| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | CLASSIFICADOS | COMUNIDADE | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Weight Weenies - Bikes e componentes leves (MTB e Estrada)
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - BIKES LEVES POR QUE ?
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiencia no site. Ao continuar navegando voce concorda com a nossa politica de privacidade.


BIKES LEVES POR QUE ?

 Responder Responder Página  <1234>
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Alex SP Ver Drop Down


Registrado: 12 Mar 2004
São Paulo
Desconectado
Mensagens:8970
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alex SP Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Abr 2014 as 19:02
Citação de Quem quer uma bike pesada? Ninguém!

Que bom que ninguém quer, eu quero, e de preferência com uns 9 ou 10 kg, bem tradicional, de cromo, antiga, italiana, com câmbio no quadro, cachimbadas e muito cromado....uma beleza essas bikes

E VIVA AS PESADAS, essa é minha praia



Essas bikes que vc citou seguem exatamente a mesma lógica que eu comentei. No tempo delas, eram o equivalente exato das ultraleves de hj. Elas evoluíram de bikes piores e mais pesadas e nunca ninguém pensou em deixá-las mais pesadas, apenas mais leves.

Em outras palavras, sua praia são apenas as ultraleves de antigamente, e não as pesadas de hj. Pense nisso.

Editado por Alex SP - 16 Abr 2014 as 19:02
Look Good, Feel Good, GO FAST!
Voltar para o topo
CONDE TERRANOVA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 16 Jun 2012
Goiáz
Desconectado
Mensagens:222
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de CONDE TERRANOVA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Abr 2014 as 19:39
Originalmente Postado por Nicolazzi Nicolazzi Escreveu:

Quem quer uma bike pesada? Ninguém! 

Que bom que ninguém quer, eu quero, e de preferência com uns 9 ou 10 kg, bem tradicional, de cromo, antiga, italiana, com câmbio no quadro, cachimbadas e muito cromado....uma beleza essas bikes

E VIVA AS PESADAS, essa é minha praia


Meu gosto também é esse, Speeds clássicas Italianas, quadro de aço de geometria fininha e reta, aros 27" nada desses tubos de aspeto carregado e inclinado de hoje em dia equiparando as MTB...     Questão de peso, isso Tudo isso é relativizado na cronologia do tempo e pra mim nunca foi tão relevante, isso é até questionável quanto ao desempenho, eu gosto é de pedalar bike antiga e só...




Editado por CONDE TERRANOVA - 16 Abr 2014 as 19:49
Voltar para o topo
Mauro Brisola Ver Drop Down


Registrado: 05 Nov 2007
Curitiba - PR
Desconectado
Mensagens:3932
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Mauro Brisola Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Abr 2014 as 19:50
Parece que está na hora de criar uma nova seção no fórum: "Bikes e componentes pesados"
Voltar para o topo
brunoleite Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Nov 2011
Curitiba - PR
Desconectado
Mensagens:3273
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de brunoleite Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Abr 2014 as 20:06
To esperando alguem dizer que encheu os pneus com agua pra ficar mais macia a rodagem.
Originalmente Postado por Mauro Brisola Mauro Brisola Escreveu:

Parece que está na hora de criar uma nova seção no fórum: "Bikes e componentes pesados"
Voltar para o topo
FAB1000 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 06 Jan 2004
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:13019
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de FAB1000 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 16 Abr 2014 as 20:13
Originalmente Postado por brunoleite brunoleite Escreveu:

To esperando alguem dizer que encheu os pneus com agua pra ficar mais macia a rodagem.
Originalmente Postado por Mauro Brisola Mauro Brisola Escreveu:

Parece que está na hora de criar uma nova seção no fórum: "Bikes e componentes pesados"

Agora vamos passar a ter calço hidráulico nas rodas. LOL

Voltar para o topo
Nicolazzi Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 24 Set 2009
Joinville - SC
Desconectado
Mensagens:149
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Nicolazzi Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 00:19
Continuo afirmando que as antigas clássicas de cromo feitas à mão tem muito mais alma do que as bikes de carbono de hoje. Essa é uma opinião minha e respeito os que gostam de bikes de carbono super leves, que eu tenho também, mas prefiro as clássicas antigas. 
Quem nunca experimentou esse tipo de bicicleta clássica não tem parâmetro para comparar e nem tem noção do que eu tô falando, pois tenho certeza que a hora que puderem experimentar, vão mudar de opinião.
Sejamos todos felizes
A dor é passageira, desistir é pra sempre.
Voltar para o topo
Alex SP Ver Drop Down


Registrado: 12 Mar 2004
São Paulo
Desconectado
Mensagens:8970
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alex SP Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 01:00
Mais um que sabe tudo de bike. Blz campeão, eu não tenho noção mas qdo eu aprender e experimentar um pouco eu volto. Aí quem sabe vc possa compartilhar sua sabedoria e me iluminar um pouco sobre a alma das bikes.
Look Good, Feel Good, GO FAST!
Voltar para o topo
Nicolazzi Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 24 Set 2009
Joinville - SC
Desconectado
Mensagens:149
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Nicolazzi Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 09:34
Pô Alex, relaxa véio, é só questão de opinião, não precisa ficar nervoso, mas depois da redação que vc escreveu aqui ficou claro que vc sabe muito mais das coisas do que eu....ergonomia, engenharia, aerodinâmica, caraca meu, vc é muito fera e fiquei muito feliz por isso.
E com sua sabedoria certamente agora sua curiosidade em pedalar uma bike de cromo clássica aumentou, vai lá, experimente sem medo e relaxa.
Afinal, o que importa é pedalar e ser feliz. Boas pedaladas
A dor é passageira, desistir é pra sempre.
Voltar para o topo
Voodoo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 01 Nov 2008
Curitiba - PR
Desconectado
Mensagens:15435
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Voodoo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 10:30
Originalmente Postado por Alex SP Alex SP Escreveu:


Essas bikes que vc citou seguem exatamente a mesma lógica que eu comentei. No tempo delas, eram o equivalente exato das ultraleves de hj. Elas evoluíram de bikes piores e mais pesadas e nunca ninguém pensou em deixá-las mais pesadas, apenas mais leves.

