MENU

''É difícil acreditar que ele estava com asma'', diz Nibali sobre Froome

O italiano Vincenzo Nibali, segundo colocado na Vuelta 2017 atrás de Chris Froome, reagiu rapidamente quando ficou sabendo que o vencedor da camisa vermelha havia sido flagrado com o dobro da quantidade permitida de Salbutamol, um medicamento para asma.

Foto 66144

"É um grande golpe para o ciclismo e para mim. Se o positivo for confirmado, ninguém vai devolver minha emoção de vencer a Vuelta e subir no lugar mais alto do pódio em Madrid", exclamou o frustrado italiano em entrevista ao site Tuto Bici.

O ciclista também mostrou-se perplexo com o aumento da dose de Salbutamol de Froome. Para explicar o resultado do exame, o britânico afirmou que sua doença, a Asma Induzida por Exercício, havia piorado perto do fim da Vuelta. Por isso, ele teria conversado com o médico para aumentar a dosagem do medicamento dentro do limite permitido.

"Estava chuvoso na Espanha e é difícil acreditar que ele estava com asma", afirmou o italiano. "Tenho o mesmo problema mas quando chove o pólen não me incomoda então não preciso utilizar o Salbutamol", explicou o italiano.

Se a punição de Froome realmente se concretizar, NIbali pode receber o título de vencedor da Vuelta 2017. Porém, como o caso é extremamente complicado e envolve uma defesa do atleta e da equipe sem um prazo perfeitamente definido, aparentemente esta história está longe de terminar.


Relacionados

Comentários

Tenho o mesmo problema... O Lance também rsrs

mimimimimimi



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.