Imprimir página | Fechar Janela

DESISTIU! Da bike Gravel.

De:: Pedal.com.br
Categoria: Fóruns Novos - Outras Categorias
Nome do fórum: Bicicletas Híbridas & Fitness Bikes
Descrição:: Fórum para discussão geral sobre bicicletas híbridas e assuntos afins.
URL:: https://www.pedal.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=102828
Data:: 01 Mar 2024 as 21:59
Versão do Software: Web Wiz Forums 11.06 - http://www.webwizforums.com


Tópico: DESISTIU! Da bike Gravel.
Enviado por: Grevelizado
Assunto: DESISTIU! Da bike Gravel.
Data: 27 Ago 2023 as 19:07
https://youtu.be/T4UUFG3HFCk?si=u0Ud_ttjpzlmETST

Basicamente, ele passou 1 ano com a Gravel e decide voltar para a MTB dele por causa da geometria do quadro, ao ver isso, eu nunca vi ninguém com uma Gravel que realmente está muito tempo com ela, vcs conhecem alguém que gostou e conseguiu se adaptar a Gravel? Ou não? Tava querendo fazer isso com meu quadro MTB

Nota: alguém sabe onde ele errou?



Respostas:
Enviado por: Solito
Data: 27 Ago 2023 as 21:23
Será que alguém ainda cai nesses links de vírus ???
youtu PONTO be...


Enviado por: ionas
Data: 27 Ago 2023 as 23:00
Originalmente Postado por Solito Solito Escreveu:

Será que alguém ainda cai nesses links de vírus ???
youtu PONTO be...

kkkkk não é virus solito, é pq ele deve ter copiado o link direto do app do youtube no cll
https://www.youtube.com/watch?v=T4UUFG3HFCk

tmb to curioso para saber onde esse cara errou, eu queria fazer isso com minha mtb mas deixando a suspensão


Enviado por: hug0.dts
Data: 28 Ago 2023 as 00:26
Mas também, pegou a MTB e converteu pruma monster gravel e esperava milagre. Só o fato do quadro ter o top tube bem maior que o de uma gravel/speed já seria motivo mais do que suficiente para não fazer essa cagada.


Enviado por: Dragum
Data: 28 Ago 2023 as 07:09
Alguém sabe onde ele não errou?

Usava um câmbio sunrun no pedivela triplo com sti duplo chines, e k7 11-40 (durou nada o câmbio na mão desse cupim)

Quadro básico para outra modalidade,

Pneu de arame vagabundo sem fita antifuro. (hj em dia ta na onda do tubeless)...


Hoje em dia não ta muito melhor, usa grupo 11V absolute com coroa 34 no hg11 e diz... (to aqui descendo a 60Km/h...)




-------------
1)16" Azul
2)Monark BMX 20
3)Sundown 24 21V
4)Azonic 26
5)C. Snake 26
6)2XS 26 21V
7)Aluminium 26 21V
8)C. 29r/29er 24V
9)GaryFisher Marlin 94 24V
10)Activ 2020
HJ)City Tour Td q da
HJ)A. Spercross


Enviado por: mester
Data: 28 Ago 2023 as 09:34
A modalidade Gravel por si só já é difícil justificar, imagine quando feito a partir de um punhado de peças que não foram concebidas para essa finalidade.
Esse tal de monster gravel, convenhamos, é uma aberração que só existe para criar conteúdo digital supérfluo, que chama atenção para quem tem peças sobrando e deseja se aventurar por uma modalidade nova.
Não estou desqualificando o Gravel, só que é difícil justificar. Porém, quando quando reunidas todas as condições favoráveis, deste terreno até equipamento e expectativa do usuário, funciona adequadamente.


Enviado por: hurry-gurits
Data: 28 Ago 2023 as 12:08
Monster Gravel eu teria, é uma bike sem compromisso com excelência em absolutamente nada, somente igual uma fat bike, para um pedal 4fun, agora quem comprou a ideia de marketing da gravel, depois que pedala uma passa raiva pra caramba.

