs iriam de aço ou de alumínio? vale a pena pagar 3 mil a mais por um quadro de aço (25% a mais no preço da bike)? estou de olho nessas duas.  (p.s.: já usei aço no MTB e não senti tanta diferença mas lá tem suspensão e tal)

https://www.ninerbikesbrasil.com.br/bikes/modelo/rlt-9-steel/rlt-9-steel-2-star-tiagra-my19" rel="nofollow - https://www.ninerbikesbrasil.com.br/bikes/modelo/rlt-9-steel/rlt-9-steel-2-star-tiagra-my19

https://www.ninerbikesbrasil.com.br/rlt-9-alloy-2-star-tiagra-my19" rel="nofollow - https://www.ninerbikesbrasil.com.br/rlt-9-alloy-2-star-tiagra-my19



-------------
meu Strava: https://www.strava.com/athletes/4907071


Enviado por: pimenta86
Data: 17 Abr 2019 as 07:46
como eu nao acredito no suposto conforto do cromoly, iria com o modelo aluminio, por ser mais leve.


Enviado por: SANGELO
Data: 21 Abr 2019 as 07:39
Originalmente Postado por RuanRAC RuanRAC Escreveu:

Em relação a proposta gravel, vcs iriam de aço ou de alumínio? vale a pena pagar 3 mil a mais por um quadro de aço (25% a mais no preço da bike)? estou de olho nessas duas.  (p.s.: já usei aço no MTB e não senti tanta diferença mas lá tem suspensão e tal)

https://www.ninerbikesbrasil.com.br/bikes/modelo/rlt-9-steel/rlt-9-steel-2-star-tiagra-my19" rel="nofollow - https://www.ninerbikesbrasil.com.br/bikes/modelo/rlt-9-steel/rlt-9-steel-2-star-tiagra-my19


https://www.ninerbikesbrasil.com.br/rlt-9-alloy-2-star-tiagra-my19" rel="nofollow - https://www.ninerbikesbrasil.com.br/rlt-9-alloy-2-star-tiagra-my19



Só tenho visto o pessoal pegar as bikes gravel de aluminio, falam muito bem com relação ao conforto.


-------------
Angelo


Enviado por: Binotto
Data: 31 Mai 2019 as 16:27
Originalmente Postado por pimenta86 pimenta86 Escreveu:

como eu nao acredito no suposto conforto do cromoly, iria com o modelo aluminio, por ser mais leve.
Suposto conforto cromoly , ri muito aqui.

Caro colega relato de um quase 50tão.

Em 1983 ganhei minha saudosa caloi 10 , dourada, que foi minha bicecleta dos 10 aos 20 anos de idade. eu morva bem no interior e 80 das estradas eram de chão. eu inclusive morava em uma vila, no meio de uma plantação de pinus (industria da celulose), e pode ter certeza que eu fiz gravel bike, minha adolescÊncia e infÂncia sem nem saber o que era isso, com uma caloi10. E não era desconfortável.

Quando vieram as mtb no inicio dos 90, tive uma sundown (das importadas) em aço, mas era pesada demais, e sonhávamos com a CALOI ALUMINUM.

Em 1997 eu acabei comprando uma GT backwoods, em alumínio, mas não gostei. Era um quadro mole e seco demais, desconfortável. TAnto é que originalmente ela vinha com cantilever, e quando saiu a onda VBRAKE, ao instalar os vbrakes, o quadro abria (flexionava nos suportes) no triangulo traseiro , e a bike não freiava. Me decepcionei e vendi a bike bem nova.

Acabei pegando uma GT timberline, 2 anos mais velha, usada, mas em CROMOLY. QUE MARAVILHA. O conforto era enorme, no calçamento, a traseira flexionava bastante, e pude usar os vbrakes tranquilo. Porem era bem pesada. 

Nessa época, a Specialized, Scott, GT, Trek tinha bikes top em cromoly, e algumas versões em aluminio.

Por isso te digo. Um bom quadro em aço cromoly é muito mais confortável que carbono até mesmo. eu tenho andando em algumas bikes de carbono e esse papo de conforto nunca me convenceu.

Eu realmente, se fosse pegar uma GRAVEL, com certeza seria a NINER em aço REYNOLDS.

NA Europa, antes da moda gravel, os caras da Rapha (marca de roupas) , já faziam videos com bikes de speed mais touring, com quadro aço reynolds, e pneus 700x25, andando em estradas de chão de interior. Lembro que na Italia, algumas vezes o Giro passa por estrada de chão.

Então pra mim. GRAVEL é aço reynolds. Não é papo não, eu já testei, tive várias. POsso te dizer que já tive mais de 20 mtbs ao longo da minha vida e nada se compara ao aço cromoly em conforto.


Enviado por: SANGELO
Data: 09 Jun 2019 as 15:37

Peguei uma Hard Rock anos 90. Estava toda original, simples, peças básicas, mas muito legal. Adaptei com guidão drop, pedivela e mudou completamente a maneira de guiar.

Os pneus são cravudos e largos, acho um pouco exagerado e espero trocar em breve, é um sofrimento no asfalto, mas a bike parece bem confortável e dá para promover alguma diversão =) .




-------------
Angelo


Enviado por: Carlos Santo
Data: 03 Set 2019 as 13:50
Boa Tarde Pessoal

Estou lendo varios relatos de "Gravel e Monstercross", ja ando de bike rígida a muito tempo, e confesso que ja estou bem adaptado a "falta de conforto" Ouch

Bem segue ai a foto da minha menina que pretendo colocar um guidão drop e colocar pra sofrer nas trilhas aqui da região.

OBS: Showw de roda todas as postagens, dá pra ter uma boa ideia do que fazer e nao fazer..Valeuuu






Abraço


Enviado por: pimenta86
Data: 04 Set 2019 as 21:21
novas Niner

https://cyclingtips.com/2019/09/niner-updates-rlt-9-gravel-range-across-all-three-frame-materials/" rel="nofollow - https://cyclingtips.com/2019/09/niner-updates-rlt-9-gravel-range-across-all-three-frame-materials/

-------------
A venda:
https://bit.ly/2Gcg914

https://bit.ly/2YaCfM0


Enviado por: Carlos Santo
Data: 05 Set 2019 as 08:14
Bom Dia

Essas NINER ficaram muito lindas, robustas....Thumbs Up


Enviado por: caquitows
Data: 10 Out 2019 as 12:55
Fala galera, tudo bem? 

Depois de um pouco mais de um ano com a SPZ Diverge 2019 E5, estou com rachaduras no aro da bike! :(

Amigo meu está vendo pra mim se consegue rodas/aro novo.

Meto a bike em trilha, em estradão, buraqueira, paralelepípedo, salto guia, lombada... eu não alivio nada a bike.

PUATZ...

Achei esse link falando sobre aro e rodas para gravel:  https://gravelcyclist.com/bicycle-tech/tech-custom-disc-brake-gravel-wheel-component-guide-part-i-rims-spokes-and-nipples/ - https://gravelcyclist.com/bicycle-tech/tech-custom-disc-brake-gravel-wheel-component-guide-part-i-rims-spokes-and-nipples/

O cara tem 77 kg e teve o mesmo problema que eu (tenho 95kg). Rachaduras nos encaixes dos raios no aro e uma bela rachadura em volta de uma delas. :(




Enviado por: Ismah/Cabelo
Data: 11 Out 2019 as 00:30
Bom, tu já identificou o que está errado... Logo é hora de começar a aliviar, ou bancar os custos...

-------------
Sigam-me os bons
https://www.strava.com/athletes/12011746" rel="nofollow - Strava -
http://Instagram.com/ismah_cabelo" rel="nofollow - Instagram
Prost!


Enviado por: leogc
Data: 11 Out 2019 as 08:20
é estranho isso. tem cara de vício oculto. a spz ofereceu trocar as rodas?


Enviado por: cdamaso
Data: 11 Out 2019 as 08:58
Originalmente Postado por caquitows caquitows Escreveu:

...Amigo meu está vendo pra mim se consegue rodas/aro novo.

Meto a bike em trilha, em estradão, buraqueira, paralelepípedo, salto guia, lombada... eu não alivio nada a bike....
Eu tentaria a garantia antes, principalmente se existem mais relatos desse problema pela internet, de qualquer forma, pelo seu uso você deveria usar uma MTB e não uma gravel.


Enviado por: caquitows
Data: 11 Out 2019 as 11:54
Originalmente Postado por leogc leogc Escreveu:

é estranho isso. tem cara de vício oculto. a spz ofereceu trocar as rodas?

Esperando resposta... vamos ver. Como disse no outro post, eu tenho 95kg, pode ser que o material não aguente mesmo. Um outro cara, de 77kg com outra marca, outra configuração o aro dele não aguentou também.

Originalmente Postado por cdamaso cdamaso Escreveu:

Originalmente Postado por caquitows caquitows Escreveu:

...Amigo meu está vendo pra mim se consegue rodas/aro novo.

Meto a bike em trilha, em estradão, buraqueira, paralelepípedo, salto guia, lombada... eu não alivio nada a bike....
Eu tentaria a garantia antes, principalmente se existem mais relatos desse problema pela internet, de qualquer forma, pelo seu uso você deveria usar uma MTB e não uma gravel.

Veja esse vídeo aqui:  https://www.youtube.com/watch?v=lOiiCpzafWE - https://www.youtube.com/watch?v=lOiiCpzafWE

Não que eu faça a mesma coisa, longe disso, mas ao meu ver, o meu uso é bem mais tranquilo que isso. Falando que "passo em qualquer lugar" e não falando a frequência, parece que é todo dia que eu faço um pedal de 60km com a maior parte em estrada de terra e trilha. O que é longe de ser verdade. Por sinal, as minhas saídas de passeio/"treino" estão todas logadas e públicas para todos verem:  https://www.strava.com/athletes/22814634 - https://www.strava.com/athletes/22814634

Ubatuba, onde eu moro, é asfalto/bloquete/paralelepípedo/buraqueira. Óbvio que com uma bike dessas vou desviar desse tipo de trajeto sempre que puder, por apenas questão de conforto. Mas não vai ser sempre, por questão de pilotagem. As trilhas e estradões de terra aqui são muito limitados, se disser que tem mais de 20km de fácil acesso e pela estrada (de asfalto), estarei mentindo. Já faz uns belos meses que não ando nas trilhas aqui, excessão de dias atrás ter pego a Casanga (estradão de terra e cascalho) e o Ranário (quase-trilha single-track, pedras e barro) para mostrar para amigos de fora (eles de MTB).

Já faz mais de 2 anos que pedalo aqui e posso dizer seguramente que a parte mais pesada do pedal não passa de 5% do tempo, sendo todo o resto em asfalto. Na real, peguei a Diverge justamente por andar muito mais em asfalto do que em trilha. Todos me falaram que eu ia sentir falta da Epic (full). Se enganaram forte e de quebra nesse tempo com a Diverge, trouxe uma galera da MTB pro asfalto. :p


Enviado por: cdamaso
Data: 11 Out 2019 as 15:14
Bom, eu já havia visto esse vídeo mas ele não me convence, sou de São José dos Campos e já tive um tempo de experiência com uma gravel, ficou emprestada uns meses de um amigo que fez intercâmbio, acho que era uma Scott mas não sei se ela era uma gravel de fábrica ou foi "gravelizada", enfim, caiu no caso do "gosto cada um tem o seu", eu prefiro um jogo de rodas com pneus extras pra usar na minha MTB durante o dia-a-dia do que ter uma gravel, porque por mais que ela rode melhor que minha MTB na cidade onde eu moro, ao menos 2 finais de semana no mês eu faço pedais pelo sul de MG, meus pais vivem em Brasópolis, e não tenho confiança de usar uma gravel na maioria dos percursos que conheço por lá, principalmente depois de uma semana chuvosa. Inclusive penso em ter outra MTB, uma FS, pois minha atual é uma HT de entrada que passou por bons upgrades, mas a cada pedal eu vou pegando mais pesado com ela, então sinto que vou precisar de uma mais bruta logo. Enfim, SE eu gostasse de road e tivesse uma muito boa, eu teria também uma gravel, mas como gosto de MTB, não sinto vontade de ter uma gravel.

PS: Era só pra eu comentar sobre acionar garantia e tomar mais cuidado com a gravel e acabei fazendo textão sobre meu gosto por MTB, me desculpem Pinch


Enviado por: caquitows
Data: 15 Out 2019 as 03:10
Não é questão do vídeo convencer, mas o que a bike é "propagandeada" do que é capaz e do que aguenta. Muito diferente do "road bike party", que o cara (que por acaso foi parar numa cadeira de rodas depois da segunda edição do vídeo...) pega e fica manobrando a bike como se fosse bike trial. 

Outro vídeo que ficou famoso foi o Chris Froome cruzando um estradão de terra com uma TT ( https://www.youtube.com/watch?v=DQt9qmnCTm8 - https://www.youtube.com/watch?v=DQt9qmnCTm8). Bike aguenta? Aguenta... aquele momento, com certeza, e se passar 1 ano desse jeito?

Apesar de você ter falado sobre a sua preferência na MTB, acho legal você deixar a sua opinião para os outros lerem. Pois, assim como vi muito nego aqui do Brasil dar de cara com a gravel "porque a estradão e as trilhas não são como lá fora", temos o Big Biker com a categoria desde 2017 e tivemos uma edição do Brasil Ride Gravel em abril desse ano (2019). Na minha opinião não é só questão de gosto, mas de como o piloto usa a bike e as prioridades que ele tem.

Como falei no meu outro post: tinha uma SPZ Epic FS. O que me fez levar a trocar por uma bike rígida? Minhas regulagens eram extremamente duras, nego que queria andar na minha bike achava ela super rígida mesmo sendo FS, imagina uma bike FS regulada pra ser rígida pra um cara de 95kg? Hehehe... Não o bastante, eu esquecia muitas vezes a destravar a suspensão dianteira. A escolha de ter trocado até de tipo de bike foi por aí: a maior parte do tempo no asfalto, pouca trilha e pouca coisa técnica.

