Imprimir página | Fechar Janela

Como andar em pista XCO - XCM?

De:: Pedal.com.br
Categoria: Fórum Mountain Biking
Nome do fórum: Cross-Country / Maratona / Eliminator / Uphill
Descrição:: Fórum para discussão dessas modalidades. Para quem gosta de pedalar por vários quilometros em estradas de terra e single tracks.
URL:: https://www.pedal.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=100873
Data:: 09 Dez 2021 as 07:30
Versão do Software: Web Wiz Forums 11.06 - http://www.webwizforums.com


Tópico: Como andar em pista XCO - XCM?
Enviado por: gabrielselvatice
Assunto: Como andar em pista XCO - XCM?
Data: 21 Jun 2021 as 12:34
Pessoal, sempre fui o tipo de ciclista que tem uma MTB mas só anda no asfalto ou em estradas de terra, no máximo.
Recentemente, abriram a pista de XCO olímpica aqui no Rio de Janeiro e fui andar nela. Percebi que sofro muito na transposição de alguns obstáculos. Ao descer de pedras, por exemplo, mesmo colocando meu peso para trás, desço de forma não muito lisa a frente da bike afunda com tudo, com a suspensão chegando fim do curso e tornando a pedalada bem desconfortável.

Como transpor obstáculos de forma mais tranquila e fluída?



Respostas:
Enviado por: Hugobh77
Data: 21 Jun 2021 as 13:00
XCO - circuito técnico fechado contado em voltas (Overlap)
XCM - Começa em um ponto e termina em outro, que pode ser onde começou, mas não tem voltas (Maratona)

Você foi no mais complicado, melhorar isso é só com treino, no YouTube tem vários canais que dão dicas de pilotagem, posicionamento na bike, alguns atletas profissionais fazem "oficinas" onde ensinam técnicas pra isso. Mas nada melhor que treino pra melhorar sua técnica. Conhecer a pista, ver as melhores linhas, se possível faça o circuito a pé e tente passar por linhas diferentes e veja a que mais se adapta.

Seu equipamento também tem papel importante, uma boa suspensão, pneus adequados ao terreno vão te ajudar bastante.


Enviado por: murilorangel
Data: 21 Jun 2021 as 14:27
Cara, XCO demanda bastante técnica e o começo é sempre meio desanimador. A técnica vem do aprendizado e repetição. Veja se consegue alguém com um pouco mais de experiência pra andar contigo, ou anda na roda da galera mais experiente pra ir entendendo como posicionar o corpo, a velocidade e melhores linhas. Os vídeos no youtube ajudam, mas andar junto com alguém melhor te faz perceber sutilezas da pista que no vídeo ficam meio genéricas.

Sempre tem mais de um jeito de transpor o mesmo obstáculo e nem sempre é fazendo força. E dependendo da condição da pista o obstáculo muda completamente (lama, molhado, seco, valetas, lodo...)

Mas não desista, pq a primeira vez que você "zera" a pista é fenomenal. Recomendo também ir sempre monitorando seu tempo de volta pra perceber o que te faz ser mais ou menos rápido.


Enviado por: jamilvp
Data: 21 Jun 2021 as 14:43
Sobre a suspensão dando final de curso, desenvolver sua técnica conforme citado pelos colegas ajuda a não sobrecarregar a frente. Se sua suspensão for a ar, a calibragem certa também ajuda.


Enviado por: Pedro Cury
Data: 21 Jun 2021 as 15:49
Como falaram, XCO e especialmente a pista olímpica, são difíceis. Você precisa ir lá várias vezes e ir, aos poucos, se sentindo mais confortável com os obstáculos.

Dica essencial = Não force a barra! Se vc não está seguro com algum obstáculo, vai ficando confortável nos mais fáceis primeiro.

Sobre o seu relato da suspensão é ESSENCIAL que você regule ela corretamente. Se ela não for a ar, não tem muito o que fazer, mas se for, você precisa calibrá-la da maneira correta - usando a tabela de pressão pro seu peso e/ou SAG como ponto de partida.

Pressão de pneus também é super importante. Eu não ando sem calibrar o pneu! E nao vale ficar apertando com a mão... tem que saber a pressão certa antes de andar e descobrir a pressão ideal pra você.

Pneus fazem bastante diferença... mais largos = mais segurança = menor pressão = mais aderência. 

Manda ai a configuração / foto da sua bike se quiser que eu de opinião. 

Abcao



-------------
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!



Enviado por: Pedro Cury
Data: 21 Jun 2021 as 15:51
Aliás, segue o vídeo que eu fiz lá antes do estadual...

https://www.youtube.com/watch?v=mCTuf41vbeI&t=8s" rel="nofollow -

-------------
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!



Enviado por: RuanRAC
Data: 22 Jun 2021 as 07:22
como andar em trilhar? ande muito e ande de capacete, sério, o corpo precisa de treinamento, se acostumar ao medo, as sensações.... tudo e o treinamento é pra isso, para adquirir o costume. Se atente ao processo, não existe isso de aprender a pular, subir e descer da noite para o dia, use as trilhas iniciantes para depois partir para as mais técnicas.

-------------
meu Strava: https://www.strava.com/athletes/4907071


Enviado por: RuanRAC
Data: 22 Jun 2021 as 07:24
Originalmente Postado por Pedro Cury Pedro Cury Escreveu:

Como falaram, XCO e especialmente a pista olímpica, são difíceis. Você precisa ir lá várias vezes e ir, aos poucos, se sentindo mais confortável com os obstáculos.

Dica essencial = Não force a barra! Se vc não está seguro com algum obstáculo, vai ficando confortável nos mais fáceis primeiro.

Sobre o seu relato da suspensão é ESSENCIAL que você regule ela corretamente. Se ela não for a ar, não tem muito o que fazer, mas se for, você precisa calibrá-la da maneira correta - usando a tabela de pressão pro seu peso e/ou SAG como ponto de partida.

Pressão de pneus também é super importante. Eu não ando sem calibrar o pneu! E nao vale ficar apertando com a mão... tem que saber a pressão certa antes de andar e descobrir a pressão ideal pra você.

Pneus fazem bastante diferença... mais largos = mais segurança = menor pressão = mais aderência. 

Manda ai a configuração / foto da sua bike se quiser que eu de opinião. 

Abcao


sobre o pneu, o meu é inútil (comigo) abaixo de 26 psi e extremamente desagradável acima de 32, nesta faixa de 6 psi ele roda bem de areia até em asfalto.


-------------
meu Strava: https://www.strava.com/athletes/4907071


Enviado por: TheLittle
Data: 22 Jun 2021 as 09:35
Essa é uma realidade do ciclista brasileiro, não treina técnica quase nunca, prioriza só médias no Strava e pedais de asfalto, aí quando precisa de técnica n consegue fluir. Além disso o pessoal configura a bike priorizando esse tipo de cenário, ou seja, usa suspensão sempre 100mm ou menor, pneus e rodas estreitas, guidões retos com a mesa muito negativa, priorizando aerodinâmica e dificultando a dirigibilidade em trechos técnicos, ainda mais pra quem não treina em trilhas. pra um atleta top que tem a técnica dominada, isso é superável. Mas o atleta amador vê as bikes do pro configuradas dessa maneira e acha q vai conseguir desempenhar igual, sem ter a carga de treino e experiência do cara.

A pista olímpica foi feita com nível médio pra alto de dificuldade, e transpor ele com uma bike de cross country rígida e montada como falei acima tem que estar com a técnica muito apurada.

uma bike mais capaz ajuda bastante na evolução da técnica. os grandes atletas do XCO treinam também com bikes de Enduro e DH (além dos treinos de estrada e gravel). Diria que se tiver condições, fazer alguns treinos com uma bike trail ou enduro, com pneus maiores, mais curso de suspensão, canote retrátil, em pouco tempo vai superar seus medos dos obstáculos. Se não tiver condição de treinar com uma bike assim, pode ajustar mesa, guidão, pneus, e colocar um canote retrátil na sua bike de XC que vai ajudar muito.

aproveito pra dizer que no RJ tem algumas outras trilhas. Faço o convite pra conhecer a região de Vargem Grande e Guaratiba, lá tem uma grande quantidade de trilhas de vários níveis técnicos, e tem um grupo responsável pela manutenção das trilhas do local. Dá uma olhada no site / aplicativo Trailforks que está tudo muito bem mapeado lá.


-------------
---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Enduro Hardtail


Enviado por: hurry-gurits
Data: 22 Jun 2021 as 09:56
Complementando, trilhas e trechos técnicos não tem segredo, é cair e levantar, você precisa aprender o limite do seu equipamento, como ele reage em curvas fechadas de baixa, de alta, descendo, absolutamente sentir a vibe.
Aqueles "treinos bobos" de cones, zig-zag, etc, ajudam a você criar uma consciência única de bike/ciclista, que você aprende a saber exatamente onde seu pneu traseiro vai passar, onde já era na curva e é hora de ejetar da bike.... e assim por diante, fazer um training day com algum instrutor acelera bastante essas percepções, ou faca no dente e deita o cabelo.... Boa sorte aí.

