| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Fórum Estrada / Speed / Triathlon / Duathlon > Estrada - Speed / Track / Ciclocross
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Gravel bikes, por que vemos tão poucas?
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Gravel bikes, por que vemos tão poucas?

 Responder Responder Página  <1 456
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
MatheusLPS Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 11 Abr 2011
Ouro Branco-MG
Desconectado
Mensagens:277
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de MatheusLPS Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2019 as 16:27
Comentei sobre a Sequoia no fim do ano passado.

Esqueci de voltar aqui e dizer que acabei comprando. Tô curtindo bem. Por 6700 não achei nada melhor no sentido de gravel.

22V com grupo 105: Coroas 32x48 e cassete 11x36
Freios a disco hidráulicos 105
Rodas com 25 mm de largura interna
Pneus 700x42
11.5kg (não é leve)

No geral estou gostando muito. Tenho andado mais na terra batida do que no asfalto. Ela vai muito bem desde que não tenha muita costeleta de vaca e valetas. Não escorrega fácil. Já andei em terreno molhado de boa.

Terra batida, cascalho, pedrinhas e ela vai bem.

Para descer, precisa de cuidado. Nosso colega TheLittle já cantou a pedra. Segurar no drop com terreno ruim é perigoso. Ela vira uma cabrita.

O câmbio 105 é muio macio. Com isso, em costelas de vaca, é comum a corrente cair fora das coroas. O câmbio não tem força para manter a corrente esticada enquanto ela fica pulando.

A relação mais leve é 32x36. É pesada dependendo do terreno. Faço muita força nos estradrões de MTB aqui de MG.

Freio hidráulico muito bom.

O legal é brincar com a calibragem dos pneus 700x42 para encontrar conforto. Na terra tenho andado com 28 na frente e 35 atrás. Já andei com menos. Mas sinto a roda traseira quase batendo no chão. Isso de deve ao fato de termos pouca borracha no pneu.

A vantagem de não ter suspensão é vc aprender a passar em lugares ruins só com posicionamento corporal. Aprender a segurar no guidão sem espremer o mesmo. Sério. Só os braços dão conta de fazer esse trabalho. De novo, desde que o terreno não seja uma tranqueira.

Vou usar mais um pouco. Já estou de olho na próxima: Stigmata com 22V rival: 

https://www.santacruzbikes.com.br/stigmata
https://www.santacruzbicycles.com/en-US/stigmata

Algumas fotos:







Editado por MatheusLPS - 13 Mar 2019 as 16:34
Voltar para o topo
Degan Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Jun 2015
São Paulo
Desconectado
Mensagens:689
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Degan Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Mar 2019 as 20:08
Pelos videos parece ser bem divertido. Deu agua na boca
Voltar para o topo
leogc Ver Drop Down


Registrado: 03 Out 2014
Tijuca/RJ
Desconectado
Mensagens:124
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de leogc Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2019 as 09:20
belo review. parabens.

eu uso um apex1 da sram, não sinto essa dificuldade da corrente batendo. não seria o caso de deixar a corrente um pouco menor?

eu já quase comprei uma stigmata...era meu sonho até aparecer a promoção que eu comprei minha planetx
Voltar para o topo
lvieira1 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 09 Mai 2018
São Paulo - SP
Desconectado
Mensagens:28
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de lvieira1 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2019 as 14:18
Não tenho uma gravel, por isso falo só pelo que li ou pelos videos em diversos sites de pessoas que andam de gravel.

Colocando de lado o fator preço, que nas opções atuais do Brasil acho todas muito caras  pelo que entregam . 

Minha conclusão é que a bike aqui no Brasil, tem sua utilidade, porém um diferente pela qual foi concebida quando a desenvolveram.

Acho que as gravel foram pensadas para uma realidade principalmente da Europa, onde as estradas de terra, e mesmo as chamadas trilhas leves,  são um "tapete" e a também topografia ajuda com poucas subidas fortes. Em condições ideais assim, realmente a gravel dá um pau em qualquer MTB.

Aqui no Brasil acho que a gravel seria ideal pra andar na cidade com o nosso asfalto horroroso como é. Além do guidão drop ser ótimo para "navegar" entre os carros no transito. Porém pra uso na terra aqui no Brasil, com as fortes chuvas, erosões gigantescas, pedras soltas e subida pra todo lado, a gravel seria sofrível no conforto, no controle e faltaria marcha leve pra encarar paredões. Pra isso a velha e boa MTB atenderia melhor.

