| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | CLASSIFICADOS | COMUNIDADE | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Fórum Principal
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Performance x Peso Bike
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiencia no site. Ao continuar navegando voce concorda com a nossa politica de privacidade.


Performance x Peso Bike

 Responder Responder Página  12>
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
ghd Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2016
SP
Desconectado
Mensagens:3993
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ghd Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Performance x Peso Bike
    Enviado: 13 Abr 2019 as 21:15
Criei este tópico no intuito de analisar o que a redução do peso de uma bike pode afetar nos variados tipos de ciclistas.

Pra começar, o que é FTP?
Medido em watts, FTP é a força média que o ciclista pode produzir em um intervalo de uma hora.
FTP é expresso em watts por quilo. A força produzida dividida pelo peso do ciclista.
FTP é a metodologia mais apurada de medir a sua forma. Ou seja, seu preparo físico. Quando combinado com seu peso e, idealmente, com as informações sobre os seus batimentos cardíacos.
A situação ideal é quando o FTP aumenta, o peso diminui e o batimento cardíaco necessário para produzir a mesma força também diminui.

Então, considerando o "ganho" de FTP quando se reduz o peso da bike, temos a seguinte situação:


Para se calcular o ganho, faz-se o novo "FTP" (watts/kg do conjunto) divido pelo outro. A potencia deixei como P pois o valor final é independente da potencia do ciclista, conforme abaixo:

Ciclista de 50kg com bike de 15kg = P/65
Ciclista de 50kg com bike de 12kg = P/62

Novo/Anterior -> (P/62)/(P/65) -> 65/62 -> 1,048
Ou seja aumento de 4,8% na potencia em W/kg.
Passando-se de uma bike de 15kg para outra de 10kg há um aumento de 8,3%.

Esse aumento do "FTP" é menor quanto maior for o peso do ciclista, pois a relevância do peso da bike no conjunto é menor.

Considerações:
-FTP deve ser medido com o peso do ciclista somente. Por isso usei "FTP" entre aspas acima, somente para verificar a diferença
-O FTP em watts/kg afeta muito a performance de subida. Na reta o que mais influi é a potencia absoluta do ciclista em watts. Portanto uma bike mais leve não vai te ajudar a andar mais rápido no plano.

Muitas vezes vemos por aí que o que manda são as pernas e o treino, o que é verdade, mas o equipamento também pode trazer uma diferença bem significativa, principalmente se o ciclista for leve.

Obs: Caso encontre algum erro conceitual/teórico acima por favor avise Tongue



Editado por ghd - 16 Jul 2019 as 17:10
Voltar para o topo
Fabio Ver Drop Down


Registrado: 07 Out 2003
-
Desconectado
Mensagens:8382
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Fabio Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Abr 2019 as 02:35
Uma coisa interessante é que se um ciclista de 50kg tiver, por exemplo, 250W de FTP, um de 100kg deveria ter 500W, o que é bem raro. Por isso, geralmente os mais leves tem uma relação melhor. A única vantagem do mais pesado é que a bike vai representar menor percentual nessa relação. Sem falar que mesmo que o de 100kg consiga ter 500W, esses 500W não vão durar tanto tempo quanto os 250W do de 50kg, pois o estoque de energia também deveria ser o mesmo. Onde o de 500W levaria vantagem, seria num plano contra o vento, onde a relação seria de potência pela aerodinâmica. Isso é fácil de ver em provas, os bem leves salão bons nas montanhas e os mais pesados no contra-relógio. Já numa descida de MTB acho que o que conta mais séria a técnica do ciclista (arrojo incluído) e o nível da bike.
Voltar para o topo
Fabio Ver Drop Down


Registrado: 07 Out 2003
-
Desconectado
Mensagens:8382
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Fabio Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Abr 2019 as 02:39
Lembrando que FTP é a média de potência por 1 hora e também existem medidas de 5 min, 1 min e 5 seg. Interessante que parece que um ciclista de pesado tem uma potência média em 5 seg numa relação bem maior do que o ciclista mais leve consegue. Seria como se o mais leve tivesse FTP de 250W e 1000W em 5 seg e o mais pesado tivesse 500W de FTP e 2000W em 5 seg. Isso também explica os sprinters ultra fortes de pista que dizem não conseguir subir nem guia. Kkk
Voltar para o topo
sidserra Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2018
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:1736
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de sidserra Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Abr 2019 as 07:17
Ainda bem que sou ciclista peba e não preciso me preocupar com essas coisas, hehehe... LOLLOL
https://quasetudosobrebikes.blogspot.com/
Voltar para o topo
ghd Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2016
SP
Desconectado
Mensagens:3993
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ghd Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 08:59
Originalmente Postado por Fabio Fabio Escreveu:

