| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | CLASSIFICADOS | COMUNIDADE | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Fórum Principal
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Esse quadro tem salvação? Nishiki Cascade
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiencia no site. Ao continuar navegando voce concorda com a nossa politica de privacidade.


Esse quadro tem salvação? Nishiki Cascade

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Esse quadro tem salvação? Nishiki Cascade
    Enviado: 07 Jun 2018 as 11:02
Fala, galera!

Sou novo no fórum e no mundo das bikes!
Voltei a pedalar tem cerca de 2 meses, e como sou do Rio tenho sempre usado a Bike do Itau, mas com tenho feito alguns pedais de 30k a 60km, tô querendo uma bike melhor que que não tenha que ficar pagando multa a cada hora haha

Acontece que meu pai tem uma Nishiki Cascade (fotos abaixo), que ficou MUITOS anos parada, e boa parte desse tempo numa casa de praia, então a bicicleta tá toda detonada, cheia de ferrugem e tal...
Queria saber se da pra recuperar o quadro ou mais alguma coisa?

Não achei muita coisa sobre essa marca/quadro, tinha vontade de ou deixar ela SS/fixa ou mista.
O problema é que não consegui identificar direito o tamanho do quadro, acho que ele é pequeno pra mim, tenho 1,87m -  então nem queria investir muito, se tiver como salvá-la.

Desde já, agradeço a todos e peço desculpas se tiver postado algo errado.
Abs!
















Voltar para o topo
João Frango Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Jun 2013
Diadema/SP
Desconectado
Mensagens:1392
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de João Frango Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 11:20
Esse quadro parece de Cromoly, se for é um verdadeiro achado, eu sou doido pra encontrar um destes pra montar com cubo Nexus e correia dentada.

O quadro e o garfo imagino ter salvação sim, da pra montar uma bike bem legal com eles, sobre o tamanho só voce mesmo pra sentir se vai te servir ou não.

Se nao te servir doe ou venda eles pois merecem ser usados, coisa boa que não encontramos mais hoje
Voltar para o topo
joaoandre1990 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Mai 2017
Maringá - PR
Desconectado
Mensagens:685
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de joaoandre1990 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 12:48
Meu amigo, se não servir pra você pode mandar aqui pra casa que pra mim serve!

Dá pra montar uma bike legal sim. Seja single, seja com Nexus (igual as do Itau), sai um projetinho bem bacana com certeza!

Quanto ao tamanho procure pelo termo "Bikefit" usando a busca do fórum, leia o tópico e tire as medidas, você vai saber se serve ou não... E mesmo assim se ficar pouca coisa fora do seu tamanho ainda podem ser feitas algumas adaptações ainda pra chegar no tamanho ideal.

Editado por joaoandre1990 - 07 Jun 2018 as 12:49
NO GEARS, NO PROBLEMS!
Voltar para o topo
arpassero Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 06 Mar 2014
santa catarina
Desconectado
Mensagens:31
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de arpassero Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 14:31
PrA mim a caloi já ajudava também. ....
Voltar para o topo
misera Ver Drop Down


Registrado: 07 Jul 2015
belo horizonte
Desconectado
Mensagens:3230
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de misera Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 14:47
Foda é essa mesa gigantesca ai , tenho a impressão que pro seu tamanho vai ser pequena.
Mais tira o bikefit virtual e ve , se servir dá sim pra por ela pra andar.
Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 15:46
Originalmente Postado por João Frango João Frango Escreveu:

Esse quadro parece de Cromoly, se for é um verdadeiro achado, eu sou doido pra encontrar um destes pra montar com cubo Nexus e correia dentada.

O quadro e o garfo imagino ter salvação sim, da pra montar uma bike bem legal com eles, sobre o tamanho só voce mesmo pra sentir se vai te servir ou não.

Se nao te servir doe ou venda eles pois merecem ser usados, coisa boa que não encontramos mais hoje

Então, João, tem como identificar o material no quadro? Única coisa que sei é que foi comprado na década de 90 nos EUA. Vou ver se esse fds vou desmontando e limpando o que da nela e aproveito pego todas as medidas.

Tô querendo mesmo fazer algo simples, uma single que gaste pouco (porque agora tô sem grana pra investir), resumindo, queria mexer o mínimo nela, até pra conseguir andar e ver se vai dar pra quebrar o galho ou se vou ter que comprar uma mesmo... 


Originalmente Postado por joaoandre1990 joaoandre1990 Escreveu:

Meu amigo, se não servir pra você pode mandar aqui pra casa que pra mim serve!  

Dá pra montar uma bike legal sim. Seja single, seja com Nexus (igual as do Itau), sai um projetinho bem bacana com certeza!

Quanto ao tamanho procure pelo termo "Bikefit" usando a busca do fórum, leia o tópico e tire as medidas, você vai saber se serve ou não... E mesmo assim se ficar pouca coisa fora do seu tamanho ainda podem ser feitas algumas adaptações ainda pra chegar no tamanho ideal.

Eu cheguei a pesquisar bikefit, tirei minhas medidas e tal, mas ainda tô um pouco confuso na bike onde medir o top tube, medi do canote a base da mesa, mas acho que era pra ter medido até o guidão... (ainda to aprendendo todos os nomes haha)

Originalmente Postado por arpassero arpassero Escreveu:

PrA mim a caloi já ajudava também. ....

Rapaz, a foto tirei aqui no bicicletário do meu prédio, essa Caloi é de algum vizinho hehe


Originalmente Postado por misera misera Escreveu:

Foda é essa mesa gigantesca ai , tenho a impressão que pro seu tamanho vai ser pequena.
Mais tira o bikefit virtual e ve , se servir dá sim pra por ela pra andar.

Tenho essa impressão também, até porque meu pai tem 1,80m mais ou menos.
Eu cheguei a fazer o virtual, vou comparar com as medidas da bike!
Voltar para o topo
joaoandre1990 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Mai 2017
Maringá - PR
Desconectado
Mensagens:685
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de joaoandre1990 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 16:48
Do canote ao guidão = TOP TUBE: mede-se do centro do buraco de encaixe do canote ao centro do buraco de encaixe da mesa.

Do canote ao movimento central (onde encaixa o pedivela) = SEAT TUBE: mede-se do centro do buraco de encaixe do movimento central ao centro da junção entre o seat tube e o top tube.

