MENU

Eurobike 2023 - Destaques da maior feira da Europa

Quase duas mil marcas apresentaram diversas novidades no maior evento do setor no continente

A maior feira de bike da Europa teve sua edição de 2023 sediada novamente em Frankfurt, na Alemanha, na semana passada. Mais uma vez, o evento trouxe as principais novidades do mercado, algumas já anteriormente anunciadas e outras fazendo sua estreia.

Os números são impressionantes: foram 1.900 empresas expondo seus produtos para quase 35 mil visitantes de 122 países nos dias reservados somente aos negócios! Já no fim de semana, aberto ao público, foram quase 32 mil fãs da bike vendo as novidades e os eventos que aconteceram.

Vídeo - Destaques do Eurobike 2023

Quer ver essa reportagem em vídeo ? Confira abaixo os destaques capturados pelas lentes de Pedro Cury:



Publicidade


Nossos destaques do Eurobike 2023 - Índice

  1. Bosch - Novo motor SX
  2. Scott - Prêmio com a e-MTB Lumen e homenagem a Nino
  3. Nicolai sempre ousando e inovando
  4. Pinion - Caixa de transmissão integrada com motor
  5. Orbea Gain - E-Bike para road e Gravel
  6. Look apresenta novas 795 Blade RS e a 796 Monoblade
  7. Factor faz suspense com nova bike
  8. Campagnolo Super Record bem discreto
  9. Shimano destaca Cues e marchas automáticas
  10. Leatt - Capacete 3 em 1 a uma nova linha de endurance
  11. Session - Única empresa brasileira expondo na feira
  12. Magura - ABS cada vez mais próximo
  13. Fumpa - Bombas portáteis com carregamendo USB
  14. Camelbak com novo M.U.L.E
  15. Deuter traz quebra vento integrado
  16. Rock Shox
  17. SRAM com novo UDH em destaque
  18. Tektro / TRP


Eurobike Awards

O Eurobike Award 2023 é o prêmio dado pelo festival para produtos inovadores e de alta qualidade criados pela indústria de bicicletas. O prêmio garante às marcas utilizá-lo como ferramenta de marketing no posicionamento dos seus produtos no mercado, já que, na feira, são expostos os produtos de quase duas mil empresas de todo o mundo. Inclusive os vencedores ficam em uma seção separada na feira, com um painel em vídeo mostrando seus detalhes.

Três são as categorias da premiação: nova categoria de produtos, veículos elétricos leves e soluções de mobilidade e infraestrutura. Um renomado júri de sete especialistas da indústria de bicicletas e mobilidade avalia todos os produtos inscritos com base no grau de inovação, funcionalidade, sustentabilidade, design, qualidade de processamento e escolha de materiais.

Destaques em Elétricas

No Eurobike 2023, como já esperávamos, vimos muitas novidades em bikes elétricas. Não só novas bikes, mas muitas novas marcas de motores, motores integrados com câmbio e tamanhos, pesos e potências diferentes para atender a qualquer aplicação - das bikes de carga até as mountain bikes leves. Veja alguns destaques.nas elétricas:

Bosch - Novo motor SX

Motor Bosch SX
Motor Bosch SX    Pedro Cury

O novo motor SX da Bosch foi projetado para as novas e-bikes mais leves. Projetado para ser mais leve, seu corpo é feito em magnésio, além de reduções de peso internas também terem sido realizadas. Seria fácil o comparar com motores leves de seus concorrentes, como os que equipam bikes como Scott Lumen ou a Specialized Levo SL, mas seus 600 watts somam quase o dobro desses concorrentes, pesando apenas 50g a mais na marca de 2kg. Sua bateria de 400Wh também pesa apenas 2kg, formando assim um excelente pacote para ir mais longe, fazendo menos força e se divertir com uma bike bastante leve. Ficaremos de olho nos novos lançamentos de bikes com esse novo motor que virão ao Brasil. Por hora, ficamos na espera de quando essa novidade aterrissará em nosso país.

A Bosch também apresentou uma solução de freios ABS para as e-bikes. ABS. Como nos carros, é um sistema antitravamento dos freios. Para isso, ele usa um pequeno disco montado junto ao disco de freio que, com a ajuda de um sensor, ajuda o sistema a identificar se a roda está girando ou não. O sensor se comunica com uma pequena central montada no garfo, a qual pode ser configurada por um aplicativo de celular. Essa central comanda o freio dianteiro, liberando o fluxo gradualmente em situações onde o sensor indique que a roda está travando.