Abraços.
Voltar para o topo
TheLittle Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Jun 2005
Rio
Desconectado
Mensagens:4299
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de TheLittle Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2019 as 20:26
Originalmente Postado por lvieira1 lvieira1 Escreveu:

Não tenho uma gravel, por isso falo só pelo que li ou pelos videos em diversos sites de pessoas que andam de gravel.

Colocando de lado o fator preço, que nas opções atuais do Brasil acho todas muito caras  pelo que entregam . 

Minha conclusão é que a bike aqui no Brasil, tem sua utilidade, porém um diferente pela qual foi concebida quando a desenvolveram.

Acho que as gravel foram pensadas para uma realidade principalmente da Europa, onde as estradas de terra, e mesmo as chamadas trilhas leves,  são um "tapete" e a também topografia ajuda com poucas subidas fortes. Em condições ideais assim, realmente a gravel dá um pau em qualquer MTB.

Aqui no Brasil acho que a gravel seria ideal pra andar na cidade com o nosso asfalto horroroso como é. Além do guidão drop ser ótimo para "navegar" entre os carros no transito. Porém pra uso na terra aqui no Brasil, com as fortes chuvas, erosões gigantescas, pedras soltas e subida pra todo lado, a gravel seria sofrível no conforto, no controle e faltaria marcha leve pra encarar paredões. Pra isso a velha e boa MTB atenderia melhor.

Abraços.

exatamente isso amigo, matou a charada.

por isso to me desfazendo da minha, não consigo andar na velocidade que gosto nos lugares que tem aqui pra andar.
se um dia for morar num lugar que tem muito estradão eu monto ou compro outra novamente.

agora estou fazendo um quadro 29 e 275 plus  com geometria trail pra 120mm de curso, que pode ser uma XC com um garfo mais baixo (100mm),  ou até uma Enduro com garfo maior (140 ou 150 de curso).
---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Drop Bar 29er
Voltar para o topo
Hugobh77 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 03 Jul 2015
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1565
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Hugobh77 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Mar 2019 as 22:14
A questão de ter ou não uma gravel na minha opinião deve estar ligada a alguns fatores.

Região onde mora: eu era de Belo Horizonte, lá não fazia sentido, mas hoje moro em Manhuaçu, zona da Mata mineira, região produtora de café com muitas serras e estradão pra todo lado, o mais próximo de minha casa fica a uns 800mts e liga em outros infinitos estradões. Se ficar cortando a região roda 80km fácil sem pegar asfalto. A maior parte das estradas principais ficam em boas condições pois o pessoal precisa escoar a produção.

Objetivo: se for algo mais contemplativo, andar de boa, cicloturismo, ela vai atender de sobra. Se for socar a bota igual ao Thelittle aí pode ser que aqui no BR as coisas se compliquem se não tiver uma boa disponibilidade de rotas, pode ficar tedioso.
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2060
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Mar 2019 as 13:01
Eu encaro Hugo, que isso é para quem quer e/ou precisa rodar fora das estradas.
Ainda ontem meu amigo dizia que tudo aponta que eu vá vender a MTB, e pegar uma road. O que nunca foi segredo, mas dada as circunstâncias não convém, tanto pensando em preservar minha integridade, como pensando em não me limitar...
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
Hugobh77 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 03 Jul 2015
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1565
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Hugobh77 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Mar 2019 as 13:16
No seu caso Ismah, deve até ser mais conveniente a região sul, acredito eu, que por ter grande influência de imigrantes tem muitas regiões que produzem algo ou criam, sendo assim as estradas que se tem são relativamente boas. E também existe a questão do perfil de cada pessoa que se identifica ou não com o gravel. Você parece ser um cara bem alternativo, não é de seguir a manada. Estou dizendo isso no melhor sentido possível.

Editado por Hugobh77 - 15 Mar 2019 as 13:17
Voltar para o topo
muringuets Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 02 Out 2014
São Carlos
Desconectado
Mensagens:241
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de muringuets Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 15 Mar 2019 as 23:01
Originalmente Postado por MatheusLPS MatheusLPS Escreveu:

Comentei sobre a Sequoia no fim do ano passado.