Lembrando que FTP é a média de potência por 1 hora e também existem medidas de 5 min, 1 min e 5 seg. Interessante que parece que um ciclista de pesado tem uma potência média em 5 seg numa relação bem maior do que o ciclista mais leve consegue. Seria como se o mais leve tivesse FTP de 250W e 1000W em 5 seg e o mais pesado tivesse 500W de FTP e 2000W em 5 seg. Isso também explica os sprinters ultra fortes de pista que dizem não conseguir subir nem guia. Kkk


O porte físico desses sprinters de pista é bem estranho
Voltar para o topo
miniic Ver Drop Down


Registrado: 08 Jul 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:999
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de miniic Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 09:19
Nesse caso a relação de 5 s / FTP seria 4 para os dois Confused
Seria como se o sprinter tivesse 500W de FTP e 2500W em 5s?

Originalmente Postado por Fabio Fabio Escreveu:

Lembrando que FTP é a média de potência por 1 hora e também existem medidas de 5 min, 1 min e 5 seg. Interessante que parece que um ciclista de pesado tem uma potência média em 5 seg numa relação bem maior do que o ciclista mais leve consegue. Seria como se o mais leve tivesse FTP de 250W e 1000W em 5 seg e o mais pesado tivesse 500W de FTP e 2000W em 5 seg. Isso também explica os sprinters ultra fortes de pista que dizem não conseguir subir nem guia. Kkk
Voltar para o topo
Fabio Ver Drop Down


Registrado: 07 Out 2003
-
Desconectado
Mensagens:8382
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Fabio Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 13:15
Originalmente Postado por miniic miniic Escreveu:

Nesse caso a relação de 5 s / FTP seria 4 para os dois Confused
Seria como se o sprinter tivesse 500W de FTP e 2500W em 5s?

Originalmente Postado por Fabio Fabio Escreveu:

Lembrando que FTP é a média de potência por 1 hora e também existem medidas de 5 min, 1 min e 5 seg. Interessante que parece que um ciclista de pesado tem uma potência média em 5 seg numa relação bem maior do que o ciclista mais leve consegue. Seria como se o mais leve tivesse FTP de 250W e 1000W em 5 seg e o mais pesado tivesse 500W de FTP e 2000W em 5 seg. Isso também explica os sprinters ultra fortes de pista que dizem não conseguir subir nem guia. Kkk



Errei, seria tipo 2500W mesmo.
Voltar para o topo
am.araujo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Mai 2018
SP
Desconectado
Mensagens:791
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de am.araujo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 18:42
Tem uma questão envolvida, a qualidade do equipamento. Muitas vezes pneus de peso similar tem rolagem bem diferentes, dependendo da qualidade e do material do pneu. Eu acredito que existem dois níveis de performance.

Primeiro quando vc compara uma bike com quadro de aluminio pesando 15 kg bem simples e outra com quadro similar, mas com rodas de entrada, uma suspa razoável, um grupo de entrada. Mesmo a diferença de peso sendo pequena, a segunda bike tem um desempenho muito superior pois usa componentes bem melhores.

Mas quando vc compara essa segunda bike com um modelo superior com mais tecnologia, a diferença de peso pode ser maior, porem a diferença de performance não é tão acentuada assim. Tanto que vez ou outra vemos pessoas com bikes mais simples treinando lado a lado com pessoas com bikes bem melhores.

Logo, eu acredito que não precisa de um equipamento top pra obter performance, principalmente entre ciclistas entusiastas é possível tirar a diferença na perna. Porem existe um nível mínimo de performance, pois abaixo disso fica bem complicado.


Voltar para o topo
miniic Ver Drop Down


Registrado: 08 Jul 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:999
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de miniic Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 18:55
Falando de trilhas o que mais sinto como limitantes são a falta de suspensão traseira e principalmente de técnica.
Reduzir o peso na bike ou aumentar a minha potência não ajudariam em nada...


Editado por miniic - 15 Abr 2019 as 18:56
Voltar para o topo
miniic Ver Drop Down


Registrado: 08 Jul 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:999
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de miniic Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 19:05
Outra coisa que descobri ao fazer trilhas é o problema da altura do selim.
Eu uso o selim bem abaixo do que seria a configuração digamos "speed" (perna quase esticada) pois ele alto limita muito a movimentação necessária na trilha.
Quando tenho que me deslocar pelo asfalto subo o selim saindo de casa e ao chegar na parte divertida volto ele para baixo.
Um canote dropper seria mais pesado, pioraria o FTP porém salvaria o tempo gasto para subir / descer o canote com a chave allen.
Voltar para o topo
ghd Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2016
SP
Desconectado
Mensagens:3993
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ghd Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 19:16
Originalmente Postado por am.araujo am.araujo Escreveu:

Tem uma questão envolvida, a qualidade do equipamento. Muitas vezes pneus de peso similar tem rolagem bem diferentes, dependendo da qualidade e do material do pneu. Eu acredito que existem dois níveis de performance.

Primeiro quando vc compara uma bike com quadro de aluminio pesando 15 kg bem simples e outra com quadro similar, mas com rodas de entrada, uma suspa razoável, um grupo de entrada. Mesmo a diferença de peso sendo pequena, a segunda bike tem um desempenho muito superior pois usa componentes bem melhores.

Mas quando vc compara essa segunda bike com um modelo superior com mais tecnologia, a diferença de peso pode ser maior, porem a diferença de performance não é tão acentuada assim. Tanto que vez ou outra vemos pessoas com bikes mais simples treinando lado a lado com pessoas com bikes bem melhores.

Logo, eu acredito que não precisa de um equipamento top pra obter performance, principalmente entre ciclistas entusiastas é possível tirar a diferença na perna. Porem existe um nível mínimo de performance, pois abaixo disso fica bem complicado.




Sim. Tem inúmeros fatores envolvidos e que são bem complicados de analisar quantitativamente.
Aqui foi uma análise puramente do peso.
Voltar para o topo
Fabio Ver Drop Down


Registrado: 07 Out 2003
-
Desconectado
Mensagens:8382
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Fabio Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Abr 2019 as 20:06
Acho que a grande diferença que se percebe entre uma bike simples e uma muito boa são realmente nas descidas bem irregularidades. Acho muito mais perceptível do que nas subidas.
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2425
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2019 as 22:00
Originalmente Postado por miniic miniic Escreveu:

Um canote dropper seria mais pesado, pioraria o FTP porém salvaria o tempo gasto para subir / descer o canote com a chave allen.
 

O que deve ser analisado, é o quanto que piora. Quero dizer, realmente 5 kg a mais ou a menos fazem diferença,  Só que ainda o ciclista é o elo fundamental, pois é a parte que gera trabalho, e representa a parcela maior. Não que ter uma bike mais leve, uma roda com menos atrito, ou coisa assim, não contribua. Só que um ciclista com capacidade de gerar uma potência maior, é quem vai se dar bem. O peso, de fato é influente, mas é endeusado além da conta...
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
TheLittle Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Jun 2005
Rio
Desconectado
Mensagens:5396
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TheLittle Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 07:52
Originalmente Postado por ghd ghd Escreveu:

Originalmente Postado por Fabio Fabio Escreveu:

Lembrando que FTP é a média de potência por 1 hora e também existem medidas de 5 min, 1 min e 5 seg. Interessante que parece que um ciclista de pesado tem uma potência média em 5 seg numa relação bem maior do que o ciclista mais leve consegue. Seria como se o mais leve tivesse FTP de 250W e 1000W em 5 seg e o mais pesado tivesse 500W de FTP e 2000W em 5 seg. Isso também explica os sprinters ultra fortes de pista que dizem não conseguir subir nem guia. Kkk


O porte físico desses sprinters de pista é bem estranho

lembrei desse vídeo:

---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Enduro Hardtail
Voltar para o topo
TheLittle Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Jun 2005
Rio
Desconectado
Mensagens:5396
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TheLittle Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 07:53
Originalmente Postado por miniic miniic Escreveu:

Outra coisa que descobri ao fazer trilhas é o problema da altura do selim.
Eu uso o selim bem abaixo do que seria a configuração digamos "speed" (perna quase esticada) pois ele alto limita muito a movimentação necessária na trilha.
Quando tenho que me deslocar pelo asfalto subo o selim saindo de casa e ao chegar na parte divertida volto ele para baixo.
Um canote dropper seria mais pesado, pioraria o FTP porém salvaria o tempo gasto para subir / descer o canote com a chave allen.

se vc gosta de descer com o banco baixo, compre um dropper. Nem que seja do mais barato. Vai fazer MUITA diferença no seu pedal e vc vai esquecer do peso a mais q ele representa.

---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Enduro Hardtail
Voltar para o topo
ghd Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2016
SP
Desconectado
Mensagens:3993
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ghd Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 08:16
Originalmente Postado por TheLittle TheLittle Escreveu:

Originalmente Postado por ghd ghd Escreveu:

Originalmente Postado por Fabio Fabio Escreveu:

Lembrando que FTP é a média de potência por 1 hora e também existem medidas de 5 min, 1 min e 5 seg. Interessante que parece que um ciclista de pesado tem uma potência média em 5 seg numa relação bem maior do que o ciclista mais leve consegue. Seria como se o mais leve tivesse FTP de 250W e 1000W em 5 seg e o mais pesado tivesse 500W de FTP e 2000W em 5 seg. Isso também explica os sprinters ultra fortes de pista que dizem não conseguir subir nem guia. Kkk


O porte físico desses sprinters de pista é bem estranho


lembrei desse vídeo:



Já tinha visto essa recomendação no YT mas nunca tinha assistido. Vou ver
Voltar para o topo
pimenta86 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2017
Minas Gerais
Desconectado
Mensagens:650
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de pimenta86 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 08:29
Originalmente Postado por ghd ghd Escreveu:


Pra começar, o que é FTP?
Medido em watts, FTP é a força média que o ciclista pode produzir em um intervalo de uma hora.
FTP é expresso em watts por quilo. A força produzida dividida pelo peso do ciclista.


