Imprimir página | Fechar Janela

Projeto de lei do senado para redução de Impostos

De:: Pedal.com.br
Categoria: Assuntos Gerais
Nome do fórum: Fórum Principal
Descrição:: Debate de assuntos gerais, independentes de modalidade.
URL:: https://www.pedal.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=101145
Data:: 25 Set 2021 as 09:38
Versão do Software: Web Wiz Forums 11.06 - http://www.webwizforums.com


Tópico: Projeto de lei do senado para redução de Impostos
Enviado por: fabiomuniz
Assunto: Projeto de lei do senado para redução de Impostos
Data: 13 Set 2021 as 20:55
Acabei de ver essa noticia que a comissão CDH do senado aprovou um sugestão legislativa que agora vira projeto de lei para redução de impostos na cadeia produtiva das bicicletas.

Sei que isso deve levar muito tempo e talvez nem vá pra frente, mas ja da pra ter alguma esperança

https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/09/13/cdh-aprova-sugestao-popular-para-reduzir-tributos-da-cadeia-produtiva-de-bicicletas?utm_source=Facebook&utm_medium=MidiasSociaisSenado" rel="nofollow - https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/09/13/cdh-aprova-sugestao-popular-para-reduzir-tributos-da-cadeia-produtiva-de-bicicletas?utm_source=Facebook&utm_medium=MidiasSociaisSenado



Respostas:
Enviado por: sidserra
Data: 13 Set 2021 as 22:31
Falaram, falaram mas não disseram qual seria a real redução dos preços e peças SE houver. 10%? 20%? Tô escutando esse lance de redução de preços desde o ano passado...

-------------
https://quasetudosobrebikes.blogspot.com/


Enviado por: furukawa
Data: 13 Set 2021 as 22:41

Espero que se torne realidade.

Bike é tudo de bom na essência da palavra: traz saúde e cria amizades bem bacana.

Comprar uma bike não é um gasto, é um investimento bem necessário.





Enviado por: jh1991
Data: 14 Set 2021 as 09:55
Originalmente Postado por sidserra sidserra Escreveu:

Falaram, falaram mas não disseram qual seria a real redução dos preços e peças SE houver. 10%? 20%? Tô escutando esse lance de redução de preços desde o ano passado...

"disseram" sim, aliás não dá pra falar em redução de preços já que, ainda, o mercado é livre para exercer o preço suportado pelos compradores, podemos falar em redução do custo tributário, as informações abaixo estão no parecer e no voto do senador responsável para analisar a sugestão:

"Concede isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados e altera a Lei nº 10.685, de 30 de abril de 2004, para prever alíquota 0 (zero) da Contribuição para o PIS/PASEP e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) incidentes nas importações e sobre a receita bruta decorrente da venda, no mercado interno, de bicicletas com e sem motor e de suas partes, peças e acessórios."

No parecer também fala das alíquotas:

Já as contribuições sociais referidas, incidentes sobre a importação, têm alíquotas, em regra, de 2,1% e 9,65%, respectivamente. No mercado interno, as alíquotas variam, conforme o regime tributário da empresa seja o cumulativo (em regra, 0,65% e 3%, respectivamente) ou o não cumulativo (em regra, 1,65% e 7,6%, respectivamente). 


-------------
Se inscrevam no youtube.
https://www.youtube.com/c/bikeestilo?sub_confirmation=1


Enviado por: stefanob
Data: 14 Set 2021 as 11:37
Originalmente Postado por sidserra sidserra Escreveu:

Falaram, falaram mas não disseram qual seria a real redução dos preços e peças SE houver. 10%? 20%? Tô escutando esse lance de redução de preços desde o ano passado...
inclusive ja rolou tópico aqui uns meses atrás ou ano passado, pelo que lembro..

o complicado é que o imposto é só parte da equação.. tem o cambio que ainda impacta muito, tem logistica, e tem também a margem de lucro que é alta - ainda mais em momento de procura lá no alto como tá hoje em dia e com falta de equipamento pra todo lado


-------------
Road Tropix Madrid 2018 - https://www.pedal.com.br/forum/topic101127_post1642948.html" rel="nofollow - Rodas Superteam 50C (review)
https://www.strava.com/athletes/14288255


