| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Assuntos Gerais > Fórum Principal
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Bicicleta para uso diário (ir ao/vir do trabalho)
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Bicicleta para uso diário (ir ao/vir do trabalho)

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Tópico: Bicicleta para uso diário (ir ao/vir do trabalho)
    Enviado: 23 Abr 2019 as 18:09
Pessoal,

Desculpem-me pelo tratado abaixo, mas como sou novato aqui no Fórum, preferi ser detalhado no relato para obter a ajuda que preciso. Sempre acho infos legais por aqui. Lá vai:

Há uns 3 anos passei a usar a bicicleta para ir e vir do trabalho aqui em Brasília/DF. Na média, faço uns 80 km semanais. Com umas bandas eventuais de sábado ou domingo, chego a 4mil km anuais. Basicamente, isso tudo em trajetos com ciclovias de concreto cortadas por avenidas com asfalto ou no asfalto (no eixão ou no parque da cidade).

No início do ano passado (2018), tive a infeliz ideia de comprar uma Tito Downtown Disc 2017 com esse uso em vista: uma bicicleta bem confortável e com bagageiro para levar mochila. Puxa, mal comecei a rodar e a bicicleta foi derretendo. Com 2 meses de uso foi um suporte do paralamas traseiro, depois os dois eixos e, por fim, o garfo/suspensão dianteira que está batendo. Realmente, não esperava uma durabilidade tão ridícula nem daquelas bicicletas que são vendidas na entrada desses hipermercados. Muito menos dessa, em que enterrei R$ 1800.

Sendo assim, decidi não gastar mais nessa bicicleta e, desta vez, vou procurar uma bicicleta que, além de ser confortável para meu tipo de uso, seja minimamente durável. Condições gerais:
  •     Dado o meu uso, estava pensando novamente uma bicicleta com estrutura semelhante (uma barra circular modernizada de pneu slick) ou numa speed;
  •      Para evitar stress com vagabundo de olho em bicicleta, queria uma bicicleta “low profile”. Acho que algo na casa dos R$2mil, nova ou usada.
Realmente, dada a minha vontade de botar fogo nessa minha bicicleta descartável atual (Tito Downtown Disc 2017), a minha maior restrição é não ficar indo trocar peças com frequências para quem faz apenas esse bate e volta de casa ao trabalho.

Alguém poderia ajudar com sugestões de bike (não descartáveis para rodar uns 4mil km anuais na cidade na casa dos R$ 2k)?
Voltar para o topo
hurry-gurits Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 13 Out 2015
são paulo
Desconectado
Mensagens:582
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de hurry-gurits Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Abr 2019 as 18:40
Não adianta,  bike de entrada de marca zoada, vai realmente dar esse tipo de problemas, não foram feitas para uso do dia a dia, vendem esta idéia, mas  geralmente são bikes para uso eventual, 4.000km por ano numa bike dessas vai ter desgaste mesmo.

Iria te indicar as GT ou Giant lá da www.bikepointsc.com.br, que são marcas consagradas e de boa resistência.

Agora penso que uma MTB vai te dar a resistência que procura com a longevidade de peças tem essa giant aro 26 com bom custo beneficio lá segue o link, uma vez que ladrão só quer aro 29" pra dar grau...


mas como quer algo "low profile", e desse tipo de bike que voce quer não faço idéia do que te indicar.





scott single track 95 cromo
khs 204 full 2012 - R.I.P.
khs sixfifty 2500 - 2014
Mongoose XR PRO - 2016
GT Sanction Pro - 2015
Voltar para o topo
marp Ver Drop Down