Em outras palavras, sua praia são apenas as ultraleves de antigamente, e não as pesadas de hj. Pense nisso.

Bingo. Sou amante das clássicas como a maioria sabe, mas meu foco sempre foi os anos 90, onde a tecnologia dos quadros de cromo estava bem avançada e é possível ter uma bicicleta toda de aço sub-10 sem muito esforço.

Tive vários quadros dessa época, alguns ruins, moles e pesados, e outros fabulosos, leves e rígidos, com um handling primoroso. 

A redução do peso sempre esteve associada à melhoria da engenharia dos quadros para melhorar o desempenho geral. Acredito que jamais um framebuilder pensou "hum, vou usar um aço mais pesado para chegar num quadro melhor", são pensamentos incongruentes.
PauloR2

Viciado em sofrimento
Voltar para o topo
Alex SP Ver Drop Down


Registrado: 12 Mar 2004
São Paulo
Desconectado
Mensagens:8970
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alex SP Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 10:38
Nicolazzi, to de boa. Não é uma disputa e sim compartilhamento de conhecimento.

Lógico que eu respeito as opiniões, e mais ainda as preferências, de cada um. Mas vc não entendeu o que eu disse sobre as bikes antigas, e misturou os conceitos: na essência, tanto a italiana puro-sangue cachimbada e fatto a mano que vc diz preferir, é a mesmíssima que as ultraleves top de carbono (que aliás tb são feitas à mão) de hoje. Ambas são bikes que corrida, feitas com a melhor e mais avançada tecnologia de suas respectivas épocas, buscando a maior leveza possível.

Ou seja, não faz sentido criticar a busca pela leveza, e se hj vc curte uma bike "de alma" é por motivos específicos e pessoais, pq ela tem uma ou outra qualidade que vc deseja ou valoriza. Mas não pq ela é leve ou pesada. Tanto que vc optou pela "ultraleve" da época, e não uma qualquer. Quando eu disse que ninguém quer uma bike pesada, quero dizer que entre uma leve e uma pesada, seja de que tipo, época, material, estilo, etc. que for, qualquer pessoal opta pela mais leve, pela melhor.

Não se importar que uma bike seja pesada, seja por preço, preferência, etc. é diferente de não ligar por ela não ser a mais leve (do seu grupo, do mercado, etc.). Tem cara que tem fetiche por bikes antigas, como vc - mas mesmo esses buscam o mais leve possível. Isso é diferente de ser weight weenie. Os projetistas, engenheiros, fabricantes buscam o mais leve pq simplesmente não faz sentido não ser assim.

E esse lance de alma, eu concordo mas tb tem um fundamento por trás - só que científico e não metafísico, como acredita a maioria das pessoas.

Editado por Alex SP - 17 Abr 2014 as 10:45
Look Good, Feel Good, GO FAST!
Voltar para o topo
30455 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Jul 2008
-
Desconectado
Mensagens:1421
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de 30455 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 10:39
Só complementando, a tecnologia do aço têm avançado muito ultimamente, inclusive na área automotiva, onde alguns fabricantes estão migrando para novos tipos de aços com melhor desempenho e mais leves.

A questão, falando-se em bicicletas, é que a construção de uma bike de aço envolve, até o momento, a utilização de processos de soldagem - o que necessariamente agrega material nos produto final. depende-se de tubos que possam ser "soldáveis" - o mesmo "problema" do alumínio ( as paredes ficam tão finas que quqquer solda destrói o material ao redor...).

Mas, vejo um futuro, e por qwue não se imaginar um material como "fibra de aço" (acho até que já existe, chama-se bombrl, hahahaha!!), tão ou mais rsistente que a fibra de carbono e que possa ser manipulado tal e qul o segundo, com resinas e colas.

A ciência dos materiais pode evoluir indefinidamente... já tem até material mais leve do que o ar , o tal do aerogel... e por aí vai.

Mas, por hora, ainda prefiro bikes de metal, seja o aço - preferencialmente, ou o laumínio para os componentes.

Abs


Originalmente Postado por Voodoo Voodoo Escreveu:

Originalmente Postado por Alex SP Alex SP Escreveu:


Essas bikes que vc citou seguem exatamente a mesma lógica que eu comentei. No tempo delas, eram o equivalente exato das ultraleves de hj. Elas evoluíram de bikes piores e mais pesadas e nunca ninguém pensou em deixá-las mais pesadas, apenas mais leves.

Em outras palavras, sua praia são apenas as ultraleves de antigamente, e não as pesadas de hj. Pense nisso.

Bingo. Sou amante das clássicas como a maioria sabe, mas meu foco sempre foi os anos 90, onde a tecnologia dos quadros de cromo estava bem avançada e é possível ter uma bicicleta toda de aço sub-10 sem muito esforço.

Tive vários quadros dessa época, alguns ruins, moles e pesados, e outros fabulosos, leves e rígidos, com um handling primoroso. 