Deu pra entender?
NO GEARS, NO PROBLEMS!
Voltar para o topo
joaoandre1990 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Mai 2017
Maringá - PR
Desconectado
Mensagens:685
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de joaoandre1990 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 16:49
Já que você vai desmontar ela deixa pra medir quando tiver desmontada. Fica bem mais fácil e proporciona uma medição mais confiável.
NO GEARS, NO PROBLEMS!
Voltar para o topo
Gryphon Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Jun 2016
São Paulo
Desconectado
Mensagens:805
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Gryphon Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 18:12
Com tanta ferrugem, preocupa o estado dos tubos internamente. Se for de cromoly, os tubos são pouco mais que uma casca de aço e qualquer corrosão é problemática.

Não vai ter jeito. Vai ter de desmontar e ver o que dá para fazer.

Tem que ver o que é possível fazer com as peças enferrujadas. Algumas são facilmente recuperáveis, como as pedivelas, mas tem de ver como está o resto. O câmbio traseiro, por exemplo, se for recuperável, vai dar muito trabalho.

Acredito que esta seja uma bike de projeto de reforma.  Vai custar mais caro que uma bike nova, mas acho que o resutado final será uma bike descolada, diferente de todas as dos seus colegas e vizinhos.

Muita coisa nela pode ser atualizada. Freios cantilever podem ser trocados por V-Brake. Rodas com aros de folha simples por rodas novas, de folha dupla e talvez até raios em inox. E assim por diante.
Não vi muita ferrugem além da superficial no quadro e é possível até preservar a pintura original desde que se aceite alguns pontos dela já perdidos para a ferrugem. O visual ficaria então num estilo meio "rat rod".
Voltar para o topo
hurry-gurits Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 13 Out 2015
são paulo
Desconectado
Mensagens:1557
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de hurry-gurits Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 23:06
O ideal mesmo, para ter 100% de certeza seria remover toda a pintura e fazer uma verificação bem criteriosa do quadro, cito como exemplo, um amigo estava com o projeto de fazer uma bike para nossa  cicloviagem, tinha uma trek antiga, da mesma epoca da sua meio da decada de 90 , começou o projeto, recuperando as peças e garimpando o que não conseguiu recuperar, na hora que já tinha tudo na mão,  foi remover a tinta do quadro para fazer uma pintura nova, foi a sorte e azar ao mesmo tempo, muita ferrugem por baixo da tinta, depois de remover o quadro todo poroso pela ação da ferrugem, perdeu o quadro e as peças que tinha comprado e recuperado, foram usadas em outro projeto muito tempo depois.

Começe pelo quadro, se ele estiver ok, ai passe para a próxima fase.
scott single track 95 cromo
khs 204 full 2012 - R.I.P.
khs sixfifty 2500 - 2014
Mongoose XR PRO - 2016
GT Sanction Pro - 2015
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 07 Jun 2018 as 23:44
Originalmente Postado por Jricardojr Jricardojr Escreveu:

Fala, galera!

Sou novo no fórum e no mundo das bikes!
Voltei a pedalar tem cerca de 2 meses, e como sou do Rio tenho sempre usado a Bike do Itau, mas com tenho feito alguns pedais de 30k a 60km, tô querendo uma bike melhor que que não tenha que ficar pagando multa a cada hora haha

Acontece que meu pai tem uma Nishiki Cascade (fotos abaixo), que ficou MUITOS anos parada, e boa parte desse tempo numa casa de praia, então a bicicleta tá toda detonada, cheia de ferrugem e tal...
Queria saber se da pra recuperar o quadro ou mais alguma coisa?

Não achei muita coisa sobre essa marca/quadro, tinha vontade de ou deixar ela SS/fixa ou mista.
O problema é que não consegui identificar direito o tamanho do quadro, acho que ele é pequeno pra mim, tenho 1,87m -  então nem queria investir muito, se tiver como salvá-la.

Desde já, agradeço a todos e peço desculpas se tiver postado algo errado.
Abs!


















Olá Jricardojr. Na minha fissura por bikes e vendo as fotos posso estar enganado mas ela me parece ser quadro 17 q é meu tamanho. Tenho 1.76 cm. Sempre tive vontade de achar um quadro desse. Apesar do risco envolvido de ferrugem interna - me matou de dó ver o câmbio traseiro " Full rust" - talvez seja razoável recuperá- lá. Acho q só quadro/pedivela/mesa se salvam. Há tbm a possibilidade do canote de selim ter travado. Veja na pesquisa do fórum " solda fria" e suas soluções de tirar o canote. Agora vou te incomodar
Querendo é dependendo do frete q anda meio caro, troco no CEGO esse quadro por um meu de Alumínio 7005 de 1 ano de uso que está anunciado aqui no pedal fórum.

Mas se existir interesse a negociação tem que ser por lá em respeito às regras do fórum. As informações dele estão bem detalhadas, veja:
Tens coragem? : ))
https://www.pedal.com.br/forum/topic93852_post1546489.html#1546489

Independente da resposta, vá colocando suas impressões e escolha bem quem vai por a mão nesse quadro pra retirar as peças vai dar muito trabalho mas NÃO aceite marreta. Paciência é necessária. Boa sorte e qualquer que seja sua resposta me avise no link que te passei
Boa sorte.


Editado por Ligeirinho - 07 Jun 2018 as 23:46
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 00:17
Em tempo: Não vi fotos, mas talvez aros/cubos tbm se salvem provável serem de alumínio. 
Aliás, é  impressão minha ou a quarta foto no adesivo se informa" parede fina" do quadro?
Aí F*: parede fina + ferrugem! Zoeira.. 
Mas o verdadeiro critério tem que ser "olho" e como disseram acima, provavelmente só depois de desmontado e retirado a tinta EXCETO se vc perceber um solidez muito expressiva no quadro.
Por fim JRicardojr, se usar NEXUS será necessário tensionador de corrente, tem foto aí que mostra que a gancheira é vertical.  NEXUS sem tensionador de corrente só se usa em quadro de gancheira horizontal igual as laranjinhas antigas. As novas tem gancheira horizontal e adaptador.




Editado por Ligeirinho - 08 Jun 2018 as 00:28
Voltar para o topo
João Frango Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Jun 2013
Diadema/SP
Desconectado
Mensagens:1392
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de João Frango Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 14:25
Eu queria um quadro com este tipo de chainstay pra fazer igual este membro aqui do fórum fez, mas eu usaria um Nexus de 5v pois pego muita ladeira no percurso e não gosto de empurrar, o kit de correia dele vem com um tensionador incluso, e assim só me preocupar com a calibragem dos pneus e as sapatas de freio LOL

Voltar para o topo
klhada Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Set 2008
São Paulo
Desconectado
Mensagens:3208
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de klhada Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 14:44
é de cr-mo sim. O adesivo diz 4130 Thin wall butted tubing. Ou seja, não só é cr-mo, como é do bão (dava pra ver também pelo trocador Deore XT). Na sua época foi uma bela bike.