Meu amigo caiu nesse marketing, e comprou a gravel da Sense, e um cara focado em treino, kom e todas essas baboseiras da galera da tanga colada, 8 meses depois vendeu, afinal é um pato, pior que MTB na terra, pior que speed no asfalto

-------------
scott single track 95 26" cromo
khs 204 full 2012 26"- R.I.P.
khs sixfifty 2500 27.5" - 2014
Mongoose XR PRO 29" - 2016
GT Sanction Pro 27.5" - 2015
GT Agressor 1.0 26" - 2012 - Pumptrack Edition


Enviado por: Pabloebani
Data: 28 Ago 2023 as 13:07
Desistiu da Gravel sem nunca ter tido uma gravel Thumbs Up


Enviado por: misera
Data: 28 Ago 2023 as 14:05
Se vc viu o vídeo sabe que ele desistiria mesmo que tivesse a gravel mais top de todas.


Enviado por: Hugobh77
Data: 28 Ago 2023 as 16:31
Como já foi falado a gravel por si só já não é algo tão versátil, enjambro piorou. Tive duas experiências com bikes híbridas, não vou considerar que fossem gravel. São bikes que não rendem bem no asfalto como uma Speed e não são bikes tão seguras pra andar no offroad. Eu tenho MTB e road.
Teria uma gravel no lugar de uma Speed se morasse em um lugar mais "plano" e que enfrentasse terrenos mistos. Na minha região onde é mais plano é asfalto, os lugares onde tem estradão, só morro bravo.

No GCN o pessoal tem bastante vídeo sobre gravel e comparativos com MTB, lá tem estradas bem longas de gravel e quase nenhum morro. Pro BR vai depender da região. Mas uma dica, nunca tente fazer uma gravel com quadro de MTB, não vai prestar.


Enviado por: TGTECH
Data: 28 Ago 2023 as 17:12


Errado ele está em jogar tudo em qualquer quadro e esperar ter bom resultado. 


Tenho gravel a dois anos. Cada dia pedalo mais com ela e menos com as outras, a road vendi faz tempo e a MTB está com os pneus murchos guardada na garagem. 

Estou curtindo cada vez mais e já pensando no próximo modelo que vou comprar.

Só acho errado a imagem que vendem da gravel. 
Ela é super divertida em muita situações e um tanto perigosa em outras. Você precisa saber decidir oque quer. 
Não crie expectativa de andar mais rápido que road no asfalto e nem tão confortável e seguro que uma Full no off road. 


E na boa, não tem nada de mais o cara tentar e nao gostar de alguma coisa, e depois voltar a trás. 

Tinha moto de trilha e usava muito só pra trilha.  Fui influenciado por uns amigos e acabei achando que curtiria rodar por ai no asfalto com uma moto esportiva. Gastei uma grana na moto e tudo quanto é roupa. Acho que em um anos eu fiz mil km e vendi a moto. 

 





-------------
MTB - Sense Carbon
Gravel - Enduravox GR
Road - Hypervox


Enviado por: misera
Data: 28 Ago 2023 as 17:56
Com certeza a imagem que vendem dela não é correta e muita gente compra sem entender o bastante de bicicleta pra ter uma expectativa realista.


Enviado por: Ligeirinho
Data: 28 Ago 2023 as 18:29
Originalmente Postado por hurry-gurits hurry-gurits Escreveu:

Monster Gravel eu teria, é uma bike sem compromisso com excelência em absolutamente nada, somente igual uma fat bike, para um pedal 4fun, agora quem comprou a ideia de marketing da gravel, depois que pedala uma passa raiva pra caramba.