-------------
scott single track 95 26" cromo
khs 204 full 2012 26"- R.I.P.
khs sixfifty 2500 27.5" - 2014
Mongoose XR PRO 29" - 2016
GT Sanction Pro 27.5" - 2015
GT Agressor 1.0 26" - 2012 - Pumptrack Edition


Enviado por: Nve
Data: 22 Jun 2021 as 10:36
Originalmente Postado por Pedro Cury Pedro Cury Escreveu:

E nao vale ficar apertando com a mão... 




Será?? Lá pelos 30s ele mostra um método de "calibragem". Vai saber se ele efetivamente usa rsrs. O resto do vídeo também é pertinente ao autor do tópico (que ainda não deu feedback). 





O negocio é ir no local o máximo de vezes e ficar treinando, pra ir perdendo o medo e se acostumando com as pirambas.







Enviado por: gm1987
Data: 22 Jun 2021 as 10:54
Pessoal focou em falar da técnica, mas o setup do equipamento?

Quando vc regulou o SAG da sua suspensão? Com quantos % vc regulou? Qual a sua suspensão dianteira?

Suspensão mole de mola ou ar com baixa pressão de ar, obviamente vai dar fim de curso numa pista de XCO... 


Enviado por: Pedro Cury
Data: 22 Jun 2021 as 11:17
Originalmente Postado por Nve Nve Escreveu:

Será?? Lá pelos 30s ele mostra um método de "calibragem". Vai saber se ele efetivamente usa rsrs. O resto do vídeo também é pertinente ao autor do tópico (que ainda não deu feedback). 

Pode até ser que o Nino use "no dedo" no dia a dia... conhecendo bem o pneu dele, andando todo dia. Numa corrida, acho improvável, pq tem muito a perder dando um chute assim...

São muitas variáveis... vc usando um ótimo pneu, com aro largo e tubeless, usando todo dia, estando sempre em forma, andando nas mesmas pistas... vc vai errar menos e sofrer menos as consequências...  O mero mortal, ainda usando câmara, indo pra trilhas técnicas só no final de semana, tem uma chance enorme de errar calibragem...

A grande maioria não usa calibrador... e não é a toa que quando se usava mais câmara de ar, muita gente furava em provas que mal tinham trechos técnicos. Eu só acho que não vale o risco...

Na minha experiência, tem um teste simples... eu sei a pressão boa pra mim num determinado pneu... Digamos que seja 22 psi...  Deixe passar uma semana e vai andar... faça o teste de apertar, encha ou esvazie o quanto vc acha que precisa e meça com o calibrador... veja a margem de erro.  Eu as vezes achando que tava com 22 e tava 16... 18... 

Abs


-------------
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!



Enviado por: TheLittle
Data: 22 Jun 2021 as 14:49
Originalmente Postado por gm1987 gm1987 Escreveu:

Pessoal focou em falar da técnica, mas o setup do equipamento?

Quando vc regulou o SAG da sua suspensão? Com quantos % vc regulou? Qual a sua suspensão dianteira?

Suspensão mole de mola ou ar com baixa pressão de ar, obviamente vai dar fim de curso numa pista de XCO... 

eu chuto uma mesa longa, negativa, com guidão flat e banco lá no alto em uma bike com head angle em torno de 70 graus.

isso é bom pra subidas e pra pedalar no plano em alta velocidade, ou em trechos travados de plano ou subidas que requerem acelerações rápidas. Basicamente estradões e trilhas mais leves. Já nas descidas essa configuração faz o peso do piloto ficar muito na frente da bike. Daí pra virar por cima do guidão é muito fácil, principalmente pra alguém que não domina a técnica de descida.

Os profissionais que pilotam bikes assim nas provas XCO, são muito cascudos e já treinaram muito na vida em trilhas pra compensar essa posição, e geralmente escolhem esse tipo de bike em situações específicas em que essa posição mais "aero" vai ganhar algum tempo na prova sem atrapalhar muito a parte técnica.

as bikes XC mais novas estão vindo com 68 graus ou menos de head angle, muitas delas com mais de 100mm de curso. A nova spark por exemplo tem 120 ou 130 de curso dianteiro, um ângulo de direção de 67 na race e 65,8 na versão comum, inclusive podendo ajustar na caixa de direção esse ângulo. A epic também tem em torno de 66~67 de ângulo de direção dependendo da versão.

não digo q é impossível pilotar em pistas técnicas com bikes de geometria mais tradicional, mas na experiência que tenho e nas vezes que tentei achei muito mais difícil, desconfortável e bem mais perigoso que uma bike "moderna" ou trail. E pra quem tá começando nas trilhas técnicas, acho muito mas difícil uma evolução a partir de uma bike tradicional, isso já vi na prática pessoas q não conseguem evoluir tecnicamente pq insistem na bike "errada".