Eu tbm acho que pelo estado visual do quadro, ele está bom. Mas como o câmbio e corrente estão em situação deplorável, realmente o melhor seria desmontar, levar em alguém que manja pra avaliar, e dependendo jatear e pintar de novo. Se estiver integro, dá pra montar uma bike bem legal sem se preocupar por um bom tempo. 
Voltar para o topo
Binotto Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 08 Dez 2011
Blumenau
Desconectado
Mensagens:876
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Binotto Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 15:35
Essa bike é das primeiras mtb início decada de 90. 
Já tive GT em Cromoly na época, eo que aprendi sobre estes quadros é que, deve-se cuidar com a ferrugem interna.
Essa bike vale uma boa grana se reformada. Tempos que tínhamos muitas mtb made in USA. Excetp pelo banco ela parece estar toda original.
Interessante que minha primeira GT 1995 era DEORE DX 8 velocidades. Essa daí é deore XT 7 velocidades, bem mais antiga. Legal essa nova geração ovomaltine 12 velocidades ver esse tipo de coisa hahahaha e olha que fazíamos 200 km em um dia de pedal, sem problemas, era tudo 3x7, 3x8 jovens.
Bela bike se puder reforme ela.
Voltar para o topo
Gryphon Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Jun 2016
São Paulo
Desconectado
Mensagens:805
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Gryphon Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 15:38
Originalmente Postado por klhada klhada Escreveu:

é de cr-mo sim. O adesivo diz 4130 Thin wall butted tubing. Ou seja, não só é cr-mo, como é do bão (dava pra ver também pelo trocador Deore XT). Na sua época foi uma bela bike.

Eu tbm acho que pelo estado visual do quadro, ele está bom. Mas como o câmbio e corrente estão em situação deplorável, realmente o melhor seria desmontar, levar em alguém que manja pra avaliar, e dependendo jatear e pintar de novo. Se estiver integro, dá pra montar uma bike bem legal sem se preocupar por um bom tempo. 


Eu não seria tão enfático quanto ao estado do quadro.

Quando a ferrugem se estabelece sob uma pintura, a ferrugem esfarela, tem maior volume que o ferro ou aço e ela tem maior coeficiente de dilatação térmica. Como a ferrugem precisa colocar oxigênio em contato com o ferro, ela inicia sempre na interface entre o aço e a pintura.
Conforme a ferrugem se estabelece, o esquenta-e-esfria faz a ferrugem se expandir e depois se contrair. Como ela esfarela, a expansão e contração são semelhantes ao de uma esponja. Quando expande, trás mais oxigênio para junto do ferro e descola a tinta do material. É assim que a ferrugem se propaga por baixo da tinta.
A tinta original de fábrica tem espessura muito pequena, da ordem de 0,5 mm, e isso torna bem visível qualquer ferrugem oculta um pouco mais significativa.

As fotos não são claras o bastante, mas pelo que dá para ver, há vários pontos de ferrugem ao longo do quadro. Isso indica um processo de desgaste da pintura chamado "craterização", onde a pintura sofre uma corrosão em forma de poros que chegam até o ferro do quadro. Com o poro, o metal exposto oxida e deixa aflorar um pontinho de ferrugem.

O problema da craterização é que se você só fizer uma limpeza de quadro e aplicar um verniz por cima pensando em evitar a ampliação da ferrugem, é que já tem oxigênio no fundo da cratera e o processo de corrosão não vai parar. O ponto de ferrugem pode continuar a crescer por conta própria até romper novamente o verniz e o problema voltar a se agravar.

É possível preservar a pintura original? É. Mas tem técnicas para isso.
Uma delas é deixar o quadro bem frio para a contração máxima da ferrugem, aplica-se um conversor de ferrugem sobre todos os poros e em seguida se expõe o quadro à luz forte do sol para aquecer. Isso faz a ferrugem "chupar" o conversor em profundidade. Mas nem esses métodos são garantidos.

O certo é lixar o quadro, deixando ele em metal brilhante, e faz-se uma boa pintura automotiva por cima.

Este é parte do problema.
Às vezes, o quadro por fora está bom, mas e por dentro?
Não podemos esquecer que essa bicicleta ficou nesse estado por causa da maresia. Por melhor que seja o processo de fabricação do quadro, ele não é pintado por dentro. Ele deve ter recebido algum tipo de proteção, mas não se compara com a proteção externa da pintura.
Essa bicicleta ficou encostada num canto sob a ação da maresia. O ar dentro dos canos não é renovado com os ventos como ocorre do lado de fora. Assim, qualquer precipitação salina fica permanentemente em contato com o material. O esquenta-e-esfria expulsa ar quente e seco e absorve ar frio úmido para dentro do quadro. As chances de ferrugem pelo lado de dentro dos canos do quadro são muito maiores que de fora para dentro.

Qual é o jeito então?
Tem que desmontar a bike inteira e fazer uma inspeção. Tem de olhar nos tubos abertos para termos uma noção do estado interno geral. Partes como o seat tube, movimento central e head tube dão boas indicações. Pegar uma pequena chave de aço e dar batidas de leve ao longo de todo comprimento do tubo indica pelo som a existência de pontos mais finos. Há até quem injete um gás colorido dentro de cada tubo e observa por onde esse gás vaza. Se o tubo vazar onde não deve, indica que a ferrugem já perfurou o tubo e ele está inútil.

É por aí que se faz esse tipo de verificação.
Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 19:44
Originalmente Postado por joaoandre1990 joaoandre1990 Escreveu:

Do canote ao guidão = TOP TUBE: mede-se do centro do buraco de encaixe do canote ao centro do buraco de encaixe da mesa.
Do canote ao movimento central (onde encaixa o pedivela) = SEAT TUBE: mede-se do centro do buraco de encaixe do movimento central ao centro da junção entre o seat tube e o top tube.

Deu pra entender?

Sim sim, valeu!

Originalmente Postado por Gryphon Gryphon Escreveu:

Com tanta ferrugem, preocupa o estado dos tubos internamente. Se for de cromoly, os tubos são pouco mais que uma casca de aço e qualquer corrosão é problemática.

Não vai ter jeito. Vai ter de desmontar e ver o que dá para fazer.

Tem que ver o que é possível fazer com as peças enferrujadas. Algumas são facilmente recuperáveis, como as pedivelas, mas tem de ver como está o resto. O câmbio traseiro, por exemplo, se for recuperável, vai dar muito trabalho.