A redução do peso sempre esteve associada à melhoria da engenharia dos quadros para melhorar o desempenho geral. Acredito que jamais um framebuilder pensou "hum, vou usar um aço mais pesado para chegar num quadro melhor", são pensamentos incongruentes.
Voltar para o topo
Nicolazzi Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 24 Set 2009
Joinville - SC
Desconectado
Mensagens:149
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Nicolazzi Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 11:05
Que beleza, aprendi muito com os amigos e entendi o ponto de vista do Alex, realmente é um assunto que dá bastante pano pra manga, só não entendi a questão da "alma"  ser científico e não metafísico. Pra mim a questão da alma relaciona-se ao coração, a emoção, coisa muito pessoal, como vc olhar para uma mulher bonita e seu coração disparar, outra pessoa olha para a mesma mulher e não sente nada.
É exatamente o que eu sinto quando vejo uma bike clássica de cromo, não sinto a mesma emoção olhando para uma moderna de carbono. Outros já sentem o contrário e para esse a bike moderna de carbono é que tem alma, é esse tipo de sentimento que falo quando me refiro ao fato de bike ter "alma".
E também não estou aqui pra criticar quem busca leveza e seria hipócrita se dissesse que gosto mais do pesado do que o leve, o que ocorre, como falei anteriormente, é que não dou muita bola se a bike tem 1, 2 ou 3 kg a mais.
A dor é passageira, desistir é pra sempre.
Voltar para o topo
30455 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 22 Jul 2008
-
Desconectado
Mensagens:1421
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de 30455 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 11:52
Voltar para o topo
Alex SP Ver Drop Down


Registrado: 12 Mar 2004
São Paulo
Desconectado
Mensagens:8970
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Alex SP Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 12:14
Originalmente Postado por Nicolazzi Nicolazzi Escreveu:

Que beleza, aprendi muito com os amigos e entendi o ponto de vista do Alex, realmente é um assunto que dá bastante pano pra manga, só não entendi a questão da "alma"  ser científico e não metafísico. Pra mim a questão da alma relaciona-se ao coração, a emoção, coisa muito pessoal, como vc olhar para uma mulher bonita e seu coração disparar, outra pessoa olha para a mesma mulher e não sente nada.
É exatamente o que eu sinto quando vejo uma bike clássica de cromo, não sinto a mesma emoção olhando para uma moderna de carbono. Outros já sentem o contrário e para esse a bike moderna de carbono é que tem alma, é esse tipo de sentimento que falo quando me refiro ao fato de bike ter "alma".
E também não estou aqui pra criticar quem busca leveza e seria hipócrita se dissesse que gosto mais do pesado do que o leve, o que ocorre, como falei anteriormente, é que não dou muita bola se a bike tem 1, 2 ou 3 kg a mais.

Então a alma é algo que o objeto tem de fato (por um motivo ou outro), ou algo que nós enxergamos nela? Alma é beleza? Raridade? 

Veja bem, eu acredito na "alma" das coisas, no valor da genialidade, do talento, da dedicação e paixão extremas a algo ou alguma atividade, a ponto de elevar o produto ou atividade a um grau de excelência superior, onde forma e função se confundem e onde a crítica ou mesmo análise desse objeto/atividade começa a perder sentido, por falta de critérios à altura.

Mas objetivamente, a "alma" de algum objeto é mais ou menos o mesmo "do que ela é feita". Isso é a soma dos materiais, projetos, técnicas e tecnologias de fabricação e tb da dedicação, experiência, tradição das pessoas envolvidas. Sem dúvida a parte humana dessa equação faz toda a diferença, pq afinal são as pessoas que manipulam os materiais e ferramentas na construção de algo. Então, existe uma percepção, uma sensação dessa "alma", só que isso é baseado em questões bem objetivas, físicas. A carga emocional, espiritual ou o que quer que vc queira chamar, somos nós que damos. 

Pra não ter que reescrever minha opinião sobre essa questão da "alma" das bikes, vou colar um trecho da primeira parte do livro que eu escrevi há alguns anos (mas nunca publiquei) e que trata mais ou menos disso. Seria bom colocar todo o capítulo que fala exatamente dos critérios de qualidade de um quadro, desde o projeto até a fabricação... mas aí seria muita coisa, então vai o principal mesmo.

Qualidade do Quadro

 Nos meus tempos de BICI SPORT, eu costumava repetir em alguns testes e avaliações um pensamento que para mim define bem a importância de um bom quadro: quando o assunto é o desempenho geral de uma bicicleta, o resultado é mais (ou menos, dependendo do caso) do que a simples soma das partes. Em grande parte, isto está diretamente relacionado à qualidade do quadro. Por exemplo, uma mountain bike pesada e com componentes e suspensão intermediários ou básicos pode surpreender na trilha, se mostrando mais ágil e oferecendo uma sensação de maior leveza do que sua configuração poderia sugerir à primeira vista. O contrário também ocorre: uma bike com especificação top e componentes de primeira pode ser lenta e "pesada", desagradável de pedalar.

Ciclistas experientes, aficionados e apaixonados costumam louvar essa "qualidade" destacando diversos aspectos construtivos de um quadro: tradição, acabamento, capricho, "pedigree" – coisas que vão muito além do que possa definir objetivamente como “qualidade”, inclusive. Itens que revelam a “alma” de um quadro: as soldas, com escamas perfeitamente executadas e iguais, suaves. Braze-ons de todos os tipos e estilos distribuídos pelo quadro: pump pegs, suportes de corrente, etc. Colares e escudos, cachimbos trabalhados (lugs, em inglês), a pintura caprichada e toda sorte de detalhes que podem até passar despercebidos aos olhos de um leigo ou iniciante, mas despertam a admiração, o respeito (em alguns casos, a devoção) e fazem sonhar mecânicos, atletas, estudiosos e amantes do ciclismo do mundo inteiro. Um quadro se revela - mostra a sua "alma"- através desses sinais e detalhes. Analisando com cuidado e conhecimento, é possível saber muito sobre a procedência e qualidade de um quadro.

