home

Em recuperação, Froome volta a postar pedais longos no Strava

Atleta está em campo de treinamento com a equipe e postou três pedais com mais de 120km e 2 mil metro de subidas


13 JAN, 2020     Gustavo Figueiredo     2    
     


No ano passado, o britânico Chris Froome sofreu um grave acidente enquanto reconhecia o percurso do contra-relógio do Criterium du Dauphiné. No acidente, ele sofreu diversas lesões, com fraturas na perna, cotovelo e costelas. De lá para cá, a recuperação do atleta vem acontecendo dentro do esperado, mas sua volta aos treinos mais sérios ainda era uma dúvida. Agora, o retorno das postagens do atleta no Strava parecem indicar que, ao menos aparentemente, ele está se recuperando bem.

Foto 74139
   Strava / Reprodução

Na última semana, o ciclista postou três atividades relativamente duras em seu perfil pessoal na plataforma de monitoramento. Os treinos aconteceram durante um training camp com sua equipe, a Ineos, nas Ilhas Canárias, na Espanha.

O primeiro pedal aconteceu na sexta-feira, dia 10 de janeiro, e totalizou 125km entre as montanhas, em uma atividade que durou cerca de quatro horas e meia, com nada menos do que 2243m metros escalados. Além disso, ele ainda fechou a subida do Calle De Francisco Pérez Ramírez, que tem 3.2km e 6% de inclinação média, com um tempo entre os dez melhores. No dia seguinte, ele postou uma nova atividade,desta vez percorrendo 126.99km em quatro horas e 27 minutos com 2411 metros de escalada e média de 28.4km/h.

No domingo, fechando um fim de semana bastante intenso, ele fez um pedal com Dave Brailsford, seu chefe na Ineos, totalizando quase seis horas em movimento, 3661 metros de escaladas e média de 26.9km/h.

Foto 74140
   Strava / Reprodução

Há alguns dias, notícias que circularam em alguns jornais italianos indicavam que o atleta havia abandonado o training camp com dificuldades ainda causadas por suas lesões, mas a resposta do atleta nas redes sociais parece dissolver, ao menos que em parte, as dúvidas sobre sua recuperação. Apesar disso, ainda é cedo para dizer se o atleta de 34 anos vai conseguir recuperar plenamente sua forma física para tentar vencer seu quinto Tour de France - seu principal objetivo de carreira e para a temporada 2020.


Comentários

  • avatar

    eduardo lucio   

    eduardo lucio   

    Realmente, a queda sofrida em julho foi muito séria. Mas, nunca se deve duvidar do Froome, basta lembrar que no Giro 2017 já falavam que era carta fora do baralho, até ele vencer no Col de la Finestra e levar a maglia rosa.
    15 dias atrás - Denunciar