Obs: Caso encontre algum erro conceitual/teórico acima por favor avise Tongue


Essa definicao de FTP nao faz muito sentido para mim. Veja

potencia = energia/tempo = Watts

seria FTP a potencia fixando o tempo em 1h ?

FTP é expresso em watts por quilo A força produzida dividida pelo peso do ciclista : nao faz sentido, primeiro porque parece que FTP e' potencia (Watts), segundo porque forca dividido por peso tem unidade de aceleracao, m/s^2, terceiro porque nao faz sentido uma quantidade ser medida em Watts e e expressa em W/kg.

Nesse topico fiz umas continhas de fisica basica, para quem tiver interesse. Note que as porcentagens que o Ghd coloca sao simplesmente razoes entre as massas   https://www.pedal.com.br/forum/troquei-de-bike-a-roda-das-novas-pesam-mais_topic96335_page1.html




A venda:
https://bit.ly/2Gcg914

https://bit.ly/2YaCfM0
Voltar para o topo
sidserra Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2018
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:1736
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de sidserra Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 08:32
Lá pros idos anos de 1988, um dono de ferro velho (o Sr Manoel) ali no Engenho Novo me apresentou uma bike com pneu sem câmara onde a câmara era o próprio pneu e se enchia com ar comum, com bomba comum (não tinha selante, se furasse, já era). A bike era importada de Portugal (nacionalidade dele) e era assim "tipo" uma Caloi 10 mas muito leve, aros fininhos (algo como 22) e dava pra levantá-la sem esforço com uma só mão (segundo ele, uns 8Kg). Ele ia e vinha todos os dias de Jacarepaguá para o Engenho Novo a despeito dele ter carro. Dei uma volta nela e vou te falar, parecia que eu estava sentado em nada, acelerava e brecava com uma rapidez do cacete. Não sei se era pq eu já estava acostumado com bikes "queixo-duro", mas vi que havia um "outro patamar" de bikes que fazem mesmo diferença. Mas ainda bem que não ligo pra essas coisas, hehehehe...
https://quasetudosobrebikes.blogspot.com/
Voltar para o topo
TheLittle Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Jun 2005
Rio
Desconectado
Mensagens:5396
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TheLittle Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 08:53
Originalmente Postado por sidserra sidserra Escreveu:

Lá pros idos anos de 1988, um dono de ferro velho (o Sr Manoel) ali no Engenho Novo me apresentou uma bike com pneu sem câmara onde a câmara era o próprio pneu e se enchia com ar comum, com bomba comum (não tinha selante, se furasse, já era). A bike era importada de Portugal (nacionalidade dele) e era assim "tipo" uma Caloi 10 mas muito leve, aros fininhos (algo como 22) e dava pra levantá-la sem esforço com uma só mão (segundo ele, uns 8Kg). Ele ia e vinha todos os dias de Jacarepaguá para o Engenho Novo a despeito dele ter carro. Dei uma volta nela e vou te falar, parecia que eu estava sentado em nada, acelerava e brecava com uma rapidez do cacete. Não sei se era pq eu já estava acostumado com bikes "queixo-duro", mas vi que havia um "outro patamar" de bikes que fazem mesmo diferença. Mas ainda bem que não ligo pra essas coisas, hehehehe...

faz sim cara..
rodas leves por exemplo fazem muita diferença, especialmente os pneus. 
esses dias experimentei colocar rodas bem leves na minha trail bike, coisa de 1.2kg mais leve no conjunto rodas + pneus q costumo usar no dia a dia. A bike fica mais fácil de acelerar e manobrar, mudou bem o comportamento dela. Mas, tive que andar de uma maneira diferente, tomando cuidado pra não bater em pedras, raizes, etc..

Pra quem roda em trilhas, é complicado ter rodas leves que aguentem o tranco. não tem muito milagre, se é leve é por que tem menos material , e menos material terá menos resistência. Aí entram compostos mais avançados, como fibra de carbono nas rodas, que ajudam no peso, mas são extremamente caras e as vezes nem tão resistentes assim.

Pneus são outro problema. Diria que pneus leves pra trilhas são quase impossíveis de alcançar. Além da questão da resistência contra furos e rasgos, pneus muito leves tem carcaças finas, e isso significa pouco suporte lateral. O pneu se deforma e dobra facilmente, seja verticalmente em "quinas" fazendo com o que o aro bata no chão (ou na própria quina), como lateralmente em curvas fazendo o pneu sair do aro, vazando o ar ou mesmo cortando a câmara se for o caso.

