| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | CLASSIFICADOS | COMUNIDADE | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Oficina e Manutenção das Bikes
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Minha Manutenção
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiencia no site. Ao continuar navegando voce concorda com a nossa politica de privacidade.


Minha Manutenção

 Responder Responder
Autor
Mensagem
 Avaliação: Avaliação do Tópico: 1 Votos, Média 5,00  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
_Thiago_Vca Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 11 Mar 2012
Vitória da Conq
Desconectado
Mensagens:60
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de _Thiago_Vca Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Minha Manutenção
    Enviado: 08 Abr 2012 as 18:42

Sei que aqui existem muitas pessoas que fazem uma manutenção completa. Acho que seria útil para todos que cada um colocasse o relato de como faz a manutenção, material usado, o que faz, como faz. Seria um tópico para ensinar e aprender.

Este não é um tópico para discutir o que seria melhor ou pior na manutenção relatada por alguém, é simplesmente para dizer o que faz e como faz a sua. Coloque impressões de de sua manutenção. 


Ontem eu decidi aderir a causa faça você mesmo, utilizei a tarde para iniciar minhas manutenções periódicas na bike (foi a minha primeira, espero que de muitas e melhores). Segue o meu relato. 


IMPRESÕES: 
                     - Muito trabalho e tempo gasto (e acho que fiz pouca coisa)
     - Baixa eficiência
     - Um nível de sujeira (lubrificante e querosene) considerável.
     - Gasto demasiado de água,  lubrificante e querosene
     - Acho que os câmbios desregularam (gastei um tempão no modo tentativa e erro para regular novamente. De certa forma isso foi bom para que eu aprenda aos poucos)

     
O QUE FIZ: 
                 - Tirei pneus para lavar, tirar o excesso de terra e sujeira (procedimento feito somente com água)
 - Limpei corrente, cassete e coroa (limpei com querosene e um pincel, sem tirar a corrente da bike)
 - Fiz uma limpeza bem meia boca do central sem abrir, não tenho ferramentas para isso (com o pincel e o querosene eu fui rodando ele e passando) 
 - Lubrifiquei corrente com Lub Bike (não estou gostando muito dele, ele acumula muita sujeira)


OBS: 
          - Ao limpar e lubrificar a corrente, cassete e coroa eu coloquei um plástico para tampar os freios no quadro e um plástico para tampar o disco da roda com cassete.
          - Limpei corrente e coroa com o quadro em cima de uma mesa de plástico (um meleiro só)
  - Para lubrificar a corrente, coloquei os pneus na bike novamente e fui rodando a corrente e lubrificando.
  - Para regular os câmbios eu fiz um armengo para levantar a bike (uma janela, uma vassoura e uma mesa) 


Acho que foi isso. Vou comprar mais ferramentas e tentar melhorar. Fazer algo completo.



.


nº 42 - Depois de um treino duro ou corrida, seja no aslfalto ou na lama,
chegar em casa e ver no espelho a imagem que reflete a vitória pessoal, de
ter no mínimo participado e completado.
Voltar para o topo
sanchez Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 27 Jun 2011
Ribeirão Preto
Desconectado
Mensagens:19
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de sanchez Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Abr 2012 as 19:05
também costumo fazer isso, abraço !
Voltar para o topo
mats Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 29 Dez 2009
selim
Desconectado
Mensagens:1284
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de mats Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Abr 2012 as 19:37
Vc é o primeiro que vejo à não gostar do lubrificante Lub Bike, aqui onde moro quase todos usam e ninguém reclama.
Talvez vc aplica muito, menos de uma gota por elo ja é suficiente, convém até seca levemente o excesso com um pano.
"Brain before beauty, wear your helmet"
Voltar para o topo
mats Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 29 Dez 2009
selim
Desconectado
Mensagens:1284
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de mats Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Abr 2012 as 19:38
P.S.: muito bom o tópico.
"Brain before beauty, wear your helmet"
Voltar para o topo
gugubq Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Out 2008
barbacena
Desconectado
Mensagens:242
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gugubq Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Abr 2012 as 19:41
Um óleo que estamos gostando muito aqui em Barbacena é o Muc Off, tente usá-lo e diga o que achou.
Não existe vitória sem honra!!
Voltar para o topo
sanchez Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 27 Jun 2011
Ribeirão Preto
Desconectado
Mensagens:19
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de sanchez Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Abr 2012 as 19:41
Concordo com o matheus , tire o excesso com um pano e não encharque muito a corrente ...

Voltar para o topo
_Thiago_Vca Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 11 Mar 2012
Vitória da Conq
Desconectado
Mensagens:60
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de _Thiago_Vca Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Abr 2012 as 20:12
Originalmente Postado por Matheus Riguetti Matheus Riguetti Escreveu:

Vc é o primeiro que vejo à não gostar do lubrificante Lub Bike, aqui onde moro quase todos usam e ninguém reclama.
Talvez vc aplica muito, menos de uma gota por elo ja é suficiente, convém até seca levemente o excesso com um pano.