O sistema foi calibrado para ser usado em e-bikes e tem diferentes modos de atuação, seja para bike de carga, recreacionais e até bikes de trilha. Como a Bosch não produz freios, ela conta com parceiros, como a Magura e a Tektro (e sua irmã de alta performance TRP), para viabilizar a comercialização do sistema junto aos fabricantes de e-bikes.

Publicidade


Scott - Prêmio com a e-MTB Lumen e homenagem a Nino


A Scott destacou a Lumen - uma das e-MTB trail mais leves do mercado - que foi apresentada ao no fim do ano passado. Apesar de não ser inédita, ela ganhou grande destaque no stand da marca e foi premiada durante a feira com um Eurobike Award. O modelo top de linha, a Lumen eRide 900 SL, foi agraciada com o título de melhor e-bike da feira, já que une a tecnologia dos motores elétricos com as mesmas características que levam Nino Schurter ao topo do pódio das competições mundiais de MTB com frequência. O modelo possui apenas 15,5 kg, pouco peso para uma e-bike full-suspension de 130mm de curso. Além disso, possui o novo design de shock embutido da marca.

No stand da Scott também encontramos várias referência ao grande astro da marca, Nino Schurter, incluindo uma versão da bike com a qual ele corre nas etapas da Copa do Mundo, além de outros itens especiais do grande campeão e um mural comemorativo ao recorde de 34 vitórias em etapas de Copa do Mundo, foram todos os Campeonatos Mundiais que ele também conquistou.

Nicolai sempre ousando e inovando


A alemã Nicolai, que sempre ultrapassa as barreiras do que é possível com geometria, trouxe para a feira algumas inovações bastante interessantes. Mantendo a característica da marca de ajuste de geometria no quadro, a Nucleon 16 vem equipada com muita ajustabilidade. Nela, é possível usar amortecedores traseiros de diferentes tamanhos e ajustar a posição deles realocando a ponte principal que monta o amortecedor ao triângulo dianteiro do quadro. Isso é possível porque a ponte é montada sobre um trilho, onde, com poucos parafusos, se pode alterar sua localização ajustando completamente a geometria do quadro.

Outro ponto que chamou a atenção é o sistema SUPRE Dealer, que aloja o câmbio traseiro dentro dos stays traseiros da bike. O sistema usa um cassete normal, mas uma passagem de corrente totalmente alternativa. Outro destaque foi a e-bike Swift, equipada com motor Bosch SX, tornando ela uma e-bike leve e versátil. A marca ainda possui uma outra linha de e-bikes de potência total chamadas Eboxx, contando também com motores de engenharia alemã Bosch XC.

Publicidade


Pinion - Caixa de transmissão integrada com motor


A Pinion apresentou sua versão de uma verdadeira revolução para as e-bikes - um motor integrado com caixa de marchas. Os motores MGU 1.9 e 1.12 apresentam 9 e 12 marchas, respectivamente, montadas dentro do mesmo corpo do motor elétrico, em um conjunto único que pode manter sua assistência até 45km/h (dependendo da legislação local).
Esse motor pode ser usado com correntes ou correias Gates de carbono, eliminando completamente, nesse caso, as lubrificações de transmissões e ajustes durante milhares de quilômetros

A marca também apresentou uma caixa de câmbio para bikes convencionais com 18 marchas e uma grande gama de opções para os ciclistas, também podendo ser montada com correias de carbono da Gates.

Destaques em Road

Orbea Gain - E-Bike para road e Gravel

Bike gravel da Orbea
Bike gravel da Orbea    Pedro Cury

Seguindo a tendência de e-bikes cada vez mais leves, a marca espanhola mostrou sua versão de uma bike de estrada que agrega um motor de cubo, a Gain. A ideia é possibilitar que o ciclista vá mais longe ou possa cobrir uma distância maior em um treino curto.

Look


A Look anunciou duas novas bikes e uma nova linha de pedais. A 795 Blade RS e a 796 Monoblade foram testadas e concepcionadas na temporada de 2022 com os atletas da Team Cofidis, sendo realizados ajustes técnicos conforme a demanda dos profissionais. Feitas em carbono, os modelos prezam pela aerodinâmica. A 795 Blade RS pesa, ao todo, 7kg no seu tamanho médio, com quadro de 890g no menor tamanho. Já o modelo 796 Monoblade RS possui quadro e garfo pesando 1,765kg.