-------------
---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Enduro Hardtail


Enviado por: gabrielselvatice
Data: 23 Jun 2021 as 12:19
Originalmente Postado por murilorangel murilorangel Escreveu:

Mas não desista, pq a primeira vez que você "zera" a pista é fenomenal. Recomendo também ir sempre monitorando seu tempo de volta pra perceber o que te faz ser mais ou menos rápido.


Sim, tentarei cronometrar cada volta na pista, acredito que será bom. Eu fiz ela algumas vezes e vi que evolui. Na primeira vez tive receio de algumas coisas que fiz naturalmente nas outras.


Enviado por: gabrielselvatice
Data: 23 Jun 2021 as 12:23
Originalmente Postado por TheLittle TheLittle Escreveu:

Essa é uma realidade do ciclista brasileiro, não treina técnica quase nunca, prioriza só médias no Strava e pedais de asfalto, aí quando precisa de técnica n consegue fluir. Além disso o pessoal configura a bike priorizando esse tipo de cenário, ou seja, usa suspensão sempre 100mm ou menor, pneus e rodas estreitas, guidões retos com a mesa muito negativa, priorizando aerodinâmica e dificultando a dirigibilidade em trechos técnicos, ainda mais pra quem não treina em trilhas. pra um atleta top que tem a técnica dominada, isso é superável. Mas o atleta amador vê as bikes do pro configuradas dessa maneira e acha q vai conseguir desempenhar igual, sem ter a carga de treino e experiência do cara.

A pista olímpica foi feita com nível médio pra alto de dificuldade, e transpor ele com uma bike de cross country rígida e montada como falei acima tem que estar com a técnica muito apurada.

uma bike mais capaz ajuda bastante na evolução da técnica. os grandes atletas do XCO treinam também com bikes de Enduro e DH (além dos treinos de estrada e gravel). Diria que se tiver condições, fazer alguns treinos com uma bike trail ou enduro, com pneus maiores, mais curso de suspensão, canote retrátil, em pouco tempo vai superar seus medos dos obstáculos. Se não tiver condição de treinar com uma bike assim, pode ajustar mesa, guidão, pneus, e colocar um canote retrátil na sua bike de XC que vai ajudar muito.

aproveito pra dizer que no RJ tem algumas outras trilhas. Faço o convite pra conhecer a região de Vargem Grande e Guaratiba, lá tem uma grande quantidade de trilhas de vários níveis técnicos, e tem um grupo responsável pela manutenção das trilhas do local. Dá uma olhada no site / aplicativo Trailforks que está tudo muito bem mapeado lá.


Exatamente, irmão... Eu sou esse tipo de ciclista que você descreveu. Minha relação, serve muito bem para subidas urbanas, deixou a desejar em alguns momentos por lá...


Enviado por: tupete11
Data: 28 Jun 2021 as 16:38
Originalmente Postado por gabrielselvatice gabrielselvatice Escreveu:

Pessoal, sempre fui o tipo de ciclista que tem uma MTB mas só anda no asfalto ou em estradas de terra, no máximo.
Recentemente, abriram a pista de XCO olímpica aqui no Rio de Janeiro e fui andar nela. Percebi que sofro muito na transposição de alguns obstáculos. Ao descer de pedras, por exemplo, mesmo colocando meu peso para trás, desço de forma não muito lisa a frente da bike afunda com tudo, com a suspensão chegando fim do curso e tornando a pedalada bem desconfortável.

Como transpor obstáculos de forma mais tranquila e fluída?

Vc já fez o principal, que é jogar seu peso para trás, mas agora começa a tentar "jogar" o pneu dianteiro mais pra frente, em vez de pra baixo. Pra isso vai precisar passar um pouco mais rápido ou então tentar manter a frente mais tempo no ar.
Com o tempo vc melhora. Mas cuidado, começa com obstáculos menores.

Como disseram, uma bike com o ângulo do headtube mais aberto facilita isso (mas com técnica dá pra ir com qualquer bike)


Enviado por: LeoSilva
Data: 29 Jun 2021 as 12:48
O ideal para passar nos rock gardens (jardins de rochas) é uma bike full suspension. Uma Hard tail exige mais técnica.



Imprimir página | Fechar Janela

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06 - http://www.webwizforums.com
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd. - https://www.webwiz.co.uk