Me disseram que era bom mesmo.. vou tentar fazer o que vc falou.

Pessoal.. se tem alguém aqui que faz a própria manutenção ou lubrificação, conte como faz!
nº 42 - Depois de um treino duro ou corrida, seja no aslfalto ou na lama,
chegar em casa e ver no espelho a imagem que reflete a vitória pessoal, de
ter no mínimo participado e completado.
Voltar para o topo
gustavomurad Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Fev 2012
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:848
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gustavomurad Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Abr 2012 as 23:32
Para economizar água uso um pulverizador para enxaguar a bagaça toda.



Custou 15 reais, e consegue jogar água a 3m de distância, no bico tem um ajuste do tipo de jato, uso 2 ou 3 garrafas dessas que dá por volta de 3 litros de água.

Para desengordurar uso esse cara aqui que é nota 10.



Movimento central não uso nada, limpo com papel toalha e ou um pano, até porque ali é meio crítico com essa parada de solvente e água com pressão.

Para lavar as partes pintadas, e pneus uso o detergente de pia mesmo, mas pode ser usado shampoo de carro.

Para lubrificar uso o Finish Line.

Em uma viajem usei o M1 para limpar e lubrificar, já que tinha esquecido o Finish Line. O Ponto forte é que custou 10 reais, e faz o trabalho de limpar e lubrificar, e tirei o excesso com um pano.


Imposto é Roubo
Voltar para o topo
W0LVER1NE_MG Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 09 Fev 2007
TrêsCorações-MG
Desconectado
Mensagens:2296
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (11) Obrigado!(11)   Citação de W0LVER1NE_MG Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 00:57
Vou relatar como faço uma lavada geral na bike:

Ítens utilizados:
- mangueira d'água (de preferência com bastante pressão)
- sabão em pó
- balde pequeno 
- bucha/esponja Scotch Brite amarela e verde (clique aqui para ver)
- escovão com cerdas plásticas longas (clique aqui para ver)
- desengraxante Rock'n Roll Red Miracle biodegradável (clique aqui para ver)
- aparelho limpador de corrente (clique aqui para ver)
- pote redondo para colocar o cassete (clique aqui para ver)
- bandeja de tinta (clique aqui para ver)
- pincel 
- escova de dentes velha
- garrafa PET pequena,com tampa (1 litro é ideal)
- duas tampinhas plásticas, tipo de requeijão
- panos velhos
- óleos para corrente (vários)
- ferramentas variadas para desmontar as peças

1- lavo a bike inteira lá no quintal, com água e sabão (coloco bem pouco sabão em pó no balde pequeno e esguicho mais ou menos um litro d'água dentro dele com a mangueira). Mergulho a bucha/esponja Scoth Brite e o escovão dentro dele, depois esguicho água na bike toda, com uma certa pressão, vou ensaboando e limpando a bike de cima pra baixo, usando no quadro a parte amarela da esponja, nas peças a parte verde dela e nos pneus o escovão (e se preciso a parte verde da bucha, para ficarem bem limpos). É importante uma coisa: procure fazer isso na sombra, e não deixe a bike ensaboada por muito tempo; vá ensaboando e enxaguando, para evitar que o sabão seque sobre a pintura e acabe gerando manchas. As peças da transmissão, durante essa etapa, eu só jogo água com bastante pressão, mas não esfrego nada nelas

2- terminada essa etapa, penduro a bike pelo banco num gancho, tiro a roda traseira, removo o cassete e coloco ele de molho no pote plástico redondo, numa solução composta por uma parte de desengraxante para 20 partes de água, mais ou menos (eu mudo um pouco essa proporção fazendo ela com menos desengraxante quando o cassete não está tão sujo). Vez por outra eu dou umas chacoalhadas no pote (que tem tampa) para dar uma removida na sujeira que vai se despregando. Vale ressaltar aqui que se as beiradas do fundo do pote forem meio arredondadas e o cassete, colocado com a catraca maior virada pra baixo, não tocar o fundo do pote, é melhor; dessa forma a sujeira vai descendo pro fundo do pote e não fica mais em contato com o cassete.

3- coloco no aparelho de limpar a corrente uma solução de 1 parte de desengraxante para 10 partes de água, apenas na medida indicada no fundo dele (é bem pouco, deve dar uns 100ml creio eu), instalo na bike e fico girando o pedivela por uns dois minutos - para quem não conhece, é o pedivela que faz a corrente circular e passar por dentro do aparelho, fazendo a limpeza dela. Após isso, removo a corrente (uso Power Link, então é moleza) e coloco ela dentro da garrafa PET cheia até a metade com água pura, dou umas chacoalhadas nervosas, tiro a corrente dali e penduro ela no varal (no sol), deixo secar enquanto limpo outras peças. Quando estiver seca, faço a lubrificação dela - ainda no varal - colocando uma das tampinhas plásticas no chão para colher o excesso de óleo que vai pingar da corrente, pois eu vou colocando o óleo em cima e espalhando com um pincel (o pincel é importante para fazer o óleo entrar nas frestinhas da corrente), e a medida que vai escorrendo pela corrente toda ele pinga na tampa plástica do chão; depois de um tempo eu troco a tampinha por outra e uso o pincel para reaplicar na corrente o óleo que tinha ficado na tampinha que estava no chão. Eu procuro fazer isso no sol, para o óleo secar grudando na corrente. O tipo de óleo varia muito conforme a época (seca, chuvas) e as trilhas que irei fazer a seguir... os óleos que uso são o Zefal Dry Lub, Finish Line Ceramic Wax Lube, Rock'n Roll Extreme e Lub Bike (sendo o Zefal para tempo seco, o Ceramic para quando eu vou rodar mais em asfalto, o Extreme para época de chuvas/barro e o Lub Bike para o dia-a-dia, quando não tem pedal longo programado).

4- termino de limpar o cassete com a escova de dentes, lavo com água corrente e coloco pra secar no varal; no pote que limpei ele, tiro a tampa e coloco um pano velho sobre ele, para servir de filtro; despejo o conteúdo na bandeja plástica de tinta. Faço o mesmo com a solução que sobrou dentro do aparelho de limpar a corrente, também filtrando a sujeira com pano. Desmonto o pedivela e o câmbio traseiro (o dianteiro somente se estiver muito sujo) e limpo eles nessa bandeja com a solução desengraxante, usando o pincel e a escova de dentes. Quando está muito sujo (com graxa seca) eu desmonto as coroas e as roldanas do câmbio traseiro e limpo tudo unitariamente. Terminando esse processo, eu lavo as coroas em água corrente e monto de volta o pedivela na bike, fazendo o mesmo com o câmbio traseiro. (detalhe: muitas vezes eu limpo o câmbio traseiro sem tirar da bike; levo a bandeja lá perto dele e limpo com ele preso na bike, jogando uma água no final para remover o desengraxante)

5- monto o cassete na roda, monto a corrente na bike e monto a roda no lugar. Pronto, bike limpa e pronta para sujar de novo hehehe



De vez em quando eu tô animado e lavo duas de uma vez só Smile
Reparem também as diversas correntes penduradas no varal... é que eu faço rodízio, cada vez que lavo uma bike eu troco também a corrente, mantendo um rodízio de 3 correntes para cada bike.

Quando tenho que fazer uma manutenção mais severa, é a partir desse ponto - com a bike perfeitamente limpa - que faço. Coloco ela no cavalete e desmonto o que tiver que desmontar, como cubos, movimento central, caixa de direção, links da balança, freios, pneus... manutenção sempre tem que ser feita com a bike limpa.

Lembrando que: caixa de direção, movimento central, cubos e rolamentos e links da balança eu desmonto somente uma vez por ano, a menos que dê problema antes (rangidos, vibrações). Normalmente quando essas peças dão problema costumam ser os rolamentos, e daí basta trocar. A vida útil menor é, pela ordem: rolamentos dos links da balança (só no caso de ser bike full), rolamento dos cubos, rolamento do movimento central e rolamentos da caixa de direção. Os links da balança, para quem anda muito agressivamente todo ano tem algum que fica ruim, então troca-se o par de uma vez - não tem necessidade de trocar os que estão perfeitos. Rolamento da roda, se for de boa qualidade dura aí uns 2 anos, numa bike full (numa HT deve durar menos), rolamento do movimento central dura uns 3 anos ou mais e rolamento de caixa de direção boa é bem raro dar problema, costuma durar uns 5 anos ou mais.

Cabos e conduítes de marcha e freios, quando o conduíte vai direto do guidão até o câmbio ou freios, requer menos manutenção do que quando o conduíte vai por partes, pois nesse último caso existem pontos aonde entra poeira e barro que vão acumulando dentro do conduíte e fazendo o cabo agarrar cada vez mais, necessitando trocar o conduíte (antigamente eu limpava o conduíte, ficava passando um cabo de aço todo amarrotado por dentro dele para limpar, mas hoje em dia com cabos revestidos de teflon e conduítes com revestimentos internos especiais, acaba sendo mais negócio trocar mesmo).
Partindo do princípio que você sempre vai usar os cabos de marcha de qualidade e sempre bem lubrificados, então não sofrerão tensões muito agressivas e vão durar muito, sendo trocados somente quando a ponta desfiar demais e você precisar trocar o câmbio, pois de soltar e apertar o parafuso do câmbio diversas vezes ao longo do tempo o cabo vai se partindo aos poucos nesse ponto.
Já os cabos de freio precisam sempre ser verificados, tanto no ponto de aperto junto ao freio quanto na "cabeça" do cabo que vai no manete. Como é item de extrema segurança, qualquer vestígio de desfiamento já seria motivo para trocar um cabo de freio.