Meu amigo caiu nesse marketing, e comprou a gravel da Sense, e um cara focado em treino, kom e todas essas baboseiras da galera da tanga colada, 8 meses depois vendeu, afinal é um pato, pior que MTB na terra, pior que speed no asfalto


Achava que a designação de Pato cabia as algo esquecidas híbridas. Em tempo gosto de híbridas mesmo que não seja o melhor dos mundos mas se adequa perfeitamente ao meu uso cidade.



Enviado por: Hugobh77
Data: 28 Ago 2023 as 22:53
Originalmente Postado por Ligeirinho Ligeirinho Escreveu:

Originalmente Postado por hurry-gurits hurry-gurits Escreveu:

Monster Gravel eu teria, é uma bike sem compromisso com excelência em absolutamente nada, somente igual uma fat bike, para um pedal 4fun, agora quem comprou a ideia de marketing da gravel, depois que pedala uma passa raiva pra caramba.

Meu amigo caiu nesse marketing, e comprou a gravel da Sense, e um cara focado em treino, kom e todas essas baboseiras da galera da tanga colada, 8 meses depois vendeu, afinal é um pato, pior que MTB na terra, pior que speed no asfalto


Achava que a designação de Pato cabia as algo esquecidas híbridas. Em tempo gosto de híbridas mesmo que não seja o melhor dos mundos mas se adequa perfeitamente ao meu uso cidade.



Esse é o ponto, a gravel é uma híbrida "moderna", já que antes delas já existiam as touring.


Enviado por: VAN DER TILT
Data: 29 Ago 2023 as 09:35
Sempre pensei que uma gravel teria como características:
1. trail entre road e mtb;
2. chainstay mais curta que mtb;
3. top tube com slope um pouco maior que road, mas com o quadro mais parecido com road do que mtb

aí os caras metem um guidão drop e STI numa MTb e chamam de monster gravel? mais justo seria chamar de frankenbike!


Enviado por: hugobci
Data: 29 Ago 2023 as 11:47
Eu não entendo o que as pessoas que desistem rápido das gravel queriam no começo da conversa.

Eu sou um entusiasta do ciclismo, mas com 40 anos e pouquíssimo tempo pra rodar, podendo ter só 1 bicicleta pra usar pra trabalho e lazer me adaptei muito bem com a gravel, assim como essa bicicleta, não vou ser o melhor em categoria nenhuma, estou pelo prazer de pedalar. Já andei com uns caba em superbike de carbono que suavam pra seguir comigo pedalando gravel com bolsinhas e allstar no pé, já fui dropado por barra forte, já fiz MTBzeiros gastar 10h pra fazer 100km na terra que fariam em 4h se não tivessem me esperando, já fiz bikepacking, já fiz trilha... A bike é ótima. Não tem problema com categoria nenhuma de bicicleta. O problema é a pessoa cair na imagem do barbudo tatuado de camisa xadrez descoladão que tá em cima da bike gravel na peça de marketing e achar que comprar a bike vai fazer isso com ele, e na real ele precisava só ter ido no tatuador e no barbeiro. E infelizmente o marketing pesado dessa imagem "aventureira" da gravel imputa umas expectativas irreais né? Peba que nem eu vai pepar com a bike que tiver, Avancinis da vida vão fazer coisas incríveis com a bike que tiverem à mão.

O importante é pedalar! Bons km!


Enviado por: ionas
Data: 29 Ago 2023 as 12:52
Originalmente Postado por TGTECH TGTECH Escreveu:




Errado ele está em jogar tudo em qualquer quadro e esperar ter bom resultado. 


Tenho gravel a dois anos. Cada dia pedalo mais com ela e menos com as outras, a road vendi faz tempo e a MTB está com os pneus murchos guardada na garagem. 

Estou curtindo cada vez mais e já pensando no próximo modelo que vou comprar.

Só acho errado a imagem que vendem da gravel. 
Ela é super divertida em muita situações e um tanto perigosa em outras. Você precisa saber decidir oque quer. 
Não crie expectativa de andar mais rápido que road no asfalto e nem tão confortável e seguro que uma Full no off road. 


