home

Estudo aponta que ciclistas e motoristas tem o mesmo padrão de comportamento no trânsito

A quantidade de infrações cometidas por ambos os grupos é semelhante, segundo estudioso da Universidade do Colorado.


23 JUL, 2015     Gustavo Figueiredo    



Quem nunca andou acima do limite de velocidade ou passou por um sinal de pare no chão sem efetivamente parar? Quando o assunto é obedecer regras de trânsito, todos erramos mais ou menos na mesma proporção. Ao menos essa é a conclusão de um estudo realizado com 18 mil pessoas por Wesley Marshall, da Universidade do Colorado.

De acordo com a publicação, a taxa de infrações de trânsito gira em torno de 8 a 9 porcento para motoristas e de 7 a 8 porcento para ciclistas. Porém, ciclistas e motoristas quebram as leis por motivos levemente semelhantes.

Enquanto os motorizados erram para economizar tempo, ciclistas erram por considerarem que esse comportamento traz mais segurança. Afinal, na maioria das cidades do mundo, a infraestrutura urbana e as regras de trânsito são feitas pensando em carros, não em bikes. "Ciclistas não querem ser irresponsáveis ou grosseiros.Eles tem um comportamento errado para preservar sua segurança ou sua percepção de segurança", explica Marshall. Em um farol vermelho, o ciclista que sai na frente torna-se mais visível para os motoristas, por exemplo.

Para finalizar, o estudioso afirma que cidades com muitos ciclistas são mais seguras do que cidades com muitos carros.


Fotos (1)

foto 0 -  Mais Fotos

Comentários



Relacionados