Acredito que esta seja uma bike de projeto de reforma.  Vai custar mais caro que uma bike nova, mas acho que o resutado final será uma bike descolada, diferente de todas as dos seus colegas e vizinhos.

Muita coisa nela pode ser atualizada. Freios cantilever podem ser trocados por V-Brake. Rodas com aros de folha simples por rodas novas, de folha dupla e talvez até raios em inox. E assim por diante.
Não vi muita ferrugem além da superficial no quadro e é possível até preservar a pintura original desde que se aceite alguns pontos dela já perdidos para a ferrugem. O visual ficaria então num estilo meio "rat rod".


Então, eu desmontei ela hoje, vi algumas coisas que podem ser reaproveitadas, queria bastante deixar a pintura original, depois de limpar vi que é um azul bem bonito, mas tá bem judiada com tantos pontos de ferrugem, e tem esse medo de ter algum comprometimento estrutural do quadro... Queria tentar manter os freios, apesar do anel de borracha ter ressecado e as ferragens dado uma oxidada, ele parece ser estar ok e ser bom. As rodas também, são da marca Araya. 


Originalmente Postado por hurry-gurits hurry-gurits Escreveu:

O ideal mesmo, para ter 100% de certeza seria remover toda a pintura e fazer uma verificação bem criteriosa do quadro, cito como exemplo, um amigo estava com o projeto de fazer uma bike para nossa  cicloviagem, tinha uma trek antiga, da mesma epoca da sua meio da decada de 90 , começou o projeto, recuperando as peças e garimpando o que não conseguiu recuperar, na hora que já tinha tudo na mão,  foi remover a tinta do quadro para fazer uma pintura nova, foi a sorte e azar ao mesmo tempo, muita ferrugem por baixo da tinta, depois de remover o quadro todo poroso pela ação da ferrugem, perdeu o quadro e as peças que tinha comprado e recuperado, foram usadas em outro projeto muito tempo depois.

Começe pelo quadro, se ele estiver ok, ai passe para a próxima fase.

Então, como falei queria bastante deixar a pintura original e tal, mas acho que o jeito vai ser descascar a pintura e fazer uma nova mesmo! Que merda essa do teu amigo, vou ser cuidadoso pra não acontecer algo parecido


Originalmente Postado por Ligeirinho Ligeirinho Escreveu:

Olá Jricardojr. Na minha fissura por bikes e vendo as fotos posso estar enganado mas ela me parece ser quadro 17 q é meu tamanho. Tenho 1.76 cm. Sempre tive vontade de achar um quadro desse. Apesar do risco envolvido de ferrugem interna - me matou de dó ver o câmbio traseiro " Full rust"  - talvez seja razoável recuperá- lá. Acho q só quadro/pedivela/mesa se salvam. Há tbm a possibilidade do canote de selim ter travado. Veja na pesquisa do fórum " solda fria" e suas soluções de tirar o canote. Agora vou te incomodar  Querendo é dependendo do frete q anda meio caro, troco no CEGO esse quadro por um meu de Alumínio 7005 de 1 ano de uso que está anunciado aqui no pedal fórum.

Mas se existir interesse a negociação tem que ser por lá em respeito às regras do fórum. As informações dele estão bem detalhadas, veja:
Tens coragem? : ))
https://www.pedal.com.br/forum/topic93852_post1546489.#1546489 - https://www.pedal.com.br/forum/topic93852_post1546489.html#1546489

Independente da resposta, vá colocando suas impressões e escolha bem quem vai por a mão nesse quadro pra retirar as peças vai dar muito trabalho mas NÃO aceite marreta. Paciência é necessária. Boa sorte e qualquer que seja sua resposta me avise no link que te passei
Boa sorte.
 

Rapaz, pelo que tô vendo da pra salvar o guidão e o canote+selim tb, além da pedivela, quadro e garfo... Comecei a desmontar ela hoje com todo cuidado, vou fazer um post separado com foto e falando o que fui vendo.
Cara, agradeço a oferta, mas como a bike é do meu pai, quero mesmo reformar e andar nela, se der né! Mas boa sorte na sua venda!

Originalmente Postado por Ligeirinho Ligeirinho Escreveu:

Em tempo: Não vi fotos, mas talvez aros/cubos tbm se salvem provável serem de alumínio. 
Aliás, é  impressão minha ou a quarta foto no adesivo se informa" parede fina" do quadro?
Aí F*: parede fina + ferrugem! Zoeira.. 
Mas o verdadeiro critério tem que ser "olho" e como disseram acima, provavelmente só depois de desmontado e retirado a tinta EXCETO se vc perceber um solidez muito expressiva no quadro.
Por fim JRicardojr, se usar NEXUS será necessário tensionador de corrente, tem foto aí que mostra que a gancheira é vertical.  NEXUS sem tensionador de corrente só se usa em quadro de gancheira horizontal igual as laranjinhas antigas. As novas tem gancheira horizontal e adaptador.

Os aros se salvam sim, desmontei e vi que tão em "bom" estado... Ainda não sei na questão do grupo, o ideal seria usar o original, mas o cassete e o câmbio traseiro tão MUITO ruins de enferrujadas! Hoje em dia seria impossível conseguir um modelo igual, né?
Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 19:48
Originalmente Postado por João Frango João Frango Escreveu:

Eu queria um quadro com este tipo de chainstay pra fazer igual este membro aqui do fórum fez, mas eu usaria um Nexus de 5v pois pego muita ladeira no percurso e não gosto de empurrar, o kit de correia dele vem com um tensionador incluso, e assim só me preocupar com a calibragem dos pneus e as sapatas de freio LOL

http://www.pedal.com.br/forum/projeto-caloi-500-transmissao-por-correia-dentada_topic87572. - http://www.pedal.com.br/forum/projeto-caloi-500-transmissao-por-correia-dentada_topic87572.html


Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 19:57
Originalmente Postado por João Frango João Frango Escreveu:

Eu queria um quadro com este tipo de chainstay pra fazer igual este membro aqui do fórum fez, mas eu usaria um Nexus de 5v pois pego muita ladeira no percurso e não gosto de empurrar, o kit de correia dele vem com um tensionador incluso, e assim só me preocupar com a calibragem dos pneus e as sapatas de freio LOL

http://www.pedal.com.br/forum/projeto-caloi-500-transmissao-por-correia-dentada_topic87572. - http://www.pedal.com.br/forum/projeto-caloi-500-transmissao-por-correia-dentada_topic87572.html



Opa, vou dar uma olhada no tópico! Tô pendendo a deixar ela mais original possível, mas vou ver como as coisas desenvolvem!

