| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Fórum Principal
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - "Indústria Nacional" de Bicicletas
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

"Indústria Nacional" de Bicicletas

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Mockoso Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 12 Dez 2012
Brasil
Desconectado
Mensagens:1066
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mockoso Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: "Indústria Nacional" de Bicicletas
    Enviado: 13 Mar 2018 as 10:15
Estava lendo duas materias aqui do pedal sobre a indústria nacional de bicicletas.
Me chamou a atenção em uma das matérias, onde se diz, que na ZFM (Zona Franca de Manaus), os caras de lá, pensam em mandar as bikes para outros países vizinhos, antes de chegar nos nossos centros consumidores daqui.

Bem, desde que eu fiz o meu tcc (voltado a estratégia), a ZFM perde todos os benefícios (na indústria das bicicletas), por causa da distância que tem dos centros consumidores.

Não seria mais fácil desonerar todo o setor? Tem países onde a tributação é baixa ou não existe sobre bicicletas e seus componentes. Assim, teriamos um fôlego novo em todo o setor.
Sei que na ZFM muitas fábricas se esforçam para criar bons quadros, mas vejo somente coisas para xc e speed praticamente.

A um tempo atrás, a abraciclo junto com muito de seus associados (CALOI), pleiteou junto aos governos anteriores, barreiras de importação de bicicletas, parte e peças, onde, foi atendida. Hoje a carga tributária tanto para o produto nacional, quanto o importado, é absurda. O Brasil não tem empresas que fabricam componentes de descentes, como relação, cubos e etc.
Um exemplo é o mercado de Dirt Jump, DH e FR, onde é necessário importar tudo! Um guidão de Dirt que custa $60.00-80 chega aqui a uns R$ 600,00 (um amigo me mostrou a tributação que a receita cobrou dele, R$ 400,00 de tributação em um guidão de DJ).

Não seria mais vantajoso desonerar o setor, incentivando novos players entrarem no mercado? E reduzir a carga tributária de importações de bikes, peças e partes? Assim, teriamos mais players no mercado, mais diversidade, mais empregos criados em toda a cadeia.
E de quebra, seriam solucionados os problemas que o protecionismo excessivo criou, onde temos poucos players oferecendo que querem, e como querem.


Gostaria da opinião de vocês sobre o assunto.

T+
Yo soy el Mock! El unico :)
Voltar para o topo
joaoandre1990 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Mai 2017
Maringá - PR
Desconectado
Mensagens:524
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de joaoandre1990 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2018 as 10:35
Esse é o Brasil meu amigo, infelizmente aqui as coisas acontecem de acordo com o intere$$e de uma minoria que lucra (políticos e grupos de "grandes empresários" corruptos) enquanto a maiora (consumidores e pequenos empresários) paga a conta.
Não quero discutir politica aqui porque não é lugar para tal, mas o cenário atual é esse, eles criam as leis e povo só assiste a tudo calado, obediente.
Estão acabando com a indústria nacional a muito tempo, não só no setor das bicicletas, TODA industria, o único setor que apresentou 0% de crescimento no ano de 2017 - após 3 anos consecutivos de queda.

Espero não ter fugido do assunto mas é isso, NA MINHA OPINIÃO, a coisa tá assim porque tem alguém ganhando com isso.
Pego minha bike e vou embora...
Voltar para o topo
furukawa Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Jun 2012
Floripa
Desconectado
Mensagens:1314
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de furukawa Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2018 as 10:41

Exatamente no segundo semestre de 2012 houve esta mudança de tributação sobre as importações de bike e componentes.

Lembro bem disso porque foi nesta época que comprei o quadro Spz Carve por R$ 1.500 por sorte pois, logo em seguida, DOBROU o preço.
Voltar para o topo
clovismr Ver Drop Down


Registrado: 10 Fev 2017
Fernandópolis
Desconectado
Mensagens:100
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de clovismr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2018 as 10:50
Bom Dia.
Não é só pra bikes que a ZFM tem que ser discutida. É pra tudo.
Penso da seguinte forma: Se eu for investir numa fábrica seja lá do que for, eu iria analisar a ZFM. Só que pra valer a pena, o incentivo teria que ser MUITO  bom, senão, pra que deixar por exemplo o interior do estado de SP, onde tem-se tudo: desde rodovias, internet e correlatos, mão de obra relativamente qualificada, e mais importante: mercado consumidor na porta? 
Então eu concluo que a ZFM é coisa de pai pra filho, senão não vale a pena: ter que montar uma equipe lá do outro lado, toda logística de distribuição, mais um centro de componentes, etc. São duas unidades (no mínimo) no lugar de uma se se escolher o sudeste. E toda a distancia da fábrica até o consumidor. Isso sem considerar os fornecedores.
Portanto se a carga tributária em SP for de 50% (**), na ZFM teria que ser zero, e olha lá.
A pergunta que fica: onde eu (consumidor) ganho? Qual o benefício que chega aqui? Reserva de mercado pras multinacionais? É o que vejo. Não consigo perceber vantagem nenhuma em nenhum produto da ZFM. É no mínimo uma concorrência desleal bancada pelo estado. Na melhor das hipóteses. Por que?
Por que simplesmente é inviável você montar seu negócio na sua cidade, perto dos seus e com toda facilidade que isso significa. Por tanto, a ZFM é uma barreira disfarçada ao direito de empreender e até mesmo ao direito de ir e vir. Só pode se for na ZFM. Então não posso escolher onde posso montar meu negócio? não é muito diferente disso.