Regulagem do cabo de marcha é coisa que deve ser feita imediatamente ao se perceber que o câmbio desrregulou. É coisa que se faz em qualquer lugar e a qualquer hora, sem necessidade de chaves (existem os reguladores nos passadores e em alguns casos, no câmbio. A regulagem dos limites do câmbio necessita de uma chave Philips e só é feita quando monta o câmbio pela primeira vez na bike, ou caso troque alguma peça como cubo traseiro, cassete, pedivela... é o tipo de coisa que não desrregula, então quando fizer, faça direito e não terá problemas.

Pedal quando é Shimano raramente dá manutenção antes de uns 3 anos de uso, mas se preciso tem que dar uma desmontada para engraxar e dar um reaperto. Outros pedais (por exemplo os Egg Beater) necessitam de manutenção constante, tipo de 6 em 6 meses.

Canote do selim, ainda mais para quem vive mudando ele de posição no meio da trilha, vai precisar ser limpo também (tanto o canote quanto o interior do quadro aonde ele vai enfiado - conhecido como seat tube), do contrário pode começar a dar uns estralos durante a pedalada devido a areia que fica entre o canote e o quadro. Aliás, estralos ao pedalar podem ocorrer também devido a sujeira no movimento central, ou no pedivela (quando coroas estão mal apertadas) ou nos pedais.

Suspensões e freios hidráulicos precisam ser constantemente examinados, para ver se não estão vazando óleo ou perdendo a eficácia. Suspensão tem que conferir e limpar bem os retentores, e fazer pelo menos uma revisão anual para limpar e lubrificar as partes internamente, se preciso trocando as que estiverem desgastadas. Os freios precisam ter as sapatas (ou pastilhas, se forem a disco) constantemente verificadas, para evitar que rodem no "osso" e acabem danificando o aro ou o disco.

E por fim a tensão dos raios da roda, que tendem a afrouxar com o passar do tempo e as pancadas que as rodas tomam. Então uma vez por ano (ou sempre que arrebentar um raio) é aconselhável dar um reaperto geral neles. Existem nipples que possuem uma substância adesiva dentro (tipo um trava-rosca) que evita bastante que os raios afrouxem, nesse caso não precisa apertar anualmente, apenas se notar que perderam a tensão ideal.

E sempre conferir o estado dos pneus. Toda vez que lavar a bike, aproveite para examinar os pneus à procura de cortes, rasgos, ou objetos encravados nele que possam ocasionar furos ou mesmo estouros durante as pedaladas.
Peças de fibra de carbono também devem ser examinadas de tempos em tempos, assim como o quadro da sua bike, olhando atentamente nos pontos de maior estresse para ver se não existem fissuras/trincas.

Bom, acho que é isso Thumbs Up
Se eu lembrar de mais alguma coisa eu edito e acrescento aqui.

Valeu


Editado por W0LVER1NE_MG - 09 Abr 2012 as 01:04
Marcelo Faraway
____________
CARPE DIEM!
Voltar para o topo
gustavomurad Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Fev 2012
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:848
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de gustavomurad Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 01:22
Depois dessa aula do Wolverine, mas o resto é o detalhe ou gosto pessoal.


Tinha visto esse vídeo, no YouTube, mas mas achei algumas coisas legais...
http://www.youtube.com/watch?v=6BvgIWEe6Ac&feature=youtube_gdata_player
Imposto é Roubo
Voltar para o topo
dupedal Ver Drop Down


Registrado: 11 Abr 2004
manaus-am
Desconectado
Mensagens:1425
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de dupedal Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 02:16
realmente o wolverine deu uma aula!
recomendo ler com calma topicos antigos aqui do forum,vc vai aprender muito sobre manutenção.
aqui na região principalmente nesta epóca é muita lama,então comprei uma wap de alta pressão,facilita muito,só lembrando de não direcionar o jato nos cubos e retententores da suspa.
toninho du pedal

manaus-amazonas!
Voltar para o topo
_Thiago_Vca Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 11 Mar 2012
Vitória da Conq
Desconectado
Mensagens:60
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de _Thiago_Vca Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 02:46
Originalmente Postado por dupedal dupedal Escreveu:

só lembrando de não direcionar o jato nos cubos e retententores da suspa.

Nem sabia disso.

Quanto a aula do Wolverine, acho que vou utiliza-la por bastante tempo.