Originalmente Postado por klhada klhada Escreveu:

é de cr-mo sim. O adesivo diz 4130 Thin wall butted tubing. Ou seja, não só é cr-mo, como é do bão (dava pra ver também pelo trocador Deore XT). Na sua época foi uma bela bike.

Eu tbm acho que pelo estado visual do quadro, ele está bom. Mas como o câmbio e corrente estão em situação deplorável, realmente o melhor seria desmontar, levar em alguém que manja pra avaliar, e dependendo jatear e pintar de novo. Se estiver integro, dá pra montar uma bike bem legal sem se preocupar por um bom tempo. 

Exatamente, é 4130 Thin Wall Butted Tubing que diz no adesivo! Uma pena a bike ter sido TOP e mal cuidada, se eu soubesse antes hehe
No trocador diz Deore XT Light Action SIS, tem uma alavanca pequena pra encaixar no SIS e F, não sei do que se trata>>>


Originalmente Postado por Binotto Binotto Escreveu:

Essa bike é das primeiras mtb início decada de 90. 
Já tive GT em Cromoly na época, eo que aprendi sobre estes quadros é que, deve-se cuidar com a ferrugem interna.
Essa bike vale uma boa grana se reformada. Tempos que tínhamos muitas mtb made in USA. Excetp pelo banco ela parece estar toda original.
Interessante que minha primeira GT 1995 era DEORE DX 8 velocidades. Essa daí é deore XT 7 velocidades, bem mais antiga. Legal essa nova geração ovomaltine 12 velocidades ver esse tipo de coisa hahahaha e olha que fazíamos 200 km em um dia de pedal, sem problemas, era tudo 3x7, 3x8 jovens.
Bela bike se puder reforme ela.

Bem legal saber! Nem sei se essa bike já viu trilha alguma vez, não sei por onde meu pai andava haha
Comecei a desmontar ela hoje, tô animado em reformá-la sim!

Originalmente Postado por Gryphon Gryphon Escreveu:

Eu não seria tão enfático quanto ao estado do quadro.

Quando a ferrugem se estabelece sob uma pintura, a ferrugem esfarela, tem maior volume que o ferro ou aço e ela tem maior coeficiente de dilatação térmica. Como a ferrugem precisa colocar oxigênio em contato com o ferro, ela inicia sempre na interface entre o aço e a pintura.
Conforme a ferrugem se estabelece, o esquenta-e-esfria faz a ferrugem se expandir e depois se contrair. Como ela esfarela, a expansão e contração são semelhantes ao de uma esponja. Quando expande, trás mais oxigênio para junto do ferro e descola a tinta do material. É assim que a ferrugem se propaga por baixo da tinta.
A tinta original de fábrica tem espessura muito pequena, da ordem de 0,5 mm, e isso torna bem visível qualquer ferrugem oculta um pouco mais significativa.

As fotos não são claras o bastante, mas pelo que dá para ver, há vários pontos de ferrugem ao longo do quadro. Isso indica um processo de desgaste da pintura chamado "craterização", onde a pintura sofre uma corrosão em forma de poros que chegam até o ferro do quadro. Com o poro, o metal exposto oxida e deixa aflorar um pontinho de ferrugem.

O problema da craterização é que se você só fizer uma limpeza de quadro e aplicar um verniz por cima pensando em evitar a ampliação da ferrugem, é que já tem oxigênio no fundo da cratera e o processo de corrosão não vai parar. O ponto de ferrugem pode continuar a crescer por conta própria até romper novamente o verniz e o problema voltar a se agravar.

É possível preservar a pintura original? É. Mas tem técnicas para isso. 
Uma delas é deixar o quadro bem frio para a contração máxima da ferrugem, aplica-se um conversor de ferrugem sobre todos os poros e em seguida se expõe o quadro à luz forte do sol para aquecer. Isso faz a ferrugem "chupar" o conversor em profundidade. Mas nem esses métodos são garantidos.

O certo é lixar o quadro, deixando ele em metal brilhante, e faz-se uma boa pintura automotiva por cima. 

Este é parte do problema.
Às vezes, o quadro por fora está bom, mas e por dentro?
Não podemos esquecer que essa bicicleta ficou nesse estado por causa da maresia. Por melhor que seja o processo de fabricação do quadro, ele não é pintado por dentro. Ele deve ter recebido algum tipo de proteção, mas não se compara com a proteção externa da pintura.
Essa bicicleta ficou encostada num canto sob a ação da maresia. O ar dentro dos canos não é renovado com os ventos como ocorre do lado de fora. Assim, qualquer precipitação salina fica permanentemente em contato com o material. O esquenta-e-esfria expulsa ar quente e seco e absorve ar frio úmido para dentro do quadro. As chances de ferrugem pelo lado de dentro dos canos do quadro são muito maiores que de fora para dentro.

Qual é o jeito então?
Tem que desmontar a bike inteira e fazer uma inspeção. Tem de olhar nos tubos abertos para termos uma noção do estado interno geral. Partes como o seat tube, movimento central e head tube dão boas indicações. Pegar uma pequena chave de aço e dar batidas de leve ao longo de todo comprimento do tubo indica pelo som a existência de pontos mais finos. Há até quem injete um gás colorido dentro de cada tubo e observa por onde esse gás vaza. Se o tubo vazar onde não deve, indica que a ferrugem já perfurou o tubo e ele está inútil.

É por aí que se faz esse tipo de verificação.

Então, eu comecei a desmontar hoje, vi mais ou menos o que parecia ok, e vou tomar todo cuidado possível, e o que eu não me sentir seguro ou tiver dúvidas, vou tentar levar em algum lugar especializado... Só que infelizmente atualmente tô sem grana pra fazer tudo de cara, vou fazendo aos poucos!
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:16
Muito legal a explanação do Gryphon sobre o temível processo dito enferrujatório. Se é que existe essa palavra.
Jricardojr é sobre isso q falamos nos q gostamos tanto de bikes
Pra se resgatar a bike tem que por a mão na massa, limpar, observar as características e diferenças entre as peças, reconhecer padrões e sentir cheiro de graxa. Recentemente desmontei a pedido uma bike de meu amigo parada desde 97! O que seria pesadelo pra alguns pra mim é um fascinante laboratório de reconhecimento de uma das melhores época de peças mountain: os anos 90. Em 2 semanas destrinchei e limpei quase tudo. Falta apenas pedais e cubos...
Por isso se puder seria muito bom vc tirar algumas fotos desse processo. Fica a sugestão...
Em tempo: continue postando suas dúvidas. Sou sempre curioso​ com produtos dessa época.
Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:26
Então, galera, muito obrigado a todos pelas dicas, ajudas e comentários, eu não consegui esperar até amanhã e resolvi começar a desmontar a bike hoje. Eu me amarro em pôr a mão na massa e tal e tenho bastante ferramentas, então vou me aventurar em fazer o máximo possível por conta própria!

As rodas tinham aquele "quick release" (não sei o nome), aí dei uma limpada nela lá embaixo, tirei as rodas, joguei os pneus (que estavam ressecados e duros) e a corrente fora e subi com a bike:


Tiveram coisas fáceis, mas devido a ferrugem e a tanto tempo que não era mexida, foi um PARTO pra soltar as partes da bike, quebrei 3 chaves allen até dar um jeito de conseguir soltar os freios e passadores...
As rodas descobri que são da marca Araya (não conheço, mas imagino que sejam boas) e parecem estar em bom estado, pretendo mantê-las.


Os cubos que não tenho certeza, mas acho que estão mais sujos mesmo, só aquela trava "quick release" que tá bem enferrujada, aí não sei se da pra aproveitar...

Foi absurdamente difícil soltar o primeiro pedal, taquei bastante WD40, e fiz uma bruta força, mas demorou pra caralho... Idem pro parafuso da pedivela, o problema é: soltei os parafusos dos dois lados, e a porra da pedivela não sai, tá presa mesmo assim, tentei dar umas marteladas de leve com um martelo emborrachado pra ver se descolava, mas nada... Alguma ideia de como consigo soltar isso? Aparentemente tá solto, mas colado de alguma forma, tinha uma pasta branca nos parafusos.



Os componentes no geral parecem ser de boa qualidade, todos "Shimano Via Japan", inclusive queria manter os freios, será que rola?


Bom, o resumo de hoje foi esse: 


1. Não consegui soltar a mesa e consequentemente o garfo - acho que estourei a cabeça do parafuso da mesa tanta força e a merda não saia do lugar, agora tá girando meio em falso - alguém sabe se tem algo que possa ser feito?

2. Como falei acima, a pedivela mesmo soltando os parafusos, tá presa no quadro, não tô conseguindo soltar...

3. Cortei todos os cabos, imaginei que fosse fácil conseguir outros, mesmo tendo aquelas cabeças diferentes, fiz merda?

4. Tô pendendo a deixar ela mais próxima do original, talvez manter até o grupo Deore XT, dei uma olhada bem rápida no Ebay e vi que da pra achar alguns componentes. (Só os passadores Deore XT "vintage" do mesmo modelo dessa tavam 50 USD Shocked)

Bom, o resumo foi esse, vou tentar desmontar o que faltou amanhã e começar a pesquisar peças e ver como consigo salvar o que tem salvação... Minha ideia é deixar ela "andável" assim que der e depois ir melhorando as coisas que forem necessárias.
Estou aberto a sugestões, podem continuar opinando!

OFFTOPIC1: eu sem querer fiz um post sem nada, só com uma citação, tem como apagar?
OFFTOPIC2: Tô todo quebrado, mãos e costas doendo, só assim pra fechar esse dia hehe


Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:28
Voltar para o topo
misera Ver Drop Down


Registrado: 07 Jul 2015
belo horizonte
Desconectado
Mensagens:3230
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de misera Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:28
A alavanca no trocador faz com que ele fique dexindexado ou indexado , eu tive um desse deore dx e apesar de so ter 6 marcacoes pintadas ele passava 24v index.
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:44
Pra tirar essa pedivela chamada de ponta quadrada é preciso essa ferramenta.
Voltar para o topo
João Frango Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Jun 2013
Diadema/SP
Desconectado
Mensagens:1392
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de João Frango Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:52
Pra retirar os braços da pedivela tem de usar a chave que rosqueia na pedivela e contra apertamos um parafuso central que descola a pedivela.

O parafuso da mesa voce afrouxa mas não retira, afrouxa ele e com o martelo voce empurra ele pra baixo pra descolar a cunha que trava a mesa, taca wd por baixo pra ajudar a descolar, pelo celular não consigo linkar imagens pra ajudar
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:52
Tem que enroscar nos encaixes da pedivela com mão de moça. Senão perde- se o fio de rosca da pedivela e aí já era... Só depois se encaixa a ferramenta q dá força pra tirar a pedivela. Veja no YouTube.
Araya é sim uma marca decente. Só não dou nota pra esses raios. No médio/longo prazo tente trocá-los. Marca Richmann é uma boa pedida. Talvez sejam de 261 a 263 mm.

Editado por Ligeirinho - 08 Jun 2018 as 21:01
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 20:58
Voltar para o topo
Leo Amaral Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Fev 2013
Brasilia
Desconectado
Mensagens:2606
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Leo Amaral Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 21:21
Eu ia dizer para vender o whisky e usar o $ na bike, mas vi que já está no fim...

Editado por Leo Amaral - 08 Jun 2018 as 21:21
------
"If you don't know where you are going, any road will get you there." The Cheshire Cat in Alice's Adventures in Wonderland, Lewis Carroll. Antigo ltadeu70.
Voltar para o topo
Átila C. Viana Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Abr 2016
SC
Desconectado
Mensagens:38
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Átila C. Viana Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 08 Jun 2018 as 23:45
verdadeira relíquia essa sua Nishiki Cascade Richard Cunningham Design "elevated stays", esse manete DeoreXT parece não ser original da bike talvez seja algum tipo de up grade, encontrei algumas fotos na internet de uma Nishiki idêntica com os trocadores rapid fire Shimano ST M050, que são os que normalmente acompanhavam as bikes com os grupos 300LX/400LX, e também como ai no seu caso; o 500LX, linda bike mesmo, cuide bem da relíquia!, vou acompanhar aqui, que bom que o canote não estava emperrado, já é um bom começo, até mais.


Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 09 Jun 2018 as 16:12
Pensei a mesma coisa do canote... Bom sinal. As duas canseirinhas agora são a pedivela e a mesa, mas nada de extrema complexidade. Uma bike com quadro bem parecido com esse era a a Caloi Osaka, tbm de boa qualidade com canote de selim de 29.8mm que é, ao que parece de tamanho idêntico a tbm outro quadro da época a Monark All Chromoly, ambs de origem japa. Seriam do mesmo fabricante? Fácil suspeitar diante de uma medida incomum...