Mas de onde vem essa qualidade? O que separa um quadro excepcional de um bom quadro, ou um mediano ou de uma “tranqueira”? Existem formas objetivas de se medir a qualidade, principalmente através da análise da procedência e também do nível de manipulação dos tubos, do acabamento e fabricação em si. Esses se refletem no preço final, outro indicativo inequívoco de qualidade. “As coisas valem o quanto custam”, diz o ditado.

...

Look Good, Feel Good, GO FAST!
Voltar para o topo
Nicolazzi Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 24 Set 2009
Joinville - SC
Desconectado
Mensagens:149
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Nicolazzi Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 14:30
excelente o texto aí de cima, resumiu muito bem o pensamento, com detalhes e conhecimento de causa, parabéns, estou satisfieto.
A dor é passageira, desistir é pra sempre.
Voltar para o topo
edson83 Ver Drop Down

Restrito

Registrado: 26 Ago 2012
sao paulo
Desconectado
Mensagens:388
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de edson83 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 18:21
Sobre bike de speed não consigo opinar, mas no caso de MTB, pra mim faz toda diferença ...

A performance é outra quando vc está com uma bike mais leve ...

Já tive bike de 15kg e a atual está com 9.2kg ... posso dizer que minha vida mudou nas subidas.

Masssssssss obviamente isso não é tudo ... tem que ter perna tb ... se a bike for leve e vc tiver perna ... vai voar.

Mas tem gente que compra bike leve pq chega a ser um hobby digamos assim ... conheço um cara que chutando por baixo pesa uns 120kg ... gordo e baixo ... e ele tem uma scalpel toda de carbono ... levíssima ...

Qual a diferença pra ele? Nenhuma ... com o peso dele não há bike que ajude na performance.
Voltar para o topo
BORA Ver Drop Down


Registrado: 04 Set 2010
on the road
Desconectado
Mensagens:569
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de BORA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Abr 2014 as 23:54
Não tenho mais como perder peso (estou até tentando engordar), então tiro peso da bicicleta.
Ser WW é quase um 'estilo de vida'... é por prazer, não necessariamente por 'performance', até porque, as vezes se perde um pouco nisso (freios sem muita modulação, cabos e cassete que compromete 0:05s pra indexar...). Pra quem é desenrolado, com um dremel e boa dose de criatividade, tem o prazer de 'tunar'/criar peças também, bolar/customizar algo e tornar exclusivo sem tirar a funcionalidade.
A finalidade não é chegar em 1º, e sim curtir o pedal pedalando uma bike leve.

Já fui viciado em tirar peso. Quando comecei a usar uma balança analítica pra pesar as peças e escolher parafusos por diferença de 0,0002g, vi que a porra tava passando dos limites. Agora to de boa.... pensava numas Lightweight pra finalizar, mas to de boa.... hehe

Quanto aos Pro, esses sim, se preocupam em reduzir peso por performance, principalmente em etapas decisivas, a exemplo do Froome, que na etapa do Ventoux usou aro AX Lightness SRT24 (sem logo, claro) na roda traseira, ao invés das rodas shimano, que patrocinam a Sky. Adam Hansen, da Lotto-Belisol, também curte uma parada WW, ele próprio fez sua sapatilha 100% carbono e coincidentemente ganhou uma etapa no Giro.
Voltar para o topo
e-debortoli Ver Drop Down
Avatar
Restrito

Registrado: 04 Dez 2009
Florianópolis
Desconectado
Mensagens:1184
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de e-debortoli Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 00:11
Aliviar peso na bike só vai beneficiar o ciclista treinado, não adianta ter bike leve sem treino , bike leve só anda muito se tiver um motor forte, caso contrário é igual a mulher que se arruma pras outras ou seja o cara tem a bike pra mostrar pros outros que tem e nada mais.
Voltar para o topo
radMG Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 12 Mar 2012
Belo Horizonte
Desconectado
Mensagens:1377
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de radMG Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 00:16
Originalmente Postado por Alex SP Alex SP Escreveu:

Na prática, uma bike leve é ANIMAL. Não só pra subir, mas tb pra fazer curvas, pra pular obstáculos, pra botar no rack do carro, pra levar na mão... Qualquer que seja o peso do ciclista, uma bike mais leve vai consumir menos energia pra se movimentar, e é isso que conta. Ainda mais quando consideramos os míseros 0,6hp que produzimos, ridículos 200, 300 ou 400W. Bikes muito leves exigem engenharia intensiva, o que tb resulta em quadros caprichados no acabamento e geometria, no comportamento.

Voltar para o topo
Voodoo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 01 Nov 2008
Curitiba - PR
Desconectado
Mensagens:15435
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Voodoo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 09:41
Originalmente Postado por e-debortoli e-debortoli Escreveu:

Aliviar peso na bike só vai beneficiar o ciclista treinado, não adianta ter bike leve sem treino , bike leve só anda muito se tiver um motor forte, caso contrário é igual a mulher que se arruma pras outras ou seja o cara tem a bike pra mostrar pros outros que tem e nada mais.

Se o peso diminui o desempenho vai melhorar sempre, nem que seja uma melhora muito pequena. Isso é questão de física, se o cara produz 200 w e tem uma bicicleta de 11 kg se ele trocar por uma bicicleta de 8 kilos e continuar desenvolvendo os mesmos 200 w vai andar mais, isso é óbvio.