Acho que vi essa foto no forum hardmob, fiquei bem curioso pra saber que bike que era... descobri hauahuahauhauaha

Parabéns pela magrela, muito massa!!!!
=]
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2060
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Mar 2019 as 00:46
Originalmente Postado por Hugobh77 Hugobh77 Escreveu:

No seu caso Ismah, deve até ser mais conveniente a região sul, acredito eu, que por ter grande influência de imigrantes tem muitas regiões que produzem algo ou criam, sendo assim as estradas que se tem são relativamente boas. E também existe a questão do perfil de cada pessoa que se identifica ou não com o gravel. Você parece ser um cara bem alternativo, não é de seguir a manada. Estou dizendo isso no melhor sentido possível.


Sim e não... Aqui há de fato caminhos rurais relativamente bons, a natureza é que não coopera. Com o relevo inclinado, acaba havendo bastante erosão que abre valas, e a terra relativamente arenosa derivada da erosão das rochas, tende a fazer buraco... E buraco grande, que dá pra entrar com a bike inteira...
Porém, há um fator bastante específico... Aqui é interior, mas é urbano. A maioria vive do trabalho em fábricas diversas, e no que gira em torno disso.
Não existem grandes plantações, como na região norte e sul do estado. Não que não existam plantações, mas desconheço alguma plantação de mais de 10 hectares. São pequenas propriedades no geral, exatamente como na Europa. E como são pequenas propriedades, praticamente não há mecanização, e logo não há trânsito de máquinas, e caminhões para escoar a produção...

Sem modéstia, fui visitar a cidade vizinha, São Vendelino (co-irmã da germânica Sankt Wendel), que normalmente não vou até o centro... Me senti exatamente como no interior da Alemanha... É rural, mas é urbanizado. Bem longe da realidade de grande parte dos lugares que conheci - e às vezes me esqueço disso - onde ou tu é o fazendeiro, ou tu é funcionário do fazendeiro...

Por consequência disso, existe até o hábito de jogar cascalho, brita e demais nas estradas, que é coisa de europeu aparentemente. Não vi isso nas estradas fora da região de colonização ítalo-alemã. Sem falar, que boa parte é pavimentada de forma rudimentar, já a muitos anos. Por exemplo, nas terras de um amigo, existem em torno de uns 50 km de estrada, e que dos 60 da mãe dele, não lembra quando foram abertas. Tudo possui uma camada de uns 5 cm de pedras.
Em parte o relevo e os produtos cultivados que exigem isso.

Tenho sempre uma certa convicção quando faço coisas alternativas, e partindo de um argumento concreto, para justificar a escolha. Pegue o 2x7 como exemplo, realmente não sabia se ia dar certo. Se iria dar errado, as consequências eram nulas, logo valia tentar... O argumento era a unanimidade, de que uma coroa 44 é obsoleta para as rodas 29, numa circunstância off-road.



Quanto a ser alternativo... Ainda que fosse no sentido pejorativo, isso não me incomodaria... LOL
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
Hugobh77 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 03 Jul 2015
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1565
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Hugobh77 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Mar 2019 as 09:54

Sim e não... Aqui há de fato caminhos rurais relativamente bons, a natureza é que não coopera. Com o relevo inclinado, acaba havendo bastante erosão que abre valas, e a terra relativamente arenosa derivada da erosão das rochas, tende a fazer buraco... E buraco grande, que dá pra entrar com a bike inteira...


Você tocou em um outro fator determinante, onde morava em Santa Luzia (RMBH) o solo era predominantemente arenoso com cascalho de quartzo, corta que é uma beleza, então é sempre aquele estradão seco de cascalho bem solto com pouca lama e muita erosão. Já aqui onde estou morando é aquela terra "preta" boa para cultivo, as estradas são bem compactadas, menos erosão sendo mais propício para utilização de uma gravel ou qualquer outra com garfo rígido.

De acordo com o restante do relato vale ressaltar que a escolha da bike tem que estar ligada a região onde se pretende pedalar ou mora até porque generalizar que no Brasil não tem lugares pra andar com uma gravel em sua plena essência é um erro, estamos em um país de dimensões continentais. Pense lá pro lado de Goiás onde tem fazendas enormes e um relevo mais plano.