.
nº 42 - Depois de um treino duro ou corrida, seja no aslfalto ou na lama,
chegar em casa e ver no espelho a imagem que reflete a vitória pessoal, de
ter no mínimo participado e completado.
Voltar para o topo
clevertonbw Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 24 Dez 2010
Lages
Desconectado
Mensagens:92
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de clevertonbw Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 03:34
E ae galera do pedal.
 
Seguinte, uso o lubrificante Squirt, tanto na speed qnt na Mtb, e nada a reclamar até o momento, acumula mt pouca sujeira.
 
só um alerta pra quem usa desengraxantes a base de querosene, como por exemplo o M1 da Starret, ou o Lub da Orbi, entre outros.... eles servem para retirar sujeira, oleo e graxa, e não para lubrificar. Eu uso o Lub da orbi (a base de querosene) para limpar corrente, k7 e coroa do pe de vela, depois gasto algumas estopas para limpar bem, espero secar e no outro dia lubrifico.
 
qnd estou animado, pego cotonetes e limpo entre os elos, o resultado é mt bom, parece bike nova!!!
 
Abraço!
Voltar para o topo
Mfidalgo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 06 Nov 2011
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:66
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mfidalgo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 07:02
Isso é que é aula! Clap

Mas, de quanto em quanto tempo você faz essa limpeza pesada?

Voltar para o topo
utR Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 15 Mar 2009
Brasília
Desconectado
Mensagens:705
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de utR Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 18:18
Muito bom o tópico!

O Wolverine comentou sobre limpar o canote do selim e o buraco onde encaixa o canote. Devo limpar só com água e sabão mesmo?


Unica sugestão que posso dar é: Jamais tente fazer manutenção da bike em um apartamento. Estava trocando a suspensão das minhas bikes e foi uma bagunça na sala daqui de casa, o apartamento não é muito grande então foi complicado. O pior que no final de tudo não tinha sujado nada mas quando fui guardar a bike acabei derrubando um vaso de flores da minha mãe, até deu uma desanimada. LOL
Voltar para o topo
W0LVER1NE_MG Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 09 Fev 2007
TrêsCorações-MG
Desconectado
Mensagens:2296
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de W0LVER1NE_MG Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 18:55
Originalmente Postado por Mfidalgo Mfidalgo Escreveu:

Mas, de quanto em quanto tempo você faz essa limpeza pesada?
Não tem uma periodicidade certa, é de acordo com o que a bike suja, ou antes de viagens... eu diria que pelo menos uma vez por mês. Para quem anda todo dia em trilha, a cada uma ou duas semanas. Em época de chuva precisa limpar mais vezes. E quem anda só em asfalto, menos vezes (ou menos detalhadamente).

Originalmente Postado por utR utR Escreveu:

O Wolverine comentou sobre limpar o canote do selim e o buraco onde encaixa o canote. Devo limpar só com água e sabão mesmo?
Não, nada de água e sabão dentro do quadro, pois vai parar na caixa de centro da bike.
Para limpar o tubo use um pano seco, se ele for grande vai enrolando ele e enfiando dentro do tubo do quadro, ou então enrole num cabo de vassoura. Só tome cuidado para o pano não escapar e ficar lá dentro do quadro, deixe sempre uma beiradinha do pano pra fora de modo que possa puxá-lo Smile

Valeu
Marcelo Faraway
____________
CARPE DIEM!
Voltar para o topo
Gui Marques Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 24 Abr 2003
Minas Gerais
Desconectado
Mensagens:2108
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Gui Marques Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 21:06
Eu pessoalmente gosto de usar o mínimo de água possível. Só lavo a bike com mangueira na época de chuva, quando pego trilha com lama.
 
No período seco (sem lama) sempre que chego em casa eu retiro o excesso de poeira/terra com um pincel largo de cerdas grossas (desses de pintar parede) e termino o serviço com uma flanela úmida.
 
Já a limpeza da relacao depende muito do tipo de oleo que voce usa. Se usar lubrificantes mais pesados (graxa liquida de moto, oleo singer, oleo de motor de carro, etc) aí vai demandar limpeza mais pesada. Nessas horas, um bom lubrificante especifico para bike e adequado às condicoes do tempo vai te poupar trabalho.
 
Eu uso o lubrificante de corrente Prolink Progold na maior parte do ano, e a relação fica bem limpa. É um oleo mais seco (mas nao tao seco quanto o finish line vermelho) que gruda muito pouca sujeira e de quebra ainda ajuda a limpar a corrente.
 
Eu uso um segundo pincel (menor que o primeiro, mas com cerdas bem duras) para espanar fora o grosso da sujeira e grumos de terra/lubrificante grudados nas coroas e corrente. Depois limpo a corrente com um pano seco girando o pedevela para tras (tenho alguns panos especificos para essa tarefa). Depois dessa limpeza superficial eu pingo uma gota do prolink em cada elo e giro a corrente de novo com outro pano, dessa vez para limpar a corrente (o proprio oleo dissolve e remove o resto da sujeira da corrente).
 
Isso funciona em 90% das vezes. Nas demais, quando a corrente esta muito suja depois de uma trilha longa com lama e usando oleo mais pesado (finishline verde) aí não tem jeito e gruda muita sujeira. Nesses casos eu uso aquela maquininha com roldanas e um desengraxante de laranja diluido em agua.
 
Começando com uma relação limpa, se o usuario usar o oleo certo, dificilmente vai juntar aquela borra escura na relacao que justifique limpezas mais pesadas.
 
Se o cara nao quer gastar muito com oleos especificos para bike, uma opcao é diluir oleo de carro em thinner ou solvente até ficar leve o suficiente para usar no tempo seco. Um colega meu no mtbr usava e segundo ele dava bons resultados.
 
Um aspecto importante é sempre que for lubrificar a corrente, coloque um pingo em cada elo e depois remova o excesso com uma flanela seca. A lubrificação que a corrente precisa fica lá dentro, no ponto de contato dos elos com os pinos, e nao do lado de fora.
 
Eu só nao recomendo usar graxa de moto, oleo singer e outros oleos muito viscosos (no periodo seco). Esses lubrificantes vao grudar muita sujeira e acabar reduzindo a vida útil da transmissão, no lugar de ajudar.
 
Sobre a manutenção dos pivots de uma full, tem algumas informacoes nesse tópico.
 
Gui Marques
 
 
Ride it like you stole it
Voltar para o topo
LinosFly Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 17 Ago 2006
Sao Paulo - SP
Desconectado
Mensagens:1259
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de LinosFly Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 22:10
Bom, eu malemá tenho tempo para pedalar com frequência, quanto mais ficar limpando bike ao ponto de tirar roda só para lavar pneu.

O que faço sempre:

A corrente foi lubrificada com óleo para andar no seco: com uma escova de lavar roupas, de cerdas duras, passo na corrente em todos os lados e em todas as direções, sem tirar a corrente da bike. Em seguida limpo muito bem as coroas, o cassete e as polias do câmbio. Eventualmente passo um pano, depende da avalição no momento. Pronto, só isso. Daí lubrifico de novo.

A corrente foi lubrificada com óleo para molhado (finish line verde): retiro a corrente pelo power-link, uso o esfregão + sabão em barra, lavo dentro do tanque mesmo. Se estiver muito crítico uso uma escova de dentes. Coroas, cassete, pinhão: Apenas o esfregão, à seco.

Entre três e seis meses de periodicidade, eu coloco a bike no cavalete de manutenção que eu mesmo inventei (prende pelo canote), tiro as rodas e lavo com água e sabão em barra + esponja scoth brite lado amarelo. A limpeza da corrente eu faço os passos acima, conforme uso anterior.

Jamais uso qualquer tipo de solvente (querosene, etc...) misturado com água. Isso pode entrar nos rolamentos e prejudicar a graxa original dos componentes. Nunca direcionar jato de água, seja forte ou fraco, na direção do movimento central, cubos e caixa de direção. Se vc não pega lama ou chuva com frequência, se a roda/bike não é mergulhada em água de rio, não há necessidade de manutenção com menos de 2 anos. Veja bem, direcionar o jato de água é diferente de molhar. Eventualmente acontece de molhar, porém as graxas originais e de qualidade normalmente "expulsam" a umidade do local e tudo fica conforme original. Enfim, o ideal é NÃO lavar a bike. Faça uma limpeza a seco, mais criteriosa ou ao seu gosto/necessidade.

Lubrificação somente com a corrente 110% seca. Após a lavagem eu só lubrifico momentos antes de utilizar a bike. Tem cara que lava e seca a corrente com secador de cabelo (LOLLOLLOL) em seguida já lubrifica. Daí quando vai pedalar tá chovendo e o cara passou lubrificante de seco ou vice-versa, então mistura lubrificantes e vira uma meleca de dar medo.

lubrificantes para chuva tipo finish line wet (verde): coloca uma gota num elo, pulo outro, e assim sucessivamente. O movimento de pedalar espalha para a corrente toda. Não vejo necessidade de colocar em todos os elos e retirar excesso.

lubrificantes para seco, tipo finish line dry: uma gota em todos os elos.

Utilizo os conduítes diretos dos shifters aos câmbios desde dezembro/09, nunca precisei desmontar para limpar. Eventualmente uma marcha fica mais manhosa, utilizo os reguladores do shifter e já está ok novamente, coisa de 10 segundos que se faz sem desmontar da bike.

Desta forma de manutenção eu cheguei a rodar perto de 6.000 km com uma corrente deore, sem sequer fazer rodízio. Ela estourou apenas uma vez, numa troca errada numa subida.


