| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Fóruns Novos - Outras Categorias > Bicicletas Dobráveis / Folding Bikes
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Dobrável na Ilha Grande
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Dobrável na Ilha Grande

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Mario Damato Ver Drop Down


Registrado: 17 Abr 2005
Rio de Janeiro - RJ
Desconectado
Mensagens:936
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mario Damato Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Dobrável na Ilha Grande
    Enviado: 13 Nov 2017 as 15:44
Salve, pessoal do Pedal!

Esse é um relato da pedalada na minha recente viagem à Ilha Grande (próximo a Angra dos Reis no RJ) com fotos no link no final do texto.

Há tempos queria viajar levando minha bicicleta mas só com uma DOBRÁVEL ficou praticável.

Originariamente era uma Durban Bay Pro onde tive que mudar algumas coisas, retirei os para-lamas e o bagageiro.

Coloquei pneus para terra 20 x 1,75 e fitas anti-furo mas acho que caberiam pneus 20 x 2,125.

Troquei o pedivela original de 52 dentes por um triplo com 22/32/44 senão não seria possível subir em ladeiras de terra e pedras.

Para essa viagem não coloquei passador de câmbio dianteiro (nem sei se será possível) mas como há vários anos lubrifico/limpo minha corrente com parafina ao invés de óleo trocava manualmente (com a mão) a corrente, usando a coroa 32 onde havia plano ou subida leve e mudando para a 22 quando era mais difícil devido às pedras em subida. Volto a mencionar o mérito da parafina que não gruda poeira/terra na corrente e não suja as mãos nem o carro. A corrente utilizada foi a que uso há anos na minha bicicleta principal, com o Power Link da Sram (elo desmontável).

Tirei os pedais dobráveis porque certamente quebrariam e coloquei meus Look Keo Classic (de speed).

Mudei o guidão para um levemente curvo para afastá-lo mais para a frente, o original reto ficaria muito próximo, ficaria instável em descidas, coloquei também bar-ends e a bomba de encher pneu.

Coloquei dois suportes para garrafa d'água (com braçadeiras/blocagens) e bolsas, uma no banco e uma no quadro, câmara de ar reserva, ferramentas e celular.

No hotel ficaram bomba de encher pneu (de pé, tamanho pequeno), outras ferramentas, cabos de freio e marcha, alicate para cabos, câmara de ar reserva etc..


A pedalada em si

Na minha opinião o passeio é ir a Dois Rios, cruzando a ilha. Passeios mais próximos não fazem sentido em relação ao trabalho que dá.

O caminho para Dois Rios é de terra, com pedras, subidas e descidas, um mirante com uma bela vista para Abraão, poucos trechos planos, alguns pontos onde daria para beber água e talvez tomar banho de rio e chegando em Dois Rios uma bela paisagem, uma bela praia, um rio banhável (não vi o outro), o antigo presídio,  instalações da UERJ, algumas casas e um barzinho onde daria para almoçar ou ao menos beber algo.

Desde os anos 80 /90 que não pedalava em pista de terra, muito menos em subidas/descidas, nem com as rodas aro 20, por isso em alguns pontos deixei o orgulho de lado e desmontei da bicicleta, o objetivo era passear, não me machucar.

Os pedais de speed (Look Keo Classic) não ajudam na hora de recomeçar uma subida nos trechos de terra com muitas pedras, o melhor é não parar ou ir empurrando.

Na minha opinião (levando em conta a falta de treino em terra) as rodas aro 20 não atrapalharam no caminho e certamente ajudaram muito no transporte.

A parte que recomendo cuidado com a dobrável é quanto à coluna da direção, tanto pela dobradiça como pelo comprimento. É bom não forçar muito com os braços e costas quando for pedalar em pé, basta lembrar que numa bicicleta convencional a distância (alavanca) do guidão até o rolamento de cima é bem curta, já numa dobrável a alavanca é muito grande, poderia danificar.