Editado por Hugobh77 - 16 Mar 2019 as 09:54
Voltar para o topo
TheLittle Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Jun 2005
Rio
Desconectado
Mensagens:4299
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TheLittle Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Mar 2019 as 21:02
Originalmente Postado por Hugobh77 Hugobh77 Escreveu:


Sim e não... Aqui há de fato caminhos rurais relativamente bons, a natureza é que não coopera. Com o relevo inclinado, acaba havendo bastante erosão que abre valas, e a terra relativamente arenosa derivada da erosão das rochas, tende a fazer buraco... E buraco grande, que dá pra entrar com a bike inteira...


Você tocou em um outro fator determinante, onde morava em Santa Luzia (RMBH) o solo era predominantemente arenoso com cascalho de quartzo, corta que é uma beleza, então é sempre aquele estradão seco de cascalho bem solto com pouca lama e muita erosão. Já aqui onde estou morando é aquela terra "preta" boa para cultivo, as estradas são bem compactadas, menos erosão sendo mais propício para utilização de uma gravel ou qualquer outra com garfo rígido.

De acordo com o restante do relato vale ressaltar que a escolha da bike tem que estar ligada a região onde se pretende pedalar ou mora até porque generalizar que no Brasil não tem lugares pra andar com uma gravel em sua plena essência é um erro, estamos em um país de dimensões continentais. Pense lá pro lado de Goiás onde tem fazendas enormes e um relevo mais plano.


no interior do MT onde minha família mora ate tem bastante estrada boa. mas é muita areia. So daria certo uma gravel como a minha q aceita pneuzao. pneu fininho (menos de 2 polegadas) sem chance...
---------------------------
Santacruz Nomad 3 CC
Santacruz Hightower C
Miyamura Drop Bar 29er
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2060
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Mar 2019 as 08:46
Não duvidando do seu relato, mas encarando a realidade que criamos referência dentro dos carros geralmente... É nessa vem as bizarras colocações de alguém querendo suspensão (que não custe mui) para andar na calçada... Então, fica a pergunta: estrada boa em qual condição? Carro? Caminhão?

Essa mesma questão, frente a grande popularidade das MTB's e os argumentos sólidos (sic) que fazem delas as melhores (sic) para qualquer situação, ainda que com bike fit errado (sic), são uma barreira gigantesca a ser transposta...

Eu já encaro que a gravel, é muito problemática num solo que tenda a fazer barro. Com a "MTB", já é difícil de passar num trecho de barro muito macio - tu vira passageiro na hora!
No seco, acredito que a alta pressão dos pneus mais finos, acabe anulando os problemas com cortes de um terreno com cristais... Vale dizer que em MTB, os compostos sempre são bastante macios, visando melhor deformação e consequente maior área de contato com o solo.




Editado por Ismah/Cabelo - 18 Mar 2019 as 08:48
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
Hugobh77 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 03 Jul 2015
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1565
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Hugobh77 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Mar 2019 as 11:42
O assunto é polêmico, diante de perfis, preferências, experiências e realidades dos mais variados tipos, não é correto fazer qualquer tipo de afirmação. Ismah, você também está participando do tópico do mito do pneu Slick, acho que aqui caímos na mesma situação. Fica muito difícil estabelecer um parâmetro como verdade. A questão da lama que citou é uma situação que afeta mesmo, tanto é que existem pneus para as mais diversas situações. Nós é que não temos condições de ter vários pares de pneu, uma bike para cada ocasião de pedal e quem dirá carro. Se for olhar os tipos de pedais que posso fazer aqui na região teria que ter umas quatro bikes específicas e a de comprar pão. Às vezes enganamos nós mesmos.
Voltar para o topo
MatheusLPS Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 11 Abr 2011
Ouro Branco-MG
Desconectado
Mensagens:277
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de MatheusLPS Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Mar 2019 as 16:02
Originalmente Postado por Hugobh77 Hugobh77 Escreveu:

O assunto é polêmico, diante de perfis, preferências, experiências e realidades dos mais variados tipos, não é correto fazer qualquer tipo de afirmação. Ismah, você também está participando do tópico do mito do pneu Slick, acho que aqui caímos na mesma situação. Fica muito difícil estabelecer um parâmetro como verdade. A questão da lama que citou é uma situação que afeta mesmo, tanto é que existem pneus para as mais diversas situações. Nós é que não temos condições de ter vários pares de pneu, uma bike para cada ocasião de pedal e quem dirá carro. Se for olhar os tipos de pedais que posso fazer aqui na região teria que ter umas quatro bikes específicas e a de comprar pão. Às vezes enganamos nós mesmos.