E não é só questão de relação peso/potência, uma bicicleta mais leve é mais fácil de pilotar, a massa e a inércia diminuem e facilitam as manobras. 
PauloR2

Viciado em sofrimento
Voltar para o topo
Giordano Dal Bianco Ver Drop Down


Registrado: 23 Jul 2008
Rondonia
Desconectado
Mensagens:219
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Giordano Dal Bianco Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 17:14
E se... tivessemos duas bikes identicas em tudo menos no peso de suas rodas....algo em torno de 1kg de diferença e teoricamente com aerodinamica equivalentes....em um plano andando acima de 40km/h haveria vantagem para a mais leve...???
e mi alzo sui pedali...
Voltar para o topo
RobsonSMO Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Jul 2012
S Miguel - SC
Desconectado
Mensagens:2676
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de RobsonSMO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 18:56
mas home do céu! o cara de rosinha acima de seu post já acabou de responder isso! sempre vai haver um gasto menor de energia pra mover um objeto mais leve!!!
Voltar para o topo
Alessandro_sp Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 20 Out 2005
Itu - SP
Desconectado
Mensagens:9325
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alessandro_sp Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 20:35
Pô, tem uma regrinha bem simples... Compre a melhor bicicleta que o seu dinheiro permitir (ou mais leve, mais estilosa, whatever...) e que não vá quebrar seu orçamento. Se for uma jabiraca de 15kg, compre e seja feliz pedalando. E não encane com isso.

Bike boa é a que você pode ter...
On the outskirts of nowhere / On the ringroad to somewhere / On the verge of indecision / I'll always take the roundabout way
(Marillion - Bitter suite part V - Windswept Thumb)
Voltar para o topo
Giordano Dal Bianco Ver Drop Down


Registrado: 23 Jul 2008
Rondonia
Desconectado
Mensagens:219
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Giordano Dal Bianco Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 22:43

Escrever post dos outros é facil....to perguntando se alguem tem um algum "estudo" nessa area...pq na pratica eu acho q uma bike com 8kg é melhor p se andar no plano a 40km/h que uma de 7kg...nas mesmas configuraçoes....depois que embala nao vi vantagem em algo super leve...mas...pode ser né....!!!

e mi alzo sui pedali...
Voltar para o topo
e-debortoli Ver Drop Down
Avatar
Restrito

Registrado: 04 Dez 2009
Florianópolis
Desconectado
Mensagens:1184
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de e-debortoli Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 22:48
Originalmente Postado por Voodoo Voodoo Escreveu:

Originalmente Postado por e-debortoli e-debortoli Escreveu:

Aliviar peso na bike só vai beneficiar o ciclista treinado, não adianta ter bike leve sem treino , bike leve só anda muito se tiver um motor forte, caso contrário é igual a mulher que se arruma pras outras ou seja o cara tem a bike pra mostrar pros outros que tem e nada mais.

Se o peso diminui o desempenho vai melhorar sempre, nem que seja uma melhora muito pequena. Isso é questão de física, se o cara produz 200 w e tem uma bicicleta de 11 kg se ele trocar por uma bicicleta de 8 kilos e continuar desenvolvendo os mesmos 200 w vai andar mais, isso é óbvio.

E não é só questão de relação peso/potência, uma bicicleta mais leve é mais fácil de pilotar, a massa e a inércia diminuem e facilitam as manobras. 


Voodoo a cada 13kg de sobrepeso são necessários 42km de vasos para nutrir essa banha toda (estudos científicos já demonstraram isso), tu acha que uma poita de 100kg, 1,50m de altura vai gerar alguma potência? (olha a resposta malcriada...).
Depois de dar a primeira volta no quarteirão o cara para dentro de uma UTI!!!
Voltar para o topo
e-debortoli Ver Drop Down
Avatar
Restrito

Registrado: 04 Dez 2009
Florianópolis
Desconectado
Mensagens:1184
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de e-debortoli Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Abr 2014 as 22:59
Originalmente Postado por Voodoo Voodoo Escreveu:

Originalmente Postado por e-debortoli e-debortoli Escreveu:

Aliviar peso na bike só vai beneficiar o ciclista treinado, não adianta ter bike leve sem treino , bike leve só anda muito se tiver um motor forte, caso contrário é igual a mulher que se arruma pras outras ou seja o cara tem a bike pra mostrar pros outros que tem e nada mais.

Se o peso diminui o desempenho vai melhorar sempre, nem que seja uma melhora muito pequena. Isso é questão de física, se o cara produz 200 w e tem uma bicicleta de 11 kg se ele trocar por uma bicicleta de 8 kilos e continuar desenvolvendo os mesmos 200 w vai andar mais, isso é óbvio.

E não é só questão de relação peso/potência, uma bicicleta mais leve é mais fácil de pilotar, a massa e a inércia diminuem e facilitam as manobras. 

Agora te dou toda razão se tu me diz o seguinte, ex. Sr. Voodoo, ciclista experiente, treinado, dentro do peso ideal usa diariamente nos treinos uma bike de 9 Kg e em competições sua bike pesa 6,8 Kg, 
sua potência média é de 500 watts, nos treinos nessa mesma potência chega a 50km/h e em competições 57km/h.

Bicicleteiros de fim de semana não pensam em física Voodoo, eles pensam no que a bike vai fazer por eles em vez do que eles deviam fazer por eles mesmos e quem ganha com isso? O comerciante que explora uma falsa expectativa desse tipo de cliente.
Voltar para o topo
RobsonSMO Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Jul 2012
S Miguel - SC
Desconectado
Mensagens:2676
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de RobsonSMO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Abr 2014 as 00:54
Originalmente Postado por Giordano Dal Bianco Giordano Dal Bianco Escreveu:

<FONT style=": #ffefd5">Escrever post dos outros é facil....to perguntando se alguem tem um algum "estudo" nessa area...pq na pratica eu acho q uma bike com 8kg é melhor p se andar no plano a 40km/h que uma de 7kg...nas mesmas configuraçoes....depois que embala nao vi vantagem em algo super leve...mas...pode ser né....!!!




vai ver por isso que uma carreta carregada anda mais rápido e gasta menos combustível do que um carro de passeio, vc deve ter razão mesmo!
Voltar para o topo
Tiger Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 13 Jan 2013
Curitiba
Desconectado
Mensagens:733
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Tiger Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Abr 2014 as 12:17
Originalmente Postado por Giordano Dal Bianco Giordano Dal Bianco Escreveu:

E se... tivessemos duas bikes identicas em tudo menos no peso de suas rodas....algo em torno de 1kg de diferença e teoricamente com aerodinamica equivalentes....em um plano andando acima de 40km/h haveria vantagem para a mais leve...???