Editado por LinosFly - 09 Abr 2012 as 22:12
No Brasil, a democracia é uma ditadura de picaretas.
Voltar para o topo
yurininja Ver Drop Down


Registrado: 06 Ago 2004
ponta grossa -
Desconectado
Mensagens:2035
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de yurininja Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Abr 2012 as 23:05
Eu uso 3 correntes, moro em apartamento.

Quando a relação está suja "normal", limpo ela com o próprio lubrificante, como é indicado no manual (Rock'n'Roll Extreme). Antes passo uma escova e/ou pano seco no cassette, mesmo procedimento para o pedivela.

A corrente, quando está muuuuito suja (geralmente quando acabo usando algum óleo), tiro ela e jogo no pote de querosene (que já está com quase um ano) e pego uma limpa (que já passou pelo pode de querosene e, depois de certo tempo, ganhou um banho na torneira do banheiro, secou na janela e foi guardada limpa). Geralmente quando uso algum óleo a relação fica cruel, aí acabo retirando as coroas para uma limpeza melhor. Procuro limpar o cassette na roda mesmo.

A escova da ParkTool facilita muito, junto com o lavador de corrente (que está obsoleto, pois perdeu espaço desde que adotei o Rock'n'Roll) é possível fazer o serviço na sala do ap. Somente tenho o cuidado de forrar com uma folha de jornal. (claro que não sobre o tapete branco da patroa). 
Voltar para o topo
_Thiago_Vca Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 11 Mar 2012
Vitória da Conq
Desconectado
Mensagens:60
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de _Thiago_Vca Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 10 Abr 2012 as 12:31
To gostando disso aqui.

Informações uteis e reunidas.


nº 42 - Depois de um treino duro ou corrida, seja no aslfalto ou na lama,
chegar em casa e ver no espelho a imagem que reflete a vitória pessoal, de
ter no mínimo participado e completado.
Voltar para o topo
leao Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Abr 2004
Bauru - SP
Desconectado
Mensagens:2041
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de leao Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 10 Abr 2012 as 14:33
Para limpar até o último grão de areia da corrente, com ela fora da bike uso lavadora de pressão com a corrente esticada. Se torcer a corrente na mão dá para ouvir se ainda tem alguma sujeira.
Voltar para o topo
bcareca Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 15 Mar 2012
Goiania
Desconectado
Mensagens:29
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de bcareca Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Abr 2012 as 02:37
quando estou usando corrente com power link faço da seguinte forma: retiro a corrente da bike e a coloco numa garrafa pet de 1 ou 2 litros acressento ums 300 ml de  oleo diesel e balanço bastante,
mas se a corrente é sem power link ai lavo com um pincel ou escova de dentes e diesel e depois jogo agua com pressao, mas a primeira opçao da um resultado melhor.
Voltar para o topo
Vash77 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 01 Jan 2011
Santa Catarina
Desconectado
Mensagens:2863
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Vash77 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Abr 2012 as 04:45
De boa, sempre tiro o chapeu para quase todos os posts do Wolverine. São sempre completos e ricos de informação nos mínimos detalhes.


Quanto ao tópico de limpeza, eu ganhei recentemente a maquininha de limpar corrente da Finish Line. Recomendo a todos terem uma e usarem produtos Biodegradaveis ao invés de querosene.


O resto da limpeza eu passo só um pano. De vez em quando levo ela para lavar lá na loja (Pois moro em apto e dá muito trabalho limpar)
Por 30 reais eles limpam ela 100% e aplicam finish line na corrente. A relação e toda a bike em si volta pra casa como se fosse nova.

Sei que é dificil pra muita gente pagar pra limpar, mas aqui compensa, pois o serviço é bem executado.
Agora, como disseram, eu quase nunca limpo ela em si, dou mais atenção para a corrente mesmo. Corrente, Cassete, Coroa e roldanas.

Voltar para o topo
acdiegues Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Mar 2012
Brasil
Desconectado
Mensagens:704
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de acdiegues Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Mai 2012 as 11:50
Pessoal,
Entre os óleos da FinishLine, qual é o melhor para treino de Speed?
Vermelho ou Verde?
Abraços
Voltar para o topo
JulioCWB Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 18 Mar 2010
Curitiba
Desconectado
Mensagens:1218
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de JulioCWB Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Mai 2012 as 11:55
Originalmente Postado por acdiegues acdiegues Escreveu:

Pessoal,
Entre os óleos da FinishLine, qual é o melhor para treino de Speed?
Vermelho ou Verde?
Abraços

Entre esses dois o vermelho com certeza, a não ser que vc vá ficar pedalando na chuva. Mas se puder comprar recomendo o da tampa cinza (wax) ou dourada (Ceramic), acho melhores que o Teflon.
Voltar para o topo
claudio iurk Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2012
Brasil
Desconectado
Mensagens:3
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de claudio iurk Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Jul 2012 as 13:37
Boa tarde Pessoal, sou novo aqui!