Gostei da resposta.

Alem de não podermos ditar regras, o próprio movimento Gravel possui diversas vertentes.

Para variar, aqui no BR não temos muitas opções de Gravel. Lá fora, vc tem gravel bikes com intuito competitivo, se aproximando das ciclocross e gravel bikes voltadas à diversão indo pro lado do cicloturismo.

Só nesse âmbito já seria difícil ditar o que é certo ou errado. O que posso sugerir é se a pessoa puder tetar uma, vale a experiencia. 

Eu mesmo já tô querendo migrar da Sequoia para outra mais rápida/leve e responsiva.

Mas os problemas irão continuar se eu avalar somente o terreno em si.
Voltar para o topo
Rogersnn Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 27 Fev 2014
São Paulo
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Rogersnn Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Mar 2019 as 16:56
Originalmente Postado por MatheusLPS MatheusLPS Escreveu:

Comentei sobre a Sequoia no fim do ano passado.

Esqueci de voltar aqui e dizer que acabei comprando. Tô curtindo bem. Por 6700 não achei nada melhor no sentido de gravel.

22V com grupo 105: Coroas 32x48 e cassete 11x36
Freios a disco hidráulicos 105
Rodas com 25 mm de largura interna
Pneus 700x42
11.5kg (não é leve)

No geral estou gostando muito. Tenho andado mais na terra batida do que no asfalto. Ela vai muito bem desde que não tenha muita costeleta de vaca e valetas. Não escorrega fácil. Já andei em terreno molhado de boa.

Terra batida, cascalho, pedrinhas e ela vai bem.

Para descer, precisa de cuidado. Nosso colega TheLittle já cantou a pedra. Segurar no drop com terreno ruim é perigoso. Ela vira uma cabrita.

O câmbio 105 é muio macio. Com isso, em costelas de vaca, é comum a corrente cair fora das coroas. O câmbio não tem força para manter a corrente esticada enquanto ela fica pulando.

A relação mais leve é 32x36. É pesada dependendo do terreno. Faço muita força nos estradrões de MTB aqui de MG.

Freio hidráulico muito bom.




Qual é o modelo desse pneu??? Pra rodar unicamente no asfalto é uma boa???
Voltar para o topo
Hugobh77 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 03 Jul 2015
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1565
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Hugobh77 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Mar 2019 as 19:43
Gente estou precisando de uma sugestão de guidão drop para colocar na minha híbrida, até tentei fazer a compra no site da alpikit deste modelo aqui
https://www.alpkit.com/products/love-mud-spitfire

Só que meu bendito cartão não autorizou, até pesquisei no Google e parece ser recorrente no cartão Santander bloquear compras em sites do exterior e não tô com saco pra ligar, já li alguns relatos que mesmo ligando a situação não se resolve.

Outra opção que considerei foi o FSA adventure, mas só achei de 400mm a 210,00.
Tá sobrando o Specialized Hover que fica por 300 pilas no próprio site da Specialized.

A preferência seria um guidão flare com ângulo até uns 15 graus, mais que isso acho estranho.

Será que um guidão compacto road de 440mm atenderia?

Uma opção mais em conta que encontrei foi um da zoom.
https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1185129307-guidao-speed-alum-318x440mm-preto-zoom-_JM

Minha medida dos ombros é de 400mm, mas não pretendo ter uma posição Race e sim conforto.
Voltar para o topo
MatheusLPS Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 11 Abr 2011
Ouro Branco-MG
Desconectado
Mensagens:277
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de MatheusLPS Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Mar 2019 as 20:03
Originalmente Postado por Rogersnn Rogersnn Escreveu:

Qual é o modelo desse pneu??? Pra rodar unicamente no asfalto é uma boa???


Eapecialized Sawtooth. 700x42. Muito bom no asfalto. Tenho rodado com 50 psi e fica legal.
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2060
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: Ontem as 01:49
Não quis ir tão afundo, apenas dizer que as pessoas criaram esterótipos de várias coisas. Hoje coloquei média de 23,... kph, o que certamente não seria tão mais alto de speed. E olha que considerei os pneus murchos.
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo

 Responder Responder Página  <1 456
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.