Originalmente Postado por RobsonSMO RobsonSMO Escreveu:

Originalmente Postado por Giordano Dal Bianco Giordano Dal Bianco Escreveu:

<FONT style=": #ffefd5">Escrever post dos outros é facil....to perguntando se alguem tem um algum "estudo" nessa area...pq na pratica eu acho q uma bike com 8kg é melhor p se andar no plano a 40km/h que uma de 7kg...nas mesmas configuraçoes....depois que embala nao vi vantagem em algo super leve...mas...pode ser né....!!!


vai ver por isso que uma carreta carregada anda mais rápido e gasta menos combustível do que um carro de passeio, vc deve ter razão mesmo!

Na verdade considerando as condições que o Giordano citou:
1 - Duas bikes idênticas, exceto rodas
2 - Bike "A" com 7Kg e bike "B" com 8kg, sendo que esse 1Kg extra concentra-se nas rodas e as rodas possuem o mesmo desenho (para efeitos aerodinâmicos)
3 - Terreno plano
4 - Velocidade constante
A bike "B" (mais pesada) levará vantagem, pois durante a pedalada há os "pontos mortos" onde as pernas não geram energia para as rodas, nesses momentos as rodas mais pesadas atuam como um volante de massa, usando a inércia para manter a velocidade durante os pontos mortos.

Recomendo lerem: O Recorde da Hora, lá tem uma ótima explicação do Clythio.

"Não é sinal de saúde ser ajustado a uma sociedade profundamente doente." - Krishnamurti.
Voltar para o topo
Voodoo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 01 Nov 2008
Curitiba - PR
Desconectado
Mensagens:15435
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Voodoo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Abr 2014 as 12:29
Originalmente Postado por e-debortoli e-debortoli Escreveu:

Bicicleteiros de fim de semana não pensam em física Voodoo, eles pensam no que a bike vai fazer por eles em vez do que eles deviam fazer por eles mesmos e quem ganha com isso? O comerciante que explora uma falsa expectativa desse tipo de cliente.

E infelizmente vemos isso se tornando fator determinante da compra, em especial dos MTBzeiros. Se prestar atenção, o item primordial na decisão muitas vezes é o peso de quadros, suspensões, etc, esquecendo que itens mais pesados podem ter melhor desempenho geral (e durabilidade) ou simplesmente não comprometem o desempenho geral.

E concordo com você, bicicleta leve faz diferença quem trabalha no limite, explora todo o potencial dela. Para um ciclista recreativo não faz diferença uma bicicleta 1, 2 kgs mais leve.
PauloR2

Viciado em sofrimento
Voltar para o topo
RobsonSMO Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Jul 2012
S Miguel - SC
Desconectado
Mensagens:2676
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de RobsonSMO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Abr 2014 as 13:37
mas aí já não é nas mesmas condições.
Originalmente Postado por Tiger Tiger Escreveu:



Originalmente Postado por RobsonSMO RobsonSMO Escreveu:

Originalmente Postado por Giordano Dal Bianco Giordano Dal Bianco Escreveu:

<FONT style=":
#ffefd5">pq na pratica eu acho q uma bike com
8kg é melhor p se andar no plano a 40km/h que uma de 7kg...nas mesmas
configuraçoes
....depois que embala nao vi vantagem em algo super
leve...mas...pode ser né....!!!


vai ver por isso
que uma carreta carregada anda mais rápido e gasta menos combustível do
que um carro de passeio, vc deve ter razão mesmo!


Na verdade considerando as condições que o Giordano citou:
1 - Duas bikes idênticas, exceto rodas
2 - Bike "A" com 7Kg e bike "B" com 8kg, sendo que esse 1Kg extra concentra-se nas rodas e as rodas possuem o mesmo desenho (para efeitos aerodinâmicos)
3 - Terreno plano
4 - Velocidade constante
A bike "B" (mais pesada) levará vantagem, pois durante a pedalada há os "pontos mortos" onde as pernas não geram energia para as rodas, nesses momentos as rodas mais pesadas atuam como um volante de massa, usando a inércia para manter a velocidade durante os pontos mortos.

Recomendo lerem: O Recorde da Hora, lá tem uma ótima explicação do Clythio.

Voltar para o topo
Giordano Dal Bianco Ver Drop Down


Registrado: 23 Jul 2008
Rondonia
Desconectado
Mensagens:219
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Giordano Dal Bianco Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 19 Abr 2014 as 23:48

Belissima comparaçao fizeram ae....da carreta...Clap...tem tuuudo a ver mesmo comparar com carro de passeio...daqui a pouco tem cara achando que eu to falando de cargueiras contra bikes de 6kg...acho que antes de postar certas besteiras alguns "ciclistas' deveriam pedalar mais...e mais...eu digo com bikes diferentes, em situaçoes diferentes e principalmente em terrenos diferentes...pedalar mesmo e nao achar ou "ouvi dizer"...voce ja pensou no fator inercia acima dos 40km/h...???...ja teve de fazer força de verdade p ganhar uma corrida ou buscar algum pelote contra o vento no plano a mais de 40km/h...???...faça isso e depois venha com essas comparaçoes (piadas)...veja o record da hora e olhe o peso das rodas utilizadas....o cara deve ser muito burro pois usou rodas pesadissimas...pq sera né...???

