| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | CLASSIFICADOS | COMUNIDADE | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Fórum Pedal Pink - O universo feminino e suas bicicletas
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Obesidade: Qual bicicleta é indicada para mim?
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiencia no site. Ao continuar navegando voce concorda com a nossa politica de privacidade.


Obesidade: Qual bicicleta é indicada para mim?

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
souzadebora Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 20 Abr 2021
ceara
Desconectado
Mensagens:2
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de souzadebora Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Obesidade: Qual bicicleta é indicada para mim?
    Enviado: 20 Abr 2021 as 12:12
Olá pessoal.
Sou nova por aqui e preciso de algumas orientações.
Atualmente estou com 120 kg e tenho 1,72 de altura.
Gostaria de começar a me exercitar pedalando, porém, não sei qual bike posso comprar tendo em vista que na maioria dos sites indicam peso máximo 100 kg.

Quem puder me ajudar eu agradeço demais ♥
Voltar para o topo
Rogersnn Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 27 Fev 2014
São Paulo
Desconectado
Mensagens:106
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Rogersnn Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2021 as 15:45
Originalmente Postado por souzadebora souzadebora Escreveu:

Olá pessoal.
Sou nova por aqui e preciso de algumas orientações.
Atualmente estou com 120 kg e tenho 1,72 de altura.
Gostaria de começar a me exercitar pedalando, porém, não sei qual bike posso comprar tendo em vista que na maioria dos sites indicam peso máximo 100 kg.

Quem puder me ajudar eu agradeço demais ♥


Boa tarde Debora, tudo vai depender do que você tem intenção de fazer, andar só na cidade? estrada? estrada de terra? Quanto quer gastar?

Eu peso 140kgs, e comprei uma MTB pra andar em SP, não tenho o que reclamar.
http://www.rharu.com.br/produto/bicicleta-29-shimano-21v-preta--laranja-r1/56

Se tiver decatlon próximo a você, seria uma boa opção também, assim poderia experimentar na loja.


Editado por Rogersnn - 20 Abr 2021 as 15:47
Voltar para o topo
dwsmartins Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 16 Abr 2018
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1034
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dwsmartins Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 21 Abr 2021 as 07:55
Comecei a pedalar em 2011 com 157kg e cheguei a baixar pra 114kg em novembro de 2019. Hoje tô nos 120kg+, graças ao isolamento e pandemia, mas devo retomar a perda de peso em breve.

Nesses anos, aprendi algumas coisas sobre bikes pra obesos:

* Não avalie uma bike pela leveza dela. O ciclista é o maior peso no conjunto e bikes muito leves podem oferecer mais performance, mas o que um gordinho precisa é de resistência e durabilidade.

* Falando em resistência, tudo em bike gira em torno de leveza, resistência ou baixo custo. Você nunca vai ter os três, no máximo dois por vez (leve e barato não é resistente, leve e resistente não é barato, resistente e barato não é leve), então saiba o que está escolhendo.

* A maioria dos quadros atuais são em alumínio, o que em si não é ruim, mas quando se vê que a maioria dos “fabricantes” apenas importa produtos genéricos da China e botam o adesivo deles, temos alguns produtos que não são adequados. Pra evitar cair nessas armadilhas, opte por marcas de renome e pesquise aqui a experiência do pessoal quanto a rachaduras ou quebras.

* Marcas de bikes e quadros que eu recomendo para gordinhos, baseado na minha opinião/experiência, incluem GT, Trek, Cannondale e BTwin, sempre evitando modelos leves. Specialized também seria uma boa, mas tem havido tantos relatos de problemas com o pós venda no Brasil que eu recomendo cautela. Outras marcas podem ser adequadas também, mas não tenho experiência.

* As marcas que não recomendo especificamente para gordinhos incluem Scott, First, Elleven e TSW/Rava, não por serem ruins, mas por acompanhar casos de ciclistas com sobrepeso/obesidade que tiveram quebras ou rachaduras em quadros dessas marcas. Marcas que eu não recomendo pra ninguém, independentemente do peso, que me vem à cabeça agora são Absolute e GTSM1, verdadeiras furadas! A Caloi é quase uma marca histórica e todo mundo lembra dela quando se fala de bike, mas os modelos de entrada dela não são legais.

* Se possível, opte por uma bike com cubo de cassete (o chamado freehub) e pelo menos 8 marchas (também chamada 8v) atrás. Se for cubo de catraca, o eixo traseiro empena com relativa facilidade, eu mesmo cheguei a empenar dois eixos traseiros em questão de duas semanas numa bike assim que eu tive. Confirme os dois parâmetros, pois existe catraca de 8v e freehub de 7v, o primeiro é furada e o segundo te limita as opções de troca do cassete no futuro. Bikes com isso são mais caras, mas geralmente valem a pena pra quem tem peso extra.

* Evite rodas com aro de parede simples, prefira os de parece dupla ou “aero”. Inclusive, opte pela roda mais forte que puder, é um item que vale a pena investir. Se a bike que você comprar não tiver rodas realmente fortes, considere encomendar um par com um mecânico de confiança.

* Movimento central (o eixo onde o pedivela gira) é particularmente problemático pra gordinhos. Se a bike vier de fábrica com um ponta quadrada de três peças, que exige manutenção relativamente frequente, troque por um Shimano BB-UN26 ou BB-UN300 (não recomendo o BB-UN100, é mais frágil) e seja feliz. Se ela tiver um octalink ou Hollowtech original Shimano de fábrica, tanto melhor. Fora esses, fica difícil de recomendar algo diferente no Brasil.

* Freios devem estar bem regulados e eficientes, sempre. Se for v-brake, certifique-se que sejam em alumínio, nunca de plástico, o mesmo com os manetes (manetes de plástico dobram sob a força da mão). Freios a disco mecânicos ou hidráulicos também são OK, mas já vi muito disco “chinês adesivado” que freia pior que v-brake bom. As marcas recomendadas aqui incluem Shimano, SRAM, Tektro, Bengal e Winzip. Não recomendo Absolute, GTA, GTS e Logan. Lembrando: isso é recomendação baseada em experiência pessoal.

* Pedais devem ser em alumínio, pois os de plástico literalmente se desfazem embaixo do peso que a gente coloca neles. Isso é relativamente barato e fácil de trocar.

* Selim é conforme a bunda de cada um. Atualmente eu uso um Selle Royal New City Gel, que é mais largo e macio. Tive modelo anterior desse quando comecei a pedalar e a partir de 2019 usei por um bom tempo um selim mais estreito, mas comecei a ter dores nas pernas, mesmo quando não estava pedalando e resolvi voltar ao “sofazão de gel”, o que melhorou bastante. Pra comparação, minha esposa usa um Absolute Trekking Acrive Zone que eu não dou certo nem a pau, mas pra ela é a melhor coisa. Literalmente, tem que sentar no selim pra ver.

O resto é mais tranquilo de escolher. Lembre-se que vc precisa de um mecânico confiável pra não te enganar. Serviço bom é mais caro, mas serviço caro não é necessariamente bom. Inclusive, mas usando comprar a bike agende uma revisão e lubrificação completas, não é incomum vir componentes com pouco óleo ou graxa de fábrica. Isso vai evitar manutenções (e custos) inesperados no futuro.

Espero ter ajudado. Qualquer coisa, manda uma mensagem aqui que eu respondo. Outros membros do fórum também vão te ajudar. Lembre-se que muito do que eu escrevi aqui é baseado em opinião e experiência, não é uma verdade absoluta. Essa opinião inclusive muda conforme as discussões aqui do fórum, o que é natural.

Boa sorte!
Bora pedalar, senão estressa!
Voltar para o topo
dwsmartins Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 16 Abr 2018
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1034
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dwsmartins Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 21 Abr 2021 as 08:06
Algo que esqueci de citar: o mercado de usadas tem andado interessante, pois as bikes aro 26” estão caindo em desuso e da pra encontrar boas opções já com tudo que eu sugeri aqui a preços interessantes. Uma MTB aro 26” do final dos anos 1990 ou início dos 2000 vai ser uma ótima opção pra bike resistente, principalmente se o quadro for em aço cromo-molibdênio. Fique atenta a questões como o diâmetro da caixa de direção, que deve ser oversized, se possível aheadset; tipo da caixa do movimento central, que deve ser rosca inglesa; e tipo de encaixe pro eixo traseiro, que deve ser vertical.

Com esses três itens atendidos, vc vai ter boas opções pra eventuais trocas de peças. Lembre-se que uma bike usada é algo que precisa de alguém com experiência pra te aconselhar e isso não dá pra fazer pelo fórum, tem que ser presencialmente.
Bora pedalar, senão estressa!
Voltar para o topo
paulohn Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Nov 2014
SP
Desconectado
Mensagens:168
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de paulohn Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 21 Abr 2021 as 12:17
Esse vídeo do Pedaleria dá umas dicas legais para quem está acima do peso.


Achei interessante a questão da solda dos tubos lá na região da caixa de direção.

Reforçando o que o colega acima disse, é importante ter deixado algum $$ reservado para itens como o selim. Pode ser que o que já vem não seja confortável...

Se puder, faça um bike fit. Se não conseguir, é bom pelo menos atentar ao tamanho do quadro. Geralmente os fabricantes dão uma tabela de referência com as alturas. Não é tão preciso quanto um bike fit, mas é melhor do que comprar aleatoriamente.
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   

Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.

 
 
 
 
 
 

X