Registrado: 21 Out 2018
santo andré
Desconectado
Mensagens:97
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de marp Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Abr 2019 as 18:59
Amigo como tu mesmo disse, só anda em asfalto, plano piloto de brasília, tudo plano.
Não era pra tu ter problema com a bike nessas condições, mas se quiser paz de espírito, estica teu orçamento pra uma caloi city tour comp ou pra uma triban 520, são opções que aceitam bagageiro e são boas commuters, joga a bike no seguro e seja feliz.
Não sei dizer em relação a marca tito e os quadros deles, mas nessa faixa de preço, as marcas tentam colocar um quadro "bonito" porém o mais simples possível, com umas peças tourney ou altus/acera antigas, novamente, o mínimo pra impressionar o comprador e que tem alguma durabilidade. Em suspensão e freio, colocam os mais genéricos possíveis e essa bike vai te custar os 1800 que tu pagou. Não é desonesto pra faixa de preço, pode até ter coisa melhor na faixa com uma promoção aqui e ali mas é o que as bikes costumam entregar nesse preço. Quer bike pra rodar 4000km no ano sem precisar fazer nada além de limpar e lubrificar? Vai pra bikes que já tem um quadro/garfo/suspensão bons e consequentemente um grupo melhor como as que eu te citei lá em cima.
Voltar para o topo
am.araujo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Mai 2018
SP
Desconectado
Mensagens:573
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de am.araujo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Abr 2019 as 19:03
Essa Tito é muito cara pelo que ela oferece. Eu já rodei 6 mil kms por ano com uma bike muito parecida com a sense move 2018, os componentes shimano são bem simples, mas em matéria de resistência dão um banho nessas peças genéricas que vemos por ai, quase não precisam de manutenção.
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2352
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 23 Abr 2019 as 22:15
Apenas dá pra fazer coro... Não é nada anormal, diria até que surpreende ter feito 4 mil, sem grandes problemas...
E não se sinta enganado, devido ao "preço brasil" e ser tudo material importado (de uma forma ou outra), é o que se consegue por essa grana, infelizmente... E, tu descobriu da pior forma que ciclismo é um esporte caro - e não só por aqui...
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
_danielcorrea Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 17 Nov 2016
BH-MG
Desconectado
Mensagens:733
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de _danielcorrea Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 08:45
Pensar que minha supra com menos de 500km já tinha trocado pneus, pedais, movimento central e catraca. Está última por defeito, pois demais por quebra ou baixa qualidade. Rodar 4mil km é prova de qualidade, não o contrário.

Quantas revisões/ manutenções foram feitas no período?
- E aí, 26 ou 29?
- 27.5!!!
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 12:42
Originalmente Postado por hurry-gurits hurry-gurits Escreveu:

Não adianta,  bike de entrada de marca zoada, vai realmente dar esse tipo de problemas, não foram feitas para uso do dia a dia, vendem esta idéia, mas  geralmente são bikes para uso eventual, 4.000km por ano numa bike dessas vai ter desgaste mesmo.

Iria te indicar as GT ou Giant lá da www.bikepointsc.com.br, que são marcas consagradas e de boa resistência.

Agora penso que uma MTB vai te dar a resistência que procura com a longevidade de peças tem essa giant aro 26 com bom custo beneficio lá segue o link, uma vez que ladrão só quer aro 29" pra dar grau...

http://www.bikepointsc.com.br/produto/Bicicleta-Giant-Revel-0-Deore-27840 - http://www.bikepointsc.com.br/produto/Bicicleta-Giant-Revel-0-Deore-27840

mas como quer algo "low profile", e desse tipo de bike que voce quer não faço idéia do que te indicar.


Valeu!

Eu sei que o fato de tentar baratear demais a bicicleta limita o universo de bicicletas descentes. Porém, no quesito durabilidade, não deveria ser tanto. Antes de comprar essa Tito, fiz o mesmo esquema com uma MTB Caloi que tenho desde 2006. Porra, só fiz a revisão anual para lubrificar, alinhar rodas, etc... não tinha nem raio para trocar. Ah, troquei o pneu para slick nesse intervalo.