e mi alzo sui pedali...
Voltar para o topo
toreto Ver Drop Down


Registrado: 29 Set 2012
Santos/SP
Desconectado
Mensagens:12
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de toreto Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 00:01
Já que tão reclamando tanto de bike leve, eu aceito doação de bike com menos de 6,8kg.....rsss
Voltar para o topo
RobsonSMO Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 28 Jul 2012
S Miguel - SC
Desconectado
Mensagens:2676
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de RobsonSMO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 00:02
apenas leia com atenção o que as pessoas escrevem, pois já te responderam antes mesmo de vc perguntar!

e sobre a mudança de discurso, de concentrar o peso nas rodas, tbm já responderam!


a regra de " vai pedalar mais", como bem escreveu, está valendo mais a vc, neste caso!

Editado por RobsonSMO - 20 Abr 2014 as 00:09
Voltar para o topo
LEKOO Ver Drop Down


Registrado: 15 Fev 2014
Parana.
Desconectado
Mensagens:60
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de LEKOO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 00:47
E pura fisica!!! ai entra peso potencia... no caso do caminhao e bikes...
potencia de cavalos e potencia fisica...
mais o menos assim...



Voltar para o topo
LEKOO Ver Drop Down


Registrado: 15 Fev 2014
Parana.
Desconectado
Mensagens:60
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de LEKOO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 00:50
e envolve varios fatores: inercia potencia no plano e peso e potencia nas subidas...   
Voltar para o topo
LEKOO Ver Drop Down


Registrado: 15 Fev 2014
Parana.
Desconectado
Mensagens:60
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de LEKOO Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 00:52
Originalmente Postado por Giordano Dal Bianco Giordano Dal Bianco Escreveu:

Belissima comparaçao fizeram ae....da carreta...Clap...tem tuuudo a ver mesmo comparar com carro de passeio...daqui a pouco tem cara achando que eu to falando de cargueiras contra bikes de 6kg...acho que antes de postar certas besteiras alguns "ciclistas' deveriam pedalar mais...e mais...eu digo com bikes diferentes, em situaçoes diferentes e principalmente em terrenos diferentes...pedalar mesmo e nao achar ou "ouvi dizer"...voce ja pensou no fator inercia acima dos 40km/h...???...ja teve de fazer força de verdade p ganhar uma corrida ou buscar algum pelote contra o vento no plano a mais de 40km/h...???...faça isso e depois venha com essas comparaçoes (piadas)...veja o record da hora e olhe o peso das rodas utilizadas....o cara deve ser muito burro pois usou rodas pesadissimas...pq sera né...???


Inercia e Potencia juntas da nisso...
Voltar para o topo
elgleidson Ver Drop Down
Avatar
Restrito

Registrado: 19 Dez 2010
SC
Desconectado
Mensagens:630
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de elgleidson Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 10:18
Originalmente Postado por Giordano Dal Bianco Giordano Dal Bianco Escreveu:

Belissima comparaçao fizeram ae....da carreta...Clap...tem tuuudo a ver mesmo comparar com carro de passeio...daqui a pouco tem cara achando que eu to falando de cargueiras contra bikes de 6kg...acho que antes de postar certas besteiras alguns "ciclistas' deveriam pedalar mais...e mais...eu digo com bikes diferentes, em situaçoes diferentes e principalmente em terrenos diferentes...pedalar mesmo e nao achar ou "ouvi dizer"...voce ja pensou no fator inercia acima dos 40km/h...???...ja teve de fazer força de verdade p ganhar uma corrida ou buscar algum pelote contra o vento no plano a mais de 40km/h...???...faça isso e depois venha com essas comparaçoes (piadas)...veja o record da hora e olhe o peso das rodas utilizadas....o cara deve ser muito burro pois usou rodas pesadissimas...pq sera né...???



Então compare um mesmo carro de passeio vazio, apenas com o condutor e com bagageiro cheio, com 4 pessoas dentro. Pronto, agora estamos falando do mesmo veículo, apenas com mudança de peso. Ainda acha que o carro lotado "rende" mais, gasta menos energia para ser movido, gasta menos combustível para ser movido? Acredito que tu saiba que não né!  O único ponto que o carro leva vantagem é numa descida porque aí é, novamente, física: massa x gravidade.

Quanto ao peso das rodas, se formos pensar em Inércia (que diz que quanto maior a massa e mais distante ela estiver do eixo, maior seu  momento de inércia, que é a resistência para ser girada), podemos ver facilmente que a roda mais pesada exigirá mais energia para ser girada. Na mesma linha, se ambas estão na mesma velocidade e, desconsiderando qualquer outra força contrária (atrito com o ar, com o chão, etc) ou considerando as forças contrárias exatamente iguais para ambas, também vamos ver facilmente que a roda mais pesada exige mais energia para isso, pois possui mais massa para ser movida.

Agora vamos levar em conta que paramos de pedalar, simplesmente deixamos a bike seguir seu movimento. Neste caso, a roda mais pesada vai levar vantagem simplesmente porque as mesmas forças contrárias (atrito com o ar, com o chão, etc) vão estar atuando sobre uma massa maior (energia cinética), que é mais difícil de ser "parada", segundo as Leis de Newton (um corpo em movimento, tende a permanecer em movimento).