Mesmo nas partes planas, tanto em Abraão quanto em Dois Rios, há muitos trechos com bastante areia na pista, alguns pontos parecem "poças de areia", precisando de pneus largos e de cravos.

Valeu à pena, tanto a pedalada até Dois Rios quanto experimentar uma viagem levando uma bicicleta dobrável.

Mario D'Amato

(link para as fotos)
Voltar para o topo
Luan - RPO Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 10 Ago 2017
*
Desconectado
Mensagens:31
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Luan - RPO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Nov 2017 as 21:29
Bacana, amigo. Parabéns pela viagem! Thumbs Up

Algumas perguntinhas: 

Rodou quantos km's na ilha? 
Por que você diz que só com a dobrável ficou praticável viajar com a bike? É pela limitação da entrada de bagagem na ilha? 

Suas fotos me deixaram com mais vontade de conhecer o local, valu!  
Voltar para o topo
Mario Damato Ver Drop Down


Registrado: 17 Abr 2005
Rio de Janeiro - RJ
Desconectado
Mensagens:936
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mario Damato Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 13 Nov 2017 as 23:16
Salve, Luan.

O Google diz que ida e volta dão apenas 16km, não é muita distância mas tem as subidas e descidas e é um passeio legal.

É possível levar uma bicicleta "comum" (não dobrável) nas barcas, porém são poucos os horários das idas e vindas à Ilha.
Por e-mail me disseram que nos "flex-boats" (lanchas menores) também poderia levar uma bicicleta normal mas eu estranhei, porém há vários horários ao longo do dia.
Quando dobrada a dobrável vai caber, sem maiores problemas.
A facilidade maior é no transporte no carro, não há uma proibição na Ilha Grande.
 
Voltar para o topo
pmachado Ver Drop Down


Registrado: 31 Out 2011
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:129
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de pmachado Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Nov 2017 as 09:04
Parabéns pela viagem, muito legal.

Uma pergunta: não ficou muito leve a relação com coroa 22? Eu recentemente coloquei um cassete 11-34 na minha Dahon e com a coroa 52 a marcha mais leve fica tranquilo para subir no asfalto. A sua relação deve ter sido 22 na frente e 28 atrás.
Voltar para o topo
Pedro Cury Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2008
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:4478
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Pedro Cury Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Nov 2017 as 09:32
Bem legal Mario! Conheço bem esse trajeto, fiz pela primeiro vez em 1997! Acho que foi minha primeira viagem com MTB. Na ocasião também fui até o Saco do Céu.

Agora... bem guerreiro fazer de dobrável. Apesar de ser estrada de terra, realmente tem uns trechos com mais raízes e pedras. Legal você mostrar que é possível.

Eu to afim de pedalar por lá de novo, fui umas 3 vezes apenas eu acho. A última vez que fui lá, sem bike, também não foi pra Abraão, mas eu acho que não teria problema levar uma bike maior. Tem o Flex Boat, bem menor, que é mais caro, R$ 50 por pessoa (ano passado), que é uma lancha rápida. No trajeto que eu fiz (não pra Abraão), também tinham os barcos menores e lentos que acho que custavam 20. Pelo espaço que eu vi sobrando, caberia bike normal, acho que dependeria mais da boa vontade do comandante.
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!

Voltar para o topo
Mario Damato Ver Drop Down


Registrado: 17 Abr 2005
Rio de Janeiro - RJ
Desconectado
Mensagens:936
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mario Damato Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Nov 2017 as 10:04
Pmachado, eu achava que só iria usar a coroa 32... e que como lá não há asfalto não sentiria falta de marchas mais pesadas para correr. Achei que remotamente poderia usar a 44, por isso não diminuí o tamanho da corrente.

Tinha feito as contas comparando com minha bicicleta principal (não-dobrável) que uso para subir às Paineiras, Sumaré e Corcovado e calculei que com aro 20, coroa 32 e 28 atrás ficaria até um pouco mais leve, porém uma coisa é pedalar no asfalto com pneu para asfalto, outra coisa é pedalar na terra com pneu para terra, devidamente murchado para derrapar menos e com várias pedras em subida.