Editado por Ligeirinho - 09 Jun 2018 as 16:14
Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 11 Jun 2018 as 00:55
Originalmente Postado por Ligeirinho Ligeirinho Escreveu:

http://www.retrobike.co.uk/gallery2/v/user_albums/Frotz/Shimano/Complete1989/Pages+23+_amp_+24.jpg. - http://www.retrobike.co.uk/gallery2/v/user_albums/Frotz/Shimano/Complete1989/Pages+23+_amp_+24.jpg.html

Deore XT II parece ser de 89!

Não sei se tudo é disso, o câmbio traseiro é o RD-M500, que não achei nessa lista

Originalmente Postado por misera misera Escreveu:

A alavanca no trocador faz com que ele fique dexindexado ou indexado , eu tive um desse deore dx e apesar de so ter 6 marcacoes pintadas ele passava 24v index.

Ahmmm, saquei!

Originalmente Postado por Escreveu:

Pra tirar essa pedivela chamada de ponta quadrada é preciso essa ferramenta.

Dei uma pesquisada, vou ver se compro essas ferramentas!

Originalmente Postado por João Frango João Frango Escreveu:

Pra retirar os braços da pedivela tem de usar a chave que rosqueia na pedivela e contra apertamos um parafuso central que descola a pedivela.
O parafuso da mesa voce afrouxa mas não retira, afrouxa ele e com o martelo voce empurra ele pra baixo pra descolar a cunha que trava a mesa, taca wd por baixo pra ajudar a descolar, pelo celular não consigo linkar imagens pra ajudar

Da pedivela o amigo já falou, vou tentar comprar a ferramenta, prefiro gastar um pouco mais e comprar logo a ferramenta do que levar em algum lugar.
Da mesa eu não tô conseguindo fazer o parafuso girar NADA, e espanou a cabeça dele... Vou comprar terça aquele kit pra remover parafuso espanado e torcer pra funcionar...

Originalmente Postado por Ligeirinho Ligeirinho Escreveu:

Tem que enroscar nos encaixes da pedivela com mão de moça. Senão perde- se o fio de rosca da pedivela e aí já era... Só depois se encaixa a ferramenta q dá força pra tirar a pedivela. Veja no YouTube.
Araya é sim uma marca decente. Só não dou nota pra esses raios. No médio/longo prazo tente trocá-los. Marca Richmann é uma boa pedida. Talvez sejam de 261 a 263 mm.

Vou tentar sim, como falei, queria deixar ela "andável" primeiro, reaproveitando o máximo e gastando o mínimo, até pra testar e ver se o quadro serve pra mim, e aí servindo investir mais pesado!

Originalmente Postado por Leo Amaral Leo Amaral Escreveu:

Eu ia dizer para vender o whisky e usar o $ na bike, mas vi que já está no fim...

A ideia é ter grana pra investir na bike e repor essa garrafa quando acabar haha

Originalmente Postado por Átila C. Viana Átila C. Viana Escreveu:

verdadeira relíquia essa sua Nishiki Cascade Richard Cunningham Design "elevated stays", esse manete DeoreXT parece não ser original da bike talvez seja algum tipo de up grade, encontrei algumas fotos na internet de uma Nishiki idêntica com os trocadores rapid fire Shimano ST M050, que são os que normalmente acompanhavam as bikes com os grupos 300LX/400LX, e também como ai no seu caso; o 500LX, linda bike mesmo, cuide bem da relíquia!, vou acompanhar aqui, que bom que o canote não estava emperrado, já é um bom começo, até mais.

Da até um aperto no coração ver uma foto de como era pra ela estar se tivesse sido minimamente cuidada! Mas pretendo deixar ela bonita de novo, só tô achando que não vai dar pra salvar a pintura original, acho que vou ter que tirar e repintar, uma pena... 

Originalmente Postado por Ligeirinho Ligeirinho Escreveu:

Pensei a mesma coisa do canote... Bom sinal. As duas canseirinhas agora são a pedivela e a mesa, mas nada de extrema complexidade. Uma bike com quadro bem parecido com esse era a a Caloi Osaka, tbm de boa qualidade com canote de selim de 29.8mm que é, ao que parece de tamanho idêntico a tbm outro quadro da época a Monark All Chromoly, ambs de origem japa. Seriam do mesmo fabricante? Fácil suspeitar diante de uma medida incomum...

Rapaz, até tentei ontem de novo tirar a mesa, mas só machuquei o dedo e o parafuso não moveu 1mm, vou comprar um kit pra tirar parafuso com cabeça espanada, tô dependendo de terminar de desmontar a bike pra ir pro próximo passo de verificar a integridade do quadro
Voltar para o topo
João Frango Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Jun 2013
Diadema/SP
Desconectado
Mensagens:1392
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de João Frango Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 11 Jun 2018 as 09:08
eu quando ressucitei minha antiga Aluminum também tive problema com o parafuso expander da mesa, este padrão tem suas peculiaridades, como eu queria salvar a mesa o que fiz foi com uma broca da largura da cabeça do parafuso ''comer'' toda a ponta espanada e assim conseguir bater ele pra baixo pra descolar a cunha da mesa, deu um trabalho danado e precisei de uma morsa e de um bom apoio e ajuda do meu irmão pra segurar firme pra na hora de bater o conjunto não se mover ja que não podia tirar os panos que usei pra forrar a morsa e nem apertar demais pra não amassar o pescoço do quadro, fiz tudo isto com as ferramentas na oficina que trabalhava então foi mais simples.

Se voce não quiser salvar a mesa que nas fotos ta bem detonada e não ter onde fazer o serviço, voce pode cortar esta mesa com parafuso e tudo e bater nele pra descolar e depois bater de baixo pra cima pra empurrar o restante da mesa e a cunha pra fora do garfo, e enche de WD pra desengripar isso ai LOL

Se voce não estiver familiarizado com este conjunto ele é assim, da pra ver a cunha que falo e o tamanho do parafuso, por isto que espanou e não se moveu

Voltar para o topo
Leo Amaral Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Fev 2013
Brasilia
Desconectado
Mensagens:2606
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Leo Amaral Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 11 Jun 2018 as 09:22
Sobre tirar a pintura, há pintores que conseguem refazer com perfeição, inclusive o adesivos.