Enviado por: sidserra
Data: 14 Set 2021 as 11:57
Deixa eu traduzir. O que a reportagem DEVERIA ter falado (e sei que há "n" fatores que dificultam isso) seria sobre a real redução (ou não) dos preços finais das bikes ou peças. Falar que vai tirar alíquota, cumulativo, tirar ou baixar aquilo e tal mostrando as variações não diz, por exemplo, que uma bike mediana vai ficar 15% mais barata. Dizer que vai ficar ATÉ 15% seria mais ou menos o que os caras deveriam ter "esclarecido", assim deixaria nego burro como eu mais "satisfeito" de não ter que fazer conta pra depois não ter desconto nenhum... LOL

Originalmente Postado por jh1991 jh1991 Escreveu:

Originalmente Postado por sidserra sidserra Escreveu:

Falaram, falaram mas não disseram qual seria a real redução dos preços e peças SE houver. 10%? 20%? Tô escutando esse lance de redução de preços desde o ano passado...

"disseram" sim, aliás não dá pra falar em redução de preços já que, ainda, o mercado é livre para exercer o preço suportado pelos compradores, podemos falar em redução do custo tributário, as informações abaixo estão no parecer e no voto do senador responsável para analisar a sugestão:

"Concede isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados e altera a Lei nº 10.685, de 30 de abril de 2004, para prever alíquota 0 (zero) da Contribuição para o PIS/PASEP e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) incidentes nas importações e sobre a receita bruta decorrente da venda, no mercado interno, de bicicletas com e sem motor e de suas partes, peças e acessórios."

No parecer também fala das alíquotas:

Já as contribuições sociais referidas, incidentes sobre a importação, têm alíquotas, em regra, de 2,1% e 9,65%, respectivamente. No mercado interno, as alíquotas variam, conforme o regime tributário da empresa seja o cumulativo (em regra, 0,65% e 3%, respectivamente) ou o não cumulativo (em regra, 1,65% e 7,6%, respectivamente). 


-------------
https://quasetudosobrebikes.blogspot.com/


Enviado por: Leekueedy
Data: 14 Set 2021 as 12:11
acho que se deixasse o consumidor importar relacionados a bike livres de taxas e outras coisas
povo já ficava feliz. Mesmo com toda questão de garantia.


Enviado por: Davi Silva
Data: 14 Set 2021 as 13:03
100 Mil por uma Pinarello… caríssimo.

-------------
Kr >>> DV


Enviado por: jh1991
Data: 14 Set 2021 as 15:55
Originalmente Postado por sidserra sidserra Escreveu:

Deixa eu traduzir. O que a reportagem DEVERIA ter falado (e sei que há "n" fatores que dificultam isso) seria sobre a real redução (ou não) dos preços finais das bikes ou peças. Falar que vai tirar alíquota, cumulativo, tirar ou baixar aquilo e tal mostrando as variações não diz, por exemplo, que uma bike mediana vai ficar 15% mais barata. Dizer que vai ficar ATÉ 15% seria mais ou menos o que os caras deveriam ter "esclarecido", assim deixaria nego burro como eu mais "satisfeito" de não ter que fazer conta pra depois não ter desconto nenhum... LOL


Deixa eu traduzir. Redução de impostos não necessariamente implica em redução dos preços. A redução de tributos implica unicamente em redução do custo tributário.  Quem garante que a redução de tributos vai diminuir? Ninguém! O fabricante/montador/importador pode simplesmente embolsar a redução de custos e não repassar ao consumidor final.

Qualquer coisa além disso é esoterismo e chute sem nenhum fundamento.

A própria reportagem menciona que o projeto pode derrubar o custo sobre a fabricação (não dá pra falar em redução do preço final)

"O afastamento desses tributos implicará a derrubada de pesado ônus que recai sobre a aquisição e fabricação desses bens"

edt.: mesmo que falássemos em redução de custo tributário ainda assim não haveria um % fixo, por alguns motivos:

  • O PIS e a Cofins incidem sobre bases diferentes no caso de importação e na fabricação interna;
  • ZFM tem algumas deduções de pis e cofins;
  • Não são todos os itens de uma bike que serão beneficiados, então não dá pra calcular sobre o preço da bike.
Poderíamos falar um % qualquer? Poderíamos, mas, novamente, seria um chute pra iludir quem lê.