O fato é que eu pretendia comprar algo como essa  https://www.specialized.com/us/en/awol-expert/p/129192 - https://www.specialized.com/us/en/awol-expert/p/129192.  Porém, não cabe no meu bolso...  quero ver se acho uma speed durável a um preço justo.
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 12:47
Originalmente Postado por marp marp Escreveu:

Amigo como tu mesmo disse, só anda em asfalto, plano piloto de brasília, tudo plano.
Não era pra tu ter problema com a bike nessas condições, mas se quiser paz de espírito, estica teu orçamento pra uma caloi city tour comp ou pra uma triban 520, são opções que aceitam bagageiro e são boas commuters, joga a bike no seguro e seja feliz.
Não sei dizer em relação a marca tito e os quadros deles, mas nessa faixa de preço, as marcas tentam colocar um quadro "bonito" porém o mais simples possível, com umas peças tourney ou altus/acera antigas, novamente, o mínimo pra impressionar o comprador e que tem alguma durabilidade. Em suspensão e freio, colocam os mais genéricos possíveis e essa bike vai te custar os 1800 que tu pagou. Não é desonesto pra faixa de preço, pode até ter coisa melhor na faixa com uma promoção aqui e ali mas é o que as bikes costumam entregar nesse preço. Quer bike pra rodar 4000km no ano sem precisar fazer nada além de limpar e lubrificar? Vai pra bikes que já tem um quadro/garfo/suspensão bons e consequentemente um grupo melhor como as que eu te citei lá em cima.

Valeu pelas dicas, vou olhar essas bikes que você citou!

Limpar/lubrificar não é o problema. O problema é a bicicleta sair se desmanchando. Para mim, não faz nenhum sentido uma suspensão morrer se nem raio tem quebrado no período. Enfim, vou pesquisar, pesquisar... 
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 12:54
Originalmente Postado por _danielcorrea _danielcorrea Escreveu:

Pensar que minha supra com menos de 500km já tinha trocado pneus, pedais, movimento central e catraca. Está última por defeito, pois demais por quebra ou baixa qualidade. Rodar 4mil km é prova de qualidade, não o contrário.

Quantas revisões/ manutenções foram feitas no período?

Veja como números às vezes passam uma má impressão. Esses 4 mil km são pedalando no estilo "vovozinho indo e voltando do trabalho". Eu não faço trilha com essa bicicleta. É asfalto e concreto apenas. Se forem em trilhas, capaz de seus 500 km serem mais desgastantes para uma bike do que meus 4 mil km. Nesse período, furei o pneu 2 (duas) vezes... para você ter uma ideia, uma vez com um grampo de papel e outra vez com um pedaço de vidro.

Nesse intervalo, fiz uma revisão inicial (ao receber a bicicleta) e outra ao final da temporada de chuvas (um ano de depois).
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2352
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 12:55
Olha, cada doido com suas manias... Eu pedalo a 5 anos, e NUNCA quebrei um raio...
Já quebrei uma suspensão no entanto, dessas de 80 pila...

Não sei de fato o que seria algo durável pra ti, mas é nessa casa... Eu não vi sua bike, mas o meu grupo Shimano Tourney/Altus, abriu o bico nos 4 mil km também, e eu tenho um cuidado extremo com ele.
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 13:02
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:

Apenas dá pra fazer coro... Não é nada anormal, diria até que surpreende ter feito 4 mil, sem grandes problemas...
E não se sinta enganado, devido ao "preço brasil" e ser tudo material importado (de uma forma ou outra), é o que se consegue por essa grana, infelizmente... E, tu descobriu da pior forma que ciclismo é um esporte caro - e não só por aqui...

Pois é, eu tenho outra perspectiva... Como disse em outra resposta, às vezes 0 número 4 mil km passa uma impressão "exagerada". Eu fiz isso com uma MTB Caloi com 10 anos de garagem e nem raio tive quebrado. Só manutenção para lubrificar, alinhar rodas, etc. Esse meu pedal é estilo vovozinho indo/vindo do trabalho... acho que chamar de "ciclismo" dá uma tenacidade à atividade que ela, de fato, não tem.

Essa tirada seria quase como colocar a bicicleta numa esteira com 80km em cima e aqui, acolá, colocar uns quebra-molas, num total de 4 mil km a uma velocidade de 20km/h de média.