E na boa, não tem nada de mais o cara tentar e nao gostar de alguma coisa, e depois voltar a trás. 

Tinha moto de trilha e usava muito só pra trilha.  Fui influenciado por uns amigos e acabei achando que curtiria rodar por ai no asfalto com uma moto esportiva. Gastei uma grana na moto e tudo quanto é roupa. Acho que em um anos eu fiz mil km e vendi a moto. 

 






Concordo se não ficou bom continua, volta atrás.
eu acho uma ideia muito boa e barata para quem quer fazer isso com sua mtb, não sai tão caro, e se gostar mesmo assim, como um quadro da SHOW ou da KSW que são ótimas opções
eu já tenho um guidão drop aq guardado e tava pensando em fazer isso, vou tentar


Enviado por: ionas
Data: 29 Ago 2023 as 13:00
Originalmente Postado por hugobci hugobci Escreveu:

Eu não entendo o que as pessoas que desistem rápido das gravel queriam no começo da conversa.

Eu sou um entusiasta do ciclismo, mas com 40 anos e pouquíssimo tempo pra rodar, podendo ter só 1 bicicleta pra usar pra trabalho e lazer me adaptei muito bem com a gravel, assim como essa bicicleta, não vou ser o melhor em categoria nenhuma, estou pelo prazer de pedalar. Já andei com uns caba em superbike de carbono que suavam pra seguir comigo pedalando gravel com bolsinhas e allstar no pé, já fui dropado por barra forte, já fiz MTBzeiros gastar 10h pra fazer 100km na terra que fariam em 4h se não tivessem me esperando, já fiz bikepacking, já fiz trilha... A bike é ótima. Não tem problema com categoria nenhuma de bicicleta. O problema é a pessoa cair na imagem do barbudo tatuado de camisa xadrez descoladão que tá em cima da bike gravel na peça de marketing e achar que comprar a bike vai fazer isso com ele, e na real ele precisava só ter ido no tatuador e no barbeiro. E infelizmente o marketing pesado dessa imagem "aventureira" da gravel imputa umas expectativas irreais né? Peba que nem eu vai pepar com a bike que tiver, Avancinis da vida vão fazer coisas incríveis com a bike que tiverem à mão.

O importante é pedalar! Bons km!


OK
até certo ponto do seu texto achei q vc estava elogiando a ideia diferente e entusiasta de modificar a bike e experimentar oque vc tem
acho muito legal quem tem as ideias diferentes de misturar quadros com peças e fazer uma bike "nova" por mais que as pessoas julguem.


Enviado por: misera
Data: 29 Ago 2023 as 13:18
Eu tbm não tenho problema com isso , eu mesmo até gosto de misturar e ver o que acontece.

Mesmo que o kra tivesse uma gravel topzera ele ia desistir dela , essa é a verdade (foi ele mesmo que falou não eu )


Enviado por: Hugobh77
Data: 29 Ago 2023 as 14:01
Originalmente Postado por VAN DER TILT VAN DER TILT Escreveu:

Sempre pensei que uma gravel teria como características:
1. trail entre road e mtb;
2. chainstay mais curta que mtb;
3. top tube com slope um pouco maior que road, mas com o quadro mais parecido com road do que mtb

aí os caras metem um guidão drop e STI numa MTb e chamam de monster gravel? mais justo seria chamar de frankenbike!


Pior é que a maioria nem sabe o que é uma geometria e caga tudo. Uma Monster deriva de uma MTB aro 26 que consequentemente está mais próxima de uma geometria de um quadro road.
Antes disso tudo eu embarquei na ideia de um projeto de bike híbrida, na época peguei como basa a Cannondale Bad boy aro 29".
O mais próximo de um quadro gravel é um quadro aro 26" tamanho 21.


