home

Entendendo - Tecnologias de produção dos quadros de carbono da Scott

Do processo de criação aos principais tipos de fibra, entenda mais sobre as tecnologias de carbono marca suíça


7 MAR, 2019     Gustavo Figueiredo     1    
     


A fibra de carbono é, atualmente, o material mais utilizado na produção de bicicleta de alto rendimento, com características de leveza, resistência e capacidade de assumir formas variadas sendo apenas algumas de suas vantagens. Porém, desenvolver um quadro de fibra é algo bastante complexo, com diferenças de desenho e de composição sendo variáveis que afetam diretamente o desempenho.

Foto 70685
Projeto de carbono Scott   Scott

Existem diversas maneiras de produzir um quadro de carbono, indo do mais simples e genérico molde aberto de origem asiática até modelos ultra-modernos e de altíssima tecnologia como os desenvolvidos pelas grandes marcas do mercado.

Desenvolvimento de quadros de carbono Scott

Pré-produção - A produção de um quadro de carbono Scott começa com o projeto. Em um primeiro momento, uma versão digital em 3D é criada com a ajuda de ferramentas eletrônicas como o FEA (Análise de Elementos Finitos) e o CFD (Dinâmica dos Fluidos Computacional), que analisam detalhes como resistência, rigidez, durabilidade e aerodinâmica antes mesmo da confecção de qualquer protótipo.

Foto 70692
Quadros são feitos com vários retalhos de carbono   Scott

Vale destacar que um quadro de carbono é feito de mais de 200 pedaços de tecido colados sobre um molde. O formato e a posição desses pequenos "retalhos" é chamado de lay-up. Por isso, depois que o processo de análise digital é feito, um primeiro protótipo permite que a engenharia realize testes reais com o quadro, otimizando assim o lay-up de carbono. Este processo é repetido inúmeras vezes até que o desempenho desejado seja atingido.

Foto 70690
Molde convencional X Molde IMP   Scott

Um detalhe interessante é que a Scott trabalha com uma tecnologia chamada IMP (Integrated Molding Process), que permite que todos os tubos do quadro sejam unidos em um único processo, garantindo um conjunto muito mais coeso e eficiente.

Produção final - Na fase de pré-produção, apenas um tamanho de quadro é desenvolvido. Porém, para entrar em produção comercial, o modelo ganha outros tamanhos, com os quadros criados passando por novos testes, inclusive com os atletas profissionais patrocinados pela marca.

Nesta fase, a sensação ao se pedalar a bicicleta, algo impossível para a análise de um computador, também é ajustada, modificando e reajustando as características dos quadros nos seus diferentes tamanhos. No fim do processo, quando a bicicleta está no mercado, um cuidadoso trabalho de controle garante a qualidade dos produtos que chegam para o consumidor final.

Vídeo - Como é a criação de um quadro de carbono Scott


Tipos de carbono

Muitas das bicicletas oferecidas pela Scott possuem variações no tipo de fibra utilizada para a construção. Ao todo, o fabricante suíço possui três tipos de carbono com características de peso, preço e resistência variados.

Foto 70684
Cortadora laser de carbono   Scott

Apesar das diferenças, todos eles passam pelo mesmo processo de desenvolvimento, com o tecido sendo cuidadosamente cortado a laser, molde IMP e com as áreas de alta precisão como a caixa e o central sendo usinados para garantir tolerâncias perfeitas. Além disso, todo quadro Scott é pintado e adesivado a mão, com quadros saindo da linha de produção aleatoriamente para o processo de controle de qualidade.

Foto 70732

Foto 70731

Quais bikes utilizam cada tipo de fibra?

HMX-SL - SCALE RC 900 SL e Spark RC 900 SL
HMX - SCALE RC 900 WC e Contessa SCALE RC 900 / SPARK RC 900 WC e Contessa SPARK RC 900 / SPARK 900 Ultimate e SPARK 900 Premium / GENIUS 900 Ultimate e GENIUS 900 Tuned / RANSOM 900 & 700 Tuned e RANSOM 910 / Plasma RC / FOIL Premium Disc e FOIL RC Disc / ADDICT RC Premium Disc e ADDICT RC PRO Disc
HMF - Todos os outros modelos em carbono

Desenvolver uma linha completa de bicicletas de fibra de carbono com diferentes opções de peso e preço é algo que somente um grande fabricante de bicicletas pode oferecer. Afinal, o investimento e o nível de tecnologia empregados para atender diferentes públicos precisa ser realmente elevado.

A prova disso são bicicletas como a Spark 920 2018 que você conhecer neste teste do Pedal que, apesar do carbono mais simples, possui em desempenho brilhante e os inúmeros títulos de atletas importantes como Nino Schurter e os ciclistas da equipe Mitchelton-Scott.

Para mais informações, acesse o site da Scott.


Comentários

  • avatar

    Flavio Martins    

    Flavio Martins    

    irado
    8 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados