| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Oficina e Manutenção das Bikes
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Compatibilidade Allum antiga e transmissão atual
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Compatibilidade Allum antiga e transmissão atual

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Luis Alfredo Ver Drop Down


Registrado: 19 Abr 2017
SC
Desconectado
Mensagens:3
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Luis Alfredo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Compatibilidade Allum antiga e transmissão atual
    Enviado: 19 Abr 2017 as 21:08
Boa noite colegas do fórum,

 

Possuo uma Monark Allum, que uso para todo tipo de deslocamento que faço na cidade, especialmente o percurso casa-trabalho (12km para cada lado, uns 35% de ciclofaixa de boa qualidade, 50% de ciclofaixa de qualidade bem duvidosa e 15% de calçadas absolutamente irregulares). Outros deslocamentos na cidade frequentemente envolvem estradas de buracos, ruas de paralelepípedos irregulares e morros.

 

Até ano passado, a bicicleta recebia relativamente pouco uso (menos de 30km por mês), e praticamente nenhuma manutenção (apenas lubrificação da transmissão quando lembrava). Assim que comecei a fazer uso mais intenso da bike, passei a perceber sérios sinais de desgaste da transmissão.

 

A corrente está muito acima do desgaste máximo permitido (figura 1), e não casa com as coroas, mesmo já tendo desgastado consideravelmente os dentes das mesmas também. Isso faz a corrente escapar da coroa toda vez que sofre torque um pouco mais intenso (o que exige arrancadas beeem lentas e cuidadosas), ou ao passar por algum buraco ou irregularidade.

 

O câmbio traseiro não pode ser corretamente regulado. Ao menos não consegui de forma alguma tornar as trocas de marchas encaixarem perfeitamente com o índice. Frequentemente a troca de um cog para "mais pesado" exige, por exemplo, pressionar o trocador duas vezes para "mais pesado" e uma para "mais leve" para funcionar corretamente. Isso ocorria mesmo com o trocador lubrificado e cabos e conduítes novos. Acredito que o problema seja relacionado às molas do câmbio, visto que outro problema apresentado é que o câmbio não "estica" o suficiente nas marchas mais leves (figura 2).

 

---

Figura 1: desgaste da corrente e coroas

 

Figura 2: câmbio traseiro

 

---

 

Note que planejo começar a fazer alguns passeios mais intensos (em distância e em tipo de terreno) com a bicicleta após solucionar os problemas acima. Também pretendo melhorar meu desempenho (o que pode envolver uma pedalada mais agressiva); com as limitações atuais, levo 32 a 35 minutos para voltar do trabalho para casa.

 

Agora vem a parte onde preciso da ajuda dos colegas do fórum: conferir a compatibilidade de componentes novos para a bike:

 

Tenho interesse em instalar um pedivela Alivio M430 (9V, 44-32-22) de ponta quadrada. Dúvidas:

 

1. Não sei ao certo se meu movimento central está em boas condições. Se estiver, esse pedivela pode ser instalado diretamente em substituição ao atual (foto)?

 

2. Caso o movimento central não esteja em boas condições, qual o movimento central quadrado compatível com esse quadro Allum (fotos e detalhes do quadro ao final)?

 

3. Posso usar esse pedivela 9V com uma corrente 7V/8V e um câmbio e trocador dianteiros de um sistema 7V?

 

Quanto ao câmbio traseiro, tenho interesse em atualizar o câmbio para um Acera Shadow M3000 ou Alivio Shadow M4000. Mais dúvidas:

 

4. Há uma gancheira integrada ao quadro. Ela é compatível / pode ser utilizada com câmbios "modernos"?

 

5. Sei que a razão de atuação dos câmbios Shimano de MTB de 7V e 9V é a mesma, e que a compatibilidade obrigatória é entre cassete/catraca, corrente e trocador. Porém, o câmbio 9V poderá ser utilizado corretamente com uma corrente (mais espessa) de 7V/8V?

 

A corrente será nova (provavelmente algum modelo KMC 8V) e a catraca de rosca 7V, também nova, provavelmente Shimano TZ-21.

 

A razão para a estranha escolha de componentes 9V acima para uso em 7V é que planejo atualizar a bike para 9V posteriormente, com componentes dos grupos Alivio M4000, M430 e/ou Acera M3000. Tecnologias Shadow, HyperDrive e o RapidFire com 2-way Release são de particular interesse nesses componentes. Porém, preciso da bicicleta andando imediatamente, e não tenho condições financeiras para fazer essa mudança de uma só vez.