Enviado por: hugobci
Data: 29 Ago 2023 as 14:17
eu também gosto de misturar coisas, construir a própria bike, fazer bikes diferentes, montar uma mini velo, ver umas bike rebaixada, etc. A minha bicicleta eu mesmo montei, toda aliexpress e tal. Mas, montar um trem em casa à moda roleta russa e achar que vai sair melhor que uma bike bacana e bem projetada daquele estilo? Tem que alinhar as expectativas com a realidade. 

E a frustração com as gravel é que tem muita gente que compra e acha que pelo preço ele vai pedalar ganhando kom nos pelotão de speed, nos single track, nos bikepacking... E também muita gente comprando pq o amiguinho mais forte comprou...  Não é incomum gente investir dinheiro em sonho dos outros e quebrar a cara. (e o assunto nem precisa ser bicicleta.). Frustra mesmo. Caiu no golpe da moda da vez. 

Logo gravel vira coisa comum como as outras bike e surge uma moda nova e o ciclo se repete.






Enviado por: misera
Data: 29 Ago 2023 as 14:38
A frustração geralmente vem daí mesmo , o povo escuta frases do tipo "anda muito" "é outro mundo outra vida" etc acha que a bike faz milagre.

O kra do vídeo mesmo falou que quando tirou o drop e pos pneu mais largoa velocidade dele continuou a mesma.

Mais a gente tem que ver tbm que ele não fez essa gravel assim porque ele queria , tava curioso pra andar com drop mais não tinha dinheiro , aí fez o que estava ao alcance.

Gravel é muito cara.


Enviado por: VAN DER TILT
Data: 29 Ago 2023 as 16:21
E qual foi o resultado da tua empreitada, ficou show? Usar uma badboy '19 para hibridizar tem que fazer com muito carinho... 

Mas pois é, acho que uma monster gravel deveria partir dos quadros MTB dos 90' com aro 26"... mas sei lá, não sou purista... só acho que chamar MTB com drop de gravel não é correto, aliás, pode mesmo estabelecer uma má fama para a Gravel. 


Enviado por: Hugobh77
Data: 29 Ago 2023 as 20:38
Os dois projetos que fiz eu vendi,mas não cheguei a usar o quadro 26". Lembro que quando saiu a primeira Diverge eu quase comprei, na época custava 5k.
Era uma road que cabia pneus mais largos, tanto que ele teve várias mudanças na geometria ao longo dos anos.
O maior problema é que uma de linha não é barata e o que ela entrega nunca vai ser melhor que as respectivas bikes que o povo compara, MTB e road.
Hoje vejo como uma alternativa pra quem quer participar de provas de longa distância com percursos mistos. Audax, ultra maratona ou cicloviagem.


Enviado por: luyggi
Data: 29 Ago 2023 as 22:16
Originalmente Postado por Grevelizado Grevelizado Escreveu:

https://youtu.be/T4UUFG3HFCk?si=u0Ud_ttjpzlmETST

Basicamente, ele passou 1 ano com a Gravel e decide voltar para a MTB dele por causa da geometria do quadro, ao ver isso, eu nunca vi ninguém com uma Gravel que realmente está muito tempo com
ela, vcs conhecem alguém que gostou e conseguiu se adaptar a Gravel? Ou não? Tava querendo fazer isso com meu quadro MTB

Nota: alguém sabe onde ele errou?


eu comprei em 2013 uma hibrida khs vitamin b e coloquei guidão drop com sti e dois jogos de rodas, uma tinha pneu 700x23 e outra 700x35, entao, usei gravel bike desde aquela época e usei muito esta bike, hoje tenho só o quadro e garfo guardados. Na sequência, montei uma caloi 10 também estilo gravel bike, ficou muito boa também. Agora tenho outra híbrida, uma soul copenhaguem com pneus 700x42 e não está com guidão dropp pq quebrei meu sti, estou usando coroa única. A próxima bike que vou comprar, que não vai ser logo, demora ainda, com certeza vai ser uma gravel mais top.