Realmente, o que me deixou mais puto foi ter feito 1 ano desse trajeto na minha MTB Caloi (com 10 anos de garagem, não usava muito) sem estresse e - todo pimpão - ter achado que estava um upgrade comprando essa b*sta da Tito!
Voltar para o topo
Hugobh77 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 03 Jul 2015
Belo Horizonte
Conectado
Mensagens:1809
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Hugobh77 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 13:02
Oi amigo, tudo bom.
Em primeiro lugar, quero lhe fazer uma pergunta.
Qual o nível de conforto que você tem com essa bike atual, a Tito. É muito superior a sua bike anterior a a ela ou outra que já tenha experimentado?
Seu relato diz que a bike foi derretendo. Entendo a frustração mas pelo que vi no site da marca é uma bike honesta e como qualquer outra no mercado tem seus pontos fracos.
http://www.titobikes.com.br/downtown-disc-2017.html
Pelo que vi seriam eles os cubos, movimento central que deve ser genérico, caixa de direção, suspensao e freios.
O suporte do paralamas eu nem vou considerar, pois é problema de fácil solução.
Essas peças que citei em bikes mais baratas a regra seria usar até quebrar e colocar algo melhor.
A relação apesar de simples é toda Shimano e apropriada pro uso. A corrente KMC, que tem melhor custo benefício do mercado.

Agora minha sugestão considerando a bike quando nova ou com tudo em ordem.
Se confere o conforto desejado, se adequada ao seu fit, se não atrai o inimigo alheio eu não arriscaria comprar outra bike com geometria diferente. Faria um investimento na mesma bike substituindo o que é mais crítico e gastando menos.
Mas se degostou da bike vá em frente e compre outra.

Suspensão RST Blaze +-300,00
Cubos Shimano/Quando/Shifttech +-200,00
Movimento central Shimano +-40,00
Caixa de direção Neco +-40,00
Pinças Shimano TX +- 180,00 (opcional)
M.O 120,00

Ficaria uma bike de outro nível. Se sua relação estiver bem cuidada vai mais uns 15.000km tranquilamente, quadro, guidão, mesa, canote e trocadores Shimano podem durar uma vida inteira. Demais peças é desgaste natural por atrito, não tem como fugir.
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 13:21
Originalmente Postado por Hugobh77 Hugobh77 Escreveu:

Oi amigo, tudo bom.
Em primeiro lugar, quero lhe fazer uma pergunta.
Qual o nível de conforto que você tem com essa bike atual, a Tito. É muito superior a sua bike anterior a a ela ou outra que já tenha experimentado?
Seu relato diz que a bike foi derretendo. Entendo a frustração mas pelo que vi no site da marca é uma bike honesta e como qualquer outra no mercado tem seus pontos fracos.
http://www.titobikes.com.br/downtown-disc-2017. - http://www.titobikes.com.br/downtown-disc-2017.html
Pelo que vi seriam eles os cubos, movimento central que deve ser genérico, caixa de direção, suspensao e freios.
O suporte do paralamas eu nem vou considerar, pois é problema de fácil solução.
Essas peças que citei em bikes mais baratas a regra seria usar até quebrar e colocar algo melhor.
A relação apesar de simples é toda Shimano e apropriada pro uso. A corrente KMC, que tem melhor custo benefício do mercado.

Agora minha sugestão considerando a bike quando nova ou com tudo em ordem.
Se confere o conforto desejado, se adequada ao seu fit, se não atrai o inimigo alheio eu não arriscaria comprar outra bike com geometria diferente. Faria um investimento na mesma bike substituindo o que é mais crítico e gastando menos.
Mas se degostou da bike vá em frente e compre outra.

Suspensão RST Blaze +-300,00
Cubos Shimano/Quando/Shifttech +-200,00
Movimento central Shimano +-40,00
Caixa de direção Neco +-40,00
Pinças Shimano TX +- 180,00 (opcional)
M.O 120,00

Ficaria uma bike de outro nível. Se sua relação estiver bem cuidada vai mais uns 15.000km tranquilamente, quadro, guidão, mesa, canote e trocadores Shimano podem durar uma vida inteira. Demais peças é desgaste natural por atrito, não tem como fugir.

Valeu pelas dicas! 

Eu tinha uma MTB Caloi guardada há uns 10 anos (aro 26). Quando decidi passar a fazer o trajeto casa/trabalho de bicicleta, foi com ela mesmo.  Fiz um ano sem problemas, só um incômodo de trazer a mochila nas costas e na época da chuva.

