MENU

Dicas de treinamento do campeão Edivando Cruz

Sigam as pedaladas do campeão

     

É Hora de treinar!!!

Após as festas é que realmente podemos concentrar todas energias para buscar nossas metas na nova temporada, pois no finalzinho do ano sempre tem visitas, viagens, festas, comida, etc... Tudo que temos direito de curtir sem preocupação, pois "no domingo não vai ter prova" - pelo menos para os MTBs. Então galera, o importante é começar o ano e traçar as metas de treinamento, e ai vão algumas dicas:

Teoria da base: É uma das fases mais importantes ou a mais importante de todo treinamento, você sabe que debaixo de uma casa existe uma fundação e quanto mais alto se constrói mais funda deve ser a "base". Baseado nisso podemos entender melhor a importância de preparar o nosso corpo para as provas.

1º Fase: Primeiro devemos começar lá de baixo, muitos bikers quando voltam no início do ano querem sair com tudo por aí para entrar em forma logo, mas não deve ser assim, comece leve soltando as pernas e se preocupando primeiramente em aumentar as horas de treinamento aos poucos, fazendo quilometragens sem se preocupar com a intensidade.

Trabalhe com freqüência baixa sentindo sua respiração. Você deve estar em um ritmo onde é possível pedalar e conversar ao mesmo tempo. Evite lugares muitos técnicos e subidas muito duras e técnicas. Dê preferência ao "estradão" ou asfalto com pneu slick ou uma speed. Vá aumentando 30 minutos em cada semana.

Exemplo: se você rodou 1 hora por dia nas primeiras semanas, rode 1:30hs nas próximas semanas, depois 2:00hs e vá até onde você pode ou o que o seu tempo permite. Você também pode trabalhar baseado no dobro de tempo de uma competição de XC ou tempo total de uma maratona. Seja paciente porque tudo isso será muito importante para o seu corpo na próxima fase.

2º fase: É hora de começar a apertar o passo, mas não exagere, procure trabalhar em um ritmo moderado e não fique dando sprints forçados e subindo o seu batimento no limite. Procure diminuir as horas ou fazer uma mescla de treinos de média distância e de vez em quando um longo para dar uma segurada no ritmo.

É legal pegar algumas serras ou terrenos com bastante sobe e desce, mas de vez em quando rode um pouco no plano para não forçar muito. Esta é uma fase que deve ir até próximo as competições, mais ou menos 3 semanas antes das provas.

3º fase: É hora de simular competições e fazer treinos com sprints alternados em terrenos variados e subidas inclinadas. É preciso também de um espaço de tempo maior para recuperação. Quando você começar a trabalhar com uma freqüência acima de 75% seu corpo precisará de mais tempo para descansar, então faça alguns contra-relógios de 5 Km à 10 KM ou alguma subida que dure em torno de 15 a 20 minutos. Sempre compare os seus tempos, isso ajudará a ver o seu crescimento não somente nestes anos, mas de referência para outros anos.

Pegar alguns trechos com técnicas de descidas é fundamental para melhorar o controle da bike. Tenha cuidado com a alimentação e hidratação também. Sempre procure "ouvir" o seu corpo e fazer exames de rotina para que a "máquina" - que é você, o motor da bike - esteja em dia.

Vejo vocês nas próximas competições. Um abraço, boas pedaladas e um feliz 2006!!!

Edivando de Souza Cruz, piloto da ASTRO-MANITOU-ANSWER-VZAN-NOSSA CAIXA-GIRO

O Atleta de Cristo.

     


Comentários