------
"If you don't know where you are going, any road will get you there." The Cheshire Cat in Alice's Adventures in Wonderland, Lewis Carroll. Antigo ltadeu70.
Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Jun 2018 as 15:40
Originalmente Postado por João Frango João Frango Escreveu:

eu quando ressucitei minha antiga Aluminum também tive problema com o parafuso expander da mesa, este padrão tem suas peculiaridades, como eu queria salvar a mesa o que fiz foi com uma broca da largura da cabeça do parafuso ''comer'' toda a ponta espanada e assim conseguir bater ele pra baixo pra descolar a cunha da mesa, deu um trabalho danado e precisei de uma morsa e de um bom apoio e ajuda do meu irmão pra segurar firme pra na hora de bater o conjunto não se mover ja que não podia tirar os panos que usei pra forrar a morsa e nem apertar demais pra não amassar o pescoço do quadro, fiz tudo isto com as ferramentas na oficina que trabalhava então foi mais simples.

Se voce não quiser salvar a mesa que nas fotos ta bem detonada e não ter onde fazer o serviço, voce pode cortar esta mesa com parafuso e tudo e bater nele pra descolar e depois bater de baixo pra cima pra empurrar o restante da mesa e a cunha pra fora do garfo, e enche de WD pra desengripar isso ai LOL

Se voce não estiver familiarizado com este conjunto ele é assim, da pra ver a cunha que falo e o tamanho do parafuso, por isto que espanou e não se moveu


Rapaz, tava com raiva já, deu um puta trabalho, mas consegui!
Já nem sei se valeu a pena, quebrei uma broca pequena da Makita, e acho que ceguei 2 (uma da makita e uma da Craftsman), só nessas brocas aí já devia dar pra comprar uma mesa nova Ouch

Sem contar o tanto de WD que gastei, e a sujeira que fez no meu quarto... Mas no final já quase desistindo, peguei uma peça metálica (esqueci o nome, aquelas pra bater no metal), dei umas porradas e soltou a cabeça do resto do parafuso, ô parafuso duro dos infernos!

Mas estão soltos


E só de comprar um parafuso com o outro, da pra ver que o que tava na bike é de melhor qualidade, parece ser alumínio ou inox, não tenho certeza, uma pena que não deu pra reaproveitar...




Originalmente Postado por Leo Amaral Leo Amaral Escreveu:

Sobre tirar a pintura, há pintores que conseguem refazer com perfeição, inclusive o adesivos.

Então, eu ainda não estou certo sobre isso, se vou tentar manter ou pintar...
E pra pintar tava pensando em fazer eu mesmo, seguindo esse método que vi no canal do Pedaleria
https://www.youtube.com/watch?v=L22E1X8Ph8A&t=745s

É porque na real, eu queria mesmo uma bike speed ou fixa, e como não tô com grana sobrando agora, não tô querendo investir tanto.
Tô esperando as ferramentas pra desmontar a pedivela/cassete/mov central que comprei chegarem pra dar o próximo passo, tentar deixar ela andando e ver se curto e aí investir mais.


Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 01 Jul 2018 as 23:16
É aį Jricardojr avançou na retirada total das peças? Tomara que sim. Achei curioso sua última postagem dizendo que queria uma bike Speed/fixa. Dias desses acabei justamente comprando um quadro da Caloi 10 que sempre admirei, a Sportissima.
O vendedor me disse que ela tinha 54 cm de Toptube, portanto um quadro menor, adequado pra mim. Só que ao recebê-la descobri que ela é a maior de 58 cm de Toptube! Descobri que ele mediu errado, o tubo internamente, não de centro a centro.
Tô na dúvida, mas tenho pensado em fazer um rolo de troca nessa com um quadro de Cromoly. De preferência o seu.. ou quem mais interessar. Vou decidir...
Mas fique tranquilo, decidindo, vou anunciar ela nos classificados do pedal que é onde, à vista de todos as negociações devem ocorrer.
De qualquer modo, passe por lá, dê sua opinião e veja se lhe interessa, se for o caso de eu postar.
Vlw.

Editado por Ligeirinho - 01 Jul 2018 as 23:17
Voltar para o topo
Jricardojr Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 04 Jun 2018
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:14
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Jricardojr Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 06 Jul 2018 as 12:10
Originalmente Postado por Ligeirinho Ligeirinho Escreveu:

É aį Jricardojr avançou na retirada total das peças? Tomara que sim. Achei curioso sua última postagem dizendo que queria uma bike Speed/fixa. Dias desses acabei justamente comprando um quadro da Caloi 10 que sempre admirei, a Sportissima.
O vendedor me disse que ela tinha 54 cm de Toptube, portanto um quadro menor, adequado pra mim. Só que ao recebê-la descobri que ela é a maior de 58 cm de Toptube! Descobri que ele mediu errado, o tubo internamente, não de centro a centro.
Tô na dúvida, mas tenho pensado em fazer um rolo de troca nessa com um quadro de Cromoly. De preferência o seu.. ou quem mais interessar. Vou decidir...
Mas fique tranquilo, decidindo, vou anunciar ela nos classificados do pedal que é onde, à vista de todos as negociações devem ocorrer.
De qualquer modo, passe por lá, dê sua opinião e veja se lhe interessa, se for o caso de eu postar.
Vlw.

Fala, rapaz! Estive até pra postar aqui, mas essa última semana foi bem corrida!
Minha irmã voltou semana passada dos EUA e eu tinha pedido pra ela trazer uma maleta de ferrametnas de bike pra mim, e aí consegui desmontar o resto da bicicleta:



E as coisas tão indo meio devagar porque a grana tá bem curta e também gastei algum nessa maleta e mais uns itens pra bike.
Já pensei sim em vender o quadro, ou trocar, mas como é do meu pai, fico um pouco receoso , mas se você decidir vender o seu, me avisa que conversamos, você é de onde? 

Abs!
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 06 Jul 2018 as 13:05
Atualmente moro em Brasília mas devo mudar daqui há um tempo.Vou vender um dos 2 quadros que estou em dúvida ainda.pra isso criei um fórum pró pessoal me dar uma sugestão melhor. Um deles é meu tamanho é o outro é o grandão - pra mim _ de uma Caloi Sportissima. Vários posts dizem que o quadro é dá japonesa Araya. Mas não tenho como confirmar. De qualquer maneira é um quadro bem superior aos dá Caloi 10 comum. Basta pesquisar. Mas independente disso, vamos conversando. Entendo perfeitamente quanto á origem dela ser do seu pai. Lembro tbm da primeira bike q andei tbm do meu pai e desenvolveu em mim essa paixão por bikes. Era uma Rabeneick, ah se achasse uma igual ao q tive. ABS.
Voltar para o topo
Ligeirinho Ver Drop Down


Registrado: 23 Set 2006
-
Desconectado
Mensagens:1920
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ligeirinho Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 06 Jul 2018 as 13:05
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   

Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.

 
 
 
 
 
 

X