Decidi comprar essa Tito pelo bagageiro e por ter um tamanho mais adequado. Puxa, a geometria dela é muito confortável para mim. 

Valeu pela dica da suspensão! Só preciso ver se ela será compatível com o para-lamas da bicicleta. Na época das chuvas, não dá fazer o trajeto sem eles...

Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2352
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 13:32
Originalmente Postado por TBdN TBdN Escreveu:

Essa tirada seria quase como colocar a bicicleta numa esteira com 80km em cima e aqui, acolá, colocar uns quebra-molas, num total de 4 mil km a uma velocidade de 20km/h de média.


Puta vovô esportista que tu é, então! 20 de média, já é um valor razoável... Quem é muito cavalo, faz 23~25... Passeio de vovô real, é 14~16, alguns fazem 18 de média...

Continuo dizendo, para essa tocada, 4 mil km tá lindo, indiferente ao nível do equipamento...

E, se tu fez com uma outra bike, tem os dados de desempenho dela? Vale dizer que houve uns 10 anos de dólar baixo, o que barateou muito algumas coisas... Eu comprei em 2013 um amplificador pra 350 reais, que hoje não baixa de 900... E olha que é um projeto de 1999!
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 13:45
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:

Originalmente Postado por TBdN TBdN Escreveu:

Essa tirada seria quase como colocar a bicicleta numa esteira com 80km em cima e aqui, acolá, colocar uns quebra-molas, num total de 4 mil km a uma velocidade de 20km/h de média.


Puta vovô esportista que tu é, então! 20 de média, já é um valor razoável... Quem é muito cavalo, faz 23~25... Passeio de vovô real, é 14~16, alguns fazem 18 de média...

Continuo dizendo, para essa tocada, 4 mil km tá lindo, indiferente ao nível do equipamento...

E, se tu fez com uma outra bike, tem os dados de desempenho dela? Vale dizer que houve uns 10 anos de dólar baixo, o que barateou muito algumas coisas... Eu comprei em 2013 um amplificador pra 350 reais, que hoje não baixa de 900... E olha que é um projeto de 1999!

Pois é, paguei R$ 400 em 2006 por essa minha Caloi. Detalhe, tudo nela é genérico: câmbio, eixos, central, etc. Pô, com essa Tito passei até a ter peças da Shimano na bicicleta! As expectativas eram melhores...
Voltar para o topo
_danielcorrea Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 17 Nov 2016
BH-MG
Desconectado
Mensagens:733
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de _danielcorrea Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 14:15
Originalmente Postado por TBdN TBdN Escreveu:

Originalmente Postado por _danielcorrea _danielcorrea Escreveu:

Pensar que minha supra com menos de 500km já tinha trocado pneus, pedais, movimento central e catraca. Está última por defeito, pois demais por quebra ou baixa qualidade. Rodar 4mil km é prova de qualidade, não o contrário.

Quantas revisões/ manutenções foram feitas no período?

Veja como números às vezes passam uma má impressão. Esses 4 mil km são pedalando no estilo "vovozinho indo e voltando do trabalho". Eu não faço trilha com essa bicicleta. É asfalto e concreto apenas. Se forem em trilhas, capaz de seus 500 km serem mais desgastantes para uma bike do que meus 4 mil km. Nesse período, furei o pneu 2 (duas) vezes... para você ter uma ideia, uma vez com um grampo de papel e outra vez com um pedaço de vidro.

Nesse intervalo, fiz uma revisão inicial (ao receber a bicicleta) e outra ao final da temporada de chuvas (um ano de depois).


Uso a minha Caloi também em asfalto, 20km/dia casa-trampo-casa, com uma velocidade média inferior a sua (BH tem muitos morros). Mas entendi seu ponto de vista, apesar de discordar que uma bike, independentemente da qualidade tenha que rodar 4000/km sem trazer problemas além de furos no pneu, neste período.
- E aí, 26 ou 29?
- 27.5!!!
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2352
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 14:25
Outro iludido pela senhora japonesa... A marca custa caro, então economiza-se na tecnologia embarcada... Honestamente, eu estou melhor com o TSW/Xtime de topo, que com o Shimano de entrada...
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 14:30
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:

Outro iludido pela senhora japonesa... A marca custa caro, então economiza-se na tecnologia embarcada... Honestamente, eu estou melhor com o TSW/Xtime de topo, que com o Shimano de entrada...