-------------
pedalar pra viver ou viver para pedalar


Enviado por: RodolfoMTB
Data: 30 Ago 2023 as 12:09
Gravel é para andar no estradão de terra, nada de trilha. Povo viaja que elas são adequadas para trilha. No máximo uma estrada de terra com umas costelinhas aqui e ali, pouca erosão e um cascalho para justificar o nome.

Na estrada de terra em boas condições acho que é melhor que mtb HT! Em qualquer outro terreno perde para as bikes específicas.

Tenho uma speed/commuter Triban 520, que rende bem e tem uma geometria mais confortável. Vou mandar um pneu 35c com cravos de cyclocross, aquele baratinho da Levorin.
Não vai virar uma gravel, estaria mais próximo de uma cyclocross. Vai continuar sendo o que é, uma commuter, mas com pneu bom para rodar em estrada de chão. Ainda assim mais gravel que muitas adaptações, seu quadro inclusive tem a inscrição "all conditions ride".

Vantagens dela: 1) tem um Sora com três coroas no pedivela, sendo a menor 30T e o câmbio aceita um cassete 11-32, na 30x32 pesando 10 kg sobe quase igual MTB (talvez troque o câmbio traseiro para um range maior, não sei qual o limite do câbio que casa com meu STI Sora p/ 9v). 2) Quadro com geometria mais confortável e ainda assim rende bem (bike radar concorda cmg).

Desvantagens: 1) roda não é tubeless, o que daria mais grip e conforto; 2) freio não é a disco, se chover fudeu; 3) só o garfo é de carbono, mas já dá uma flexibilidade; 4) Seat Stay não é daqueles mais modernos que dão mais flexibilidade, mas ainda assim é razoável nesse quesito; 5) não cabe pneu 700x40c, talvez 38c, 35c de boa sem juntar barro (segundo relatos, ainda não fiz a prova).

Acho que vai dar boa nos estradões de terra batida!

Fiz essa mudança porque migrei de um mtb HT para uma full de all mountain/enduro, apropriada para o que foi projetada, e queria uma bike que rendesse mais no estradão. Função que minha speed/commuter que anda muito encostada vai assumir.

Agora estou no 8 ou 80, bike para pirambeira ou estradão em boas condições de rodagem.

Ideal seria ter uma HT tbm, para ficar no meio. Exceto se nessa configuração a bike se sair bem no estradão. Render bem boto fé que vai, quero sentir o conforto...

Depois de experimentar algumas vezes darei meu veredito, sem ter uma gravel...rs


Enviado por: TomSemFreio
Data: 01 Set 2023 as 11:05
Acho que tá faltando mesmo é o habitat das Gravel Bikes, aquelas estradas de cascalho ou mesmo terra, bem conservadas, suavizadas, feitas com engenharia mesmo como aparecem nas fotos.

Querer encarar os estradões comuns aqui no Brasil, onde as chuvas fazem valas transversais e os caminhões deixam costelas-de-vaca e aqueles rastros de 1 palmo, com guidão drop, suspensão curta ou inexistente e pneus 42 é forçar muito. Nem se compara com uma HT 29 com pneus 2.1 e suspensão de 100. Sem contar que algumas gravel bikes custam o mesmo que uma full... Aí é covardia.

Até entendo que pode ser uma opção interessante para percursos mistos pois as roads são muito delicadas. Mas substituir uma MTB por uma Gravel é muito provável que cause arrependimento.



-------------
Antonio Carlos


Enviado por: luyggi
Data: 01 Set 2023 as 11:44
acredito eu que gravel bike vai gostar quem anda de road bike, quem anda de mtb vai estranhar o menor conforto, a postura, etc...pra gostar, vai ter que acostumar com essa mudança radical... e às vezes, isso leva tempo.

-------------
pedalar pra viver ou viver para pedalar


Enviado por: Hugobh77
Data: 01 Set 2023 as 12:27
Originalmente Postado por TomSemFreio TomSemFreio Escreveu:

Acho que tá faltando mesmo é o habitat das Gravel Bikes, aquelas estradas de cascalho ou mesmo terra, bem conservadas, suavizadas, feitas com engenharia mesmo como aparecem nas fotos.

Querer encarar os estradões comuns aqui no Brasil, onde as chuvas fazem valas transversais e os caminhões deixam costelas-de-vaca e aqueles rastros de 1 palmo, com guidão drop, suspensão curta ou inexistente e pneus 42 é forçar muito. Nem se compara com uma HT 29 com pneus 2.1 e suspensão de 100. Sem contar que algumas gravel bikes custam o mesmo que uma full... Aí é covardia.

Até entendo que pode ser uma opção interessante para percursos mistos pois as roads são muito delicadas. Mas substituir uma MTB por uma Gravel é muito provável que cause arrependimento.



A questão não é uma road ser delicada, aguenta o tranco, o problema é o pneu, road tem a fama de não ter freio, mas isso vem do freio no aro que na chuva não oferece atrito o suficiente para parar a bike. O outro problema é pneu muito fino com pouco contato com o solo e em uma freada mais forte ele se arrasta e se forçar demais na frente é chão na certa.

Por isso a gravel funciona no estradão, só pelo pneu mais largo e cravudo. Quanto as estradas é isso mesmo, pouca opção.


Enviado por: wagner marinho
Data: 05 Nov 2023 as 20:57
Tenho uma gravel desde 2015 e sempre foi minha bike unica, na verdade era uma cyclocross que transformei em uma gravel em uma época que nem eu sabia o que era o "termo". Tem 1 mês que comprei uma MTB. Estou adorando a MTB pelos seguintes motivos.
1. Ficar na mesma bike durantes 8 anos enjoa.
2. Tenho pedalado com minha esposa, ela nao passa dos 15 de média. Pra quer ter uma bike dura se vc não pode ir rapido?
3. A MTB vai entregar novas sensações.

Resumindo: eu não venderei minha gravel apesar de agora restringir o seu uso aos passeios no asfalto ou pra matar a saudade. Em varias situações uma gravel é uma melhor escolha que uma MTB e vice-versa. Não vou detalhar pois já é assunto batido. O certo é ter as duas. Se vc quer ter uma bike unica? Tanto faz. Fui muito feliz com a gravel como bike unica, como teria sido de a MTB fosse minha bike unica.

-------------
prefiro morrer que perder a vida


Enviado por: graspa
Data: 23 Nov 2023 as 09:11
eu gosto da ideia que deixei a minha , falo que é uma bike na ideia de gravel , mas eu ando em estrada de terra, não trilha fechada, era simples e fui alterando , esse guidao surly corner bar gostei muito , capaz de ser melhor que os de gravel mesmo em estrada de chão , mudei a relação recentemente pra esse xt 11x42 e pedivela 38 , gostando bastante , supre pra mim que ando bastante na cidade, gostei bastante desses pneus continental , primeira vez que uso pneus sem arame , mas andei pouco na terra com eles ainda 
mas bike toda mexida, acho que tá bem proximo de uma gravel de fábrica , mas acho que é uma mtb mista, falo que deixei na ideia de gravel e tá bem ajustada , minha regiao tem bastante estradão de terra então razoavelmente propicio pra esse tipo de bike 


Enviado por: ivanortega
Data: 29 Nov 2023 as 09:26
eu pensei em desistir da Gravel no começo, eu sofria muito com a relação (42 x 11-42) , mas trocando os pneus por bons pneus tubeless a bike mudou, hj só uso a MTB quando é trilha com pedra e descida com pedras LOL (pq nainda não tenho freios hidraulicos na gravel)... de resto não tenho vontade de usar a MTB.



Imprimir página | Fechar Janela

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06 - http://www.webwizforums.com
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd. - https://www.webwiz.co.uk