home

Em outubro, Indústria da bicicleta tem melhor produção dos últimos quatro anos

Desempenho foi 28,5% superior sobre o mesmo mês do ano passado e 9,8% maior que setembro


15 NOV, 2018     Gustavo Figueiredo    
     


As fabricantes de bicicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) produziram 89.609 unidades no mês passado, o que significa o melhor outubro dos últimos quatro anos. Em outubro de 2015 tinham sido fabricadas 74.337 bicicletas.

Foto 70127
   Pedro Cury

Na comparação com outubro de 2017 (69.761 unidades) a expansão foi de 28,5%, e na confrontação com setembro do presente ano (81.590 unidades) a alta foi de 9,8%. O expressivo desempenho do mês junta-se aos crescentes resultados da indústria no acumulado de janeiro a outubro, que avançou 17,6% com 668.058 bicicletas fabricadas, ante 568.230 unidades no mesmo período de 2017.

Para Cyro Gazola, vice-presidente do Segmento de Bicicletas da entidade, o desempenho registrado ao longo de 2018 mostra que o setor vem se fortalecendo cada vez mais. “A bicicleta tem se tornado item de alta demanda nas cidades devido ao seu uso crescente para mobilidade e práticas esportivas. Além disso, nossas associadas têm registrado evolução constante nos negócios porque estão fabricando o que o consumidor brasileiro realmente busca, que são as bicicletas de maior valor agregado”, diz.

Com os resultados positivos até o momento, permanece a projeção do segmento de alcançar a fabricação de 765.000 unidades em 2018. Caso esta projeção se concretize, significará um crescimento de 15% sobre as 667.363 unidades produzidas em 2017.

Desempenho por Categorias

No mês de outubro foram produzidas 51.568 unidades de bicicletas da categoria Urbana, alta de 17,5% sobre as 43.906 bicicletas fabricadas no mesmo período do ano passado. Na comparação com setembro (50.278 unidades) houve alta de 2,6%.

A categoria Mountain Bike (MTB) contou com 37.328 unidades produzidas, volume 50% maior em comparação com outubro de 2017 (24.884 unidades) e 20,5% superior ao registrado no mês anterior do presente ano (30.967 unidades).

Por último, a categoria Estrada totalizou 713 unidades produzidas em outubro, significando recuo de 26,6% sobre o mesmo mês do ano passado (971 unidades). Contudo, na comparação com setembro do presente ano houve expansão de 106,7%, com 345 bicicletas produzidas.

No que diz respeito à participação na produção total, em outubro a Urbana aparece no topo com 57,5%, seguida da MTB, com 41,7%, e da Estrada, com 0,8%. Ainda de acordo com a Abraciclo, o segmento MTB vem crescendo principalmente porque envolve um tipo de bicicleta que passou a ser utilizado também nas cidades, apesar de sua aplicação clássica como veículo off-road.

Dados da entidade mostram também que no acumulado de janeiro a outubro foram fabricadas 390.101 bicicletas da categoria Urbana (participação de 58,4%), 272.093 unidades de MTB (40,7%) e 5.864 unidades de Estrada (0,9%).

Os volumes de bicicletas produzidos no PIM nos dez meses do ano foram distribuídos para comercialização para as seguintes regiões do País: Sudeste, com 55,4% das unidades; Sul, 19,4%; Nordeste, 14,4%; Centro-Oeste, 6%; e Norte, com 4,8%.


Comentários



Relacionados