É a ignorância mesmo, não sou um conhecedor de peças para bicicleta. Obrigado pela dica sobre essa marca.  
Voltar para o topo
Ismah/Cabelo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 26 Abr 2017
Bom Princípio/R
Desconectado
Mensagens:2352
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Ismah/Cabelo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 24 Abr 2019 as 14:47
Não é uma dica, nem uma recomendação. É uma constatação. Está com uns 600 km apenas, muito cedo para falar de qualidade a longo prazo.

E não, ignorância é tu saber que a chapa do fogão é quente, mas sentar da mesma maneira. Tu não sabia que a bike seria só problema...

Ainda que não esteja surpreso com o relato, e vejo que tem colegas na mesma situação, te questiono no que tange regulagens... Essa bike foi realmente revisada antes do uso? 
E a manutenção, foi feita em dia? Pessoalmente, sempre reengraxei os cônicos a cada 1 000 km, sem pedalar na chuva. Corrente eu limpo religiosamente a cada 100 km, ou quando achar necessário.

Ah já ia esquecer... Desempenho tem um preço... Quanto mais socar a bota, mais rápido as peças estragam...
Sigam-me os bons
Strava -
Instagram
Prost!
Voltar para o topo
renato_81 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 18 Nov 2016
São Paulo / SP
Desconectado
Mensagens:26
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de renato_81 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 25 Abr 2019 as 09:07
Bom dia amigo, costumo fazer em média 4k / 5k anuais, uso essencialmente urbano (SP/Capital) e algumas entradas em trilha leve. Tenho usado uma GT Timberline, hoje vc encontra ela na faixa de 1.9k parcelado na centauro. É uma bike ótima e robusta, apenas instalei o bagageiro para usar um alforge...

Abraços e boa sorte.
Voltar para o topo
TBdN Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 23 Abr 2019
Brasília/DF
Desconectado
Mensagens:9
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de TBdN Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 25 Abr 2019 as 10:21
Originalmente Postado por renato_81 renato_81 Escreveu:

Bom dia amigo, costumo fazer em média 4k / 5k anuais, uso essencialmente urbano (SP/Capital) e algumas entradas em trilha leve. Tenho usado uma GT Timberline, hoje vc encontra ela na faixa de 1.9k parcelado na centauro. É uma bike ótima e robusta, apenas instalei o bagageiro para usar um alforge...

Abraços e boa sorte.
Obrigado! Estou pensando em alugar uma speed para fazer uns testes antes de decidir. Nunca rodei numa... LOL
Voltar para o topo
am.araujo Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 25 Mai 2018
SP
Desconectado
Mensagens:573
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de am.araujo Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 25 Abr 2019 as 11:08
Originalmente Postado por Ismah/Cabelo Ismah/Cabelo Escreveu:


Ainda que não esteja surpreso com o relato, e vejo que tem colegas na mesma situação, te questiono no que tange regulagens... Essa bike foi realmente revisada antes do uso? 
E a manutenção, foi feita em dia? Pessoalmente, sempre reengraxei os cônicos a cada 1 000 km, sem pedalar na chuva. Corrente eu limpo religiosamente a cada 100 km, ou quando achar necessário.

Ah já ia esquecer... Desempenho tem um preço... Quanto mais socar a bota, mais rápido as peças estragam...


Não precisa ser tão rigoroso, eu tive um cambio rm70 que nunca foi aberto, durou 10 anos. Quando o eixo entortou, eu abri o cubo e a graxa tava perfeita, sem sinal de sujeira, aquilo é muito bom pra inibir entrada de agua. Eu acho que só vale a pena dar manutenção se for pra usar graxa original shimano ou similar.

O que eu fazia de manutenção mesmo era lubrificar corrente, trocar sapata de freio, trocar pneu quando rasgava, trocar camara de ar quando não pegava mais remendo, apertar os raios ao menos 1x no ano.
Voltar para o topo

 Responder Responder
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.