(**) - não discuto impostos por que simplesmente não sei quanto é a carga de impostos em nenhum produto. Fala-se que é exorbitante, e tem economistas que falam que não é muito diferente da Europa.
No mais, qualquer comparação deve ser feita descontando os impostos no país que se quer comparar e depois somar os nossos: exemplo: comparar com EUA, a grosso modo, pega-se o preço na internet e desconta os impostos de lá (que existem sim) e depois soma-se os nossos pra se ter idéia próxima do real.
E ZFM, qual é carga de impostos? Por que não se tem esse valor de maneira bem transparente e fácil de entender? Alguém sabe? Existe? Ou é algo pra não se saber?


Editado por clovismr - 13 Mar 2018 as 10:53
Voltar para o topo
rafael_rtg Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 10 Fev 2016
SP
Desconectado
Mensagens:1403
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de rafael_rtg Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2018 as 11:42
Nossa querida Abraciclo diz não a desoneração fiscal fora de Manaus, seja para produção nacional, seja para importação.... 

Hoje uma das suas maiores associadas é a Dorel (Caloi, Cannondale, Schwinn, Mongoose, GT), que faz um lobbyng fudido dentro do congresso para que não isentem os impostos no segmento...

O que ela ganha com isso? Alguns falam, mas se tiver isenção no Brasil ela vai gastar menos com impostos.... Mais benefícios poderiam atrais mais fabricantes para o brasil, trazendo mais  concorrentes em um mercado que ela ja esta estabelecida... 

Eles Trazem peças importada para manaus, dizem que tem uma % de nacionalização e ganham com isenções fiscais...






Editado por rafael_rtg - 13 Mar 2018 as 11:47
Voltar para o topo
christianmdt Ver Drop Down


Registrado: 08 Out 2017
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:469
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de christianmdt Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2018 as 07:49
Originalmente Postado por clovismr clovismr Escreveu:

Bom Dia.
Não é só pra bikes que a ZFM tem que ser discutida. É pra tudo.
Penso da seguinte forma: Se eu for investir numa fábrica seja lá do que for, eu iria analisar a ZFM. Só que pra valer a pena, o incentivo teria que ser MUITO  bom, senão, pra que deixar por exemplo o interior do estado de SP, onde tem-se tudo: desde rodovias, internet e correlatos, mão de obra relativamente qualificada, e mais importante: mercado consumidor na porta? 
Então eu concluo que a ZFM é coisa de pai pra filho, senão não vale a pena: ter que montar uma equipe lá do outro lado, toda logística de distribuição, mais um centro de componentes, etc. São duas unidades (no mínimo) no lugar de uma se se escolher o sudeste. E toda a distancia da fábrica até o consumidor. Isso sem considerar os fornecedores.
Portanto se a carga tributária em SP for de 50% (**), na ZFM teria que ser zero, e olha lá.
A pergunta que fica: onde eu (consumidor) ganho? Qual o benefício que chega aqui? Reserva de mercado pras multinacionais? É o que vejo. Não consigo perceber vantagem nenhuma em nenhum produto da ZFM. É no mínimo uma concorrência desleal bancada pelo estado. Na melhor das hipóteses. Por que?
Por que simplesmente é inviável você montar seu negócio na sua cidade, perto dos seus e com toda facilidade que isso significa. Por tanto, a ZFM é uma barreira disfarçada ao direito de empreender e até mesmo ao direito de ir e vir. Só pode se for na ZFM. Então não posso escolher onde posso montar meu negócio? não é muito diferente disso.

(**) - não discuto impostos por que simplesmente não sei quanto é a carga de impostos em nenhum produto. Fala-se que é exorbitante, e tem economistas que falam que não é muito diferente da Europa.
No mais, qualquer comparação deve ser feita descontando os impostos no país que se quer comparar e depois somar os nossos: exemplo: comparar com EUA, a grosso modo, pega-se o preço na internet e desconta os impostos de lá (que existem sim) e depois soma-se os nossos pra se ter idéia próxima do real.
E ZFM, qual é carga de impostos? Por que não se tem esse valor de maneira bem transparente e fácil de entender? Alguém sabe? Existe? Ou é algo pra não se saber?




Vamos la amigo.

A zfm e uma plataforma de exportacao e so.
Ela nao e feita paraos brasileiros comprarem mas para trazer empregos para uma area que nao tem nada so floresta e agua e para ajudar na balanca comercial do pais.
Outros paises tem a mesma estrutura como a china(Ziie) laos, vietnam, tailandia....
Voltar para o topo
Mockoso Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 12 Dez 2012
Brasil
Desconectado
Mensagens:1066
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mockoso Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2018 as 09:46
Então, o lance que essas decisões são todas politicagem.

Tributação é politicagem ao extremo. Você descobre que paga um monte de tributos, para sustentar ineficicência do governo, como gastos desnecessários, como esse aqui:

http://meiobit.com/381426/alcantara-cyclone-space-governo-brasileiro-vai-fechar-estatal-que-gastava-500-mil-reais-por-mes-mantendo-foguete-imaginario/

E o governo olha pra tua cara e diz... Precisamos aumentar os impostos...

A ZFM é como o christianmdt relatou, não serve para os brasileiros que estão longe de lá.
O correto é desonerar toda a indústria esportiva logo, tanto para empresas produtoras, quanto exportadoras. O ganho do governo será maior do que agora, pois, a criação de empregos diretos e indiretos junto com a criação de novas empresas (todos os 3 casos, exustem tributação do governo), vai superar em muito o que o governo arrecada com as barreiras comerciais atuais. Mas pra isso, ele precisa derrubar elas...

T+

Editado por Mockoso - 14 Mar 2018 as 09:46
Yo soy el Mock! El unico :)
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.