TO com um problemão, ontem estava indo para o Ibirapuera e derrepente senti a bike jogar a traseira, quando fui ver , os parafusos do Link da suspensão tinham caído.

Ja procurei em alguns lugares mas não encontrei, fui a uma loja de parafusos e comprei parafusos e buchas pra tentar fazer uma "gambiarra" mas se alguem souber de algum lugar que eu possa encontrar esses parafusos por favor me ajudem...

O modelo da Bike é Vision AT 8041

Os parafusos estão indicados na foto.


desde ja agradeço!
Voltar para o topo
claudio iurk Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2012
Brasil
Desconectado
Mensagens:3
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de claudio iurk Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Jul 2012 as 13:38
http://imageshack.us/photo/my-images/853/bikelx.jpg/
Voltar para o topo
claudio iurk Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2012
Brasil
Desconectado
Mensagens:3
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de claudio iurk Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Jul 2012 as 13:41

Uploaded with ImageShack.us
Voltar para o topo
W0LVER1NE_MG Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 09 Fev 2007
TrêsCorações-MG
Desconectado
Mensagens:2296
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de W0LVER1NE_MG Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Jul 2012 as 14:08
Se puder desmontar os parafusos e buchas e tirar uma foto em "zoom" deles, acho que seria mais fácil para identificar como são e sugerir aonde encontrar, Cláudio.

E quando encontrar, use um produto trava-rosca (Loctite) neles antes de instalar, para evitar que caiam  e se percam novamente.

Valeu
Marcelo Faraway
____________
CARPE DIEM!
Voltar para o topo
hornet Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 15 Out 2012
São Paulo - SP
Desconectado
Mensagens:45
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de hornet Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Out 2012 as 01:08
Faço a desmontagem da maioria dos componentes.

Desmonto a corrente
Tiro câmbios
Tiro as rodas
Tiro o pedivela e o movimento central
Tiro a caixa de direção

Em grande parte faço nesta sequência, e evito desmontar tudo ao mesmo tempo.

Recorto um pote de sorvete, coloco querosene, e apoio em alguma coisa para ficar ligeiramente inclinado.

Lavo a corrente e os câmbios, passando escova de dente e pincel.
Depois tiro o pneu, tiro a câmara e verifico se a fita está deslocada ou em ordem. Verifico a tensão dos raios. (Geralmente está tudo em ordem)
Retiro a catraca/cassete/pinha e lavo do mesmo jeito, juntamente com a coroa.
Os pneus eu só verifico internamente se há alguma sujeira ou algo que possa furar ou desgastar a câmara.

Desmonto os cubos, ambos com bilhas/bolinhas (cubos com cones e não rolamentos) retiro toda a sujeira e graxa com cueca velha com querosene (este é o segredo da boa limpeza). Lavo as bilhas e limpo o eixo e os cones.
Re-monto tudo com Graxa-Azul.
Mesmo processo com a caixa de direção. Desmonto e lavo as bilhas e os cones. (Tem que tomar muito cuidado para não perder as malditas bolinhas)
Re-monto os cubos e a caixa de direção, verificando o aperto para não deixar folgas e nem arranhando.
Desmonto os pedais e o movimento central (também com bilhas, não é de rolamento) e executo o mesmo processo, re-montando com Graxa-Azul.

Aproveito enquanto as peças estão secando, e passo o óleo de câmbio nos cabos e acionadores.
Passo lixa nas pastilhas/sapatas de freio e no aro e "zero" a regulagem de freio, uma vez que solto todos os cabos. Assim ao re-montar a roda, e colocar no aro, prendo os cabos de freio novamente, prontos para mais uma série de regulagens posteriores.

Uso a bicicleta pra tudo, transporte diário, lazer no fim de semana, trilha... E este "contato" com o tempo todo dia, esteja sol/chuva/frio/nevando, judia muito dessas peças. Faço esta manutenção sempre de forma preventiva, de 3 em 3 meses.

Na re-montagem dos câmbios, é necessário regular novamente, mas faz parte.
E como lubrificante da corrente, uso óleo de câmbio (80W90)

De toda a bicicleta, unica parte que não lavo, é guidão, quadro e pneu. Deixo sempre com a mesma sujeira.

Dessa manutenção toda, o mais importante é verificar SEMPRE os freios. Antes da bike andar, é preciso parar. 

ABS
Voltar para o topo
violeiro Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 09 Mar 2013
minas gerais
Desconectado
Mensagens:1
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de violeiro Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 28 Abr 2013 as 21:34
o pessoal aqui passa óleo diesel na corrente e casseta para ajudar a tirar a sugeira.... funciona, mas pode???
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   

Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.

 
 
 
 
 
 

X