Factor

Stand da Factor no EuroBike 2023
Stand da Factor no EuroBike 2023    Pedro Cury

A Factor já é famosa como marca de estrada com equipes no World Tour, mas agora com representação no Brasil pelas mesmas mãos que distribuem a marca Santa Cruz.
Na feira estavam expostas várias bikes de estrada e gravel, em destaque para as novas Ostro na versão de estrada ultra leve e também na versão Gravel. Outro destaque da marca foi a silhueta de seu próximo lançamento agendado para dez de julho - aguardem!

Campagnolo Super Record


A Campagnolo abandonou o seu trocador de marcha tradicional, acionado pelo dedão na parte interna dos manetes de freio, mas não em todos os modelos. Na mais nova versão do Super Record eletrônico sem fio, as tradicionais alavancas da parte interna foram substituídas pelo acionamento do manete de freio, como já fazem SRAM e Shimano.

O Super Record estava montado em uma bike da BMC, marca suíça com longa tradição com a Campagnolo. A transmissão é focada em estrada com cassete de 13 marchas e um belo pedivela de carbono com 2 coroas. Confira mais sobre o funcionamento do grupo nesta matéria do Pedal.

Publicidade


Mais Destaques

Shimano destaca novo Cues e marchas automáticas

Stand da Shimano no Eurobike 2023
Stand da Shimano no Eurobike 2023    Pedro Cury

A Shimano destacou sua linha de componentes intermediários, o Shimano Cues, que já mostramos aqui no Pedal, traz grupos de transmissões de 9, 10 e 11 marchas e grande compatibilidade. Em suma, ele será o substituto das linhas Acera, Alivio e do Deore, focado em MTB e no uso urbano. Todos usam a mesma corrente de 11 marchas, simplificando os estoques das lojas.
Freio do Shimano Cues
Freio do Shimano Cues    Pedro Cury


A tecnologia Linkglide é usada para melhorar as trocas enquanto o ciclista faz força e aumentar a durabilidade em até três vezes por ter dentes mais grossos e de perfil redesenhado. A nova linha Cues também foi desenvolvida com as e-bikes em mente. Por exigirem mais do conjunto, as elétricas têm demandado novas formas de se desenvolver componentes, e a Shimano prontamente atendeu a essa nova necessidade. Essa transformação possibilita não só o ganho de durabilidade para os usuários de e-bikes, mas também um conjunto durável e de fácil manutenção para o mountain biking e usuários de bikes urbanas, inclusive aqueles com a demanda extra das bikes de carga tão presentes dentro e fora dos pavilhões da Eurobike.
Auto-Shift e Free-Shift


A Shimano tinha em seu stand algumas novidades ainda a serem lançadas, como sua transmissão XT automática. Ela, inclusive, já se consagrou em duas etapas da Copa do Mundo de Enduro. O novo modelo foi feito para rodar em conjunto com o motor EP-8 e compartilhando mais do que a energia de sua bateria, mas também os dados de torque do motor para selecionar automaticamente a marcha ideal. Algo impensável antes da tecnologia Linkglide, pois as trocas, enquanto o motor da e-bike está atuando, iriam reduzir muito a vida útil das transmissões comuns.


Cues Auto - Sem baterias e sem passador
Juntamente com essa versão, a Shimano apresentou uma versão de pré-produção do Cues elétrico e automático, pensando em simplificar a vida do ciclista urbano. Essa transmissão usa um cubo traseiro com dinamômetro que, além de fornecer a energia ao sistema sem precisar de baterias, percebe o torque (a força) que o ciclista coloca nos pedais e corrige as marchas de acordo com a necessidade. O mais interessante é o fato de não haver nenhum trocador de marchas no guidão ou em outra parte, o sistema é 100% autônomo.

Confira a matéria especial da Shimano no Eurobike 2023 que preparamos aqui.

Leatt - Capacete 3 em 1 a uma nova linha de endurance


A empresa de Chris Leatt, o sulafricano que criou os protetores de pescoço que já salvaram inúmeras vidas no motocross, vêm se reinventando. Na Eurobike deste ano, a Leatt, além de apresentar uma grande evolução nos seus produtos e reforçar seus compromissos ambientais, trouxe um lançamento especial: o capacete Enduro 3.0. O modelo chegou a ganhar o EuroBike Awards, premiação para produtos inovadores na categoria capacetes.

Full Face e com certificação ASTM para provas de Downhill, o modelo possui uma queixeira destacável, que o torna um capacete aberto, e duas extensões laterais que o tornam um “três quartos”. Essa categoria de capacetes tem crescido bastante, em especial com os usuários de e-bikes indo cada vez mais longe.

No quesito proteção, além das certificações, o capacete emprega a tecnologia desenvolvida pela própria Leatt, o 360 Turbine, que são as inserções de material elástico dentro do capacete que ligam a estrutura da espumas em contato com a cabeça com o corpo externo do equipamento, permitindo a dissipação das forças dos impactos em múltiplas direções. Isso reduz os riscos de lesões de cabeça e pescoço.

Publicidade


Endurance - Nova linha da Leatt

A marca também aproveitou para fazer o lançamento oficial de sua linha de roupas e capacetes focados no cross-country e gravel, os mesmos produtos que temos vistos nas etapas da Copa do Mundo de MTB com os atletas da Equipe Leatt Orbea.

A empresa também reafirmou seu compromisso ambiental, mostrando novas tecnologias de redução de desperdícios no transporte reduzindo o uso de plásticos, agregando materiais biodegradáveis. Exemplo são as tintas a base de soja para ilustrar as caixas e até um projeto usando a borra de café para a produção de tecidos para as confecções da marca.

Session - Única empresa brasileira expondo na feira

Protetor de aro da Session, única marca brasileira no evento
Protetor de aro da Session, única marca brasileira no evento    Pedro Cury

A Session, marca brasileira de acessórios e ferramentas, foi a única marca nacional expondo na EuroBike deste ano. A marca trouxe do Brasil suas ferramentas que vêm ganhando renome pela sua precisão e grande variedade, indo desde chaves allen até ferramentas complexas de remoção de rolamentos e manutenção de suspensões. Mas o destaque desse ano ficou pela o novo protetor de aros Race Protector. Pesando apenas 59 gramas, esse protetor para uso com tubeless foi pensado nas bike de cross-country, apresentando um design ovalado para maximizar o suporte a lateral dos pneus sem mudar tanto a absorção e sensibilidade aos pequenos impactos, como rochas e raízes

Magura - ABS cada vez mais próximo


O destaque da apresentação da Magura foram os freios compatíveis com o sistema de ABS da Bosch. São ajustes no desenho das mangueiras e nos novos discos, que comportam o disco interno do sensor do ABS. A linha da marca, por ora, é focada nas e-bikes urbanas e no transporte urbano, mas logo veremos esse tipo de tecnologia chegar aos aclamados freios MT, usados na bikes trail, Enduro e DH.

Várias marcas apresentaram mountain bikes montadas com freios Magura, seja as versões mais leves - levando a potência para as bike de XC -, quanto em bikes de Enduro e DH, com os novos dials de até 220mm, que trazem um modulação ainda maior para a frenagem e exigem ainda menos do ciclista nas longas descidas europeias.

Publicidade


Fumpa - Bombas portáteis com carregamendo USB


A Fumba foi um dos destaques da feira, com seus medidores de pressão de pneu portáteis e ultra compactos com carregamento por cabo USB-C. Foi-se o tempo onde se sentia a pressão dos pneus apenas ao apertá-los. Com a facilidade dos pneus tubeless, fica mais difícil ter a certeza que seu pneus está na pressão certa, pois pequenos furos podem ser facilmente vedados pelo selante sem que o ciclista os note. Então, pedir a pressão antes de sair de casa é sempre uma boa.

As diferentes versões da Fumba trazem uma bateria carregada por cabo USB-C que alimenta o sensor e o pequeno painel que mostra a pressão, facilmente customizável para mostrar a pressão na medida usual da sua região, seja ela libras (psi) ou Bar. A versão ultracompacta foi adquirida pelo nosso editor Pedro Cury e será vista com frequência em nossas redes e testes no futuro.

A marca também apresentou produtos como bombas compactas e portáteis e outros acessórios para manter o ar dentro dos seus pneus.

Camelbak


A Camelbak estava presente na feira com diversos itens de sua linha - de garrafas a mochilas - com sua nova tecnologia de materiais reciclados. Os vários itens foram pensados nos usuários urbanos.

Mas a principal novidade foram as bolsas de quadro focadas em bikepacking da linha M.U.L.E., Essa cena de viagens de bike vem crescendo muito com o advento do gravel e tem atraído olhares atentos da indústria.

As bolsas de quadro são feitas com materiais resistentes à chuva com certificação IPX5 (não mergulháveis). Os modelos vão desde específicas para montagem no guidão, dentro do triângulo dianteiro - que inclui a bolsa de hidratação -, até casulos de 9 litros para montagem atrás do selim. Como o nome da linha já resume: ela transforma a bike em uma “mula cargueira” para a próxima viagem.

Deuter

Corta-vento integrado com mochila da Deuter
Corta-vento integrado com mochila da Deuter    Pedro Cury

A marca alemã Deuter, que passou por um rebrand recentemente, apresentou atualizações além da logo. Vários produtos têm recebido melhorias, incluindo o WindShield. O corta vento embutido em alguns modelos de mochilas, em especial na Super Bike, recebe esse nome WindShield que significa parabrisas em inglês. A mais nova versão trouxe melhorias e um desenho mais bem ajustado, facilitando o vestir em momentos críticos como a tentar se proteger de um vento contra ou até mesmo de uma leve garoa.

Rock Shox


A Rock Shox, marca Americana do conglomerado SRAM, estava demonstrando o seu sistema de suspensões eletrônicas automáticas Flight Attendant. Montado em um quadro de Enduro Trek Slash, ele atua sobre as duas suspensões usando dados de sensores instalados no garfo, shock e pedivela, assim percebendo quando o ciclista está pedalando ou se a bike está subindo ou descendo.

Dessa forma, as suspensões são ajustadas para cada condição. O sistema percebe até quando o ciclista está pulando com a bike e ajusta as suspensões para ficarem mais firmes e segurarem o impacto do pouso. Ou, ao baixar marchas e aumentar a cadência em uma subida, o sistema coloca a bike em um ajuste para subir. Ao notar que a cadência baixou e que o garfo está mais baixo que a traseira, a bike entende que está descendo e torna as suspensões mais macias.

Publicidade


Esse mesmo sistema foi visto na bike do icônico Nino Schurter nas etapas de Lenzerheide e Leogang da Copa do mundo de Mountain Bike. Diferente da Scott Spark de Nino, ainda não temos notícias se o Flight Attendant chegará ao mercado em bikes de XC. Por ora, ele é encontrado apenas em modelos de biketrail e enduro ou em kits de upgrades exclusivos para algumas bikes específicas.

SRAM em destaque

SRAM ASX XX
SRAM ASX XX    Pedro Cury

O SRAM Apex teve destaque na edição deste ano. Você já viu mais sobre ele aqui no Pedal durante seu lançamento. O APEX é a versão de entrada ao mundo AXS (eletrônico sem fio) para as bikes de gravel e estrada com coroa única. Após receber uma marcha a mais e também manter a versão mecânica, o Apex foi exibido em vários stands como parte da grande aposta que o mercado vem fazendo no Gravel.

As gancheiras UDH (Universal Dealer Hanger), que criaram um padrão único para o problema de inúmeros tipos de gancheiras existentes no mercado, agora mostram que foram apenas uma prévia do que vinha por aí. Quase um cavalo de Tróia. Os quadros originalmente equipados com as gancheiras UDH são os únicos capazes de receber os novos grupos de transmissão Eagle T-Type e foram várias as marcas apostando nessas transmissões.
Grupo SRAM ASX XX
Grupo SRAM ASX XX    Pedro Cury


Para demonstrar a tecnologia, a SRAM montou algumas estações para que o público pudesse ver o sistema em funcionamento, inclusive, trazendo de seu laboratório de testes, a máquina para testar a durabilidade do câmbio, simulando choques laterais.

Tektro / TRP

Componentes dos freios ABS Tektro/TRP, feitos em parceria com a Bosch
Componentes dos freios ABS Tektro/TRP, feitos em parceria com a Bosch    Pedro Cury

A Tektro e sua marca premium, a TRP, estiveram presentes em Frankfurt com um stand bastante diverso. Como as empresas são fornecedoras fortes de componentes para a indústria da bicicleta, a gama é grande. O que mais chamou atenção na feira, entre freios de mais básico até a linha EVO (usada por grandes nomes na Copa do Mundo de DH.), foram os modelos equipados com ABS. Essa linha é uma parceria da Tektro/TRP com a Bosch, usando a eletrônica alemã com a hidráulica taiwanesa. Inicialmente, o sistema é focado para as e-bikes e no uso urbano.

Outro destaque da TRP foi sua nova transmissão, a linha EVO. Ela é resultado de anos de trabalho junto a atletas, como Aaron Gwin, andando nos rigores do DH e também de atletas de enduro, composta por cassete, câmbio trocadores e um pedivela em carbono com transmissão de 12 marchas com coroa única. O cassete com detalhes em dourado é um dos pontos altos do conjunto e a marca trouxe a mostrar como ele surge na linha de produção, mostrando diferentes fases do processo de usinagem.

Prometendo ser um transmissão de topo de linha mecânica, parece que a TRP busca atingir os puristas ao remar contra a maré da eletrificação dos câmbios.

A edição 2024 já tem data: acontecerá novamente em Frankfurt a partir de 3 de julho do ano que vem. Nos vemos lá!


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.