Eu mesmo abri mão disso, uso pneus mais reforçados de 850g a 1kg com selante, e cogito até adicionar uma proteção de aro na roda traseira (cush core, huck norris ou similar).  Se for ver as bikes dos pilotos pro de Enduro, é isso que eles usam. E as bikes mesmo sendo top, quadros de carbono, etc, pesam entre 14 e 15kg por conta disso. Nada como andar na trilha despreocupado.


Editado por TheLittle - 16 Jul 2019 as 08:58
---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Enduro Hardtail
Voltar para o topo
TheLittle Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Jun 2005
Rio
Desconectado
Mensagens:5396
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TheLittle Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 08:57
complementando...

o que é "performance" então?

Depende, se vc estiver numa prova de Enduro, e for fazer uma trilha difícil com rodas e pneus super leves e ele cortar no meio do estágio, sua performance vai ser perto de zero.

Agora num XCM que é 90% estradão liso, com certeza com  um conjunto de rodas e pneus 1.5kg mais leve vai fazer uma boa diferença. Mesmo que vc tenha q andar com mais cuidado nos 10% de trilhas.
---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Enduro Hardtail
Voltar para o topo
sidserra Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2018
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:1736
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de sidserra Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 09:11
Ah, chefia, eu sou ciclista peba, não faço trilhas, fico só naquela de andar no asfalto, média de 15/20 Km/h em duas horas de pedalada (sem neura de desempenho) com uma frequência de 4 dias pedalando e 1 dia descansando, normalmente pedais noturnos por me sentir mais confortável nesse horário, só mesmo para manter a forma (de barril). Tenho uma MTB Oggi onde troquei os pneus originais dela por um 42C sem cravos, pois os originais me "seguravam" nas ruas e fazia um barulho muito alto na rolagem do tipo "uuuuuóóóóóóóóóóó", hehehe...  Então, hoje em dia (desempregado), essa de ter bike mais top (tubeless, carbono, gps, etc) não chega a ser um sonho distante, eu apenas não vejo necessidade para o tipo de pedalada atual de bike que costumo praticar.  


Originalmente Postado por TheLittle TheLittle Escreveu:

faz sim cara..
rodas leves por exemplo fazem muita diferença, especialmente os pneus. 
esses dias experimentei colocar rodas bem leves na minha trail bike, coisa de 1.2kg mais leve no conjunto rodas + pneus q costumo usar no dia a dia. A bike fica mais fácil de acelerar e manobrar, mudou bem o comportamento dela. Mas, tive que andar de uma maneira diferente, tomando cuidado pra não bater em pedras, raizes, etc..

Pra quem roda em trilhas, é complicado ter rodas leves que aguentem o tranco. não tem muito milagre, se é leve é por que tem menos material , e menos material terá menos resistência. Aí entram compostos mais avançados, como fibra de carbono nas rodas, que ajudam no peso, mas são extremamente caras e as vezes nem tão resistentes assim.

Pneus são outro problema. Diria que pneus leves pra trilhas são quase impossíveis de alcançar. Além da questão da resistência contra furos e rasgos, pneus muito leves tem carcaças finas, e isso significa pouco suporte lateral. O pneu se deforma e dobra facilmente, seja verticalmente em "quinas" fazendo com o que o aro bata no chão (ou na própria quina), como lateralmente em curvas fazendo o pneu sair do aro, vazando o ar ou mesmo cortando a câmara se for o caso.

Eu mesmo abri mão disso, uso pneus mais reforçados de 850g a 1kg com selante, e cogito até adicionar uma proteção de aro na roda traseira (cush core, huck norris ou similar).  Se for ver as bikes dos pilotos pro de Enduro, é isso que eles usam. E as bikes mesmo sendo top, quadros de carbono, etc, pesam entre 14 e 15kg por conta disso. Nada como andar na trilha despreocupado.
https://quasetudosobrebikes.blogspot.com/
Voltar para o topo
rowisen Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 01 Jun 2018
CG
Desconectado
Mensagens:536
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de rowisen Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 09:17
Originalmente Postado por TheLittle TheLittle Escreveu:

Originalmente Postado por sidserra sidserra Escreveu:

Lá pros idos anos de 1988, um dono de ferro velho (o Sr Manoel) ali no Engenho Novo me apresentou uma bike com pneu sem câmara onde a câmara era o próprio pneu e se enchia com ar comum, com bomba comum (não tinha selante, se furasse, já era). A bike era importada de Portugal (nacionalidade dele) e era assim "tipo" uma Caloi 10 mas muito leve, aros fininhos (algo como 22) e dava pra levantá-la sem esforço com uma só mão (segundo ele, uns 8Kg). Ele ia e vinha todos os dias de Jacarepaguá para o Engenho Novo a despeito dele ter carro. Dei uma volta nela e vou te falar, parecia que eu estava sentado em nada, acelerava e brecava com uma rapidez do cacete. Não sei se era pq eu já estava acostumado com bikes "queixo-duro", mas vi que havia um "outro patamar" de bikes que fazem mesmo diferença. Mas ainda bem que não ligo pra essas coisas, hehehehe...


faz sim cara..
rodas leves por exemplo fazem muita diferença, especialmente os pneus. 
esses dias experimentei colocar rodas bem leves na minha trail bike, coisa de 1.2kg mais leve no conjunto rodas + pneus q costumo usar no dia a dia. A bike fica mais fácil de acelerar e manobrar, mudou bem o comportamento dela. Mas, tive que andar de uma maneira diferente, tomando cuidado pra não bater em pedras, raizes, etc..

Pra quem roda em trilhas, é complicado ter rodas leves que aguentem o tranco. não tem muito milagre, se é leve é por que tem menos material , e menos material terá menos resistência. Aí entram compostos mais avançados, como fibra de carbono nas rodas, que ajudam no peso, mas são extremamente caras e as vezes nem tão resistentes assim.

Pneus são outro problema. Diria que pneus leves pra trilhas são quase impossíveis de alcançar. Além da questão da resistência contra furos e rasgos, pneus muito leves tem carcaças finas, e isso significa pouco suporte lateral. O pneu se deforma e dobra facilmente, seja verticalmente em "quinas" fazendo com o que o aro bata no chão (ou na própria quina), como lateralmente em curvas fazendo o pneu sair do aro, vazando o ar ou mesmo cortando a câmara se for o caso.

Eu mesmo abri mão disso, uso pneus mais reforçados de 850g a 1kg com selante, e cogito até adicionar uma proteção de aro na roda traseira (cush core, huck norris ou similar).  Se for ver as bikes dos pilotos pro de Enduro, é isso que eles usam. E as bikes mesmo sendo top, quadros de carbono, etc, pesam entre 14 e 15kg por conta disso. Nada como andar na trilha despreocupado.


Isso foi o que considerei ao comprar as rodas da speed que estou montando... Eu queria uma bike leve? Queria. Mas queria mais uma bike que fosse resistente o bastante para que eu não precisasse me preocupar com pequenas negligências. Não sou patrocinado, se um componente meu for inutilizado terei que comprar outro do meu próprio bolso. Pra mim resistência era tão importante quanto o peso, e entre baixo custo, leveza e resistência você só pode ter duas coisas ao mesmo tempo rsrs (não levem tão ao pé da letra, é só uma analogia).
Voltar para o topo
TheLittle Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Jun 2005
Rio
Desconectado
Mensagens:5396
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TheLittle Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 09:25
pois é.. 

no fim das contas, eu tinha rodas com aros ZTR Crest MK3 (pesam 375g cada, custam perto de 600 reais cada), pneus de XC 2.1 leves (casa de 500g).

Troquei por aros vzan extreme pro, da mesma largura interna, mas pesando 550g cada e custando 60 reais cada! Pneus são 2.3 na faixa de 800g cada. Agora passo nas pedras sem dó, se quebrar o aro o prejuízo não é tão grande rs.
E a diferença no desempenho no estradão até chegar na trilha?

Bom, aí saio 5 min mais cedo.. Ou então treino um pouquinho mais pra compensar.


Editado por TheLittle - 16 Jul 2019 as 09:25
---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Enduro Hardtail
Voltar para o topo
hugoky Ver Drop Down


Registrado: 20 Jan 2014
Curitiba, Pr
Desconectado
Mensagens:126
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de hugoky Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 11:02
Já tive Pneu desses de trilha leve com rolagem boa e etc.
Pneu top, mas esses materiais, roda e pneu mega leve, é só para competir. Tem que ter duas rodas e dois par de pneu. O meu bom rasgou do lado, aí ficava furando todo dia. FOi um tormento, fora que durou dois meses só.
Para quem gosta de competir e quer ter desempenho, vai ter que dois jogo de pneu.
Voltar para o topo
pimenta86 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2017
Minas Gerais
Desconectado
Mensagens:650
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de pimenta86 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 16:53
Esse ponto que o TheLittle trouxe e' interessante: em trilhas mais cascudas o equipamento mais leve (se mais fragil) pode ate significar mesmo um desempenho menor, caso vc precise andar 'preocupado' se o equipamento vai aguentar ou nao.

Agora, se olhar apenas o peso, como e' o foco do topico, o ganho em tempo e' pequeno (la no outro topico tem as continhas e os valores). Usando conceitos 'coach' como FTP (potencia!?) ou mesmo a velha e boa fisica (mesmo que super basica), da para ver que os ganhos sao pequenos, da ordem de segundos/minutos em varios km. Ai cabe a cada um avaliar a necessidade ou nao .