A relação 22 com 28 fica realmente MUITO leve, mas usei bastante a 22 com as outras engrenagens.

Se tivesse planejado usar a coroa 22 teria até encurtado um pouco mais a corrente, pois acabou que não podia usar a 22 com a 6ª e 7ª marchas porque a corrente ficava muito frouxa.

Em breve vou montar outra roda traseira com cubo para cassete, aí ao invés de usar a catraca 28-14 vou poder colocar um cassete 28-11. A vantagem de manter o 28 é não precisar mudar o câmbio traseiro que segundo a Shimano trabalha com até 28 dentes.

Quando colocar o cassete com a menor engrenagem de 11 dentes (44x11) vai ficar ainda um pouco mais veloz do que a original 52x14, que já era boazinha.

Com as subidas com pedras e terra é que entendi porque as garrafas de água de quem anda na terra tem mangueira, é pelo receio de tirar uma mão do guidão! Coisa que no asfalto não é necessário.
Voltar para o topo
Mario Damato Ver Drop Down


Registrado: 17 Abr 2005
Rio de Janeiro - RJ
Desconectado
Mensagens:936
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mario Damato Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Nov 2017 as 10:13
Pedro, você foi pedalando até o Saco do Céu ou levou a bicicleta de barco e pedalou por lá? E lá você andou em estrada de terra ou trilha?

No caminho para Dois Rios só andei em estrada de terra por isso não tive muitos problemas com as rodas aro 20 porém com os pneus murchos algumas vezes senti os aros batendo contra o chão.

Em breve vou experimentar pneus 20 x 2,125, acho que cabem, e teria menos risco de "snake-bite" e mesmo nas "poças de areia" afundariam menos.

Tanto a empresa Objetiva quanto a Vila Nova Tour responderam por e-mail que poderia levar uma bicicleta normal nos flex-boats mas pelo carro preferi optar pela dobrável.

Adorei, agora fica MUITO mais fácil levar uma bike em viagens.
Voltar para o topo
Cenoura Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 08 Jul 2011
Floripa
Desconectado
Mensagens:65
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Cenoura Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 14 Nov 2017 as 12:06
parabens, as fotos são demaisss
eu fui la a 20 anos atras, não havia veículos, somente um buggy que coletava o lixo. 
esse lugar é fantástico...
Caloi Explorer 30 29x2.1
Gravel bike frankstein 700x35
Voltar para o topo
christianmdt Ver Drop Down


Registrado: 08 Out 2017
rio de janeiro
Desconectado
Mensagens:94
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de christianmdt Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Nov 2017 as 07:23
nossa, a relacao que usou e mto leve!
acredito que um pedivela duplo de 50-36 ja teria segurado a onda bonito.
isso porque a rodas de aro 20 reduzem a relacao comparadas as rodas maiores de 26, 700 ou 27.

no mais, vale dizer qur da sim para colocar cambio dianteiro na dobravel, so botar no aliexpress litepro front hanger
,
Voltar para o topo
Mario Damato Ver Drop Down


Registrado: 17 Abr 2005
Rio de Janeiro - RJ
Desconectado
Mensagens:936
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mario Damato Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Nov 2017 as 10:10
Christianmdt, no Google procurando por "guia para cabo de marcha" achei um tal de "Mr. Control" anunciado no Aliexpress. É uma das peças que falta.
Voltar para o topo
Pedro Cury Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2008
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:4478
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Pedro Cury Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Nov 2017 as 22:46
Olá Mario, eu fui pedalando Abraão - Saco do Céu - Abraão. Não lembro bem agora se era estrada de terra, eu acho que era trilha larga, mas não super fechada e técnica. Mas isso foi em 97 né... Muita coisa pode ter mudado. Preciso voltar lá.
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!

Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.