 

Portanto decidi fazer a atualização em duas etapas, com os componentes acima na primeira etapa, e o restante (cubo freehub, cassete e corrente 9V, câmbio frontal, trocadores e manetes de freio) na etapa seguinte, que deve ocorrer no próximo semestre.

 

O que nos leva a questão final:

 

6. A instalação proposta é possível? Vai funcionar adequadamente, ao menos como medida provisória (pelo menos alguns meses)? Posso comprar os componentes citados sem problemas?

 

---

 

Informações adicionais e mais imagens da bike:

 

Câmbio traseiro: note que há uma gancheira nativa integrada ao quadro, por baixo da gancheira presa ao eixo da roda, utilizada pelo câmbio atual:

 

Os trocadores: Shimano ST-EF28, EZ-Fire, fabricados em maio de 2000 (conforme indicação YE na parte de baixo):


 

Adesivo frontal da bike (DCN 04/00 indica dezembro de 2000?)


Visão geral:


 

Agradeço a atenção, comentários e questões adicionais são bem-vindas.

Voltar para o topo
mluciano Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 12 Set 2014
Atibaia
Desconectado
Mensagens:131
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de mluciano Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2017 as 08:46
Olá Luis!
Esse quadro é perfeitamente compatível com os componentes atuais. Meu primo tem uma Allum 7000 de 1993 e está equipada com um grupo Alivio atual.

Se o seu movimento central estiver bom, irá funcionar com qualquer pedivela atual de ponta quadrada. Mas se estiver com jogo ou estralando é melhor colocar um movimento central selado. Nas bicicletarias você encontra entre 30 e 50 reais. 

A gancheira você só precisa confirmar se está com a rosca em boas condições. Se estiver vai funcionar com qualquer câmbio. Se não, existem formas de corrigir, mas ai é trabalho para torneiro. Precisa avaliar custo-benefício.

Quanto a relação, você pode misturar componentes de 7v e 8v. Mas de 9v para cima não pode.
Você terá problemas de ajuste e desgaste precoce. 

Eu colocaria um grupo completo Acera de 8V com um cassete megarange (34 dentes na maior) para subidas. Seria um melhor custo-benefício. Você poderia até continuar usando o mesmo passador e câmbios até poder trocar. Mas corrente, cassete e pedivela já estão condenados e até oferecem riscos na condução da sua bike.

Uma coisa que eu me preocupei vendo as fotos da sua bike é com o guidão. Parece bem enferrujado. Confirme se ele ainda está em condições de segurança.



Editado por mluciano - 20 Abr 2017 as 08:54
Voltar para o topo
newhouse Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 01 Set 2011
Embu - SP
Desconectado
Mensagens:1953
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de newhouse Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2017 as 10:13
Proposta interessante. Dá pra misturar alguns componentes sim, mas nem todos. Pedivela e cambio traseiro 9v podem funcionar muito bem em sistemas de 7 ou 8v, talvez com um desgaste um pouco acima do normal, mas isso nunca foi confirmado. No seu caso, como a relação já está muito gasta, eu dividiria suas modificações em 2 etapas, pra garantir a durabilidade das peças: 

Primeiro trocaria o pedivela shimano, central shimano, corrente kmc e catraca shimano, acredito que mesmo usando catraca 7v dá pra usar o pedivela 9v sem problemas. O passador e o cambio atual vc pode continuar usando pois estes sofrem pouco efeito com o tempo, vai quebrar seu galho por enquanto. A relação vai ficar resistente sem sair tão caro.

Depois trocaria de uma vez as rodas, colocaria uma folha de parede dupla simples com cubo shimano, passador, k7, corrente e cambio. Ai a bike ficaria show, resistente e com baixa manutenção. Mas vc pode misturar essa ordem, desde que não coloque passador, corrente e catraca/k7 de velocidades diferentes no mesmo sistema.
Voltar para o topo
Luis Alfredo Ver Drop Down


Registrado: 19 Abr 2017
SC
Desconectado
Mensagens:3
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Luis Alfredo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 21 Abr 2017 as 15:28

Agradeço as respostas.

 

Originalmente Postado por mluciano mluciano Escreveu:

Eu colocaria um grupo completo Acera de 8V com um cassete megarange (34 dentes na maior) para subidas. Seria um melhor custo-benefício. Você poderia até continuar usando o mesmo passador e câmbios até poder trocar. Mas corrente, cassete e pedivela já estão condenados e até oferecem riscos na condução da sua bike.

Meu interesse nos componentes 9V é relacionado especialmente ao câmbio Shadow e (posteriormente) o trocador com 2-way release (ambos disponíveis apenas a partir de 9V), e não ao maior número de dentes no cassete. Não tenho dificuldades em subidas mesmo com a relação atual (menor coroa 28 dentes, maior cog 28 dentes, meus 50kg provavelmente ajudam), então esse não está sendo um fator para a escolha.

 

Originalmente Postado por mluciano mluciano Escreveu:

Uma coisa que eu me preocupei vendo as fotos da sua bike é com o guidão. Parece bem enferrujado. Confirme se ele ainda está em condições de segurança.

A ferrugem parece apenas superficial e o guidão parece bem sólido durante o uso, mas vou verificar isso com mais cuidado. Como sugere que eu faça a avaliação do estado do guidão?

 

---

 

Originalmente Postado por newhouse newhouse Escreveu:

Primeiro trocaria o pedivela shimano, central shimano, corrente kmc e catraca shimano, acredito que mesmo usando catraca 7v dá pra usar o pedivela 9v sem problemas. O passador e o cambio atual vc pode continuar usando pois estes sofrem pouco efeito com o tempo, vai quebrar seu galho por enquanto. A relação vai ficar resistente sem sair tão caro.

Depois trocaria de uma vez as rodas, colocaria uma folha de parede dupla simples com cubo shimano, passador, k7, corrente e cambio. Ai a bike ficaria show, resistente e com baixa manutenção. Mas vc pode misturar essa ordem, desde que não coloque passador, corrente e catraca/k7 de velocidades diferentes no mesmo sistema.

 

A mola do câmbio traseiro parece não funcionar adequadamente, e suas roldanas já estão parecendo estrelas de tão gastas, por isso quero trocar ele já nessa primeira etapa (junto com pedivela, catraca e corrente). Todo o restante, concordo.

 

---

 

Originalmente Postado por mluciano mluciano Escreveu:

Quanto a relação, você pode misturar componentes de 7v e 8v. Mas de 9v para cima não pode.

Você terá problemas de ajuste e desgaste precoce.

Originalmente Postado por newhouse newhouse Escreveu:

Dá pra misturar alguns componentes sim, mas nem todos. Pedivela e cambio traseiro 9v podem funcionar muito bem em sistemas de 7 ou 8v, talvez com um desgaste um pouco acima do normal, mas isso nunca foi confirmado.

Aqui e em diversos outros tópicos do fórum encontramos respostas conflitantes nesse assunto.

 

Sobre a necessidade catraca/cassete, corrente e trocadores serem obrigatoriamente de mesma velocidade, parece haver um consenso, o qual prefiro seguir.

 

Quanto ao câmbio traseiro e pedivela 9V em grupo 7V, não encontro uma resposta definitiva, aqui mesmo temos duas diferentes.

 

Acho que vou fazer a instalação proposta (pedivela, central e câmbio 9V novos, catraca e corrente 7V novas) mesmo, já que isso deve ao menos funcionar. Assim que concluir e testar, trago os resultados (deve levar algumas semanas, até receber os componentes novos e instalar).

 

Agradeço a atenção.

Voltar para o topo
Gryphon Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Jun 2016
São Paulo
Desconectado
Mensagens:214
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Gryphon Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 21 Abr 2017 as 21:18
Quanto custa um grupo Alivio no aftermarket? Quanto custa uma bicicleta nova, completa, equipada com grupo Alivio?

No Brasil essa moda de atualização custa muito caro. Vale mais a pena comprar uma bicicleta nova equipada com o grupo do que comprar o grupo no aftermarket e instalar num quadro antigo. Sai caro e nunca deixa de ser uma bicicleta antiga.

Se você gosta mesmo desse quadro, uma dica. Tem umas Caloi Aspen com quadro de aço que saíram com componentes de primeira linha que hoje não valem nada. Recentemente mandei para um colega o anúncio na OLX de uma destas da versão Pro GS com a pintura zerada, como se tivesse acabado de sair da caixa. Preço de R$ 250,00.
Eu pegaria uma Caloi destas, desmancharia e colocaria o jogo de peças na sua Monark, mas não sem antes de fazer uma boa pintura nela.

Voltar para o topo
newhouse Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 01 Set 2011
Embu - SP
Desconectado
Mensagens:1953
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de newhouse Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 21 Abr 2017 as 22:24
Se servir de referencia, já usei por um bom tempo um cambio altus m370 com catraca de 7v shimano, sem problemas. Não sei se o sistema shadow pode ter problemas de compatibilidade com um passador tão antigo, ai fica mais complicado. O fato das roldanas estarem gastas não chega a ser tão problemático, talvez se der uma boa limpada nesse cambio, uma boa desengripada com wd40, ele volte a ficar funcional.
Voltar para o topo
Dorfo Ver Drop Down


Registrado: 14 Jun 2015
Atibaia
Desconectado
Mensagens:618
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Dorfo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Abr 2017 as 03:28
Se servir de referência também até uns dias atrás estava utilizando um misto de 7V com 9V numa bike full e estava funcionando muito bem. Utilizei por mais de 1500kms a seguinte configuração : passadores/trocadores Shimano Revoshift 7V, câmbio dianteiro 7V Shimano Tourney, pedivela Shimano Alivio 9V, K7 de 7V 12/32, câmbio traseiro Shimano Alivio M4000 (esse já tem a configuração shadow) e duas correntes KMC em sistema de rodízio, uma X8 e uma X9. Essa bike full que utilizo atualmente estou upando aos poucos e vai ficar pra utilização em finais de semana. As peças que estou tirando estão em perfeito estado, estão guardadas e vai pra um quadro que está guardado e vai ser a bike de uso diário.
Voltar para o topo
Luis Alfredo Ver Drop Down


Registrado: 19 Abr 2017
SC
Desconectado
Mensagens:3
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Luis Alfredo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Abr 2017 as 22:33
Originalmente Postado por Escreveu:

Quanto custa um grupo Alivio no aftermarket? Quanto custa uma bicicleta nova, completa, equipada com grupo Alivio?

Não encontrei bicicleta nova com componentes (não um ou dois) M430 e M4000, por menos de 2000, 2500 reais. Talvez apenas não tenha procurado bem o suficiente, mas toda bicicleta nova abaixo de 2 mil reais que vi vem com grupo Tourney ou Altus e, com sorte, um ou outro componente Acera (e o restante, novamente, Tourney).

Sobre usadas, alguns meses atrás ajudei um amigo na compra de uma bike. O melhor "achado" que conseguimos na nossa região foi uma MTB com grupo Altus 8V (e alguns componentes Alivio M410), por cerca de 800 reais. Que rapidamente viraram 1100 ao resolver os problemas com freios, cubos, cabos e conduítes, etc. que a bike apresentou.

Logo, para componentes do nível que estou propondo, e aqui na região, sai mais barato e menos incômodo comprar os componentes e instalar no meu quadro atual.

Ainda assim, vou dar mais uma olhada na OLX conforme sua dica das Aspen, obrigado. Quanto a pintura, a pintura "gasta" dela não me incomoda. Pelo contrário, o visual "surrado" dela me agrada por deixar a bicicleta menos chamativa. Prefiro que ela pareça não valer muita coisa mesmo, mas funcione muito bem.

---

Originalmente Postado por newhouse newhouse Escreveu:

Se servir de referencia, já usei por um bom tempo um cambio altus m370 com catraca de 7v shimano, sem problemas.

Originalmente Postado por Dorfo Dorfo Escreveu:

Se servir de referência também até uns dias atrás estava utilizando um misto de 7V com 9V numa bike full e estava funcionando muito bem. Utilizei por mais de 1500kms a seguinte configuração : passadores/trocadores Shimano Revoshift 7V, câmbio dianteiro 7V Shimano Tourney, pedivela Shimano Alivio 9V, K7 de 7V 12/32, câmbio traseiro Shimano Alivio M4000 (esse já tem a configuração shadow) e duas correntes KMC em sistema de rodízio, uma X8 e uma X9.

Ótimo, essas experiências me deixam mais tranquilo quanto a instalação planejada.

Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.