home

Enduro World Series 2019 - Boaretto está de volta

Após quase um ano na Austrália Thiago Boaretto conta como foram suas primeiras competições e seus desafios para a temporada.


26 SET, 2019         
     


Nesse último final de semana aconteceu na cidade de Sydney o Shred Fest, um festival de ciclismo Off Road que contou com competições de BMX, MTB, Pumptrack e Tricks. Thiago Boaretto representou o Brasil vencendo a prova de Enduro na categoria principal, com direito a comemoração estilo Australiano (Shoey Shoes) tomando cerveja no tênis.

Foto 73483
   DHARCO and Bennett Frerck

“Foi um resultado surpreendente, vários atletas de alto nível estiveram presentes no evento que me motivaram a “acelerar". Consegui fazer boas descidas durante as 5 horas de competição conquistando o melhor tempo em duas de três especiais cronometrada e também o melhor tempo da geral”. Comenta o atleta.

No mês de março desse ano, Boaretto também esteve presente no mundial (EWS) no Vilarejo de Derby na Tasmânia, e nos conta como obteve seu primeiro pódio na Austrália.

Foto 73484
   DHARCO and Bennett Frerck

“Foi como uma guerra finalizar essa prova, com pouco tempo na Austrália eu não estava preparado para competir no circuito mundial. Meus primeiros meses foram muito árduos, e foi trabalhando como servente de pedreiro que consegui arcar com os custos da viajem e realizar esse sonho.

Durante o reconhecimento das pistas senti fortes câimbras nas pernas que me paralisaram durante o primeiro dia de prova, e me forçaram a entrar numa banheira de gelo para completar a prova e durante às 5 (cinco) horas de competição tive que lidar com muitas dores musculares e literalmente ‘’soltar os freios’’ durante as descidas para compensar o tempo que perdia pela falta de força.

O resultado foi surpreendendo, mesmo com a queda da corrente durante a metade da última especial e tendo que empurrar a bicicleta nos trechos finais, fiquei apenas 12 segundos do primeiro colocado e finalizei em segundo lugar na categoria”.

Foto 73485
   DHARCO and Bennett Frerck

Os próximos desafios do atleta serão nas ilhas de Bali na Indonésia (etapa classificatória para o mundial (EWS))e logo na sequencia na Tasmânia novamente, dessa vez no bike park de Maydena durante o Campeonato Australiano.

“Não posso deixar de agradecer meu amigo Marcel Nunes que desde que cheguei na Austrália tem me dado suporte para voltar à ativa, me emprestando seus equipamentos e bicicletas para competir, além de me colocar em contato com a equipe DHARCO, que me proporcionaram todo o suporte necessário durante as competições que participei.


Comentários



Relacionados