A questão é: será que compensa uma roda mais pesada, que gasta mais energia para ser movida, mas que é mais "fácil" de se manter embalada ou é melhor uma roda mais leve, que gasta menos energia para ser movida, mas que é mais "difícil" de se manter embalada?
Voltar para o topo
Giordano Dal Bianco Ver Drop Down


Registrado: 23 Jul 2008
Rondonia
Desconectado
Mensagens:219
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Giordano Dal Bianco Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 12:44
Eu disse peso nas rodas e nao no "carro lotado"....aff....peso nas rodas tem uma reaçao muito diferente do que em outras partes...e desde o primeiro post eu postei PESO NAS RODAS...e nao mudei o discurso...falo isso pq EU ja tive inumeras situaçoes em que estive na situçao que descrevi...vento contrario, em fuga ou perseguindo a mais de 40km/h, andando realmente no limite e com rodas de 1.3kg até rodas de quase 2kg...nao usei SRM ou similar mas a sensaçao clara é de que rodas mais pesadas em velocidades alta e no plano rendem mais que rodas ultra-mega-light...peso leve é uma maravilha mas tem seus usos...o Cavendish e a mesa PRO que ele usava que o diga....afinal se peso fosse tudo a rigidez dela nao justificaria o peso...ja usei bike com 7,2kg...hj tenho uma com 7,9kg e acho que ela é bem melhor que a antiga....claro a rigidez é muuuuito melhor e a aerodinamica acho que deve ser até pior mas o que importa é o peso né...
e mi alzo sui pedali...
Voltar para o topo
elgleidson Ver Drop Down
Avatar
Restrito

Registrado: 19 Dez 2010
SC
Desconectado
Mensagens:630
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de elgleidson Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 13:25
Originalmente Postado por Giordano Dal Bianco Giordano Dal Bianco Escreveu:

Eu disse peso nas rodas e nao no "carro lotado"....aff....peso nas rodas tem uma reaçao muito diferente do que em outras partes...e desde o primeiro post eu postei PESO NAS RODAS...e nao mudei o discurso...falo isso pq EU ja tive inumeras situaçoes em que estive na situçao que descrevi...vento contrario, em fuga ou perseguindo a mais de 40km/h, andando realmente no limite e com rodas de 1.3kg até rodas de quase 2kg...nao usei SRM ou similar mas a sensaçao clara é de que rodas mais pesadas em velocidades alta e no plano rendem mais que rodas ultra-mega-light...peso leve é uma maravilha mas tem seus usos...o Cavendish e a mesa PRO que ele usava que o diga....afinal se peso fosse tudo a rigidez dela nao justificaria o peso...ja usei bike com 7,2kg...hj tenho uma com 7,9kg e acho que ela é bem melhor que a antiga....claro a rigidez é muuuuito melhor e a aerodinamica acho que deve ser até pior mas o que importa é o peso né...


Bem, a física diz justamente o contrário: mais peso = mais energia pra movê-la. Não há como contestar isso. O efeito que tu diz sentir talvez seja o que falei acima: as mesmas forças contrárias são menos eficases para parar uma massa maior se movendo. Mas até onde este "benefício" compensa o peso extra, aí só medindo o quanto de energia foi usado para tal.

O caso do Cavendish não tem a ver com peso, tem a ver com rigidez e talvez confiança (ou falta dela) no material. Ou tu acha que um cara do naipe dele vai arriscar uma mesa ou guidão mais leves só porque são mais leves? É capaz de ele rachar no meio com a força que ele faz num sprint. Muito mais garantido ir num mais pesado e rígido, que é o fator principal no caso dele, do que arriscar numa mesa ou guidão 50, 100g mais leves e acabar quebrando. Mas olha a diferença de força aplicada num sprint para qualquer outra situação. É muito maior, então o que ele precisa é de rigidez, não de leveza (claro que se conseguir a mesma rigidez com materiais mais leves é muito melhor).

Quanto a tua bike, de 7,2kg para 7,9kg e tu achar a última melhor não diz muita coisa. Pelo que tu falou (rigidez e aerodinâmica), deu a entender que são bikes completamente diferentes. Então não dá pra comparar, pois não é só o peso que muda nelas.

Mas se tu acha que não, que rodas pesadas são melhores, "rendem" mais, faça como falaram acima: encha uma com água ou então areia. E aí pedale com ela. Vai ser uma maravilha a energia gasta pra mover uma roda dessas. Mas aí quanto tu tiver a mais de 40km/h (e com as pernas torrando), vai poder olhar pro cara do lado, com uma Zipp de 1300g (e com as pernas inteiras) e que e dizer: "viu só como está rendendo agora? compensou todo o esforço!" LOL
Voltar para o topo
zeca Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 21 Mar 2004
são paulo - sp
Desconectado
Mensagens:1681
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de zeca Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Abr 2014 as 16:07
Originalmente Postado por Voodoo Voodoo Escreveu:

Originalmente Postado por e-debortoli e-debortoli Escreveu:

Bicicleteiros de fim de semana não pensam em física Voodoo, eles pensam no que a bike vai fazer por eles em vez do que eles deviam fazer por eles mesmos e quem ganha com isso? O comerciante que explora uma falsa expectativa desse tipo de cliente.

E infelizmente vemos isso se tornando fator determinante da compra, em especial dos MTBzeiros. Se prestar atenção, o item primordial na decisão muitas vezes é o peso de quadros, suspensões, etc, esquecendo que itens mais pesados podem ter melhor desempenho geral (e durabilidade) ou simplesmente não comprometem o desempenho geral.

E concordo com você, bicicleta leve faz diferença quem trabalha no limite, explora todo o potencial dela. Para um ciclista recreativo não faz diferença uma bicicleta 1, 2 kgs mais leve.


Nestas horas aparece gente no forum com uma A.M com suspensão de 150mm, um quadro cheio de reforço e querendo deixar a bike sub 10, simplesmente destruindo o conceito da bike e ficando sujeito a quebras.
Voltar para o topo

 Responder Responder Página  <1234>
  Compartilhar   

Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.

 
 
 
 
 
 

X