Editado por pimenta86 - 16 Jul 2019 as 16:55
A venda:
https://bit.ly/2Gcg914

https://bit.ly/2YaCfM0
Voltar para o topo
miniic Ver Drop Down


Registrado: 08 Jul 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:999
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de miniic Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:11
FTP é a potência média dispendida pelo ciclista em 1h. Acho que escolha da palavra "força" acabou não sendo a melhor.

Sobre a maneira de expressar em "por quilo" é porque é mais constante. Tipo cv/L em motores, ou kg/kg em levantamento de peso. Tem-se com essa métrica uma ideia melhor sobre a eficiência / preparo do indivíduo do que olhando apenas para o dado de potência média em 1h.

Voltar para o topo
miniic Ver Drop Down


Registrado: 08 Jul 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:999
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de miniic Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:14
Sobre as dimensões, a medição é feita pela integral da potência no tempo Wxs. A média divide essa integral pelo período Wxs/s.
Dividindo pelo peso do ciclista para obter a figura de mérito fica W/kg.
A conta de luz vem em kWh e não conheço ninguém que reclama porque não veio em Joules.
Voltar para o topo
pimenta86 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2017
Minas Gerais
Desconectado
Mensagens:650
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de pimenta86 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:26
Originalmente Postado por miniic miniic Escreveu:

Sobre as dimensões, a medição é feita pela integral da potência no tempo Wxs. A média divide essa integral pelo período Wxs/s.
Dividindo pelo peso do ciclista para obter a figura de mérito fica W/kg.
A conta de luz vem em kWh e não conheço ninguém que reclama porque não veio em Joules.

kWh e' unidade de energia, Joules e' unidade de energia.

W e' unidade de potencia, W/kg e' unidade de outra coisa, sao diferentes.

Sobre a integral, vc quer dizer integral da energia no tempo, nao?




A venda:
https://bit.ly/2Gcg914

https://bit.ly/2YaCfM0
Voltar para o topo
miniic Ver Drop Down


Registrado: 08 Jul 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:999
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de miniic Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:34
W/kg é uma figura de mérito... Figuras de mérito são usadas para tornar comparações mais fáceis, como o exemplo do cv/L. Tem bastantes exemplos em artigos...

Não quis dizer integral de energia não, não faria sentido. Integral da potência no domínio do tempo.

Originalmente Postado por pimenta86 pimenta86 Escreveu:


kWh e' unidade de energia, Joules e' unidade de energia.

W e' unidade de potencia, W/kg e' unidade de outra coisa, sao diferentes.

Sobre a integral, vc quer dizer integral da energia no tempo, nao?
Voltar para o topo
gm1987 Ver Drop Down


Registrado: 12 Jun 2019
Sapucaia do Sul
Desconectado
Mensagens:2038
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gm1987 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:39
W/kg seria a "potência específica", muito usada em automóveis, para comparar relações peso/potência. 

Mas indiferente, não consigo entender onde tirar 1 kg da bike ou 1kg de banha da barriga é diferenteLOLLOLLOLLOL
Voltar para o topo
miniic Ver Drop Down


Registrado: 08 Jul 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:999
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de miniic Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:42
Assumindo que a FTP é razoavelmente constante, perder 1kg da barriga faria tua potência cair junto.
Reduzir 1kg na bike não reduz a sua potência entregue.

Originalmente Postado por gm1987 gm1987 Escreveu:

Mas indiferente, não consigo entender onde tirar 1 kg da bike ou 1kg de banha da barriga é diferenteLOLLOLLOLLOL
Voltar para o topo
gm1987 Ver Drop Down


Registrado: 12 Jun 2019
Sapucaia do Sul
Desconectado
Mensagens:2038
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gm1987 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:56
Originalmente Postado por miniic miniic Escreveu:

Assumindo que a FTP é razoavelmente constante, perder 1kg da barriga faria tua potência cair junto.
Reduzir 1kg na bike não reduz a sua potência entregue.

Originalmente Postado por gm1987 gm1987 Escreveu:

Mas indiferente, não consigo entender onde tirar 1 kg da bike ou 1kg de banha da barriga é diferenteLOLLOLLOLLOL

Essa assunção que está errônea, pois FTP = POTÊNCIA / PESO, ou seja, quanto menor o peso maior é o FTP. Ou tu vai querer me convencer que perder 1kg de gordura irá me deixar mais fraco??


Voltar para o topo
ghd Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2016
SP
Desconectado
Mensagens:3993
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ghd Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 17:58
Como eu ja disse, o texto pode estar errado, pois foi o melhor que achei em portugues mas fora isso não tem nada errado. 
Se vc me disser que analisar/citar watt/kg está errado então manda parar todo o mundo de ciclismo principalmente quem trabalha com treinamento estruturado, porque esta TODO mundo errado e só vc certo.