-------------
Se inscrevam no youtube.
https://www.youtube.com/c/bikeestilo?sub_confirmation=1


Enviado por: sidserra
Data: 14 Set 2021 as 17:23
O consumidor só quer saber se o desconto (e de quanto seria), se houver, vai chegar no bolso dele, é de se esperar que, se tirar ou reduzir gastos na cadeia produtiva e "entregativa" de algum produto, ele deveria ficar mais barato ou menos caro, daí os meus posts. Aliás, a "interpretação" de redução de preço parece ser o consenso geral do pessoal que acompanha o tópico. 

Enfim, como eu disse, eu sou burrão... Handshake

Originalmente Postado por jh1991 jh1991 Escreveu:


Deixa eu traduzir. Redução de impostos não necessariamente implica em redução dos preços. A redução de tributos implica unicamente em redução do custo tributário.  Quem garante que a redução de tributos vai diminuir? Ninguém! O fabricante/montador/importador pode simplesmente embolsar a redução de custos e não repassar ao consumidor final.

Qualquer coisa além disso é esoterismo e chute sem nenhum fundamento.

A própria reportagem menciona que o projeto pode derrubar o custo sobre a fabricação (não dá pra falar em redução do preço final)

"O afastamento desses tributos implicará a derrubada de pesado ônus que recai sobre a aquisição e fabricação desses bens"

edt.: mesmo que falássemos em redução de custo tributário ainda assim não haveria um % fixo, por alguns motivos:

  • O PIS e a Cofins incidem sobre bases diferentes no caso de importação e na fabricação interna;
  • ZFM tem algumas deduções de pis e cofins;
  • Não são todos os itens de uma bike que serão beneficiados, então não dá pra calcular sobre o preço da bike.
Poderíamos falar um % qualquer? Poderíamos, mas, novamente, seria um chute pra iludir quem lê.


-------------
https://quasetudosobrebikes.blogspot.com/


Enviado por: hurry-gurits
Data: 15 Set 2021 as 21:23
A redução de impostos no brasil, no fundo vai ser só marketing, vai continuar enchendo os bolsos dos donos da LM, Isapa e Blue Cycle, já que eles detém mais de 90% da operação no mercado nacional, e os 10% são dos importabandos ...

Só gente digamos "de bom coração" e bem fora da realidade acha que vai ter alguma redução no preço final para o usuário comum.... pode sonhar que por enquanto não paga imposto....


-------------
scott single track 95 cromo
khs 204 full 2012 - R.I.P.
khs sixfifty 2500 - 2014
Mongoose XR PRO - 2016
GT Sanction Pro - 2015


Enviado por: fabiomuniz
Data: 22 Set 2021 as 19:26
Originalmente Postado por hurry-gurits hurry-gurits Escreveu:

A redução de impostos no brasil, no fundo vai ser só marketing, vai continuar enchendo os bolsos dos donos da LM, Isapa e Blue Cycle, já que eles detém mais de 90% da operação no mercado nacional, e os 10% são dos importabandos ...

Só gente digamos "de bom coração" e bem fora da realidade acha que vai ter alguma redução no preço final para o usuário comum.... pode sonhar que por enquanto não paga imposto....


Se acontecer, vai ser um ótimo argumento para ser usado com pessoas que dizem que imposto é roubo.

Pelo menos no imposto, uma parte volta como asfalto ruim, saude e educação capenga e segurança meia boca, ao invez de lucro para 3 empresas.

A minha opinião é que não vai mudar mesmo se isso acontecer agora. As bikes não estão só caras, estão caras e em falta.

Mas quando as lojas estiverem cheias de bikes pra vender e menos interessados em comprar, essa redução de impostos vai sim ser repassada ao consumidor e funcionar como incentivo para uso de bike como transporte e pratica de atividade fisica.



Imprimir página | Fechar Janela

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06 - http://www.webwizforums.com
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd. - https://www.webwiz.co.uk