Por assim dizer, se eu pegasse muito mais buraqueira, paralelepípedo, trilhas, estradões de terra em uma proporção muito maior, provavelmente seria o caso e ter uma MTB e uma Road ou até mesmo apenas MTB.

Mesmo assim, tive a oportunidade de andar com a Diverge Expert 2020 no Zoom Bike Park, e posso dizer que me diverti muito mais nela do que na Fuse, que até tinha pensado na possibilidade de comprar ano que vem, mas nem vou. Pra você ter uma idéia eu tive que me re-adaptar por alguns minutos pra pilotar a Fuse de tão acostumado que eu tava com a Diverge. :p

Ainda esperando resposta do pessoal lá :(

Abraços man


Enviado por: Renan Carvalho Bueno
Data: 01 Fev 2020 as 19:44
Estou pensando em montar algo parecido com um quadro antigo q tenho. Uma Monark 10. Será q dá certo? Quero usar pneus q permitam andar no estradão.


Enviado por: Renan Carvalho Bueno
Data: 01 Fev 2020 as 19:51
Sem marchas. Fixa de preferência.


Enviado por: allmondega
Data: 10 Jun 2020 as 20:02
Tudo depende do uso. Eu moro numa área de morros com ladeiras íngremes de paralelepípedo e MTB pra mim é o caminho de casa querendo ou não. Andava de speed de cromo com pneu 28 e o conforto realmente é grande o suficiente para lidar com o pavimento e a velocidade. Porém, furava muito pneu, não podia empenar nem um pouquinho devido ao pouco espaço do quadro. Uma gravel foi uma escolha meio óbvia. Já namorava uma ciclocros faz tempo mas lendo e pesquisando descobri que gravels são mais indicadas para o meu uso. Mas, assim que veio a moda os preços dispararam e demorei procurando até achar a Show bike de SP. Frame set barato, bonito, confortável e sem qualquer problema de pagamento e envio em dezembro quando comprei. Tá com relação Altus, Alívio, Sora e Claris rsrsrs, rodas de MTB 29 e freios avid bb5 road. Realmente a bike toda de alumínio é bem mais dura que minha antiga de cromo mas amenizei esse problema com pneus mais largos (não são os da foto) continental 700/35 de cx.




-------------
Até os macacos caem das árvores


Enviado por: zoda
Data: 11 Jun 2020 as 00:31
Tem 4 vídeos de uma transformação de uma clássica em uma gravel. Chega a ser pornográfico.
https://youtu.be/0dtVCNQ59M0" rel="nofollow - https://youtu.be/0dtVCNQ59M0


Enviado por: TGTECH
Data: 11 Jun 2020 as 08:33
Orignal 30mm X 42mm 





Ontem foi dia de estreia dos pneu 42mm com tubless.
A bike fica muito gostosa de andar. Pressão de 50psi traseira e 40 dianteira.

Estou curtindo muito esta configuração. 



-------------
GT Avalanche 2009
Cannondale Trail 5 2015
Cannondale Trail 4 2018
Cannondale FSI 5   2018 - Atual


Enviado por: leogc
Data: 11 Jun 2020 as 10:04
==-00+
69=-
0[;] \
\158678174
\'[]\4017=-0453-/*=]\
120TE=allmondega]Tudo depende do uso. Eu moro numa área de morros com ladeiras íngremes de paralelepípedo e MTB pra mim é o caminho de casa querendo ou não. Andava de speed de cromo com pneu 28 e o conforto realmente é grande o suficiente para lidar com o pavimento e a velocidade. Porém, furava muito pneu, não podia empenar nem um pouquinho devido ao pouco espaço do quadro. Uma gravel foi uma escolha meio óbvia. Já namorava uma ciclocros faz tempo mas lendo e pesquisando descobri que gravels são mais indicadas para o meu uso. Mas, assim que veio a moda os preços dispararam e demorei procurando até achar a Show bike de SP. Frame set barato, bonito, confortável e sem qualquer problema de pagamento e envio em dezembro quando comprei. Tá com relação Altus, Alívio, Sora e Claris rsrsrs, rodas de MTB 29 e freios avid bb5 road. Realmente a bike toda de alumínio é bem mais dura que minha antiga de cromo mas amenizei esse problema com pneus mais largos (não são os da foto) continental 700/35 de cx.


[/QUOTE]

parabéns pela bike...acho ela uma ótima opção...



Imprimir página | Fechar Janela

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06 - http://www.webwizforums.com
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd. - https://www.webwiz.co.uk