Ah, não só ciclismo, mas automobilismo também.


Editado por ghd - 17 Jul 2019 as 11:53
Voltar para o topo
gm1987 Ver Drop Down


Registrado: 12 Jun 2019
Sapucaia do Sul
Desconectado
Mensagens:2038
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gm1987 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 18:00
O FTP seria equivalente tu considerando atletas. Exemplo, um ciclista bombadão de TT x ciclista magrelo de road.

O bombadão faz o dobro de potência, mas com o dobro de peso corporal, pois a potência vem do músculo. Já o ciclista road faz metade da potência com a metade do peso.

No final, o que acontece? Em tiro curto, a potência alta resolve. Em tiro longo, o alto peso cobra a conta, faz o ciclista fadigar mais rápido. Neste caso eu acredito no FTP, comparando dois atletas ambos com gordura corporal minima.

Agora entrando no nosso mundo, que os caras parecem que carregam um alforge na barriga de tão pançudos, emagrecer 5kg de B A N H A não irá diminuir a potência mantendo o FTP constante. 
Voltar para o topo
ghd Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2016
SP
Desconectado
Mensagens:3993
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ghd Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 18:10
Sobre o possível ganho em tempo.

Subindo uma serra de 15% de inclinação durante 30 minutos com ciclista com FTP de 150W

Ciclista 50kg + bike 15kg = 5,39 km/h
Ciclista 50kg + bike 10kg = 5,83 km/h

Velocidade 8,16% maior.


Voltar para o topo
pimenta86 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Fev 2017
Minas Gerais
Desconectado
Mensagens:650
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de pimenta86 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Jul 2019 as 18:50
cara, o que esta errado sao as duas frases:

Medido em watts, FTP é a força média que o ciclista pode produzir em um intervalo de uma hora.
FTP é expresso em watts por quilo. A força produzida dividida pelo peso do ciclista.

Elas nao fazem sentido nenhum ... pelo menos para mim. A ideia foi apenas deixar claro qual o conceito correto de FTP. E pelo que parece e' 

FTP = energia / (massa*tempo)

so' isso ... vc ja explicou, foi o melhor texto em portugues que vc achou, blz! 

bola p frente 


A venda:
https://bit.ly/2Gcg914

https://bit.ly/2YaCfM0
Voltar para o topo
ghd Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Nov 2016
SP
Desconectado
Mensagens:3993
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de ghd Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Jul 2019 as 13:11
Originalmente Postado por gm1987 gm1987 Escreveu:

W/kg seria a "potência específica", muito usada em automóveis, para comparar relações peso/potência. 

Mas indiferente, não consigo entender onde tirar 1 kg da bike ou 1kg de banha da barriga é diferenteLOLLOLLOLLOL


É totalmente diferente.

O peso rotacional que se alivia da uma diferença maior ainda, outro que é mais significativo é o peso não suspenso (unsprung mass).

Outra coisa, porque essa preocupação toda em dizer que é inútil tirar peso da bike simplesmente por dizer que o ciclista pode emagrecer? É seu caso pessoal?

Eu por exemplo não posso perder nem 100g de peso corporal, já estou abaixo do que deveria e tenho uma grande dificuldade em reverter isso.
Voltar para o topo
gm1987 Ver Drop Down


Registrado: 12 Jun 2019
Sapucaia do Sul
Desconectado
Mensagens:2038
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gm1987 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Jul 2019 as 15:59
Sim, é meu caso e de 90% dos ciclistas que conheço LOLLOLLOLLOLLOLLOL

Só estou fazendo uma crítica aberta a filosofia do alívio de peso, que em muitos casos pode ser no próprio ciclista, e não na bike.

No seu caso, de 5% de gordura corporal concordo plenamente, tirar 1kg da bike é significativo. Pra quem pesa 100kg, não se iludam com essa falácia!!!
Voltar para o topo
gm1987 Ver Drop Down


Registrado: 12 Jun 2019
Sapucaia do Sul
Desconectado
Mensagens:2038
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gm1987 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Jul 2019 as 16:01
Quanto ao peso rotacional, ele só ocorre em rodas e pneus basicamente. Selim, canote, guidão e mais outros itens que custam absurdos por pesarem 50gr a menos, servem só para extorquir os desavisados.


Voltar para o topo
hugoky Ver Drop Down


Registrado: 20 Jan 2014
Curitiba, Pr
Desconectado
Mensagens:126
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de hugoky Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Jul 2019 as 16:02
Acho que 1 kg de barriga não perderia potência, pode perder se for 1kg de massa magra nas pernas, quadril, core.
Mas se o cara conseguir se livrar de 1kg de gordura.
e benefico sim
Voltar para o topo

 Responder Responder Página  12>
  Compartilhar   

Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.

 
 
 
 
 
 

X